Arquivo para a tag: froyo

[Dicas de Compras] Smartphone Samsung Galaxy Fit é um dos lançamentos da semana, com tela touch e Android 2.2

by

Com o Samsung Galaxy Fit você tem a qualidade da Câmera de 5 MP para registrar os melhores momentos da sua vida, Display Wide 3.3″, Android 2.2 com milhares de aplicativos no Android Market, Processador de 600 MHz, Teclado Swype, Internet 3G, Wi-Fi, e-mail e aplicativos de Redes Sociais, além da intuitiva interface TouchWiz da Samsung.

Escritório Móvel
Soluções que otimizam suas atividades diárias: Fique conectado aos seus e-mails em tempo real, visualize documentos Office e sincronize seus calendários de forma integrada. Com o Galaxy Fit você tem um escritório móvel na palma da sua mão.

Android Market + Aplicativos Google
Tenha acesso a inúmeras aplicações perfeitas para o seu dia-a-dia. Na loja de aplicativos Android você encontra uma vasta gama de jogos, e-books, utilitários e online widgets que deixam sua vida mais divertida. O Samsung Galaxy Fit vem com diversos aplicativos Google embarcados de fábrica. Tenha acesso aos seus e-mails através do link para o Gmail, descubra com precisão a sua localização com o Google Maps e faça pesquisas rápidas na internet usando o Google Search.

Social Hub
A solução Social Hub integra todos as suas contas de e-mail, calendário e Redes Sociais para facilitar o seu dia-a-dia, nunca foi tão fácil interagir e descobrir o quê está acontecendo com seus amigos.

Câmera de 5 Megapixels
Registre os melhores momentos da sua vida com a qualidade da Câmera de 5 MP do Samsung Galaxy Fit.

Teclado Inteligente Swype
O Galaxy Fit vem com Swype, a tecnologia mais recente e aprimorada para tornar sua digitação fácil, intuitiva e muito mais rápida. Basta deslizar o dedo sobre a tela até a letra que você escolheu, e pronto: a mensagem vai aparecendo no seu celular.

Conexão e Processador
Tenha a velocidade de um processador de 600 MHz com conexão de internet 3G e do Wi-Fi padrão “n” de alta velocidade . Tenha sua vida facilitada e fique conectado com o Galaxy Fit.

Especificações Técnicas:

-Formato: Barra e Touchscreen
-Banda: 2G 4BAND (850/900/1800/1900)
-EDGE
-WAP
-Memória interna: 160 MB
-Expansão para Cartões de Memória: Micro SD Card de até 32GB
-Viva-voz
-Bluetooth
-Alimentação (tipo de bateria): Bateria Li-Ion 1350 mAh
-Cor: Preto
-Recursos fotográficos: Câmera 5 Megapixels, Zoom digital 4x e Flash LED.
-Recursos de vídeos: Reprodução dos formatos: H.263 + AMR NB e MPEG4.
-Recursos de som: Biblioteca de músicas; Tecnologia de som 3D e Conector padrão 3.5 mm;.
-Recursos de chamada: Registro de chamadas Discadas, Recebidas e Perdidas.
-Display: Display Touchscreen 3.3″, 240X320, TFT, 16 milhões de cores.
-Toques: Polifônica e MP3
-Agenda telefônica: Armazenamento de acordo com a memória total do aparelho.
-Idiomas: Português e Inglês
-Alerta vibratório
-Calendário
-Calculadora
-Data e Horário
-GPS
-Outras funções: Lista de tarefas; Visualizador de documentos; Mensagem de voz; Modo Offline; Online Widgets; Interface TouchWiz; Social Hub; Samsung Apps, Android Market; Teclado Swype; Aplicação PC Sync e USB Mass Storage.

Preço: R$ 749,00

ViewSonic ViewBook 730, o tablet de baixo custo de 7 polegadas, e inspirações de e-book reader

by

A ViewSonic aumenta a sua família de tablets, com o lançamento do novo ViewBook 730. Com ele, a empresa pretende alcançar os usuários que querem combinar as características de leitor de livros eletrônicos e tablet em um único dispositivo, com um preço econômico.

