Arquivo para a tag: GPU

GPU do Surface Book é inferior do que o esperado

by

surface-book-01

Más notícias para os entusiastas do Surface Book. A GPU personalizada presente no notebook conta com memória GDDR5, mas com um bus 50% menor, com restrições importantes em especificações técnicas.

Um usuário do Reddit executou o software GPU-Z em um Surface Book dentro de uma Microsoft Store, e constatou que o notebook tem em sua essência com uma GPU 940M levemente modificada, com 1 GB de GDDR5. Na imagem abaixo, temos um comparativo dos dados da GPU do Surface Book (à direita) e uma da GT 940M na sua versão standard.

S8hR56E

Via Reddit

As especificações de processador e GPU dos novos Surface Pro 4 e Surface Book

by

Surface-Book-Solo

O Surface Pro 4 e o Surface Book se transformaram por méritos próprios em dois autênticos objetos de desejo, mas não tiveram todos os seus detalhes de hardware revelados durante a apresentação oficial. Aos poucos essas informações estão aparecendo. Uma delas é que o Surface Book usa uma GPU personalizada da NVIDIA, com desempenho similar ao de uma GTX 950M.

Sobre os processadores e gráficos integrados, agora sabemos alguns detalhes, que mostram a seguinte divisão para o Surface Pro 4:

– CPU Skylake de sexta geração Intel Core m3-6Y30, com iGPU Intel HD 515.
– CPU Skylake de sexta geração Intel Core i5-6300U com iGPU Intel HD 520.
– CPU Skylake de sexta geração Intel Core i7-6650U com iGPU Intel Iris 540.

O último modelo é extremamente potente para a sua proposta, já que inclusive a sua GPU é capaz de oferecer um desempenho razoavelmente bom nos jogos.

No caso do Surface Book, temos:

– CPU Skylake de sexta geração Intel Core i5-6300U com iGPU Intel HD 520.
– CPU Skylake de sexta geração Intel Core i7-6600U com iGPU Intel HD 520.

Nesse caso, temos que ter em mente que é possível acessar a variante com GPU dedicada da NVIDIA, com 1 GB de GDDR5, mais que suficiente para os jogos. Também é importante levar em conta que falamos de processadores Intel de baixo consumo em todos os modelos.

Via Neowin

Samsung prepara a sua própria GPU, e vai abandonar a Mali

by

650_1000_exynos_5

A Samsung estaria desenvolvendo uma GPU própria para os seus SoCs Exynos. O objetivo é se diferenciar ainda mais das propostas da ARM, com as GPUs  Mali, que não parecem ser suficientemente boas para os coreanos ou para a Qualcomm, que já adotam a algum tempo as GPUs Adreno.

Além disso, a Samsung passa a ter um controle ainda maior sobre a eficiência termal ou faixas de rendimento das unidades gráficas, no lugar de depender dos designs gerais da ARM.

É esperado que essa nova GPU apareça no meio de 2015, fazendo parte das futuras SoCs Exynos e, principalmente, em um suposto Galaxy Note 5, que deve chegar no segundo semestre do ano que vem, e pode ser o primeiro smartphone a contar com essa nova SoC. Resta saber como tudo isso vai se comportar trabalhando junto.

Via G4Games

NVIDIA lança a GeForce GTX 780 Ti, a sua melhor GPU para games

by

NV_GeForce_GTX_780Ti_KV_FINAL_LR

A NVIDIA anunciou o lançamento da nova GPU GeForce GTX 780 Ti. Segundo o fabricante, esta é considerada a GPU para games mais rápida do mundo.

O produto promete oferecer gráficos de forma contínua, com um modo de refrigeração silencioso, aumentando a imersão do jogador com gráficos de alta qualidade. A GPU GTX 780 Ti possui a tecnologia NVIDIA Kepler, considerada a mais eficiente arquitetura de GPU já projetada, oferecendo um design avançado com baixa densidade térmica, facilitando na sua refrigeração, oferecendo uma operação mais silenciosa e uma melhor performance.

A nova placa de vídeo também inclui um hardware dedicado de medição, para oferecer um fornecimento de quadros mais consistente. Também oferece suporte à tecnologia de exibição de gráficos NVIDIA G-SYNC, que elimina efeitos de ruptura na tela, reduzindo as interrupções de exibição e latência de entrada de dados.

