Arquivo para a tag: geekbench

Lenovo prepara um tablet de 18.4 polegadas

by

lenovo-tablet-grande

O GeekBench revela especificações básicas de um novo tablet da Lenovo, que contaria com um tamanho de tela de nada menos que 18.4 polegadas.

Os tablets grandes se tornaram tendência com o passar do tempo, principalmente por conta dos últimos lançamentos da Samsung e Alcatel, e em menor média pelo iPad Pro da Apple. A Lenovo pode agora entrar nessa briga, e diferente do que pode parecer, esse formato de tablet não é limitado ao setor profissional, e busca entornos domésticos, com diferentes usos. Levando em conta que este modelo viria com o Android, é difícil de acreditar que a Lenovo o focaria muito além do mercado de consumo geral.

As possíveis especificações desse suposto tablet grande da Lenovo são:

– Tela de 18.4 polegadas (QHD, 2560 x 1440 pixels)
– Processador Snapdragon 652 octa-core (4x Cortex-A72 + 4x Cortex-A53)
– GPU Adreno 510
– 4 GB de RAM
– 64 GB de armazenamento
– Câmeras de 8 MP e 0.3 MP (VGA)
– Sistema operacional Android 6.0.1 Marshmallow

Ou seja, seria um dispositivo bem potente, levando em conta que o processador é uma versão levemente melhorada do Snapdragon 810, um dos mais potentes da última geração, mas que sofreu com os problemas de superaquecimento. Não há detalhes sobre preços ou possíveis datas de lançamento, mas podemos imaginar um tablet com preço entre 400 e 500 euros com essas especificações.

Via GSMArena

Mais pistas sobre o Xiaomi Mi5 aparecem em testes no Geekbench

by

xiaomi-mi4

O site Gizchina publicou supostos resultados de benchmarks do Xiaomi Mi5 via Geekbench, que podem indicar a presença de dois modelos desse tão esperado smartphone.

Os dados são do mês de dezembro de 2015, e podem indicar um desdobramento dos modelos top de linha da empresa, algo já adotado hoje pela Samsung e Motorola. As imagens do Geekbench mostram os resultados dos modelos Xiaomi Mi5 e Xiaomi Gemini, com configurações similares e resultados levemente diferentes.

O Xiaomi Mi5 obteve pontuações de 2182 e 4892 nos testes de um núcleo e vários núcleos, enquanto que o Xiaomi Gemini (com processador aparentemente similar) alcançou 2215 e 5096, respectivamente.

xiaomi-mi5-geekbench

Os resultados do Xiaomi Mi5 são superiores para um benchmark vazado em dezembro, onde a velocidade do processador era menor (1.36 GHz, contra 1.59 GHz do atual, para os dois modelos). Em comparação com outros tops de linha, o Mi5 está abaixo do Samsung Galaxy S6 Edge (5095), e do Edge Plus (5158) nos testes multicore, mas obtendo quase o mesmo valor do S6 Edge e do Xiaomi Gemini, e ficando acima do OnePlus 2 (4429) e do iPhone 6s Plus (4416). Nos testes com um único núcleo, fica entre o iPhone 6s Plus (2537) e o iPhone 6 Plus (1594).

xiaomi-gemini-geekbench

Sobre os dois modelos, a diferença seria na resolução da tela. Teríamos um modelo com com resolução Full HD (1080p) e outro com 2K (QHD), ambos de 5 polegadas e alcançando assim os rivais como Samsung ou LG.

Esta não seria a primeira “aparição” do Xiaomi Mi5. Em agosto, um suposto benchmark do AnTuTu já o posicionava muito bem. Porém, naquele momento, os rumores giravam em dois modelos mas com tamanhos diferentes de tela. De fato, o suposto dado das 5 polegadas choca tanto com o tamanho como com a velocidade do processador. Antes, havia outro modelo com tela de 5.2 polegadas, com processador quad-core de 2.5 GHz (e não de 1.59 GHz), com uma imagem vazada da loja online Gearbest, mas com indicação os 1.8 GHz para a frequência dos núcleos.

Por enquanto, seguimos esperando por sua data de apresentação, que pode acontecer em abril de 2016, após o lançamento dos tops de linha da LG e Samsung, que devem ser anunciados na Mobile World Congress 2016.

Via Android HeadlinesGizchina

Suposto teste de desempenho do Galaxy S7 é flagrado no Geekbench

by

samsung-exynos

Os rumores sobre o Samsung Galaxy S7 continuam. O modelo pode chegar ao mundo no primeiro trimestre de 2016, com duas configurações: uma com o Exynos 8890 e outra, com o Snapdragon 820.