Para isso, eles oferecem uma proposta de tela de 7 polegadas (800 x 480), 8 GB de armazenamento interno (expansível via cartões microSD), processador Cortex A8 de 1 GHz, que promete suporte aos conteúdos a 1080p, trabalhando em parceria com uma saída HDMI. O sistema operacional Android é a 2.2 (Froyo), e o tablet acompanha uma caneta stylus, para anotações.

Tem previsão de chegada ao mercado para o final do mês de junho.

via Android Central

MOPS Shadow T800, outro Android chinês com alma de videogame

by

O Xperia Play acaba de ganhar mais um concorrente chinês. Bom, é óbvio que o MOPS Shadow T800 dificilmente vai bater de frente com o aparelho da Sony Ericsson, mesmo porque, de quê adianta ter o modelo chinês se você não pode rodar os jogos do PSOne nele? De qualquer modo, sobre o aparelho, ele possui a versão 2.2 (Froyo) do Android, tela de 3,5 polegadas, (320 x 480), processador de 800 MHz, 512 MB de RAM, câmera frontal de 0,3 MP, câmera traseira de 5 MP, GPS e Bluetooth. De quebra, ele vem com uma boa coleção de emuladores pré-instalados, uma cópia de Assassin’s Creed, e preço de aproximadamente US$ 410.

via Engadget

Xpad, o primeiro tablet com GLONASS, é visto na Rússia

by

A Rússia decidiu entrar no barco dos tablets. O que vemos acima são as imagens de um tablet que possui como principal novidade contar com a plataforma de navegação por satélite russo GLONASS, com uma tela de 7 polegadas, sistema operacional Android 2.2 Froyo, processador de 800 MHz, 512 MB de RAM, câmera de 3,2 MP, GPS e a já citada plataforma GLONASS.

A operadora Skylink se mostra segura de suas possibilidades, tanto que garante que o produto que eles oferecem vai ser a tendência de futuro dos dispositivos de navegação, ao utilizar os dados dois dois sistemas de posicionamento para uma precisão ainda maior nas cidades. O preço do produto é de aproximadamente US$ 500, e ele tem previsão de chegar ao mercado no final do ano.

via CNEWS

Gadget Fake: um iPhone 4 com Android!

by

Bom, não é a primeira vez que vemos uma cópia de um iPhone rodando Android, e convenhamos, é difícil ficarmos chateados com um dispositivo tão “bonitinho” quanto esse. O Hero H2000 é um telefone fabricado pela chinesa Sinoteck, e ainda que seja a primeira vez que estamos vendo ele, vídeos sobre o aparelho foram publicados no YouTube a algum tempo.

Entre suas características básicas, vale saber que ele pode receber dois chips SIM, possui tela capacitiva de 3,5 polegadas, câmera traseira de 2 MP, câmera frontal de 0.3 MP, Android 2.2 (Froyo) e preço de US$ 150. Se você realmente se interessou pelo smartphone, saibda que ele está disponível na DealExtreme.

Abaixo, dois vídeos do “iPhone 4 com Android”.

via KakaTech (link para compra no DealExtreme)

[Dicas de Compras] Smartphone Motorola Atrix, o smartphone mais poderoso do mundo, está disponível para compra

by

O Motorola Atrix é um smartphone tão poderoso, que pode facilmente ser descrito como um desktop móvel, que fica conectado e está ao seu lado sempre que você precisa. Ele não é só parte de um computador. Com ele, você pode esquecer o computador graças ao revolucionário aplicativo webtop. Agora você tem todos os recursos de um computador online: de navegação na web com um navegador Firefox completo à criação e edição de documentos, acesso a todas as suas fotos, músicas e filmes em uma tela grande em praticamente qualquer lugar. Tudo isso é possível pelo seu processador Dual Core NVIDIA Tegra 2, 16 GB de RAM e Android 2.2.

