Arquivo para a tag: homologação

Nexus 6P é homologado pela Anatel

by

nexus-6p

A Anatel homologou o Nexus 6P, smartphone fabricado pela Huawei e projetado pela Google. Com isso, o modelo pode ser comercializado no Brasil, o que indica o seu lançamento iminente para o Brasil.

O Nexus 6P tem um processador octa-core Snapdragon 810 com GPU Adreno 430, 3 GB de RAM, tela de 5.7 polegadas (WQHD, 2560 x 1440 pixels), câmera traseira de 12.3 MP com foco a laser e captura de vídeos em 4K, câmera frontal de 8 MP, bateria de 3.450 mAh e versões com 32 GB, 64 GB e 128 GB de armazenamento. O modelo conta também um leitor biométrico e conector padrão USB Type-C.

No Brasil, a linha Nexus foi lançada pelos seus correspondidos fabricantes (Samsung, com o Galaxy X, LG, com o Nexus 4 e Nexus 5). O Nexus 6 não foi lançado no país pela Motorola. No caso do Nexus 6P, a própria Huawei já confirmou o seu lançamento no mercado brasileiro, até porque a fabricante fez recentemente investimentos pesados em lançamentos de smartphones.

Na documentação de homologação, é possível identificar o manual do produto em português e fotos do Nexus 6P, com a identificação da Anatel ficando na lateral do smartphone, deixando a traseira do produto mais limpa.

Agora, resta esperar pelo seu lançamento, que não tem data prevista. Seu preço também não foi anunciado.

nexus-6p-anatel

Via Os Novos Pinguins, Tecnoblog

iPad Mini 3 e iPad Air 2 estão homologados pela Anatel

by

ipad-mini-retina-ipad-air

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) homologou os novos tablets da Apple – iPad mini 3 e iPad Air 2 – no Brasil. Com isso, os produtos podem ser comercializados no nosso mercado, pois seguem os requisitos exigidos pela agência governamental.

Por enquanto, apenas o iPad Air 2 com WiFi não teve sua homologação confirmada pela Anatel. Os demais modelos (iPad mini 3 WiFi, iPad mini 3 WiFi + 4G e iPad Air 2 WiFi + 4G) já contam com a devida aprovação. Lembrando que a homologação não necessariamente significa que os novos modelos serão lançados de forma imediata. Mas é possível apostar que os novos tablets desembarcarão no Brasil a tempo das vendas de Natal (final da primeira quinzena de dezembro).

fotos-externas-ipad-air-2

Todos os modelos homologados dos novos iPads foram fabricados na unidade da Foxconn em Jundiaí (SP), ou seja, os produtos que chegarão ao mercado serão fabricados no Brasil, com isenção fiscal. Por outro lado, é difícil de se imaginar que esses novos tablets contarão com preços mais competitivos que os atuais. Se os novos modelos receberem o mesmo preço dos tablets da Apple lançados no ano passado, já podemos considerar isso uma vitória.

Além disso, com o dólar batendo a casa dos R$ 2.50, não é difícil imaginar que os valores dos novos iPads não serão nada competitivos. Como alternativa, é possível adquirir os novos tablets nos EUA, e utilizar a garantia nacional da Apple (na teoria, uma vez que os modelos comercializados lá são os mesmos que serão vendidos aqui).

Vamos esperar por novidades sobre o assunto.

+info

Novos iPads (iPad Air e iPad mini Retina) são homologados pela Anatel

by

ipad-mini-anatel

 

Muito mais rápido do que se imaginava. Os novos iPads (iPad Air e iPad mini Retina), apresentados no começo de outubro pela Apple, e já na segunda leva de lançamento, foram homologados no Brasil pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), o que torna os produtos aptos para serem comercializados no mercado brasileiro.

A documentação informa que a homologação foi concedida na semana passada. Os modelos aprovados pela Anatel são o A1474 (iPad Air) e o A1489 (iPad mini com tela retina). Os dois modelos estão homologados na versão Wi-Fi (as versões Wi-Fi + 4G dos dois produtos ainda não foram homologadas.

Os iPads aprovados pela Anatel serão fabricados pela Foxconn, na sua unidade fabril na China e na unidade de Jundiaí (São Paulo). Mais uma vez, tudo indica que os primeiros lotes dos novos tablets serão importados (principalmente se a Apple tem mesmo a intensão de lançar o produto por aqui no final do ano, em tempo para as vendas de Natal), mas a citação da fábrica brasileira abre a possibilidade do produto ser fabricado em nosso país em médio prazo.

anatel-ipad-mini

Vale lembrar que os modelos com conectividade LTE vendidos nos Estados Unidos são (teoricamente) compatíveis com as redes 4G brasileiras, o que leva a crer que os modelos A1475 (do iPad Air) e A1490 (do iPad mini com tela Retina) podem ser homologados pela Anatel no futuro.

