Arquivo para a tag: htc vive

Fruit Ninja VR para HTC Vive é muito melhor que o jogo original

by

Fruit Ninja VR

Fruit Ninja é um dos games casuais mais populares da história, principalmente nos dispositivos móveis. Um jogo simples, onde basicamente temos que cortar frutas e se esquivar das bombas. Porém, o jogo casual quer dar o passo para o mundo da realidade virtual, através do Fruit Ninja VR para HTC Vive.

O jogo usa os controles de movimento da Valve para controlar o modo 1:1 sobre as espadas utilizadas na ação. Por outro lado, temos três novos modos de jogo: Arcade, Classic e Zen.

O vídeo mostra que o controle das espadas não só permitem cortar as frutas, mas também deslocá-las e até capturá-las, já que Fruit Ninja VR tenta oferecer uma experiência de jogo mais realista que a oferecida através dos dispositivos móveis.

Fruit Ninja VR está disponível no Steam.

 

Via SlashGearFruit Ninja VR, The Verge

Oculus Rift e HTC Vive funcionando simultaneamente em um único PC

by

htc-vive-vs-oculus-rift-15

O Oculus Rift e o HTC Vive são os dispositivos de realidade virtual para PC mais interessantes do momento. A Sony tem o PlayStation VR, mas que é exclusivo para o PS4, logo, fica de fora desse contexto. Fato é que os dois modelos exigem um PC com hardware muito potente para funcionar, e um entusiasta afirma ter conseguido que os dois funcionassem sem problemas em um único PC.

Isso abre a possibilidade que duas pessoas possam utilizar ao mesmo tempo o equipamento, jogando dois jogos diferentes, simultaneamente. O equipamento de testes contava com um microprocessador Intel Core i7 4790K com duas placas gráficas dedicadas MSI GTX 970 Gaming 4G, que alimentaram os dispositivos com dois jogos diferentes via Steam e Oculus Home, respectivamente. O usuário ‘Zimtok5’ conectou cada dispositivo a uma placa diferente, obtendo bons resultados.

Depois de ver esse vídeo, o site Tom’s Hardware realizou o seu próprio teste em um equipamento que contava com um processador Intel Core i7-5930K em uma placa-mãe MSI X99S Xpower AC, 16 GB de RAM DDR4 Crucial Balistix e dois gráficos NVIDIA GTX 980Ti em SLI.

Primeiro, eles tentaram conectar cada um deles via HDMI aos dispositivos de realidade virtual, sem resultados positivos. Para que trabalhassem ao mesmo tempo, eles tiveram que utilizar a porta mini Display Port do link do Vive. Uma vez resolvendo o problema de inicialização do HMD, o Oculus Rift e o HTC Vive funcionaram simultaneamente em um único PC, com taxas bem decentes.

Ou seja, para quem está na dúvida em adquirir um ou outro dispositivo e tem dinheiro de sobra, estes testes mostram que você ao menos não vai precisar comprar um segundo PC, e dois usuários podem utilizar os dispositivos de realidade virtual simultaneamente no mesmo computador.

Vídeo a seguir.

 

Salve um gato sem morrer tentando com o HTC Vive

by

gatito-htc-vive

Definitivamente, estamos em uma nova fase protagonizada pelos óculos de realidade virtual. Já temos pelo menos três interessantes opções no mercado: o Oculus Rift, o Samsung Gear VR e o HTC Vive, protagonista da notícia de hoje.

A realidade virtual convida os usuários para entrar em um mundo novo, que oferece experiências muito divertidas e, ao mesmo tempo, aterrorizantes. Um exemplo é esse projeto desenvolvido pela Bandai, que será lançado no dia 15 de abril. Nesse dia, eles vão oferecer diferentes demonstrações de experiência imersiva dentro desse campo, com especial destaque para uma que dá o que falar: salvar um gatinho em perigo.

A demonstração coloca o usuário em um elevador de um prédio que abre a suas portas para o ambiente externo. A má notícia é que a única coisa que você vai ver é uma tábua de madeira saliente, onde na ponta descansa um pobre e inocente gatinho, que deve ser resgatado.

