Arquivo para a tag: Internet

Brasileiros com internet no smartphone chegam a 76 milhões

by

smartphones

O número de pessoas que usam o smartphone com acesso à internet no Brasil chegou a 76,1 milhões no terceiro trimestre de 2015. O ritmo de crescimento da posse de smartphones em 2015 foi de mais de 1 milhão de pessoas por mês, segundo a Nielsen IBOPE.

De acordo com a pesquisa, 51% dos usuários de smartphones têm o aparelho há mais de um ano. E, dos 76,1 milhões que atualmente já usam a internet no smartphone, 5% querem trocar o aparelho dentro de um mês e 12% querem um novo entre um e três meses. Segundo os dados da Nielsen, 63% do público tende a usar mais o aparelho durante a noite, das 20h às 22h. O horário do almoço (53%), 12 às 14, e do pós-trabalho (55%), também são bem requisitados.

A presença de computador com internet na casa dos brasileiros cresceu 10 vezes nos últimos 15 anos. Em setembro de 2000, 9,8 milhões de pessoas moravam em residências com computador conectado. Em 2015, esse número chegou a 95,6 milhões. Os maiores saltos ocorreram em 2004, quando os brasileiros começaram a usar mais os sites sociais e, em 2007, quando o acesso se popularizou com o aumento da renda.

Vivo altera planos de internet no SmartVivo pós e Vivo Tudo

by

vivo-logotipo-marca

A Vivo segue apresentando novidades nos seus planos de telefonia móvel. Depois do Vivo Easy, a operadora apresenta novidades nos planos SmartVivo pós e Vivo Tudo.

O SmartVivo recentemente recebeu um reajuste de preço, mas traz como novidade o bônus de dados adicionais, onde o usuário pode receber até 2 GB a mais de internet, dependendo do plano. A tabela com os novos preços e planos ficou assim:

– SmartVivo 1 GB: 1 GB + 1 GB de bônus, SMS ilimitado, ligações ilimitadas para Vivo e 50 minutos para outras operadoras – R$ 109,99
– SmartVivo 2 GB: 2 GB + 2 GB de bônus, SMS ilimitado, ligações ilimitadas para Vivo e 150 minutos para outras operadoras – R$ 186,99
– SmartVivo 4 GB: 4 GB + 2 GB de bônus, SMS ilimitado, ligações ilimitadas para Vivo e 300 minutos para outras operadoras; – R$ 285,99
– SmartVivo 6 GB: 6 GB + 2 GB de bônus, SMS ilimitado, ligações ilimitadas para Vivo e 500 minutos para outras operadoras – R$ 384,99
– SmartVivo 8 GB: 8 GB + 2 GB de bônus, SMS ilimitado, ligações ilimitadas para Vivo e 1000 minutos para outras operadoras – R$ 483,99
– Vivo V: 20 GB + 10 GB de bônus, SMS ilimitado, ligações ilimitadas para todas as operadoras – R$ 999,99

O regulamento com a promoção foi flagrado pelo Tecnoblog no site da operadora (clique aqui para ler), e as mudanças entram em vigor a partir de amanha (24), nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, nos dia 30/11 para os estados de Minas Gerais e São Paulo, e no dia 07/12 para a região Sul e os estados de Espírito Santo e Rio de Janeiro.

Os planos vão permitir que o usuário acumule a franquia não utilizada do mês vigente para o mês posterior, tal como já era feito com as ligações por algumas operadoras. Essa modalidade recebe o nome de Vivo Bis.

Screen-Shot-2015-11-23-at-00.13.44

O Vivo Tudo também traz novidades. As franquias aumentaram, além de manter os benefícios de comunicação ilimitada para números Vivo.

Por R$ 6,99 por semana, o usuário pode ter 200 MB de dados (ou 800 MB por mês), e por R$ 9,99 por semana, são 400 MB de dados (ou 1.6 GB por mês), além dos bônus de internet para os clientes que mantiverem a recarga mínima de R$ 35 por mês. Vale lembrar que as chamadas e mensagens para outras operadoras continuam sendo cobradas fora da franquia.

Screen-Shot-2015-11-23-at

Via Tecnoblog

Em 2021, teremos mais contratos de telefonia do que pessoas no planeta Terra

by

telefonia-em-2021-01

A Ericsson publicou os resultados do seu relatório anual “Mobility Report”, sobre as tendências de uso e conectividade das redes móveis, com dados atualizados de 2015 e previsões do mercado para os próximos seis anos.

