Arquivo para a tag: futebol americano

Pela primeira vez, mais de 2 mil jogadores da NFL serão monitorizados em tempo real

by

nfl-monitorized

Hoje, 10 de setembro, começa a temporada 2015 da NFL. O confronto entre New England Patriotos vs Pittsburgh Steelers será o primeiro de uma temporada histórica, e não apenas por causa do Super Bowl 50. A partir de hoje, vamos conhecer detalhes e estatísticas mais precisas de cada um dos jogadores da liga profissional de futebol americano.

Pela primeira vez na história da NFL, os mais de 2 mil jogadores distribuídos entre as 32 equipes portarão dois sensores nas ombreiras, que vão enviar informações em tempo real sobre o seu desempenho em campo. Com isso, as análises por parte das equipes, fãs e comentaristas terão uma precisão nunca antes vista.

 

A tecnologia a serviço do esporte

nfl-monitorized-02

Na temporada de 2014, a NFL fechou um contrato com a empresa Zebra Technologies, com a ideia que alguns jogadores carreguem sensores que enviam informações sobre o seu desempenho durante os jogos. Um programa piloto entrou em ação em 17 estádios, e apenas alguns poucos jogadores testaram o sistema. Porém, os resultados foram tão impressionantes, que a NFL decidiu renovar o contrato e implementar a tecnologia em todos os jogadores e estádios.

Cada jogador carrega dois sensores com tecnologia RFID nas ombreiras, que coletam informações como a localização em campo, velocidade, distância recorrida e aceleração. Estes sensores estão conectados de forma permanente a 20 receptores instalados em cada estádio.

Uma vez coletada a informação, ela é enviada aos servidores da NFL, onde os fãs poderão acessar os dados via aplicativo de smartphone, ou no site da liga na internet, logo após o fim de cada partida. É claro que tudo isso não é pensado apenas nos fãs: os treinadores de cada equipe terão informações mais precisas de cada jogador, para assim criar novas estratégias.

Esse é um dos passos mais importantes dentro do campo da quantificação, já que em cada jogo serão coletados dados equivalente a 68 bilhões de bytes por jogador. Um volume enorme, o que nos faz imaginar a grande quantidade de dados que serão gerenciados a cada rodada.

Via CIO

NFL se prepara para a sua temporada mais tecnológica de sua história

by

nfl_broncos_seahawks

A pré-temporada da NFL começou, e com ela, a temporada da liga profissional de futebol americano mais tecnológica de sua história. Muitas novidades interessantes serão implantadas na temporada 2014-2015 da liga, que vai adicionar ao fã do esporte mais e mais informações do que está acontecendo em campo.

Duas mudanças merecem destaque. A primeira vem de um acordo com a Zebra Technologies, que vai adicionar novos sistemas RFID para quantificar os dados de cada jogador. A segunda novidade é que a Microsoft vai oferecer tablets Surface 2 Pro, que atuarão como “pranchetas virtuais” para todos os treinadores da liga.

Conhecer os dados do que está acontecendo em campo pode ser a chave para descobrir como extrair o melhor dos jogadores, otimizando as estratégias. Nós podemos fazer piadas com a detecção da movimentação do Fred, mas tal informação é muito preciosa para o treinador (bom… deveria, no caso do Felipão, mas a gente sabe bem o que aconteceu…).

A Zebra Technologies vai instalar sua tecnologia em 17 estádios da NFL, coletando novos dados e estatísticas que serão compartilhados em tempo real, com treinadores e torcedores no estádio e em casa, com a ajuda de aplicativos para smartphones e tablets. O objetivo aqui é aprofundar essa informação para os interessados.

A NFL é a liga esportiva que mais aposta na tecnologia pelo bem do esporte. Outra prova disso é que essa será a primeira temporada onde as pranchetas e playbooks impressos serão banidos da beira do campo, substituídos por tablets da Microsoft. A iniciativa é fruto de um acordo que vale US$ 400 milhões, e as unidades do Surface 2 Pro serão modificadas para o bom uso dos técnicos. Por exemplo as câmeras do dispositivo não poderão ser utilizadas da forma convencional, mas podem coletar imagens do campo de forma mais rápida.

Uma rede privada do estádio vai se encarregar de enviar essas imagens com maior rapidez, e em cores (antes eram em preto e branco). Os treinadores poderão realizar anotações sobre as imagens, ilustrando melhor as jogadas.