E, de novo: a homologação não quer dizer que estamos diante de um lançamento iminente. Ainda acho muito pouco provável que a Apple lance no final do ano, ao mesmo tempo, o iPhone 5s, iPhone 5c, iPad Air e iPad mini Retina. Se isso acontecer, ótimo (estarei feliz em estar errado), e há até indícios que pelo menos o iPad mini Retina possa chegar por aqui até dezembro (a queima de estoque recente do iPad mini de primeira geração nos e-comerces nacionais é um desses indícios).

Porém, é muito produto de uma vez só. A não ser que a Apple esteja apostando em uma demanda monstro de produtos para o final do ano, ainda acredito que esses lançamentos serão escalonados, até mesmo para dar fôlego para os cartões de crédito dos ávidos usuários.

Vamos aguardar pelos próximos acontecimentos.

Via MacMagazine, Tecnoblog

Fim do mistério? Xbox One será fabricado no Brasil, segundo homologação da Anatel

by

new-xbox-one

A homologação do Xbox One na Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) pode ajudar a solucionar o mistério do PlayStation 4 a R$ 3.999. Segundo a documentação vazada do órgão regulador brasileiro, o console da Microsoft foi homologado em 8 de outubro de 2013, e de acordo com as imagens vinculadas aos documentos do console, e será montado no Brasil.

Os documentos de homologação são públicos (o link para consulta está disponível no final do post – código 3090131569, na área Número de Homologação), e o registro comprova que a Microsoft do Brasil deu entrada no pedido de aprovação do produto. Quem vai montar o Xbox One por aqui será a MASA da Amazônia, e mesmo sem contar com uma produção local, o simples fato de montar o produto por aqui já garante o selo de “Fabricado no Brasil” e, por consequência, garante algumas isenções fiscais que afetam diretamente no preço final do produto.

É fundamental lembrar que, em julho, a Microsoft afirmou que a primeira leva do Xbox One seria importada, com a produção nacional do console prevista para começar apenas em 2014. É claro que os planos podem ter mudado, mas particularmente acredito que isso não mudou. O que pode também ocorrer é o simples fato dos planos serem os mesmos, e a própria Microsoft já ter subsidiado a primeira leva vinda de fora do Xbox One (e eles tem bala na agulha para isso), e  quando a produção local começar, o seu preço se manter inalterado, já com todas as isenções fiscais aplicadas.

xbox-one-made-in-brazil

A Microsoft se recusa a comentar o assunto, e promete dar maiores esclarecimentos durante a coletiva de imprensa na Brasil Game Show 2013, prevista para acontecer na próxima sexta-feira (25).

De fato, com essa informação em mãos, as coisas mudam um pouco de figura, e de forma favorável para a Sony. Isso explica em partes a gritante diferença do preço, já que a Microsoft simplesmente deixa de pagar alguns impostos locais para ofertar o produto no Brasil. Também confirma que o preço do Xbox One é realmente caro demais, ainda mais se considerarmos que o Xbox 360 custa hoje R$ 800 no seu preço inicial sugerido.

Por outro lado, revela também que a Microsoft já tinha um plano bem adiantado para fabricação do console no Brasil, algo que a Sony ou não fez, ou não tinha planos para fazer tão já. E, mesmo assim, se retirarmos os impostos relativos à importação do PS4, e os incentivos fiscais para a produção nacional, o console dos japoneses ainda custa mais caro que o Xbox One, mesmo custando US$ 100 a menos.

Em resumo: a Sony ainda precisa se explicar. Vamos esperar pela coletiva de amanhã (24) para saber o que eles podem falar sobre o assunto.

Via Meio Bit, Anatel, G1

Samsung Galaxy Note 8.0 e Galaxy Note 10.1 4G estão homologados pela Anatel: lançamento no Brasil está próximo

by

galaxy-note-8.01.jpg

O dia pode ter acabado para você, mas as notícias relacionadas ao mercado brasileiro de tecnologia continuam a ser divulgadas. A Anatel homologou os tablets Galaxy Note 8.0 e Galaxy Note 10.1 4G LTE, ambos da Samsung, tornando os produtos aptos a serem vendidos no Brasil. Sem datas confirmadas para o lançamento, os modelos devem chegar ao mercado entre o final do mês de abril e o começo do mês de maio de 2013 (estimado).