Alguns números sobre a adoção das diferentes tecnologias de internet móvel e o crescimento mundial de contatos são revelados. Espera-se que em 2021, mais de 9 milhões de contratos (somados todas as tecnologias) estejam ativos. Ou seja, mais de um contrato móvel para cada habitante da Terra.

Como isso é possível?

telefonia-em-2021-02

São dois os fatores que explicam esse crescimento. O primeiro deles é o incipiente mercado da Internet das Coisas, que progressivamente vai ocupar cota de mercado nos próximos anos, ultrapassando os 1.5 bilhão de objetos conectados, com um forte impulso com a chegada do 5G a partir de 2018-2020.

A Ericsson espera que para 2021 exista mais de 150 milhões de assinaturas 5G na Coreia do Sul, Japão, China e Estados Unidos, que devem liderar esse crescimento. Mas durante os próximos anos, o aumento mais relevante será no número de usuários que virá de tecnologias atuais (principalmente o LTE) nos mercados emergentes da China e da África.

telefonia-em-2021-03

A China vai se transformar no principal mercado de 4G do planeta, com mais de 35% de todas as assinaturas com essa tecnologia, passando dos 350 milhões de usuários atuais para mais de 1.2 bilhão em 2021. A África também vai crescer consideravelmente, alcançando os 1 bilhão de usuários.

telefonia-em-2021-04

O estudo da Ericsson também indica que as novas tecnologias de conectividade serão mais utilizadas para ver vídeos em streaming. O uso dessa forma de ócio digital vai aumentar em seis vezes na América do Norte e na Europa, e entre 10 e 14 vezes em todo o planeta, ultrapassando os 70% de largura total de banda das redes móveis, contra os 50% atuais.

O YouTube será o serviço mais utilizado, com 70% dos usuários, seguido de longe pela Netflix, com 20% do tráfego de vídeo nos países onde o serviço está presente.

Via EricssonMobility Report em PDF

Fallout 4 consegue reduzir o consumo de pornô na internet

by

Fallout-4

Fallout 4 era um dos jogos mais esperados de 2015. O game teve uma recepção excelente, com 12 milhões de cópias registradas pela Behesda. Porém, ninguém esperava que essa popularidade pudesse reduzir o consumo de pornografia na internet.

Um gráfico oferecido pelo Pornhub (e comentado por Corey Price, vice-presidente do site) mostra que eles não ficam surpresos pela queda do consumo de conteúdo em sua página durante o que eles denominam como “picos de horas de jogo no Fallout 4”. A queda chegou a ser de 10%, mas o volume voltou a se estabilizar em um momento posterior, registrando um novo crescimento.

pornhub-insights-fallout-4-general-gamer-traffic

Mas esses dados não são os únicos que corroboram com o sucesso de Fallout 4. Segundo dados do Steam, foram registrados picos máximos na sua plataforma, com até 400 mil pessoas jogando o game simultaneamente.

Apesar da polêmica gerada pelas quedas de FPS nos consoles, não há dúvidas que a Bethesda cumpriu com as expectativas, tanto que seu novo jogo superasse a pornografia como conteúdo predileto de muitos internautas. Ainda que por poucas horas.

Via GamesBeat

Estados Unidos teme que a Rússia corte os cabos submarinos de internet

by

estados-unidos-russia

Segundo o The New York Times, várias evidências mostram barcos e submarinos espiões russos próximos aos cabos submarinos de internet, e com o atual contexto da política mundial, as autoridades dos Estados Unidos e seus aliados estão preocupados que a Rússia acabe cortando tais cabos.

A origem dessa preocupação está nas agências de inteligência, que estão monitorizando as atividades da Rússia ao redor dos cabos de internet, que vão desde o Mar do Norte até o noroeste da Ásia, e nas águas mais próximas dos Estados Unidos. Um porta-voz do exército norte-americano reconheceu que não podem concluir nada sobre as operações russas, por conta da natureza secreta que possui as operações submarinas.