Os usuários, equipados com um óculos HTC Vive levemente modificados e umas sandálias Crocs (no vídeo no final do post podemos apreciar os pontos de referência adicionais para o sistema de seguimento), terão que se mover por uma tábua de madeira real para tentar alcançar um pequeno gato de brinquedo. Uma experiência vertiginosa para muitos.

Essas diferentes formas de mostrar como a tecnologia da realidade virtual pode auxiliar no mundo do entretenimento são válidas. O alto poder de imersão que esses dispositivos possuem já os tornam altamente atraentes. E o HTC Vive é uma das principais apostas nesse segmento. Aposta inclusive da própria HTC, já que o setor de telefonia não vai muito bem. Veremos daqui a alguns meses se a aposta do fabricante se paga, e se esse segmento se converte em um dos novos pilares da tecnologia de consumo.

Vídeo a seguir.

 

Via KotakuProject I Can

 

Demos do HTC Vive com ação em realidade mista

by

htc-vive-realidade-mista

Aqueles que testaram o HTC Vive afirmam que é algo “tão real” que custa explicar para aqueles que não testaram como é a experiência. Mas agora, com a ajuda desses vídeos de Fantastic Contraption, é possível ter uma ideia do que eles estão falando.

Nos vídeos a seguir, é possível comprovar a quantas andam a demo dos desenvolvedores, em um cenário onde podemos fabricar estruturas com objetos de todos os tipos. O Fantastic Contraption nasceu como um jogo de realidade virtual em 2008, mas teve um sucesso tão grande (mais de 12 milhões de estranhas criações) que seus criadores se animaram e evoluíram o projeto.

Estamos certos que o HTC Vive pode animar mais os usuários a criar estruturas surreais, mas para isso é preciso ter os óculos, algo que não está ao alcance de muitos. Enquanto isso, é possível comprovar como eles funcionam com os vídeos a seguir.

 

Via @kertgartner

HTC prepara PCs otimizados para o HTC Vive

by

htc-vive

Dan O’ Brien, vice-presidente de planificação e gestão de produto do HTC Vive, confirmou que a HTC vai começar a oferecer em breve packs com PCs otimizados para o seu kit de realidade virtual.

Além de ter um  preço proibitivo, O HTC Vive necessita de um computador do tipo de linha, elevando ainda mais os custos. Logo, um kit oferecido pela própria HTC pode atenuar um pouco essa equação monetária elevada.

Não foram revelados detalhes sobre o projeto, mas imaginamos que se trata de sistemas poderiam estar divididos em várias linhas, sendo a base da queles que cumprem de forma justa os requisitos recomendados, além das conexões necessárias.

Tais PCs permitirão aos usuários garantir uma experiência plena com o HTC Vive, mas O’Brien confirmou que não espera por si um impulso importante nas vendas do seu sistema de realidade virtual.

Via TweakTown

HTC vendeu 15 mil unidades do HTC Vive em apenas 10 minutos

by

htc-vive

 

Nem a HTC imaginava isso nos seus melhores sonhos. Apesar dos seus óculos de realidade virtual HTC Vive contar com um preço bem elevado, no primeiro dia de disponibilidade de suas reservas, eles conseguiram vender 15 mil unidades do produto em apenas 10 minutos.

São números impressionantes para um dispositivo que não é barato. O HTC Vive custa US$ 799, consideravelmente alto (e acima do seu rival direto, o Oculus Rift), em especial para uma tecnologia ainda desconhecida para o grande público. A esse preço, é preciso somar os gastos de envio, o que pode fazer com que o preço final do produto se aproxime perigosamente dos US$ 1.000.

Não só isso. O HTC Vive, como outros dispositivos de realidade virtual similares, necessita de um PC com requisitos mínimos, de modo que em alguns casos obrigará também ao usuário fazer um pequeno investimento no seu equipamento, para assim poder aproveitar de forma plena desses óculos.