O Galaxy Note 8.0 chegou recentemente ao mercado do Reino Unido, e a homologação concedida pela Anatel confirma aquilo que a própria Samsung antecipou durante o Samsung Fórum 2013, onde a empresa já antecipava que o tablet chegaria ao mercado brasileiro no segundo trimestre de 2013. O Note 8.0 conta uma tela de 8 polegadas (1280 x 800), sistema operacional Android 4.1.2 Jelly Bean com a interface TouchWiz Nature UX, câmera traseira de 5 megapixels, câmera frontal de 1.3 MP, processador quad-core Exynos 4412 de 1.6 GHz, 2 GB de RAM e 16 GB de armazenamento (expansíveis via slot para cartões microSD). Além é claro das conectividades Wi-Fi, HSPA+, 3G e 4G LTE.

Galaxy-Note-10.1.jpg

O Galaxy Note 10.1 LTE é mais uma prova que a Samsung está investindo pesado nas novas conexões 4G brasileiras. Será vendido não só nos varejistas nacionais, mas também nas principais operadoras de telefonia móvel. O Galaxy Note 10.1 já estava presente no mercado brasileiro, mas na versão 3G., mantendo as demais especificações técnicas (tela de 10.1 polegadas – 1280 x 800 – processador quad-core Exynos 4 de 1.4 GHz, 2 GB de RAM, 16 GB de armazenamento e câmera traseira de 5 megapixels).

Via Mobile Expert, Pingus Móveis

Nokia Lumia 520 recebe homologação da Anatel

by

nokialumia520.jpg

Uma boa notícia para quem estava esperando um smartphone com Windows Phone 8 ainda mais barato que o Nokia Lumia 620. A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) divulgou em seu site a informação que o Nokia Lumia 520 estava oficialmente homologado pela agência, o que indica que o smartphone está devidamente apto a operar no Brasil.

Tal como em todo processo de homologação de qualquer dispositivo de tecnologia que necessite ser aprovado pela Anatel, na documentação disponível em seu site é possível ver as especificações técnicas do dispositivo enviado pela Nokia para análise. Seguem abaixo:

  • Processador dual-core Snapdragon S4 de 1 GHz
  • Tela LCD com 4 polegadas
  • 512 MB de memória RAM
  • 8 GB de armazenamento (expansível via MicroSD, podendo chegar a até 64 GB)
  • Câmera traseira com 5 megapixels (capaz de gravar vídeos em HD) sem flash
  • Conexões Bluetooth, Wi-Fi e USB
  • Bateria de 1430 mAh
  • Disponível nas cores amarelo, vermelho, azul, branco e preto

O Nokia Lumia 520 foi apresentado oficialmente durante a Mobile World Congress 2013, junto com o Lumia 720 (que ainda não tem previsão de chegada ao Brasil). O Lumia 520 se destaca pelo preço reduzido, se apresentando como a proposta mais barata de smartphone com Windows Phone 8 no mercado. Lá fora, ele custa apenas 139 euros. Se levarmos em conta que o Lumia 620 custa hoje R$ 899, não seria nenhum exagero apostar que o Lumia 520 ficará na faixa de preço dos R$ 699. Se assim for, será uma opção muito atraente para o mercado nacional.

Porém, não há nenhuma informação de preço oficial. Sua data de lançamento também não é informada pela Nokia. Ou seja, vamos ter que esperar. Mas, pelo visto, não muito.

 

Via Anatel

 

Tablet Nexus 7 está homologado pela Anatel, e liberado para venda no Brasil

by

Para quem estava esperando pelo tablet Nexus 7 do Google (em parceria com a Samsung), uma ótima notícia. Segundo o Tecnoblog, a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) homologou o tablet do Google no Brasil, o que libera o produto para ser vendido no mercado nacional, colocando o seu lançamento em modo de espera.

Que o produto seria lançado no Brasil, isso já era algo de conhecimento público, com alguns sites nacionais divulgando a informação. A homologação é um processo importante, pois aprova o produto para trabalhar nas especificações e normas técnicas estabelecidas pela agência brasileira. Vale lembrar que o novo smartphone do Google, o Nexus 4 (fabricado pela LG) já possui essa homologação, mas não tem data de lançamento confirmada (por enquanto).