Seu design industrial inclui uma tampa de alumínio, um LED de fundo no logotipo GeForce GTX, e janela de policarbonato transparente. Segundo a NVIDIA, a nova GPU possui 25% a mais de núcleos que a GTX 780, memória integrada de 7 Gbps e suporte à tecnologia NVIDIA GPU Boost 2.0. Em comparação com a GTX 780, a GTX 780 Ti é quase 21% mais veloz (na média).

A GPU NVIDIA GeForce GTX 780 Ti será oferecida pelos fabricantes ASUS, EVGA, Gigabyte, MSI, PNY e Zotac, com o preço inicial estimado em R$ 2.999,00.

Via Blog NVIDIA

AMD lança placas gráficas séries R9 e R7, para gamers e usuários que buscam performance nos PCs

by

AMD-Radeon-R7-260X-360WAMD-Radeon-R9-270X-360W

 

Em evento realizado hoje (06) em São Paulo (SP), a AMD apresentou novas placas gráficas de alta performance. Três são das séries R7 (AMD Radeon R7 240, AMD Radeon R7 250 e AMD Radeon R7 260X) e outras três são da série R9 (AMD Radeon R9 290X GPU, AMD Radeon R9 270X e AMD Radeon R9 280X).

As novas GPUs AMD Radeon prometem melhorar o desempenho de PCs de usuários de diferentes categorias e níveis de exigência, indo desde os “early adopters”, passando pelos profissionais, até alcançar os entusiastas em gamers. Esse último grupo é considerado o mais exigente na busca pelo melhor desempenho e maior realismo nos conteúdos gráficos reproduzidos em seus computadores.

As novas GPUs contam com a arquitetura de núcleos gráficos, que trabalha em conjunto ao suporte Mantle, oferecendo um maior processamento gráfico nos equipamentos. As placas gráficas R7 e R9 são baseadas na arquitetura AMD Graphics Core Next (GCN), que permite aos desenvolvedores de jogos explorarem os núcleos de força para uma produção de jogos para PCs e consoles mais ágil, com uma melhor qualidade gráfica no resultado final.

Os jogos habilitados com a tecnologia Mantle podem “conversar” com linguagens nativas da arquitetura GCN, oferecendo uma maior otimização de hardware, e um desempenho final superior. Além disso, os usuários podem acelerar a performance de jogos e aplicativos, com a ajuda do programa AMD App Acceleration, que explora ao máximo os recursos dessa tecnologia. As placas AMD Radeon R7 contam ainda com o suporte ao DirectX 11.2, sendo totalmente otimizado para trabalhar com as novas características do Windows 8.1.

As novas placas gráficas da AMD também oferecem um som de alta qualidade, com a ajuda da tecnologia AMD TrueAudio, oferecendo uma melhor audiência sonora tanto nos fones de ouvido quanto nas caixas de som. As placas contam com processadores de áudio dedicados dentro da GPU, aumentando assim a imersão dos gamers durante os jogos.

As placas AMD Radeon R9 contam com a tecnologia AMD Eyefinity, que oferecem uma melhor experiência visual para os jogos recém lançados e para os futuros lançamentos. O modelo R9 270X é compatível com a resolução 1080p, enquanto que o modelo R9 280X suporta resoluções de até 2560 x 1440 pixels.

Os preços dos novos modelos, assim como a disponibilidade dos produtos no Brasil, não foram anunciadas pela AMD.

Características dos novos produtos apresentados: 

Família R9

Modelo do Produto

R9 270X

R9 280X

R9 290X

Processador Stream

1,280 Units2,048 Units2,816 Units

Engine Clock

Até 1.05 GHzAté 1 GHzAté 1 GHz

Perfomance de Computação

2.69 TFLOPS4.1 TFLOPS5.6 TFLOPS

Configuração de Memória

2GB or 4GB GDDR5 / 256-bit3 GB GDDR5 / 384-bit4GB GDDR5 Up to 5.0Gbps memory clock speed