Informações:

-Smartphone Android 2.2;
-Primeiro Dual Core do mundo, tela qHD de 4″ e 1GB de memória RAM;
-Tudo o que você faz no seu smartphone, agora através da sua TV (conexão via estação multimídia);
-Experiência de navegação na internet completa, inclusive Adobe Flash Player 10.1;
-Facebook Places agora no Brasil e no seu Motorola ATRIX;
-Grave vídeos em HD (720p);
-Google Navegação por Voz: fale para onde você quer ir. Ele te leva até lá;
-Google Pesquisa por Voz: encontre imagens, locais e notícias na web, falando para seu telefone;
-Até 48Gb de memória: 16Gb de memória interna (suporta cartão até 32Gb)
-Alerta vibratório;
-Calendário;
-Calculadora;
-Data e Horário
-GPS;
-Viva-voz;
-Bluetooth;
-MP3 Player;
-Câmera Filmadora;
-Radio FM;
-Câmera Fotográfica;
-WAP;
-GPRS;
-EDGE;
-Cor: Preto.

Outras Funções:

-DLNA: Encadeie, armazene e compartilhe conteúdo com dispositivos compatíveis existentes em casa como HDTVs, consoles de jogos e PCs;
-3G Mobile Hotspot: Seja um ponto de convergência para até 5 outros dispositivos sem fio;
-e-Bússola, aGPS (assistido) com Google Maps, Google Latitude e Google Maps Street View;
-Instant Messenger AOL, Windows Messenger e Yahoo! Messenger, Google Talk;
-Aplicativo Webtop revolucionário permite computação móvel.
-Memória: 16GB c/ extensão MicroSD até 32 GB
-Recursos Fotográficos: Câmera de 5 megapixels; Auto-Foco; Flash LED; Zoom de até 8x (digital)
-Recursos de vídeos: Captura de vídeos HD 720p; Gravação e reprodução de vídeos 30fps; Suporte aos codecs: H.264 e MPEG-4; Streaming de Vídeo; Conexão HDMI
-Recursos de som: Media Player Android; Conector 3.5mm; Sintonização de rádio FM; Formatos para reprodução: WMA9, MP3, AAC, AMR NB, eAAC+, AAC+eAAC
-Chamada: Discagem rápida, discagem por voz (alto-falante independente) e comandos de voz; Registro de chamadas feitas, recebidas e não atendidas; Teleconferência; Chamada em espera; Contador do tempo de chamada; Viva-voz integrado; Redução de Ruído, Tecnologia CrystalTalk PLUS
-Display: Touchscreen capacitivo, 4.0″ qHD (960×540), TFT com 16 milhões de cores, sensível a luz e suporte multi-touch; Tipo: Gorilla Glass, mais resistente a impactos e riscos que as telas comuns
-Toques: Monofônicos, Polífônicos e MP3
-Jogos: Suporte a jogos 3D e compatíveis com a plataforma J2ME; Baixe milhares de jogos e aplicativos do Android Market
-Agenda: Contatos: banco de dados avançado de contatos com suporte para vários dados de telefone e e-mail por entrada e imagens em miniatura
-Idiomas do menu: Português, Inglês, Espanhol e Francês
-Alimentação, tipo de bateria: Íon de Lítio, de 1.930 mAh; Tempo de Conversa (contínua): WCDMA até 540 minutos e GSM até 530 minutos; Tempo em Stand-by: WCDMA até 350 horas e GSM até 400 horas
-Processador: Cortex A9s Dual Core (2x1GHz), Chipset NVIDIA Tegra 2, 1024 Mb de memória RAM
-3G: HSDPA 14Mbps, WCDMA (850/1900/2100 mHz)
-Wi-fi: 802.11 b/g/n; Bluetooth 2.1 + EDR (suporta perfis A2DP, VRCP, HFP, HID, HSP, OPP, PAN, PBAP e SPP)

Preço (com o dock): R$ 1.999,00

[Dicas de Compras] O novo smartphone Samsung Galaxy 551 tem teclado QWERTY slide e Android 2.2

by

Navegue pelo mundo, divida o entretenimento ou simplesmente se mostre: com o Galaxy você pode fazer tudo isso. Com sistema operacional Android 2.2 e mais de 100 mil aplicativos Google para escolher e baixar no seu celular, você poderá apreciar toda a experiência com este smartphone. O Galaxy 551 conta também com 3G, Wi-Fi, GPS, TouchScreen, Câmera 3.2MP, Filmadora, MP3 Player, Rádio FM, Bluetooth, Fone, Cabo de Dados e Cartão micro SD de 2GB.