Aqui fica claro que nenhuma dessas considerações foram empecilho para que aqueles que desejam entrar no mundo da realidade virtual fizessem o devido investimento. E é apenas o começo. Tudo bem que temos que aplaudir esses primeiros corajosos que estão apostando em um produto na versão 1.0, com uma grande margem de melhora nas versões seguintes, que fatalmente virão com preços mais competitivos.

Vale lembrar que o negócio da realidade virtual é algo para o futuro. De acordo com a Goldman Sachs, esse é um segmento que deve movimentar aproximadamente US$ 110 bilhões em 2020. E isso explica porque tantas empresas estão apostando na RV agora.

Via Venture BeatTwitter (Shen Ye)

 

HTC Vive, por US$ 799, no começo de abril

by

htc-vive-consumer-press-shots-1-1

A HTC voltou a confirmar na MWC 2016 que o seu óculos de realidade virtual HTC Vive chegarão ao mercado no começo de abril. Também confirmou o seu preço sugerido de US$ 799.

Por esse valor, o usuário leva para casa o dispositivo e os dois controladores com feedback háptico. Em comparação com os Oculus Rift, o Vive é US$ 200 mais caro, mas levemos em conta que o Rift não conta com controladores de movimento, que só chegarão ao mercado no final do ano.

A versão comercial do HTC Viver será mais refinada e ergonômica do que aquela conhecida no ano passado, contando agora com uma câmera frontal para o usuário poder ver os objetos que estão ao seu redor, além de uma nova função chamada Vive Phone Services, que permite o envio e recebimento de chamadas de voz, mensagens de texto e visualização de calendário.

htc-vive-consumer-press-shots-3-1

As reservas começam no dia 29 de fevereiro, e as primeiras unidades chegarão aos compradores no começo de abril. O HTC Vive chegará com dois jogos (Job Simulator: The 2050 Archives e Fantastic Contraption).

htc-vive-consumer-press-shots-4-1 htc-vive-consumer-press-shots-2-1

Um trem fantasma baseado em realidade virtual

by

Derren Brown Ghost Train

Este novo trem fantasma está instalado no Thorpe Park, no Reino Unido, e mesmo com poucos detalhes técnicos revelados, sabemos que o mesmo tem uma base clara na realidade virtual, com a ajuda dos kits HTC Vive. O resultado da recriação é simplesmente espetacular, transmitindo tudo com um alto grau de realismo.

Os seus criadores indicaram como serão as características dessa nova atração:

– Duração de 10 a 15 minutos
– Sequências de ação ao vivo
– Efeitos especiais 4D
– Ilusões em grande escala
– Trânsito físico (real)

Uma combinação que promete fazer com que custe ao usuário distinguir o que é real e o que não é, ainda que os recursos não sejam os mesmos em todas as voltas. Ou seja, você teria motivos de sobra para ir ao brinquedo mais de uma vez.

Esperamos por mais detalhes sobre esse trem fantasma, que só estreia a partir da primavera na Europa.

 

Via Neowin

Valve oferece HTC Vive para desenvolvedores de games de realidade virtual

by

valve-htc-vive

A Valve quer facilitar a vida dos desenvolvedores de games para a realidade virtual. Para isso, eles começaram a enviar unidades do HTC Vive totalmente gratuitas para um pequeno grupo de developers.

Seja um estudo grande ou um pequeno desenvolvedor inteligente, a Valve também oferece um capacete de realidade virtual para testar as criações. Igualmente de graça.

Um porta-voz da Valve revelou ao Ars Technica que a empresa iniciou um programa para fomentar o desenvolvimento de conteúdo para os óculos de realidade virtual. Basta o desenvolvedor se inscrever e esperar para saber se vai receber um HTC Vive de graça. Pelo menos será assim por um tempo, mas pode ser que no futuro eles comecem a cobrar por isso.

Não foi revelado qual será o processo de escolha dos desenvolvedores. A única coisa explicada é que não importa o tamanho do estúdio ou se são desenvolvedores independentes. As primeiras unidades foram enviadas, e levando em conta o modelo oferecido, certamente eles vão receber várias solicitações.

Via Ars Technica