Suporte API

DirectX® 11.2

OpenGL 4.3

Mantle

DirectX® 11.2

OpenGL 4.3

Mantle

DirectX® 11.2, OpenGL 4.3 and Mantle

 Família R7

Modelo do Produto

R7 240

R7 250

R7 260X

Processador Stream

320384896

Engine Clock

Até 780 MHzAté 1.05 GHzAté 1.1 GHz

Perfomance de Computação

499 GFLOPS806 GFLOPS1.97 TFLOPS

Configuração de Memória

1GB GDDR5 or 2GB DDR3 / 128-bit1GB GDDR5 or 2GB DDR3 / 128-bit2GB GDDR5 / 128-bit

Suporte API

DirectX® 11.2

OpenGL 4.3

Mantle

DirectX® 11.2

OpenGL 4.3

Mantle

DirectX® 11.2

OpenGL 4.3

Mantle

 

Via Assessoria de Imprensa

MacBook Air é transformado em um notebook para games, graças a uma GPU externa

by

macbook-air-external-gpu-larry-gadea.jpg.pagespeed.ce.JfwoialRUe

Sim, eu sei. O finíssimo MacBook Air de 11 polegadas já conta com uma GPU integrada. Mas por causa das restrições impostas pelas dimensões do portátil, e pelo target ao qual o produto se dirige (mobilidade e produtividade básica em um equipamento com OS X), ele não é o notebook que podemos chamar de “ideal” para os jogos. Até agora.

Um usuário do fórum Tech Inferno conseguiu transformar um MacBook Air em um autêntico notebook para games, e dos mais versáteis. Para isso, ele precisou de dois elementos considerados essenciais para esse tipo de experiência: uma boa unidade gráfica externa, e muita dose de paciência.

O modder conectou uma placa PCI Express na porta Thunderbolt do equipamento, combinando dois adaptadores. Somado à isso, ele instalou o Windows 7 no MacBook Air (via Boot Camp) e um aplicativo para fazer o reconhecimento da GPU externa.

Como era de se esperar, o desempenho final do equipamento no quesito jogos foi simplesmente excelente. A combinação elevou o framerate do portátil em até sete vezes, superando com sobras o potencial que a Intel HD 5000 presente no MacBook Air pode oferecer.

Porém, antes que você comece a buscar as chaves para abrir o seu portátil da Apple, ou já esperando que uma solução dessas pode ser encontrada ao mercado, vamos colocar um pouco de água no seu chope. O próprio modder alerta que o procedimento de modificação do MacBook Air é mais complexa do que parece, uma vez que a GPU externa exige uma fonte de alimentação externa para se manter em funcionamento, e não parece que a Intel vai facilitar as coisas na hora de disponibilizar as licenças necessárias para comercializar GPUs que funcionem via Thunderbolt.

Mesmo assim, não custa você conferir o vídeo abaixo e, quem sabe, tentar o mesmo projeto na sua casa, garagem ou bancada de trabalho.

 

Via MacRumors, Tech Inferno

GPU NVIDIA Quadro K6000 é anunciada oficialmente

by

QUADRO-pro-Blog

A NVIDIA anunciou oficialmente o lançamento da sua nova GPU, a NVIDIA Quadro K6000. Segundo a fabricante, essa é a mais rápida e poderosa GPU para uso profissional do mercado, oferecendo um desempenho cinco vezes maior e aproximadamente o dobro da capacidade gráfica de sua antecessora (Quadro 6000), além de contar com a maior memória gráfica disponível no mercado.

A nova GPU Quadro K6000 chega ao mundo com a credencial de ser utilizada por grandes corporações de diferentes segmentos, como por exemplo a Pixar, a Nissan e a divisão WSI do Weather Channel, entre outros. Com a nova GPU da NVIDIA, essas empresas poderão visualizar e analisar melhor as imagens de diferentes tamanhos com maior qualidade e eficiência.