A homologação do Nexus 7 aconteceu na última sexta-feira (18), mas sua documentação foi certificada na terceira semana de dezembro. Levando em consideração que era o período de final do ano, é natural que o processo levasse mais tempo. Outro detalhe importante: diferente do que aconteceu com o Galaxy Nexus, que teve que mudar seu nome para Galaxy X por questões de registro de marcas, o novo tablet do Google será vendido por aqui com o nome “Neuxs 7”, o que indica que algum acordo deve ter sido fechado para que isso acontecesse.

Apenas o modelo Wi-Fi está homologado no Brasil, o que pode indicar uma mudança de estratégia do Google para o mercado brasileiro em não oferecer o modelo em 3G, pelo menos nesse primeiro momento. Outra teoria levantada é que a versão 3G do Nexus 7 pode estar em processo de homologação, o que é natural nesse caso, principalmente quando uma empresa quer acelerar a entrada de um produto no mercado (fazendo o processo de avaliação de produtos em estágios diferentes).

Segundo o Google Brasil, tanto o Nexus 4 quanto o Neuxs 7 devem chegar ao nosso mercado até o final do primeiro semestre de 2013. Particularmente, aposto no lançamento desses produtos para o final do primeiro trimestre, ou no começo do segundo trimestre, uma vez que concorrentes diretos estão prestes a lançar no mercado nacional novos smartphones (principalmente a Nokia, com a linha Lumia).

iPhone 5 começa a chegar ao Brasil, com sua bateria sendo homologada pela Anatel

by

Pode guardar o passaporte, a grana que você ia gastar na viagem para os Estados Unidos, sentar e relaxar. O iPhone 5 está chegando ao Brasil. Devagar e sempre, como tradicionalmente as coisas acontecem por aqui, mas está chegando. A Anatel homologou a sua bateria, primeiro item que passa pela aprovação da Agência Nacional de Telecomunicações, para todo e qualquer dispositivo eletrônico de rádio frequência.

Com a bateria homologada, o próximo passo é a análise do aparelho em si e os seus componentes. Está confirmado aquilo que todos já sabem: a bateria do iPhone 5 conta com 1.440 mAh, e nesse sentido, não haverá modificações. Agora começa um processo importante para o consumidor brasileiro, e uma das principais dúvidas será esclarecida pelos documentos que forem apresentados pela Anatel em breve: o iPhone 5 vai funcionar com as redes 4G do Brasil?

Como disse antes, do jeito que está, é muito difícil. O modelo opera com frequências de redes sem fio 4G LTE diferentes daquelas adotadas na maioria dos mercados mundiais. E isso porque o Brasil quis assim (protecionismo tolo do mercado nacional, uma vez que quem regulamentou isso entende que o usuário só deve se conectar à internet em 4G dentro do território nacional, não pensando na possibilidade do usuário viajar para o exterior). A tendência é que a Apple traga para o Brasil o modelo de iPhone 5 que opera na frequência de 700 MHz, que é uma das redes compatíveis com o 4G brasileiro. O problema é que essa rede não estará disponível para a telefonia móvel antes de, pelo menos, 2015, uma vez que essa frequência é hoje utilizada pelos canais abertos de TV analógica. Ou seja, mais um tempo de implantação das redes e disponibilidade do serviço, e você só vai navegar em 4G com o seu iPhone 5 em 2016, na previsão mais otimista.

A outra alternativa (pouco provável) é a Apple fabricar um iPhone “made in Brazil”, que já seja compatível à atual frequência do 4G nacional (acima de 2.100 MHz), algo que seria inviável, pois o objetivo da Apple ao fabricar o iPhone no Brasil não é apenas vender no território nacional, mas também oferecer o smartphone para os países vizinhos, reduzindo um pouco os custos nos produtos do continente. Um iPhone 5 exclusivo do Brasil encareceria o produto, já que teria uma linha de produção específica para esse modelo, sem falar que ele só poderia ser comercializado no Brasil. Somando todos os pontos logísticos e comerciais, essa opção se torna inviável.

Esperamos ter a notícia de homologação do novo smartphone da Apple já nos próximos dias (ou, no máximo, até o final da primeira quinzena de outubro). Vamos esperar para ver os próximos acontecimentos.

Via Olhar Digital, Blog do iPhone

Modelos de PlayStation 3 com 16, 250 e 500 GB estão em processo de homologação na Anatel

by

O site Tecnoblog, do nosso amigo Rafael Silva saiu na frente de novo, e conseguiu informações importantes sobre os novos modelos do console PlayStation 3 que devem desembarcar no Brasil em breve. Os modelos estão em processo de homologação e certificação na ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações), e revelam que versões dos consoles nas capacidades de 16, 250 e 500 GB devem chegar ao mercado brasileiro em breve.

