Arquivo para a tag: gráficos

NVIDIA e Ubisoft fecham parceria para promover melhorias gráficas nos games

by

Assassins-Creed-IV-Black-Flag-Screenshot_51

A NVIDIA anuncia uma parceria com a desenvolvedora de games Ubisoft, que tem como objetivo melhorar a experiência visual dos títulos disponíveis pela produtora. Os jogos que serão beneficiados pela parceria são: Tom Clancy’s Splinter Cell: Blacklist, Assassins Crreed IV: Black Flag e Watch Dogs, todos em sua versão para PCs.

Segundo o blog oficial da NVIDIA, a parceria tem como principal objetivo atender as exigências dos jogadores via PC, que buscam as melhores resoluções, as mais fluídas taxas de quadro e as mais recentes inovações em termos de hardware e software. NVIDIA e Ubsioft vão trabalhar em conjunto no desenvolvimento dos jogos, combinando suas tecnologias para resultados cada vez mais reais no aspecto visual, e com a melhor performance possível.

splinter-cell-nvidia

A parceria também tem como objetivo integrar as inovações em tecnologia de gráficos das duas empresas, para resultar em jogos com maior imersão e realismo. Um exemplo disso é o sistema de antisserrilhamento TXAA, que oferece uma animação fluída e gráficos de alta qualidade, com sombras suaves, além do recurso HBAO+ (oclusão de ambiente baseado no horizonte) e da tesselação avançada do DirectX 11.

Via Assessoria de Imprensa, Blog NVIDIA Brasil

MacBook Air é transformado em um notebook para games, graças a uma GPU externa

by

macbook-air-external-gpu-larry-gadea.jpg.pagespeed.ce.JfwoialRUe

Sim, eu sei. O finíssimo MacBook Air de 11 polegadas já conta com uma GPU integrada. Mas por causa das restrições impostas pelas dimensões do portátil, e pelo target ao qual o produto se dirige (mobilidade e produtividade básica em um equipamento com OS X), ele não é o notebook que podemos chamar de “ideal” para os jogos. Até agora.

Um usuário do fórum Tech Inferno conseguiu transformar um MacBook Air em um autêntico notebook para games, e dos mais versáteis. Para isso, ele precisou de dois elementos considerados essenciais para esse tipo de experiência: uma boa unidade gráfica externa, e muita dose de paciência.

O modder conectou uma placa PCI Express na porta Thunderbolt do equipamento, combinando dois adaptadores. Somado à isso, ele instalou o Windows 7 no MacBook Air (via Boot Camp) e um aplicativo para fazer o reconhecimento da GPU externa.

Como era de se esperar, o desempenho final do equipamento no quesito jogos foi simplesmente excelente. A combinação elevou o framerate do portátil em até sete vezes, superando com sobras o potencial que a Intel HD 5000 presente no MacBook Air pode oferecer.

Porém, antes que você comece a buscar as chaves para abrir o seu portátil da Apple, ou já esperando que uma solução dessas pode ser encontrada ao mercado, vamos colocar um pouco de água no seu chope. O próprio modder alerta que o procedimento de modificação do MacBook Air é mais complexa do que parece, uma vez que a GPU externa exige uma fonte de alimentação externa para se manter em funcionamento, e não parece que a Intel vai facilitar as coisas na hora de disponibilizar as licenças necessárias para comercializar GPUs que funcionem via Thunderbolt.

Mesmo assim, não custa você conferir o vídeo abaixo e, quem sabe, tentar o mesmo projeto na sua casa, garagem ou bancada de trabalho.

 

Via MacRumors, Tech Inferno

GPU NVIDIA Quadro K6000 é anunciada oficialmente

by

QUADRO-pro-Blog

A NVIDIA anunciou oficialmente o lançamento da sua nova GPU, a NVIDIA Quadro K6000. Segundo a fabricante, essa é a mais rápida e poderosa GPU para uso profissional do mercado, oferecendo um desempenho cinco vezes maior e aproximadamente o dobro da capacidade gráfica de sua antecessora (Quadro 6000), além de contar com a maior memória gráfica disponível no mercado.

A nova GPU Quadro K6000 chega ao mundo com a credencial de ser utilizada por grandes corporações de diferentes segmentos, como por exemplo a Pixar, a Nissan e a divisão WSI do Weather Channel, entre outros. Com a nova GPU da NVIDIA, essas empresas poderão visualizar e analisar melhor as imagens de diferentes tamanhos com maior qualidade e eficiência.