A GPU Quadro K6000 é baseada na arquitetura NVIDIA Kepler e possui recursos e capacidades de desempenho como:

– Memória gráfica GDDR5 ultrarrápida de 12 GB, que permite que os designers e animadores modelem e renderizem personagens e cenas em escala, complexidade e riqueza sem precedentes
– 2.880 núcleos multiprocessador de streaming (SMX), que oferece visualização e poder computacional mais rápidos do que produtos da geração anterior
– Suporta quatro monitores simultâneos e até 4k de resolução, com DisplayPort 1.2
– E/S de vídeo de latência ultrabaixa e suporte para visualizações em larga escala

6_of_6_MU_Progression_LIGHTING_and_FINAL_FRAME

Com tais recursos de hardware, os animadores, designers e engenheiros digitais poderão se beneficiar diretamente, com maiores possibilidades de criação. A Quadro K6000 promete triplicar o resultado final de produção gráfica (comparando com a GPU Quadro K5000), permitindo que esses profissionais tomem decisões mais ousadas na produção dos seus trabalhos.

A NVIDIA Quadro K6000 estará disponível a partir do terceiro trimestre de 2013, já presente nas workstatios de fabricantes como HP, Dell, Lenovo, entre outras.

Via Blog NVIDIA

Fotos de baixa qualidade de um suposto MacBook Pro sugerem a presença de uma GPU Kepler

by

Ah, o que seria de nós, blogueiros de tecnologia, se não fossem essas fotos de baixa qualidade… e o que não seria do mundo da tecnologia, se não fossem esse já maduro mercado dos rumores e especulações… Sempre que alguém nesse mundo de Meu Deus se deparar com um dispositivo curioso e possui nas mãos um smartphone ou uma câmera com a lente mais suja do que se deseja, o registro vai acontecer. E a foto vai parar na web. Principalmente se estão relacionadas à Apple.

Dessa vez, temos uma foto de um suposto MacBook Pro devidamente destripado e mostrando ao mundo o que parece ser uma GPU da plataforma Kepler, mais precisamente uma NVIDIA GeForce 650M. E essas imagens foram publicadas pelo site chinês WeiPhone, o mesmo que afirmou ontem (10/06) que uma lista de dispositivos compatíveis com o iOS 6 foi divulgada, e nela, o primeiro iPad não estava presente (clique aqui para ler). E isso, a poucas horas do início da WWDC 2012.

Fato é que, a essa altura do campeonato, tudo pode ser considerado possível. Não vai demorar muito para a verdade ser contada. E vamos contar para vocês, daqui a algumas horas.

Via MIC Gadget

NVIDIA apresenta a nova GeForce GTX 680M para ultrabooks #Computex

by

A NVIDIA quis dar um salto evolucionário na sua linha de GPUs para Ultrabooks, e apresentou na Computex 2012 o seu novo chip gráfico GeForce GTX 680M. Baseado na plataforma Kepler de 28 nm, esta nova GPU oferece uma frequência de clock de 720 MHz, 1.344 núcleos CUDA e um bus de memória de 256 bits para os seus 4 GB de memória GDDR5. Por enquanto, o único fabricante que confirmou utilizar esses chips em seus equipamentos é a Clevo, mas certamente durante a feira de Taipei veremos outras marcas divulgando suas intensões de utilização desse novo chip.

Via Engadget

NVIDIA anuncia a placa gráfica GeForce GTX 690, com dois chips Kepler

by

Aí você lê o título e pensa: “Ah, mais uma placa gráfica…”. Calma lá, cara pálida! A GeForce GTX 690 da NVIDIA pode muito bem receber o título de “placa gráfica mais rápida do mundo”.

A evolução da GTX 680 inclui dois (sim, eu disse DOIS) GPUs Kepler de 28 nanômetros. Se isso não impressiona você, o seu design inclui uma carcaça externa de alumínio cromado e proteção de magnésio ao redor do ventilador, para diminuir a vibração do produto.

E, como é de se esperar, não será nada barata. O preço da placa é de aproximadamente US$ 1.000, e já está disponível no mercado lá fora. E, se ainda assim você ainda não se convenceu, você vai gostar de saber que a placa oferece suporte SLI para terminar com o dobro de GPUs, mas advertimos que o fabricante que uma GTX 690 pode oferecer o dobro de FPS dos que duas placas GTX 680 com SLI.

Via NVIDIA News

NVIDIA GeForce GTX 560 Ti, a segunda geração de placas gráficas Fermi se torna oficial

by

O tempo é o senhor da razão. No ano passado, muitos se perguntavam se ia mesmo ser necessário instalar um reator nucelar em casa para poder competir com as primeiras placas gráficas da NVIDIA com arquitetura Fermi. E hoje, vemos que não, com este novo lançamento da empresa.