A principal diferença visual nessa nova versão está nesse relevo na parte superior do console. Tecnicamente, os três modelos (que usam os códigos CECH-4011A, CECH-4011B e CECH-4011C) se diferenciam apenas pelas suas respectivas capacidades de armazenamento (16, 250 e 500 GB), contando com as mesmas especificações técnicas, segundo uma “carta de similaridade” enviada por um executivo da Sony à agência do governo. O documento também informa que os novos consoles contam com suporte ao Bluetooth e Wi-Fi 802.11 b/g.

Esse é o claro indício que a Sony pretende aumentar o leque de opções de oferta do PS3 no Brasil, inclusive oferecendo uma alternativa mais barata, para enfrentar o Xbox 360 de 4 GB. É de conhecimento público que a Sony tem perdido muito mercado para a Microsoft também por não ter uma opção mais “popular” do seu console, principalmente em mercados tão “excêntricos” como o brasileiro (que apesar de ser um país se sobrevive à crise – ainda – tem os seus preços de eletrônicos encarecidos pelas altas cargas tributárias; por outro lado, o brasileiro está disposto a gastar em games – os números provam isso).

Para ver lista de arquivos enviados para a ANATEL para o processo de verificação dos novos modelos de PS3, clique aqui. O único item que está ausente é o link para as fotos do produto. Rapidamente, a Sony pediu para que essas fotos fossem retiradas do site.

Via Tecnoblog

Novo iPad é homologado pela Anatel

by

Tudo bem. Vamos ignorar o fato que Brunei vai receber o novo iPad antes que o Brasil. Fato é que já consta no sistema de homologação da Anatel a última versão do tablet da Apple, o que nos leva a crer que o processo de lançamento do produto em terras tupiniquins está bem avançado. Agora, só depende da Apple Brasil e das operadoras disponibilizarem o produto no mercado.

A data de certificação é do dia 27 de março, e dois modelos foram homologados: o A1416 e o A1430, com 4G+Wi-Fi e Wi-Fi, respectivamente. As duas fábricas da Foxconn são citadas no certificado (a chinesa e a brasileira), o que indica que o novo modelo do iPad será sim fabricado no Brasil (na teoria, ou pelo menos a empresa tem a intensão clara, ou possui estrutura técnica para iniciar essa produção).

Alguns sites (como o Gizmodo Brasil, fonte desse post) apostam no lançamento do novo iPad no Brasil para o meio do mês de junho. Eu acredito que deva acontecer um pouco mais para frente, no mês de julho ou começo de agosto, apesar de entender que esses são meses relativamente fracos para a chegada de produtos ao mercado.

E para você? Quando será lançado o novo iPad?

Via Gizmodo Brasil

EXTRA: Anatel homologa o iPad 2. Venda do tablet no Brasil está autorizada

by

Dessa vez, foi mais rápido do que se imaginava. A Anatel homologou hoje (31/03) o iPad 2, nas versões WiFi e WiFi + 3G. Com isso, a Apple e as operadoras de telefonia móvel brasileiras estão autorizadas a vender o tablet em território nacional. Porém, a data de lançamento do produto ainda não foi divulgada pela Apple, ou por qualquer operadora brasileira.

Vale lembrar que o iPad 2 foi lançado nos Estados Unidos em 11 de março, e foi lançado em outros mercados internacionais em 25 de março. Agora, é esperar para ver quando o produto será lançado no Brasil, e o mais importante: por qual preço.

Qualquer novidade, é só seguir o blog. Atualizaremos o quanto antes possível.

via G1

[extra] iPhone 4 é homologado no Brasil pela Anatel

by

A Anatel autorizou a venda do iPhone 4, da Apple, em território nacional. A homologação do aparelho foi publicada nesta segunda-feira (23/08). Com isso, o produto pode ser oficialmente comercializado no Brasil pelas operadoras. Este processo de homologação avalia se o smartphone atende as especificações nacionais no que se refere à emissão de radiação, proteção acústica e elétrica, segurança de baterias e o seu funcionamento pleno nas redes de telefonia móvel do Brasil.

Apesar de ser homologado e, consequentemente, estar liberado para ser vendido no Brasil, não há nenhuma previsão por parte da Apple para lançamento do smartphone no Brasil. Qualquer novidade, manteremos vocês informados.

Fonte