A GPU Quadro K6000 é baseada na arquitetura NVIDIA Kepler e possui recursos e capacidades de desempenho como:

– Memória gráfica GDDR5 ultrarrápida de 12 GB, que permite que os designers e animadores modelem e renderizem personagens e cenas em escala, complexidade e riqueza sem precedentes
– 2.880 núcleos multiprocessador de streaming (SMX), que oferece visualização e poder computacional mais rápidos do que produtos da geração anterior
– Suporta quatro monitores simultâneos e até 4k de resolução, com DisplayPort 1.2
– E/S de vídeo de latência ultrabaixa e suporte para visualizações em larga escala

6_of_6_MU_Progression_LIGHTING_and_FINAL_FRAME

Com tais recursos de hardware, os animadores, designers e engenheiros digitais poderão se beneficiar diretamente, com maiores possibilidades de criação. A Quadro K6000 promete triplicar o resultado final de produção gráfica (comparando com a GPU Quadro K5000), permitindo que esses profissionais tomem decisões mais ousadas na produção dos seus trabalhos.

A NVIDIA Quadro K6000 estará disponível a partir do terceiro trimestre de 2013, já presente nas workstatios de fabricantes como HP, Dell, Lenovo, entre outras.

Via Blog NVIDIA

Seguem as reclamações dos usuários sobre problemas com a Retina Display do novo MacBook Pro

by

Desde que as vendas do novo MacBook Pro com Retina Display começaram que lemos relatos de usuários se queixando de estranhos erros com os gráficos dos novos laptops, começando pelo fenômeno conhecido como “ghosting”, que indica a permanência de uma janela ou uma seção desta depois de ter sido movida. Poderíamos pensar que estes usuários receberam uma unidade defeituosa, e no lugar de contactar o suporte técnico para resolver o problema, preferiram se queixar publicamente, criando um certo alarme. Porém, uma unidade pertencente ao site Engadget também mostra os mesmos problemas, e a Apple não deixa claro qual é o motivo, mesmo a empresa inclinando na possibilidade que o problema seja de software.

No caso específico do Engadget, eles identificaram que o erro aparece com uma configuração muito específica: o notebook deve estar conectado a um Cinema Display, usar um protetor de tela com fotografias e fazer com que o computador hiberne depois de alguns minutos. Ao reiniciar o notebook, a tela Retina não pode mostrar imagens de forma adequada até que a resolução seja alterada, o que resolve o problema.

Ao identificar o problema, o site entrou em contato com a Apple, passando várias horas no telefone com o suporte técnico para analisar essa teoria. O fabricante pediu para que a unidade fosse enviada para que fosse analisada pelos seus engenheiros, e obviamente, se propôs a substituir o produto. Fato é que, o mais importante é que a Apple encontre logo a solução para o problema em pouco tempo.

Abaixo, vídeo da unidade do Engadget.

Via Engadget

NVIDIA anuncia a placa gráfica GeForce GTX 690, com dois chips Kepler

by

Aí você lê o título e pensa: “Ah, mais uma placa gráfica…”. Calma lá, cara pálida! A GeForce GTX 690 da NVIDIA pode muito bem receber o título de “placa gráfica mais rápida do mundo”.

A evolução da GTX 680 inclui dois (sim, eu disse DOIS) GPUs Kepler de 28 nanômetros. Se isso não impressiona você, o seu design inclui uma carcaça externa de alumínio cromado e proteção de magnésio ao redor do ventilador, para diminuir a vibração do produto.

E, como é de se esperar, não será nada barata. O preço da placa é de aproximadamente US$ 1.000, e já está disponível no mercado lá fora. E, se ainda assim você ainda não se convenceu, você vai gostar de saber que a placa oferece suporte SLI para terminar com o dobro de GPUs, mas advertimos que o fabricante que uma GTX 690 pode oferecer o dobro de FPS dos que duas placas GTX 680 com SLI.

Via NVIDIA News

AMD relança linha FX de processadores e plataformas de alta qualidade na E3 2011

by

A AMD anunciou durante a Electronic Entertainment Expo (E3) o retorno de sua marca FX para processadores e plataformas de PC. Os produtos da FX serão voltados para entusiastas de PCs e aficionados por entretenimento em alta definição. A AMD também anunciou novos membros para o seu programa “Gaming Evolved”, aprimorando a experiência com jogos em PC com suporte nativo em HD3D no game “Deus Ex: Human Revolution,” da Eidos Montreal, e novas colaborações com as desenvolvedoras Bioware, Creative Assembly e Codemasters.