É… alguns velhinhos na FIFA poderiam aprender um pouco com a moderna NFL…

Via Digital Trends, Bloomberg Business Week

Ex-funcionários do Facebook preparam um Wi-Fi para 68.500 pessoas em um estádio de futebol americano

by

santa-clara-stadium

Os administradores de sistemas sabem o quanto é complicado instalar de forma adequada uma rede sem fio para milhares de pessoas, e só por isso já me parece interessante o projeto que um time de futebol americano da NFL, o San Francisco 49ers, desenvolve. Eles pretendem oferecer internet via Wi-Fi nos eu novo estádio em Santa Clara, Califórnia, com capacidade para atender todas as 68.500 pessoas que o estádio pode comportar.

A instalação da rede Wi-Fi foi considerada prioridade nesse projeto estimado em US$ 1.2 bilhão, e vão além de simplesmente permitir que todo mundo comente no Twitter quando Colin Kaepernick fizer mais uma corrida para marcar um ponto. Os 49ers pretendem oferecer simplesmente a internet mais rápida dos Estados Unidos.

Para alcançar essa empreitada, dois ex-funcionários dos sistemas do Facebook são os responsáveis pela instalação dessa rede, que vai incluir uma conexão com velocidade de aproximadamente 1 terabit por segundo, que eles acreditam que será suficiente para que cada torcedor possa se conectar à internet sem nenhum tipo de restrição em termos de largura de banda. A conexão estará disponível para dispositivos na frequência de 5 GHz, em redes 802.11ac, com suporte também para as redes n/b/g.

Se tudo isso não é suficiente para você, saiba que o sinal das operadoras de telefonia móvel também será mais forte na região do estádio, para que os usuários tenham a opção de escolher entre uma ou outra rede.

É bom saber que, pelo menos lá nos Estados Unidos, começam a levar a sério a questão de uma instalação de uma rede Wi-Fi em masse, e desejo que eles sejam bem sucedidos com o projeto. Afinal de contas, aqui no Brasil, se a internet simplesmente engatinha com tantos dispositivos no mercado, é lamentável constatar que foram raras as vezes onde uma rede sem fio pode conectar de forma decente uma grande quantidade de dispositivos de forma simultânea. Eventos de tecnologia, então… é melhor nem pensar nisso direito…

 

Via ArsTechnica

 

TargetHD Podcast | 169 | Especial: Sobre o Super Bowl XLVII

by

banner-targethd-podcast

Nesta edição:

– como nessa semana estamos envolvidos com as atividades da Campus Party Brasil 2013, deixamos um programa pré-gravado para vocês, fazendo uma revisão de tudo o que aconteceu durante a temporada 2012 da NFL, que chega ao seu final nesse domingo (03) com o Super Bowl XLVII, entre Baltimore Ravens e San Francisco 49ers. Saiba como foi a temporada regular, os destaques da temporada, os playoffs, a disputa pelo MVP e até o fim (em partes) da “maldição do Madden”.

Visite Também:

Veja as Dicas de Compras do TargetHD.net

Entre em contato:

Clique aqui e acesse a nossa área de contato
Twiter de Eduardo Moreira: @oEduardoMoreira
Twitter do blog TargetHD.net: @TargetHD
Nossa página do Facebook: facebook.com/TargetHD

Feed do TargetHD Podcast

Feeds: RSS e iTunes

[TV] FanView: replays e estatísticas em detalhes para os fãs da NFL

by

A temporada 2010/2011 da NFL começou, e não é segredo para ninguém que o futebol americano é um dos esportes que melhor recebe a tecnologia para benefício do jogo, tanto para quem está em campo levando pancadas por causa de uma bola oval, quanto para quem está do lado de fora, se enchendo de cerveja e frango frito. Um belo exemplo disso é o FanVision, que é um dispositivo que foi anunciado por Stephen Ross, dono do Miami Dolphins.

Ross também é fundador da empresa Kangaroo TV, e o FanVision é um monitor portátil que será oferecido aos torcedores de 12 times da NFL que já adquiriram o equipamento, que tem como objetivo oferecer replays instantâneos de diversos ângulos, jogos que acontecem em outros estádios, estatísticas em tempo real, atualizações dos seus “fantasy games”, vídeos on demand e até uma câmera especial que filma apenas as cheerleaders (se você ficar de saco cheio do jogo, pode ver as cheerleaders durante as 3 horas de partida). E estas são apenas algumas possibilidades do produto.