No mês passado, os EUA seguiram as atividades do barco russo Yantar, que é equipado para alcançar grandes profundidades. O Yantar foi visto indo da costa leste dos EUA até Cuba, seguindo de muito perto o trajeto de um cabo de internet conectado à base de Guantánamo. A marinha norte-americana disse que esse submarino poderia cortar os cabos de internet.

Por outro lado, não é raro ver os cabos de internet se danificarem por conta de desastres naturais. Se isso acontece, equipes especializadas fazem o reparo rapidamente. Porém, se é um exército inimigo que corta os cabos, o conserto pode demorar mais.

Os cabos tem uma grande importância, pois neles trafegam dados de operações comerciais que totalizam US$ 10 bilhões por dia em todo o planeta, representando mais de 95% das comunicações.

Via VentureBeat

Playboy acaba com a nudez em sua revista, e a “culpada” é a internet

by
Hugh Hefner, a mente por trás da revista Playboy

Hugh Hefner, a mente por trás da revista Playboy

O CEO da Playboy, Scott Flanders, confirmou em entrevista ao The New York Times o fim da nudez na lendária revista a partir de março de 2016.

Acaba assim uma era que começou em 1953, quando o mito Marilyn Monroe estreou a primeira edição de uma revista que iniciou e liderou uma revolução sexual no meio do século 20. Porém, a Playboy se tornou mais uma entre tantas revistas que sofreu das mudanças do tempo, sendo superada pelas mesmas mudanças nas quais ela foi pioneira.

A edição história com Marilyn Monroe na capa teve uma tiragem de 5.6 milhões de exemplares nos EUA. Em 1972, a revista alcançou picos de vendas de 7 milhões de unidades. Hoje, com muitas dificuldades, eles alcançam vendas de 800 mil unidades.

playboy2

Várias outras revistas apareceram e que seguiram os passos da Playboy desapareceram. Apesar de não haver números detalhados no segmento de revistas para adultos, poucas hoje resistem de forma reduzida, disponíveis em lojas especializadas. A Penthouse, a mais famosa concorrente da Playboy, decidiu ser mais explícita nas suas publicações e, mesmo assim, não se recuperou.

As revistas eróticas ou pornográficas, incluindo aquelas tão tão reconhecidas como a Playboy, perderam hoje o seu valor de impactar as pessoas, o seu valor comercial e a sua relevância cultural. E a “culpada” de tudo isso? Todo mundo conhece: a internet.

Qualquer adolescente ou adulto com um smartphone com conexão à internet pode acessar a pornografia online com poucos cliques. A Playboy removeu a nudez completa do seu portal de internet em agosto de 2014. O resultado disso? A idade média dos seus usuários baixou de 47 para 30 anos de idade, e o seu tráfego web passou de 4 para 16 milhões de usuários únicos. Isso foi a gota d’água para que eles tomassem a mesma decisão para a revista, que será mais moderna e limpa, com imagens com censura a partir de 13 anos. A playmate mensal continua a existir, mas com um pouco mais de roupa.

Flanders deixa claro que a motivação para essa decisão é o fato de “qualquer pessoa está a um clique de um ato sexual de qualquer categoria de forma gratuita”. E, no final das contas, aquela desculpa que você dava para a sua mulher do “eu compro a Playboy para ler as matérias” vai FINALMENTE ter um fundo de verdade.

Sinal dos tempos.

Via The New York Times

Google Accelerated Mobile Pages (AMP): por uma internet móvel mais rápida

by

Google Accelerated Mobile Pages

A Google apresentou hoje (07) o seu projeto Accelerated Mobile Pages (AMP), iniciativa que tem como objetiov fazer com que os conteúdos web de qualquer tipo de publicação online carregue mais rápido em nossos dispositivos móveis.

O projeto se baseia no AMP HTML, novo formato aberto com licença Apache, cujo código está disponível no GitHub, onde os interessados podem integrar em seus sistemas de gestão de conteúdos. O trabalho conta com parceria de gigantes do mercado, permitindo que todos os conteúdos possam ser oferecidos em um gigantesco cache aberto que a Google vai oferecer para todos os usuários dessa tecnologia.

A Google quer que “as páginas web com grande quantidade de conteúdo – como vídeos, animações, gráficos e anúncios – carreguem instantaneamente, e que o mesmo código funcione em várias plataformas e dispositivos”. Os navegadores padrão do Android e iOS serão compatíveis com o AMP, mas não fica claro se outros navegadores para essas plataformas contarão com essa compatibilidade.