A marca FX permite experiência superior para jogadores e entusiastas de mídia HD

A marca FX está associada aos processadores mais rápidos e às plataformas mais poderosas da AMD – projetados para o desempenho ilimitado do PC, para a melhor experiência em jogo e entretenimento em HD. Além disso, esses processadores e plataformas estimulam um visual rico para aplicativos intensivos de gráficos e configurações em alta resolução de multi-monitor AMD Eyefinity. A primeira plataforma a receber o título FX, a plataforma Scorpius, contará com um recurso disponível agora de placas-mãe de chipsets AMD 9-Series e as placas gráficas Radeon HD 6000 Series, além do futuro processador destravado com oito núcleos nativos, Zambeze.

 “A marca FX da AMD possibilitará a melhor experiência para os entusiastas de PC”, disse Leslie Sobon, vice-presidente de Marketing de Produto Mundial da AMD. “Ao combinar um processador destravado com oito cores nativos, a mais nova tecnologia de chipset, e as mais recentes placas gráficas da AMD, os clientes da FX desfrutarão de um conjunto ímpar de atributos e controle impressionante sobre o desempenho de seu PC”.

AMD Adiciona Novos Títulos ao programa Gaming Evolved

Ampliando ainda mais seu compromisso com a inovação em jogos para PC e promovendo uma experiência aberta e avançada para os jogadores, a AMD continua a adicionar membros e desenvolver relacionamentos, no segundo ano do programa Gaming Evolved. Fiel ao seu compromisso anteriormente anunciado para os jogadores de PC, a AMD continua focada no trabalho com os melhores desenvolvedores de software para maximizar a experiência do usuário. O Gaming Evolved combina suporte expandido da AMD para os jogos Microsoft DirectX ® 11 (que utilizam a mais recente tecnologia gráfica da Microsoft), juntamente com configurações de multi-monitor AMD Eyefinity , AMD Dual Graphics (que permitem vários processadores gráficos em um computador), e suporte nativo da AMD para HD3D, para permitir capacidades de exibição em 3D stereo baseadas em padrões, para uma verdadeira experiência de imersão visual em 3D.

“Desde o lançamento da iniciativa de 3D aberto estéreo da AMD ,no ano passado, os desenvolvedores passaram a adotar o suporte nativo 3D que funcionará com uma gama de  óculos e monitores 3D de diferentes fornecedores”, disse Neal Robison, diretor de Relações com ISV (Fornecedor Independente de Software), da AMD. “Este entusiasmo por parte dos desenvolvedores está começando a dar frutos, com o anúncio feito pela Eidos Montreal, que o “Deus Ex: Human Revolution” permitirá suporte nativo para 3D estéreo”.

Com o HD3D da AMD, os jogadores podem experimentar uma qualidade incrível de imagem de jogo em 3D estereoscópico para uma experiência mais realista. A tecnologia HD3D da AMD suporta mais de 400 títulos através dos parceiros de tecnologia da AMD, e a abordagem de ecossistema de 3D aberto da AMD incentiva a mais ampla seleção de soluções em 3D, disponível a um custo mais acessível.

“Estamos entusiasmados em trabalhar com a AMD, um líder inovador em hardware e software de PC, incorporando sua tecnologia ao game Deus Ex: Human Revolution para PC”, disse Stephane D’Astous, gerente geral da Eidos-Montreal, um estúdio da Square Enix.”Também é interessante que o Deus Ex: Human Revolution seja é o primeiro título de videogame otimizado para utilizar nativamente hardware capacitado para o HD3D da AMD. Juntamente com a  funcionalidade AMD Eyefinity, os jogadores de PC estarão ainda mais imersos em um jogo rico em ação e com enredo atraente”.

Além da Eidos, novos parceiros da AMD incluem grandes desenvolvedores de títulos aclamados pela crítica, inclusive o “Dragon Age II” da Bioware, “Shogun 2: Total War” da Creative Assembly e o “DiRT 3” da Codemasters, que incluirá suporte nativo para as tecnologias DirectX 11, AMD Eyefinity e AMD Dual Graphics.