A tela sensível ao toque torna fácil abrir às funcionalidades móveis, incluindo aplicações, assim como navegar no celular com facilidade intuitiva. O teclado QWERTY é ideal para textos longos. A disposição QWERTY familiar ajuda o utilizador a prever onde os botões se encontram, e cada letra possui um botão dedicado. Você tem acesso total as redes sociais, seja enviando e-mails, SMS ou MMS, ou enviando mensagens instantâneas. Os calendários são também sincronizados, e o acesso a um portfólio completo de serviços Google torna a comunicação e interação móveis muito mais simples. Você ainda pode expandir a funcionalidade do seu celular com a sua escolha de aplicações, disponível para transferir a partir de Android Market e da Samsung App Store. A imensidão de aplicações gratuitas e premium disponibilizadas irá certamente satisfazer todos os desejos e necessidades.


Especificações técnicas:

-Tipo: Desbloqueado
-Operadora: Todas
-Formato: Slider Lateral
-Banda: Banda GSM/EDGE e 3G
-EDGE
-GPRS
-Wap
-Wi-Fi
-3G
-Rádio: FM
-Memória interna: 160MB
-Viva-voz
-Bluetooth
-Alimentação (tipo de bateria): 1200 MAH – Tempo de Conversação: Até 550 min (2G), até 340 min (3G); Standby: Até 520 Hr (2G), até 370 Hr (3G)
-Cor: Preto
-Recursos de som: Reprodutor de música com SoundAlive, Fone de ouvido 3,5 mm, Biblioteca de músicas.
-Recursos de fotografia: Câmera 3.2 Megapixel, zoom 3x, Autofoco e Geotagging..
-Recursos de Video: Gravação de vídeos 320×240 (QVGA) 15fps; Vídeo mensagem; Streaming de vídeo.
-Recursos de chamada: Viva-voz, identificador de chamadas, tempo da chamada, Ligações discadas, perdidas e recebidas.
-Display: 3.2″ WVGA(240×400) 16M TFT, Touchscreen Capacitivo, c/ acelerômetro.
-Toques: MP3 e polifônicos
-Jogos: Jogos com suporte J2ME
-Agenda telefônica: Registro de entradas ilimitadas, até a capacidade da memória..
-Idiomas: Português, Inglês e Espanhol.
-Alerta vibratório
-Calendário
-Calculadora
-GPS
-Outras funções: Entrada de texto Swype, gravador de voz, cronômetro, conversor de unidades, horário mundial, Android Market, Samsung Apps, roteador Wi-Fi, Visualizador de documentos, leitor RSS, modo offline, AllShare, Layar ActiveSync, Write & Go.

Preço: R$ 699,00

Review | Smartphone Samsung Galaxy S

by

Mais um review para o blog TargetHD. E de mais um produto bem esperado pelos leitores do blog. O Samsung Galaxy S continua sendo o grande adversário do iPhone em termos de hardware, e depois dos testes, essa sensação ficou ainda mais presente. Muitos podem argumentar que esse review chega tarde demais, uma vez que o Galaxy S II está confirmado para chegar ao Brasil no meio do ano. Nem tanto: a tendência é que esse aparelho tenha seu preço reduzido, se tornando uma opção ainda atual e muito atraente para aqueles que querem um produto que oferece tecnologia de ponta, com recursos muito interessantes. Vamos então conhecer os detalhes do aparelho.

Eis a caixa do aparelho, em preto, bem sóbria.

Na parte traseira da caixa, você tem todas as especificações e características do produto.

Logo de cara, ao abrir a caixa do aparelho, você encontra o Galaxy S. Isso vem se tornando padrão em todos os grandes aparelhos do mercado.