Notícias  em AMP

Para o lançamento, vários serviços e publicações trabalharam com a Google para mostrar o potencial da tecnologia: El País, BuzzFeed, Mashable, Time, The New York Times, The Washington Post e o The Wall Street Journal são alguns deles. Outros parceiros como Twitter, Pinterest, WordPress, ChartBeat, Parse.ly e LinkedIn também participam no lançamento.

O AMP também está integrado em vários dos serviços do Google, mas não há datas concretas para as novas versões dos serviços chegarem ao mercado. A Google afirma que, ao longo de 2016, os usuários vão observar como muitos de seus serviços e sites se beneficiarão dessas melhorias.

Via AMP Project, Google Brasil

Claro modifica valores dos seus planos pós-pagos (em outubro de 2015)

by

claro-logo

A Claro atualizou mais uma vez o seu portfólio de planos pós-pagos. Agora, os planos são consolidados, com cada pacote com sua respectiva quantidade de dados e minutos.

Isso marca o fim da flexibilidade de escolha de serviços, o que à princípio deve desagradar a alguns clientes da Claro, mas as ofertas novas são mais competitivas, com por exemplo 4 GB de dados e 400 minutos de chamadas por R$ 155.99/mês, ou 6 GB de dados e 600 minutos de ligações por R$ 175/mês.

Os valores podem mudar de acordo com a região ou se o cliente escolher ou não um contrato de fidelidade com a Claro por 12 meses. Os preços dos planos também sobem se o usuário comprar um aparelho com desconto na operadora.

Valores referentes à cidade de São Paulo (DDD 11).

Valores referentes à cidade de São Paulo (DDD 11).

Todos os planos contam com tráfego de dados gratuito para Facebook, Twitter e WhatsApp, além de SMSs, DDD, roaming e ligações para NET Fone ilimitados. Também é oferecido um desconto de R$ 10/mês para pagamento em débito automático, e linhas dependentes para compartilhar minutos e dados são podem ser incluídas.

Via Tecnoblog

TIM aumenta franquia de internet diária para 50 MB

by

tim-logo

A TIM ampliou a franquia do seu pacote de dados diário de internet, com um salto de 10 MB para 50 MB por dia. Os planos Infinity Web e Infinty Web+Torpedo, ambos compatíveis com as redes 4G da operadora, foram contemplados com a mudança.

O valor pelos 50 MB continua o mesmo: R$ 0.75 por dia que usar (ou R$ 0.99 no plano com SMS). O pacote de 30 MB também recebeu um bônus de 20 MB para igualar a oferta de 50 MB do plano diário, o que torna automaticamente mais vantajoso voltar para o plano de 10 MB.

Por mês, o usuário pode ter (na teoria) 1.5 GB de dados por R$ 22.50, com acesso ao WhatsApp sem desconto de tráfego de dados. É claro que os resultados podem variar, de acordo com a qualidade do sinal da TIM na região que você vive. Para acionar a promoção, o cliente deve ligar para *233 ou enviar um SMS com a palavra ATIVAR para o número 3000.

Os pacotes adicionais não sofreram reformulações, onde por R$ 0.75 você recebe 15 MB adicionais (no caso da franquia principal acabar no mesmo dia), ou R$ 1.00 para 30 MB.

Os 50 MB por dia estão valendo até o dia 31 de dezembro de 2015, mas podem ser prorrogados, dependendo do sucesso da promoção.

tim-50-mega-pre-pago

Via Tecnoblog

Google e Microsoft querem encher a Índia de conectividade à internet

by

sundar-pichai-google-india

Tanto Google como Microsoft querem abastecer a Índia, um dos países mais pobres e povoados do mundo, de conectividade à internet. Cada um com o seu respectivo projeto.

O Google tem o plano mais chamativo. Sundar Pichai anunciou um plano para oferecer a conexão via WiFi ao sistema ferroviário da Índia, que hoje é utilizado por 10 milhões de pessoas diariamente. Vão oferecer a infraestrutura necessária para cobrir mais de 400 estações, que são apenas 5% das 8 mil estações existentes no país.