Um suposto vazamento de um teste de desempenho no Geekbench pode indicar que o Exynos 8890 contaria com um melhor desempenho de um modo geral. O chip seria um pouco mais débil no desempenho mono-núcleo, mas consegue um resultado simplesmente fantástico no desempenho multi-núcleo, superando todos os SoCs testados no comparativo, incluindo o A9X do iPad Pro da Apple.

geekbench-exynos8890

Dois pontos a serem observados. O primeiro é que os resultados não estão oficialmente confirmados, o que nos obriga a ter cautela ao ler esses números, já que os mesmos podem ser diferentes daqui a alguns meses. O segundo é que estamos diante de uma prova sintética, ou seja, que o rendimento real em um uso cotidiano pode ser diferente. Ou seja, um processador mais potente que o outro pode ter um pior desempenho por simples questões de otimização.

Via Neowin

Benchmarks vazados do Galaxy Note 5 confirmam rumores

by

galaxy-note-5-leak

Há quem diga que no dia 13 de agosto vamos conhecer o novo Samsung Galaxy Note 5, que deve ser o grande protagonista. Mas não deve vir sozinho.

Do novo phablet da Samsung, ele deve ter semelhanças enormes com o Galaxy S6, com o principal predicado da nova linha de design adotada por ele e pelo modelo Edge: o hardware. Se alinharmos os rumores mais recentes com os benchmarks da Geekbench vazados nas últimas horas, os dois modelos devem ser muito parecidos, salvo por alguns detalhes.

O SoC Exynos 7420 deve continuar, o que proporcionaria um desempenho similar ao S6. Pelo fato da tela também contar com resolução QHD – com maior diagonal, mas com a mesma resolução -, não devemos ter grandes mudanças no desempenho do dispositivo, que de acordo com os resultados do Geekbench, alcançou uma pontuação de 1.419 e 4.399 pontos (no single e no multi core, respectivamente). No comparativo, estas são as pontuações obtidas nos modelos Galaxy S6 e Galaxy S6 Edge.

GeekbenchSingle-coreMulti-core
Galaxy Note 5 (rumor)1.4184.399
Galaxy S61.5015.251
Galaxy S6 Edge1.4424.469

Temos que levar em conta que o vazamento do Geekbench pode ter sido realizado com um protótipo em fase de desenvolvimento, principalmente no que se refere ao sistema operacional e sua estabilidade. Um diferencial do Galaxy Note 5 em relação ao Galaxy S6 é que o primeiro vai receber 4 GB de RAM LPDDR4, contra os 3 GB LPDDR4 do segundo, o que pode se converter em uma certa melhora em alguns testes.

Por fim, o vazamento faz alusão ao nome SM-N920V, que poderia ser o Galaxy Note 5 para a operadora Verizon nos Estados Unidos. O hardware deverá ser similar no modelo internacional, já que precisamente na geração atual não vimos diferenças com a dupla Snapdragon/Exynos que se conhecia no passado.

Um único Galaxy Note 5 será o que, salvo uma grande surpresa, apresentará a Samsung nas próximas semanas.

Via Mobile Fun, WCCFTech

Sony Xperia Z4 Compact é flagrado em benchmarks

by

sony-xperia-z3-compact

O Sony Xperia Z4 Compact já era esperado, e os rumores sobre o modelo ganharam mais força nos últimos dias. Rastros do dispositivo com nome de código Sony E5663 apareceram na web, e esse modelo pode corresponder ao futuro dispositivo em questão.

Entre suas características, teríamos uma tela de 4.6 polegadas Full HD (479 ppp), se alinhando com a linha Compact, e tais rastros vindos de benchmarks como o Geekbench e o GFXBench destacam a presença de um processador MediaTek MT6795 octa-core. Ou seja, a Sony poderia ser mais uma a deixar de lado a solução da Qualcomm (Snapdragon) em um top de linha. Seria por conta dos problemas com o Snapdragon 810?

sony-xperia-z4-compact-benchmarks sony-xperia-z4-compact-benchmarks-02

O MediaTek MT6795 no Geekbench 3 ofereceu um socre de 904 e 5071 pontos em SC e MC respectivamente, que é uma pontuação excelente, posicionando o dispositivo com um patamar muito alto. Também se observa a presença de 3 GB de RAM, 16 GB de armazenamento e câmeras de 20 e 12 megapixels.

Os benchmarks foram enviados por um usuário anônimo na última sexta-feira (26), mas isso não significa que o Sony Xperia Z4 Compact será apresentado em breve, já que os meses de julho e agosto guardam poucas novidades importantes. O mais provável é que ele seja apresentado em setembro, na IFA 2015, o que é mais lógico até por conta do período de vendas natalinas.