No kit enviado para testes, veio o conector de energia, no formato convencional que encontramos nos produtos lançados no Brasil.

Ele utiliza um plug micro USB para se conectar ao aparelho, tanto para transmissão de dados quanto para recarga de bateria. Isso aumenta a praticidade na hora do uso, permitindo a recarga do aparelho no notebook. Vale o registro que no kit enviado para testes, não recebemos o cabo USB do produto.

Ele acompanha um fone de ouvido, com borrachas para redutor de ruído e microfone integrado. É parecido com o fone de ouvido que veio com o Galaxy Tab.

O microfone, integrado ao fone…

…e o plug P3, para a utilização com o microfone integrado.

A papelada que vem em todo aparelho: flyer promocional da Samsung Apps e manual de instruções. Repetindo: vale a pena dar uma olhada no manual de vez em quando, para poder ficar ainda mais familiarizado com o aparelho.

Agora, vamos ver os detalhes físicos do Galaxy S.

Ao ver de perto o aparelho, o usuário vai poder destacar a sua beleza e sobriedade. Ele não é um aparelho chamativo, e tem linhas simples para todo o potencial que o aparelho pode oferecer. Isso é bom, porque é um aparelho que volta as suas atenções para seus recursos e desempenho, que é o mais importante em um smartphone (não que design não sejam importante; é, mas não é tudo).

Na parte superior do telefone, você tem o sensor de proximidade, além da câmera para vídeo chamadas.

Na parte inferior do produto, o botão central do aparelho, presente na grande maioria dos dispositivos Android, o sensor para voltar telas e aplicativos, além do sensor para menus de aplicativos e telas.

O Galaxy S é um aparelho de baixa espessura, sendo bem cômodo para se levar no bolso da calça. Esse detalhe na lateral em prata combina com o formato e com a proposta do aparelho, dando uma aparência ainda mais elegante ao aparelho.

Abaixo, fotos comparativas com o iPhone 3GS, para vocês terem ideia do tamanho do aparelho (mesmo com o iPhone com um case, podemos garantir que a diferença é mínima).

Na parte superior do aparelho, temos o conector de fone de ouvido, e o conector para carga de bateria e transferência de dados.

Visão geral da lateral do aparelho. Aqui, vemos melhor o quanto que o telefone é fino em suas dimensões.

Na lateral superior direita, temos o botão de liga/desliga do aparelho. Esse botão é relativamente sensível, e durante os testes, fez com que o smartphone ligasse acidentalmente.

Na lateral superior esquerda, os botões de controle de volume do aparelho.

Na parte inferior do telefone, apenas o microfone do aparelho.

Visão geral da parte traseira do Galaxy S.

Acima, a câmera do smartphone. Detalhe: sem flash LED, uma das grandes ausências do modelo.

Um detalhe do aparelho: ele tem a sua parte inferior mais curvada, o que oferece um melhor agarre do aparelho durante o uso.

Para abrir o aparelho, é necessário uma certa habilidade e uma boa unha. A tampa é removida pelo encaixe na parte inferior do aparelho, mas sua remoção não é tão simples. Deve se fazer com cuidado, para que seus contatos de plástico não se quebrem.

Como informamos anteriormente, a sua tampa traseira é de plástico, mas sem muitos dentes salientes. Mas vale a pena ter os tais cuidados para remover a tampa.

Visão geral da parte interna do Galaxy S.

Em destaque, os slots para cartão microSD e cartão SIM.

Sua bateria, que possui uma boa autonomia de uso. Nos testes, com uso normal de recursos de internet em 3G e WiFi, vendo vídeos, usando o Twitter e checando e-mails, sua autonomia foi de pelo menos dois dias completos.

Visão geral da parte interna do conector de bateria.

Agora, vamos ligar o aparelho.

O aparelho é ligado com a tela bloqueada, o que evita acidentes ocasionais se ele ligar sozinho no seu bolso. Aqui, podemos ver que o colorido da tela é bem vivo, com tons bem desenhados. Muito disso se dá pela qualidade da tela Super AMOLED.