O projeto tem início em 2016, e para o final de 2015 eles esperam ter 100 estações cobertas, que serão complementadas com outras nos próximos meses. Não há detalhes sobre as conexões, forma de uso ou requisitos impostos. Sabemos que há um acordo entre a Google com o primeiro ministro da Índia, Narendra Modi, em uma visita do chefe de estado aos escritórios do Google na Califórnia, em um encontro com o próprio Sundar Pichai.

Modi também aproveitou para visitar os escritórios da Microsoft, e aproveitou a oportunidade para anunciar um plano com filosofia parecida com a da Google, mas para oferecer a internet para 500 mil povoados distribuídos por toda a Índia.

google-microsoft-internet-plans-india

Assim como no caso da Google, não há detalhes sobre como as conexões serão implantadas, mas existe a promessa que serão redes muito baratas para a população, sempre pensando em oferecer um acesso à internet universal.

Tanto a Google como a Microsoft tem iniciativas amparadas pelo projeto Digital Índia, que pretende fomentar a implantação e o uso da internet no país, que deve ter uma população superior à China em 2030, com uma população mais jovem. Vale lembrar que a Xiaomi voltou suas atenções para o país, que pode se transformar nos próximos anos em um dos mais importantes do mundo da tecnologia.

4.2 bilhões de pessoas ainda não se conectam na internet, e vários projetos querem resolver isso

by

the-state-of-broadband-s2015

Mais da metade da população da Terra não possui acesso à internet. É o que revela um relatório da Organização das Nações Unidas (ONU), que indica que aproximadamente 57% dos habitantes do nosso planeta estão desconectados.

Todas as vantagens socioeconômicas que a internet oferece ficam vetadas para milhares de milhões de pessoas que, segundo a ONU, deveriam ter previamente acesso à formação, educação e ensino de idiomas antes mesmo de acessar a internet. Felizmente, vários projetos promissores podem mudar isso.

 

O smartphone é vital

650_1200

Ainda que a ONU acredite que existem barreiras para o acesso à internet de banda larga (inacessível para 90% da população nos países mais pobres) ou o idioma, há um protagonista que pode facilitar o acesso ao mundo digital: o smartphone.

A era pós-PC não foi tão efetiva nos países desenvolvidos, mas é vital nos países em desenvolvimento, já que para muita gente o smartphone é a principal via de conexão com o restante do planeta.

Mas os smartphones são apenas parte da equação, e solucionar o acesso à internet em zonas rurais e de difícil acesso, ou em zonas com infraestrutura pouco desenvolvida é o objetivo de diversos projetos de gigantes da internet. Obviamente, nem todas perseguem fins tão nobres como previstos. Já falamos do Facebook.org, que se mascara da filantropia para obter mais usuários para a sua rede social.

A sorte é que temos outros projetos que visam conectar milhões de pessoas nos próximos anos.

 

Projetos ambiciosos e promissores

O próprio Facebook quer fazer uso de lasers para oferecer o acesso à internet, mas isso não é tudo. Os drones também podem ser utilizados para essa finalidade.

650_1200 (1)

O Google e o seu Project Loon é outro entre os mais destacados, enquanto que algumas empresas já estão investigando em uma gigantesca rede de satélites de baixa órbita, que também seriam capazes de oferecer essa conectividade, independente da zona geográfica do usuário. Elon Musk e o seu SpaceX parecem ser os candidatos para essa alternativa, mas ainda há dúvidas evidentes para uma solução que teria um custo elevadíssimo.

Seja como for, todos esses projetos não só teriam que enfrentar os obstáculos técnicos, mas também a sua adoção por parte de bilhões de pessoas, cuja mudanças podem resultar em um impacto socioeconômico realmente importante.

O relatório da ONU indica aspectos como estabelecer uma política de acesso universal à banda larga, evitar a desigualdade de gênero no acesso à web, e até definir o conceito de um serviço universal na web. Um objetivo pelo qual vale a pena lutar.

Via Motherboard, ONU (PDF)23

Seis práticas de segurança na internet adotadas pelos especialistas

by

internet-security

Os especialistas em segurança cibernética são (obviamente) usuários de internet. Navegam, interagem e consomem conteúdos como qualquer um. Então… quais são as medidas de segurança que eles tomam? Elas estão ao alcance da maioria dos mortais?