As novas placas gráficas GTX560 Ti chegam dispostas a continuar um legado que a GTX460 tão bem construiu. Motivos para isso não faltam: ela conta com 384 núcleos CUDA, a 1.645 MHz, 1 GB de memória RAM GDDR5 de 4 GHz, um clock gráfico que marca até 822 MHz e um preço estimado de US$ 250 nos Estados Unidos. Vale a pena conferir os textos dos links abaixo para mais detalhes sobre a nova placa da NVIDIA.

via HardOCP, PC Perspective e Bit-tech

[periféricos] NVIDIA GeForce GTX 480M, a GPU para portáteis mais rápido do momento

by

A NVIDIA segue imparável no seu segmento de GPUs, e continua firme no desenvolvimento de novas e melhoradas plataformas gráficas. A fabricante anunciou o lançamento da GeForce GTX 480M, baseada em arquitetura Fermi e com suporte para Directx 11. Classificada como o processador gráfico mais rápido do mundo, a placa, que emprega a tecnologia de 40 nm, traz 352 cores CUDA e até 2 GB de RAM GDDR5 com uma interface de memória de 256 bits. Se falamos de velocidade, temos que destacar que o processador conta com uma frequência de 850 MHz, enquanto que a GPU fica nos 425 MHz.

Esta NVIDIA não se esqueceu de oferecer todo o conjunto de tecnologias disponíveis da empresa, contando com a NVIDIA 3D Vision, PhysX e a Verde Notebook Drivers, para que seu laptop esteja sempre atualizado. Por enquanto, não foram informadas as datas de distribuição desta nova GTX 480M, mas nao deve demorar muito a aparecer em um portátil de médio custo.

Fonte

NVIDIA Verde: portáteis e desktops agora caminham juntos, de mãos dadas

by

Com o objetivo de oferecer o mesmo nível de atualização para os usuários de desktops, a NVIDIA lançou o Verde, que é uma plataforma de controladores, que oferecerá as novidades de rendimento e correções para desktops e portáteis simultaneamente. Deste modo, aqueles que possuem um laptop com gráficos NVIDIA deixam de olhar com receito para os usuários de desktops, já que, até agora, estes últimos recebiam as atualizações com muito mais atenção. Além disso, o Verde traz consigo muitas novidades, como a compatibilidade com telas 3D Vision, e a ativação de conteúdo 3D em equipamentos compatíveis com 3D Vision. Claro que este novo software só é compatível com aqueles equipamentos que fazem uso da plataforma da NVIDIA por completo, deixando de lado soluções de múltiplos fabricantes, como é o caso da Alienware com o M11x, já que também utiliza Intel.

Fonte

[periféricos] NVIDIA apresenta a tecnologia Optimus: gráficos intercambiáveis e automáticos

by

A NVIDIA já nos oferece a tempos placas gráficas híbridas em seus catálogos de produtos. Agora pretende fazer uma revolução, com o lançamento oficial de sua tecnologia Optimus.

O invento consiste em combinar um cartão NVIDIA e um processador Intel com os gráficos integrados, para que o sistema seja capaz de identificar qual GPU usar, e alternar entre as duas de forma automática, dependendo das necessidades dos seus equipamentos. Deste modo, seu portátil saberá quando você está escrevendo um e-mail ou jogando, e atuará em função disso, te oferecendo um melhor rendimento e economia de bateria que estas operações implicam. A transição acontece de maneira quase que instantânea, sem intervenção do usuário, nem mensagens ou oscilações na tela. O primeiro portátil que vai desfrutar da novidade deve ser lançado no mês de março deste ano, vindo pela ASUS.

Fonte

[periféricos] Placa gráfica ATI Radeon HD 5450 melhora seus gráficos de forma descomplicada

by

Seguindo os passos da HD 5670, foi lançada a Radeon HD 5450, com DirectX 11, funções Eyefinity e um preço inicial de US$ 50. É claro que sua potência não é a mesma do seu irmão maior, porém este detalhe é compensado pelo fato da placa ser centrada na parte multimídia de suas operações: conta com DisplayPort, HDMI 1.3a, Dolby TrueHD e DTS-HD Master Audio.

Fonte