O brilho do aparelho é outro ponto de destaque, deixando as imagens mais nítidas.

Visão geral da tela principal do Android 2.2 presente no Galaxy S. Um sistema que se encaixou muito bem com o hardware do aparelho, sendo executado com fluidez.

No aparelho que foi enviado para testes, estavam presentes os aplicativos de Gmail e Gtalk. Recebemos a informação que a Claro resolveu voltar atrás, e devolver o programa do Gmail para os usuários. Caso você compre o Galaxy S desbloqueado (em e-commerce ou loja de varejo, fora da Claro), você tem esses dois aplicativos garantidos em seu aparelho.

Na parte superior da tela, você tem as opções de conectividade. Bem localizado para um acesso rápido, para aqueles que precisam trocar de status de rede a maior parte do tempo, e útil para quem precisa economizar no pacote de dados.

O aparelho conta com três telas principais de aplicativos. Simples, como pedem as interfaces atuais dos sistemas operacionais móveis.

Repare que, na tela principal do sistema, os aplicativos são fáceis de serem identificados, mesmo quando estão em uma tela bem colorida. Isso mostra novamente a qualidade da tela Super AMOLED do Galaxy S.

São 7 telas principais de aplicativos e widgets para o usuário. Para a maioria dos usuários, é uma quantidade mais que suficiente.

No topo da tela, você tem informações de relógio, qualidade de recepção do WiFi, indicador de bateria, qualidade do sinal da operadora de telefonia, data e hora, entre outros.

Assim como no Galaxy Tab, o Galaxy S tem o widgets de feeds de notícias, previsão do tempo, mercado financeiro, compromissos e outros.

Seu teclado QWERTY é bom e bem preciso. Em comparativo com o teclado do iPhone, não deixa nada a desejar, tanto na sua orientação vertical, como na posição horizontal.

Agora, uma olhada rápida no aplicativo de YouTube do aparelho, que se destaca pela sua velocidade de carga, e pela sua qualidade de imagem exibida.

Os resultados das buscas são entregues rapidamente, dependendo da qualidade da conexão de internet que você está utilizando. Abaixo, algumas telas do vídeo do YouTube em execução.

Enquanto ativo, os sensores de menu e retorno se iluminam, facilitando a sua identificação em ambientes mais escuros.

O teclado virtual do telefone tem teclas bem amplas, tomando boa parte da tela, além de ícones de fácil identificação.

Outro destaque do Galaxy S é o Google Maps, que seguindo a tradição dos aparelhos Android, é muito rápido.

É dispensável dizer que, para você ter acesso aos principais serviços do aparelho, você precisa vincular uma conta do Gmail ao telefone. Logo, podemos pular esta parte.

Ele também conta com um recurso de notas, semelhante ao aplicativo que encontramos no iPhone, que é muito prático para o uso diário, para registrar aquelas informações de última hora, que vamos consultar depois.

Com esse bloco de notas, podemos utilizar os textos para enviar para amigos via SMS ou redes sociais, dependendo de nossa necessidade.

Outros destaques do Galaxy S:

Seu player multimídia, que tem uma aparência simples e minimalista, facilitando a identificação de seus recursos.

O Office Mobile, que pode ser uma excelente alternativa para quem já utilizava o Documents To Go no iPhone. Inclusive com a disposição de pastas para organização dos documentos no smartphone (documentos do Office Mobile).

Pouco mudou nas suas telas de configurações, que possuem muitas opções para personalização do aparelho. Tantas, que podem deixar o usuário confuso, mas com um pouco de treino, logo se identifica todas elas.

Sua câmera digital em ação, com foco automático, mas que merecia um flash LED para ser uma ferramenta mais completa.

Os recursos de ajustes de câmera se dispõem de forma semelhante ao Galaxy Tab, com recursos bem completos para fotografia e filmagem.