A resposta é um contundente SIM. Um estudo realizado pelo Google que envolveu mais de 200 experts do ramo e outros 300 usuários comuns buscavam as diferentes práticas de segurança de cada grupo. O que mais se destacou é que a maioria dos especialistas atuam de acordo com o previsto, com algumas exceções. Já os usuários comuns continuam a cair em erros básicos, a ponto de parecer mentira que estamos em 2015.

Esse post mostra as principais dicas dos especialistas em segurança, para que você aplique na sua segurança online. São passos tão simples que ignorá-los é sinônimo de negligência.

 

1. Atualizações sempre em dia

O mais importante. O software que você usa (sistema operacional e aplicativos) devem estar sempre atualizados. De nada serve ter o sistema mais seguro no mercado se você está utilizando softwares com versões prévias. Ou seja, atualize os softwares tão logo os updates apareçam.

Conselho: se você não está atento as atualizações, ative as atualizações automáticas do seu sistema operacional.

 

2. Anti-vírus, sim!

Se você usa o Windows, o anti-vírus não é um software decorativo e devorador de recursos do computador: ele é imprescindível!

Protege o seu conteúdo de malwares que povoam a internet, e mesmo não sendo a panaceia, não utilizá-lo é um erro muito grave. Obviamente, para sua efetividade ser plena, também é preciso estar sempre bem atualizado, tanto o aplicativo como a sua base de dados.

Conselho: não execute mais de um anti-vírus de uma vez; um que você já tem instalado e atualizado em sua máquina é o suficiente.

 

3. Uma senha para cada lugar

Assim como cada porta tem a sua chave, cada site visitado ou serviço utilizado deve ter a sua própria senha. Compartilhar senhas é outra falha grave, já que se uma conta ficar comprometida podemos ter um efeito dominó, que seria crítico. Adicionalmente, crie senhas fortes, não use palavras de dicionário e combinações simples.

Conselho: faça isso, para o seu próprio bem.

 

senhas

4. Use um gerenciador de senhas

Claro que o item anterior tem um preço: o gerenciamento de senhas se torna muito mais complicado, a ponto do nosso cérebro não salvar tudo. Para aliviar esse trabalho, existem os gestores de senhas, muito úteis, cômodos e seguros (se utilizados de maneira correta). E não falamos apenas daqueles que os navegadores web incorporam.

Conselho: antes de escolher, dê uma margem de tempo para avaliar a solução que melhor se encaixa ao seu estilo de uso ou necessidades.

 

5. Dupla autenticação

A dupla autenticação, verificação em dois passos, ou seja lá como você quer chamar esse recurso está cada vez mais comum, e temos de todos os tipos. Uma vez adicionada suas credenciais, você pode receber um código por e-mail, no smartphone como mensagem de texto, através de um aplicativo ou efetuar a comprovação com dispositivos físicos. Um mundo de possibilidades a explorar, de modo que é altamente recomendado ativar essa característica onde for possível e importante.

Conselho: perca alguns minutos de sua vida revisando as configurações de qualquer serviço que você utilizar, pois é aí que você vai encontrar a opção que mais se encaixa com você.

 

6. Cuidado por onde você navega na internet

Descobrir novos conteúdos na internet é fascinante, mas é preciso pensar durante o processo. Visitar sites desconhecidos esconde um certo risco, de modo que é sempre bom buscar referências daquele conteúdo. E quando não encontrar sites conhecidos pelas vias normais, comprove a autenticidade da URL.

Conselho: algumas extensões para o navegador podem ajudar, como o WOT, que informa a reputação do site visitado, ou o HTTPS Everywhere, que forçará o uso de conexões seguras, sempre que possível.

As brincadeiras sobre o Windows 10 na internet

by

windows-10-one-family

Um mês depois do lançamento do Windows 10, as brincadeiras sobre o novo sistema operacional da Microsoft tomaram a internet de assalto, algo que acontece por conta da popularidade do sistema, e também por causa dos problemas do Edge e do Internet Explorer.

É impossível compilar todas as brincadeiras que circulam na web que estão relacionadas direta ou indiretamente com o Windows 10, mas nesse post compilamos algumas das mais divertidas. Memes, pequenas histórias bem trabalhadas ou releituras de clássicos já aplicados em versões anteriores. A longa lista pode render horas de diversão.