Fato é que a Kangaroo já oferecia um monitor parecido para as câmeras da F1, mas podemos dizer que esta é a primeira vez que vemos o seu invento em estádios. Será que vai funcionar? Podemos dizer que sim. Mas que os árbitros se preparem desde já para sair com escolta policial do campo. Preço: US$ 199 (depois, vai para US$ 259, mas sem nenhum custo de ativação durante o primeiro ano). Os times que aderiram à novidade: Arizona Cardinals, Buffalo Bills, Chicago Bears, Cleveland Browns, Miami Dolphins, Minnesota Vikings, New York Jets, Philadelphia Eagles, Seattle Seahawks, St. Louis Rams e Washington Redskins.


Fonte

[E3 2010] Madden NFL 11 vai suportar game 3 contra 3 online, Game Flow e mais

by

Peter Moore, da EA, informou detalhes das mudanças da nova versão do game de futebol americano mais popular do mundo, o Madden NFL 11. Agora, seus amigos podem mandar o treinador passear, e jogar o futebol americano roots, no modo 3 contra 3 online. Além disso, com a nova funcionalidade, a duração do jogo poderá ser cortada pela metade no modo online.

Além disso, foi adicionado o Game Flow, que é um sistema que não apenas sugere jogadores, mas também pode ajudar você com chamadas de jogadas. Mas, fique tranquilo: o Game Flow é uma simples opção para os jogadores mais experientes. Até agora, os jogadores poderiam escolher qualquer jogada do playbook caso eles não desejassem utilizar a ajuda do assistente do jogo.

Madden NFL 11 chega ao mercado em 10 de agosto de 2010.

Fonte

[games] CTA Digital oferece vida à bola de rugby para Wiimote

by

Se você pensava que já tinha visto de tudo no já espetacular mundo dos acessórios para Nintendo Wii, você está completa e redondamente enganado. Porque se ficava a impressão que a estranha patente de controle de rugby para o Wiimote ficaria só no papel, como uma patente, essa impressão acabou. Graças à CTA Digital, milhões de usuários Wii vão sentir uma experiência de jogo totalmente imersiva nos jogos da NFL ou da Six Nations. Por enquanto, não temos datas nem preços, mas vendo o realismo do plástico da foto publicada, já dá pra ver que é o tipo de produto que vai agradar muita gente.

Fonte

TargetHD Podcast | 059 | Aquecimento Super Bowl XLIV

by

banner-targethd-podcast

Apresentamos aqui uma edição extra do TargetHD Podcast, para oferecer um aquecimento para o grande evento esportivo do ano nos Estados Unidos.

Neste domingo, Indianapolis Colts e New Orleans Saints se enfrentam para escrever mais um capítulo da história deste esporte fantástico. Nesta edição, você tem um resumo de tudo o que aconteceu nesta temporada do futebol americano, como que estas equipes chegaram ao Super Bowl e minhas impressões sobre este confronto final.

SERVIÇO:


Super Bowl XLIV
(final do campeonato de futebol americano da NFL)
Indianapolis Colts Vs New Orleans Saints
07/02/2010, 20h (pré-game), 21h15 (kick-off)
Miami, Flórida

Links Desse Episódio:

Site Oficial da NFL
ESPN Brasil
BandSports
ChannelSurfing.net
Veetle.com

Visite Também:

Veja as Dicas de Compras do TargetHD.net

Entre em contato:

Clique aqui e acesse a nossa área de contato
Twiter de Eduardo Moreira: @oEduardoMoreira
Twitter do blog TargetHD.net: @TargetHD
Nossa página do Facebook: facebook.com/TargetHD

Feed do TargetHD Podcast

Feeds: RSS e iTunes

[pra descontrair] HDLogix retransmite ao vivo uma partida de futebol americano em 3D, mas não deu muito certo

by

A tecnologia 3D vai se estendendo aos poucos para fora das salas de cinema: recentemente, foi feita uma demonstração pública desta tecnologia, que foi realizada pela HDLogix, mas parece que não empolgou muito o resultado final. O fabricante decidiu retransmitir a partida dos Dallas Cowboys através do grande telão que o estádio possui, com a ideia de oferecer ao vivo a retransmissão do jogo em modo tridimensional, e a resposta dos presentes fez com que os organizadores do evento mudassem rapidamente de ideia (ou seja, cancelaram a demonstração). Olha, os resultados não poderiam ser os piores, pois bastaram 6 minutos e 45 segundos de jogo para que a mudança para o modo normal acontecesse. As queixas principais eram a baixa qualidade de imagem e até náuseas durante a demonstração. É, realmente, nem sempre as novidades são, na prática, o que teorizamos.

Fonte