Por fim, o Samsung Galaxy S está APROVADO. Mesmo com a chegada do Galaxy S II prevista para o meio do ano, o Galaxy S se mostra uma alternativa real para quem quer ter um Android que esteja no mesmo nível do iPhone. O smartphone possui uma performance impecável, com uma boa gama de recursos, além de um design sóbrio e atraente. E com a expectativa de que seu preço caia com a chegada do Galaxy S II, ele se torna uma opção muito interessante. Para quem quer um Android que seja impecável para seu trabalho e lazer, essa é a opção mais completa.

Review em Vídeo | Samsung Galaxy S

by

Recebemos uma unidade do mais completo smartphone da Samsung, o Samsung Galaxy S, e não perdemos tempo em fazer um vídeo com nossa análise geral do produto, que realmente impressiona com o seu Android 2.2. É um dos nossos vídeos mais longos (quase 15 minutos), e ainda faltou algumas impressões a passar do produto, mas vamos fazer isso com o review completo, em fotos (ou até podemos fazer isso com um segundo vídeo.

IMPORTANTE: por duas vezes no vídeo eu cito (de forma errônea) que o Galaxy S possui um processador NVIDIA Tegra 2. Na verdade, ele conta com um processador de 1 GHz, mas nada de ter um processador NVIDIA. Peço desculpas pelo erro, e deixo dois alertas no vídeo informando que citei essa informação errada. Logo, ignorem esse erro, e sintam-se avisados.

É só ativar o player abaixo e assistir a análise do TargetHD.net sobre o Samsung Galaxy S.

Review | Samsung Galaxy Tab

by

Um dos reviews mais esperados do TargetHD em todos os tempos. Finalmente, tive a chance de testar com calma o tablet da Samsung, o Galaxy Tab, e escrevo a tradicional análise do produto para vocês. Lembrando que este review é demonstrativo, e não comparativo. Logo, não esperem que eu fique aqui fazendo comparações com o iPad (mesmo porque eu só faria isso se tivesse os dois gadgets em mãos aqui). O objetivo desse review é destacar as principais características e seus pontos positivos e negativos. Então, vamos lá. Começando pelo unboxing do aparelho.

E eis a caixa do produto, mostrando o tablet logo de cara. Um caixa simples, mas com ar descolado.

Na parte traseira da caixa, você encontra todas as principais características do Galaxy Tab, além de tabela dos principais recursos do produto.

Ao abrir a caixa do produto, já encontramos o tablet, perfeitamente encaixado em sua caixa. Ou seja, a primeira coisa que você vai fazer após abrir a embalagem é pegar o gadget da caixa.

Ao retirar o tablet da caixa, levantamos uma aba, que dá acesso a todos os periféricos do tablet, como cabos, carregadores e fones de ouvido. Vamos ver cada um desses itens.

O cabo de dados USB, que é um cabo proprietário, e é exclusivo para transmissão de dados.

Um cabo mini USB, que também serve para ser usado com o adaptador de energia elétrica, para recarregar a bateria do tablet.

Os fones de ouvido, para você não incomodar ninguém na hora de ver um vídeo do YouTube, que possui um microfone integrado.

O fone possui microfone integrado, para uma maior comodidade na hora da comunicação via vídeo-chamadas.

O adaptador para rede elétrica é de tamanho médio, e se conecta ao cabo mini USB que vimos acima.

Ele se conecta à sua tomada através de um adaptador slide, que se encaixa no adaptador de tomada. Na versão de testes que chegou até aqui, só veio a versão compatível com a tomada brasileira, mas acredito que em outras versões ele deve contar com outros modelos e formatos, principalmente para aqueles que fazem muitas viagens internacionais.

O fone Bluetooth que acompanha o tablet é bem elegante, em tons black piano e linhas arrojadas.

Por fim, para completar os itens de sua embalagem, temos o guia rápido de uso do produto. Vale a pena dar uma olhada nele. Além disso, você vai encontrar um folheto informativo sobre o Samsung Apps.

Agora, vamos aos detalhes físicos do Galaxy Tab.

O tablet é bem simples e elegante, como deve ser um bom tablet. É um produto de dimensões compactas, o que acaba fornecendo um bom agarre, e uma maior possibilidade de ser transportado com maior discrição e comodidade. E, como em todo dispositivo de tela de toque, sua tela atrai facilmente as marcas de dedo durante o uso. Procure passar sempre uma flanela seca, ou lenço para limpar a tela após o uso.