Eu entendo que a Microsoft fez um bom trabalho com o Windows 10, apesar dos problemas e falhas iniciais, que certamente são compreensíveis, já que é uma proposta muito ambiciosa, e que ainda não tem dois meses de mercado. Mas isso não quer dizer que não podemos nos divertir com algumas brincadeiras.

Imagens a seguir.

this-windows-10-joke-just-won-the-internet-491641-5 windows-insider-ninjacat-100597598-orig ou4lq What-If-I-Told-You-Windows-10-Is-Just-The-Fixed-Windows-8-Meme this-windows-10-joke-just-won-the-internet-491641-4 this-windows-10-joke-just-won-the-internet-491641-3 this-windows-10-joke-just-won-the-internet-491641-12 this-windows-10-joke-just-won-the-internet-491641-7

88% dos internautas brasileiros assistem TV e navegam na internet ao mesmo tempo

by

master-chef-2015

O recorde batido no Twitter durante a transmissão da final da segunda edição do MasterChef Brasil pela Band, com mais de 1,7 milhão de menções para a hashtag #MasterChefBR, mostra como o brasileiro está se tornando cada vez mais multi-tela.

Uma pesquisa do CONECTA, plataforma web do IBOPE Inteligência, sobre o comportamento do internauta brasileiro, revela que 88% assistem TV e navegam na internet ao mesmo tempo. Nesse momento, o smartphone é o dispositivo mais usado (65%), seguido pelo computador (28%) e pelo tablet (8%).

unnamed

Ao navegarem na internet enquanto assistem TV, 72% acessam as redes sociais, 55% recorrem à internet para passar o tempo durante os comerciais, 48% resolvem outras coisas e 18% dizem que a TV não é interessante o suficiente para ter toda a sua atenção. Há também 17% que assistem TV e navegam na internet simultaneamente para interagir com o que está acontecendo na transmissão, mesmo percentual dos que discutem com amigos sobre o programa que estão assistindo e 10% que buscam mais informações sobre um comercial que assistiram.

O estudo aponta ainda que televisão e internet podem ser complementares: 96% dos internautas brasileiros já buscaram na internet algo que viram na TV.

Sobre a pesquisa
A pesquisa foi realizada em julho de 2015, com 1.004 internautas de todas as regiões do Brasil.

Hotel Urbano abre 15 vagas para profissionais de TI

by

hotel-urbano

O Hotel Urbano informa a disponibilidade de 15 vagas para a sua área de TI. As vagas são para a sede da companhia no Rio de Janeiro, na Barra da Tijuca.

Entre os benefícios oferecidos pelo Hotel Urbano estão Vale Transporte, Vale Refeição, Plano de saúde e odontológico, Auxílio creche, Seguro de vida, Auxílio funeral, Convênio farmácia, Política Educacional e Crédito mensal para viajar no site do Hotel Urbano. O profissional trabalhará no regime CLT (efetivo). Aos interessados de fora do Rio de Janeiro, o Hotel Urbano disponibiliza estadia de 2 meses na sua HU Tech House.

Entre os diferencias que os interessados vão encontrar no Hotel Urbano está o HackDay HU. O evento organizado trimestralmente reúne parte do time de tecnologia e áreas relacionadas, para uma maratona de 24 horas de novas ideias e programação.

Divididos em equipes, os tripulantes se reúnem na HU Tech House tendo como meta o desenvolvimento de novos projetos e melhorias para a companhia. Ações como essa além de funcionarem como uma excelente ferramenta de integração da equipe tem ajudado a empresa a se manter na vanguarda do mercado de tecnologia e inovação dentro do segmento de turismo e viagens não apenas brasileiro, mas da América Latina.

Líder no mercado de hospedagem no Brasil, o Hotel Urbano já soma, desde a sua fundação, mais de 9 milhões de diárias vendidas para hotéis, pousadas, flats, hostels e até cruzeiros, dentro do Brasil e também no exterior. Apenas em 2014, a empresa superou a marca de 3,9 milhões de diárias vendidas ou cerca de 1 diária comercializada a cada 8 segundos.

Os desenvolvedores interessados devem ter superior cursando ou completo em Sistemas de Informação, Ciência da Computação, Engenharia da Computação e áreas afins, além de experiência na área. Os candidatos interessados devem se inscrever em site.vagas.com.br/v1228194. Para mais informações acesse: embarque.hotelurbano.com e linkedin.com/company/hotel-urbano.