 

Recursos de Apoio

·         Leia os posts da AMD na E3 no Game Blog.

·         Saiba mais sobre o Gaming Evolved da AMD aqui.

·         Obtenha maiores informações sobre a tecnologia HD3D da AMD aqui.

·         Siga as notícias da equipe AMD no Twitter em @AMD_Unprocessed.

·         Seja um fã da tecnologia AMD no Facebook.

via assessoria de imprensa

 

NVIDIA GeForce GTX 560 Ti, a segunda geração de placas gráficas Fermi se torna oficial

by

O tempo é o senhor da razão. No ano passado, muitos se perguntavam se ia mesmo ser necessário instalar um reator nucelar em casa para poder competir com as primeiras placas gráficas da NVIDIA com arquitetura Fermi. E hoje, vemos que não, com este novo lançamento da empresa.

As novas placas gráficas GTX560 Ti chegam dispostas a continuar um legado que a GTX460 tão bem construiu. Motivos para isso não faltam: ela conta com 384 núcleos CUDA, a 1.645 MHz, 1 GB de memória RAM GDDR5 de 4 GHz, um clock gráfico que marca até 822 MHz e um preço estimado de US$ 250 nos Estados Unidos. Vale a pena conferir os textos dos links abaixo para mais detalhes sobre a nova placa da NVIDIA.

via HardOCP, PC Perspective e Bit-tech

[notebook] Fujitsu Lifebook AH530 GFX, com impressionantes 1 GB de memória em gráficos externos

by

Muitos vão dizer que uma placa gráfica com 1 GB de memória de vídeo é algo que já não impressiona muito, mas ninguém pode negar que ver isso em um portátil é algo pouco comum. A Fujitsu resolveu incluir esta opção nos modelos Lifebook AH530 GFX, que são uma atualização dos antigos AH530. Entre outras características, ele conta com tela LCD de 15,6″, processador Core i3, i5 ou i7, até 8 GB de RAM, 500 GB de armazenamento, opção de escolha entre DVD ou Blu-ray, saída HDMI ou VGA, WiFi n, Bluetooth 2.1, três portas USB e Ethernet de 1 giga. Chegam ao mercado nos próximos dias, sem preço anunciado.

Fonte

[notebook] Eurocom Panther 2.0 se apresenta com dupla placa gráfica e um Core i7-980X

by

A Eurocom chega dessa vez com o Panther 2.0, que é mais um daqueles notebooks “topa qualquer parada” que é capaz de fazer bem as funções de servidor, estação de trabalho, ou até mesmo central de jogos. Com uma tela de 17,3″, ele conta com espaço para duas placas gráficas, a escolha do cliente.

Você pode optar por uma configuração SLI, com a dupla GTX 480M ou Quadro 5000M, da família NVIDIA, ou por uma configuração CrossFireX, com duas placas ATI Mobility Radeon HD 5870. Tudo isso, com um processador Intel Core i7-980X, de 3,33 GHz (exatamente, o processador de desktop presente neste notebook). E isso não é tudo: ele conta com 24 GB de memória RAM DDR3, duas portas USB 3.0 e 3 TB de armazenamento, divididos em 4 discos rígidos (ou, se você ainda preferir, você pode optar em ter 2 TB de SSD). O Eurocom 2.0 pode chegar ao mercado ainda neste mês, mas não tem preço anunciado. E pobre dos nossos cartões de crédito…

Fonte

[periféricos] NVIDIA apresenta a tecnologia Optimus: gráficos intercambiáveis e automáticos

by

A NVIDIA já nos oferece a tempos placas gráficas híbridas em seus catálogos de produtos. Agora pretende fazer uma revolução, com o lançamento oficial de sua tecnologia Optimus.

O invento consiste em combinar um cartão NVIDIA e um processador Intel com os gráficos integrados, para que o sistema seja capaz de identificar qual GPU usar, e alternar entre as duas de forma automática, dependendo das necessidades dos seus equipamentos. Deste modo, seu portátil saberá quando você está escrevendo um e-mail ou jogando, e atuará em função disso, te oferecendo um melhor rendimento e economia de bateria que estas operações implicam. A transição acontece de maneira quase que instantânea, sem intervenção do usuário, nem mensagens ou oscilações na tela. O primeiro portátil que vai desfrutar da novidade deve ser lançado no mês de março deste ano, vindo pela ASUS.

Fonte