Via  GeekbenchGFXBench

Microsoft Surface Pro 3 é o tablet mais rápido, seguido do iPad Air 2

by

microsoft-surface-pro-3

Um comparativo de desempenho mostrou algo que já estava meio claro: o Surface Pro 3 é o tablet mais potente da atualidade (na sua versão com processador Core i5 dual-core).

Ao ser avaliado pelo Geekbench, o tablet da Microsoft obteve um resultado de 5.069 pontos, enquanto que o iPad Air 2 da Apple (que utiliza um SoC A8X com CPU trilpe core) ficou com 4.046 pontos, 20% a menos que o Surface Pro 3. Na terceira posição, ficou o Nexus 9 do Google, e na lanterna ficou o iPad Mini 3, algo compreensível.

É preciso deixar claro que o Surface Pro 3 é uma solução orientada para um setor totalmente diferente daquele que o iPad Air 2 tem como alvo, de modo que fazer um comparativo direto entre os dois vale apenas como curiosidade mesmo.

comparativo-tablets-geekbench

Para um profissional que precisa de um desempenho e possibilidades de um nootebook com as vantagens de um tablet, o Surface Pro 3 é a melhor opção, enquanto que para aqueles que buscam simplesmente um tablet potente e rápido, o iPad Air 2 é a sua escolha.

Via PhoneArena

Sony prepara smartphone de linha média (de forma surpreendente)

by

650_1000_xperia-c3-1

O Geekbench detectou resultados de benchmark de um smartphone com o nome ‘Sony E2303’, com o sistema Android 5.0, processador Qualcomm Snapdragon 615, GPU Adreno 405, 2 GB de RAM e apenas 4 GB de armazenamento. Ou seja, um modelo de linha média (ou bem longe de ser um top de linha).

O modelo ainda contaria como tela de 5.2 polegadas (720p), câmera traseira de 12 megapixels, e câmera frontal de 5 megapixels.

Explico o ‘surpreendente’. A Sony vai mal das pernas, e os rumores recentes indicam o fim do segmento de smartphones. Uma das medidas anunciadas para tentar se salvar era reduzir o seu catálogo de dispositivos, se centrando nos modelos top de linha com características diferenciadas. Porém, o que temos como evidência é a renovação dos modelos de linha média.

Tudo indica que esse dispositivo será o sucessor do Sony Xperia C3 (imagem no topo do post), e mais detalhes sobre o mesmo devem ser conhecidos na MWC 2015.

E aí eu te pergunto: coerência pra quê?

Via PhoneArena

Geekbench flagra o Android 5.1 rodando em um Nexus 5

by

650_1000_nexus-5

Não é o primeiro sinal de vida do Android 5.1. No começo de fevereiro, ele apareceu em dois smartphones pertencentes ao programa Android One. Mas os rumores indicavam que o sistema não demoraria a chegar aos dispositivos Nexus, algo muito razoável e que recebe mais credibilidade por conta da aparição de uma nova entrada na base de dados Geekbench, que identifica um Nexus 5 com a nova versão do Android Lollipop.

Abaixo, temos os dados que comprovam tal tendência. Até agora, a única coisa que é certa é que o Android 5.1 será distribuído de forma massiva nos dispositivos Nexus, com a possibilidade elevada de começar a chegar aos smartphones antes do final do mês de fevereiro.

650_1000_gb

Algumas das melhorias esperadas nessa versão do Android estão relacionadas com o gerenciamento da bateria, a administração da memória principal, a estabilidade do sistema operacional e, provavelmente, com o painel de notificações.

Via GeekbenchPhoneArena

Teremos um Galaxy Note 4 com SoC Snapdragon 810

by

650_1000_1000_1000_galaxy-note-4

A base de dados do Geekbench revela a presença de um processador Snapdragon 810 em uma nova versão do Galaxy Note 4. Segundo o registro do teste de desempenho, esse smartphone está identificado pelo código interno SM-N916S, e ao que tudo indica, esse modelo será o escolhido para receber o processador mais potente da Qualcomm.

Os motivos pelos quais a Samsung teria tomado essa decisão podem ser dois, e muito fortes. Por um lado, uma oferta de desempenho maior que o Snapdragon 805 e o Exynos 5433, algo que seria muito interessante para um smartphone com tela QHD (2560 x 1440 pixels), e a possibilidade da Samsung querer ter uma versão desse smartphone com um chip de 64 bits fabricado pela Qualcomm.

geekbenchnote4

O Exynos 5433 que já está presente em algumas versões do Galaxy Note 4 é um processador de 64 bits, mas alguns mercados (principalmente no ocidente) mostram que o consumidor prefere o SoC da Qualcomm, e isso pode ser o estímulo principal para essa nova versão do phablet.

Por enquanto, estamos especulando. Novas pistas sobre o assunto devem aparecer em breve.

Via Slash Gear, Geekbench