A sua parte traseira é em tom branco, o que nos obriga a pensar rapidamente em um case protetor para o produto. Afinal de contas, só por ser branco, esse material plástico deve atrair não apenas riscos, mas principalmente sujeira. E você não quer o seu caro tablet encardido, não é mesmo?

O Galaxy Tab é um tablet relativamente fino, sendo menos espesso que um livro, e sendo um pouco mais espesso que um smartphone. Isso ajuda na hora de segurar o produto, tornando o seu uso mais natural. A impressão que temos é que estamos segurando um caderno mais leve e compacto, e isso estimula o usuário a utilizar o tablet por mais tempo.

Na parte superior do tablet, podemos ver a câmera frontal, que é utilizada para o recurso de vídeo-chamadas, e o sensor de presença, para alguns controles específicos do tablet. Tal como encontramos em alguns smartphones mais completos do mercado.

Na parte inferior do tablet, os quatro botões de atalho tradicionais dos sistemas Android. Todos integrados ao corpo do tablet, sendo ativados através do toque simples.

Visão geral da parte inferior do tablet….

… que conta com os alto-falantes do produto, além do seu conector de cabo para transmissão de dados.

Visão geral da parte superior do produto, onde encontramos o conector do fone de ouvido, e a antena para recepção de TV.

Nas laterais do produto estão os poucos botões físicos do tablet. Na lateral direita, temos o botão de liga/desliga, além dos botões de comandos de zoom para aplicativos de navegação, como browsers de internet e Google Maps (apesar de que isso pode ser feito diretamente na tela do aparelho, que é muito mais prático).

Um pouco mais abaixo, temos a entrada para o cartão microSD e slot para cartão SIM. Como ele possui funções de telefone, é recomendado adquirir um desses, e com algum plano de dados.

Na outra lateral fica localizado o microfone do produto, estrategicamente posicionado na parte superior, para captar melhor o áudio da pessoa na hora de uma comunicação por voz. Diferente do que seria se fosse um telefone, a tendência é que o usuário posicione o Galaxy Tab na maior parte do tempo na posição vertical, ficando (teoricamente) com a projeção de voz na maior parte do tempo na parte superior do produto.

Aqui está a antena para recepção de sinais de TV. Me incomoda um pouco esse formato de antena no produto, mas é a opção de momento que a Samsung adotou. Mais pra frente, vamos ver essa função de TV em funcionamento.

Aqui vemos mais de perto a câmera de 3 MP com flash LED e foco automático. Também vamos falar um pouco dela mais adiante.

Acho que mostramos as principais características físicas do Galaxy Tab. Chegou a hora de ligar o aparelho.

E assim, temos o sistema operacional Android 2.2 ativo no Samsung Galaxy Tab:

O sistema tem uma aparência similar ao dos telefones com Android, com cores vivas e bem detalhadas. Para um produto que também se destaca pelas propriedades multimídia e navegação, o Galaxy Tab se sai bem para exibir os seus elementos na tela, deixando tudo muito nítido e colorido.

Quando ligado pela primeira vez, o Tab faz os ajustes de WiFi e conta do Google, para que a cada vez que ele seja ligado, o sistema de rede sem fio esteja automaticamente ativa. As configurações do Google são feitas de forma simples, e basta o usuário ter uma conta qualquer do GMail.com para poder ter acesso a alguns recursos específicos, principalmente no caso da Android Market.

A tela principal do Tab apresenta os aplicativos mais usados pelo usuário, no que se refere aos conteúdos online (exceto pela TV móvel). Para quem já trabalhou com Android, sabe muito bem que, ao clicar em Aplicativos, você tem todos os aplicativos instalados no gadget. O tablet tem cinco telas de acesso, onde você pode personalizar os aplicativos da forma como você quiser, adicionando os aplicativos que você mais usa e/ou os recém instalados da Android Market.

Outro detalhe é que seus botões de acesso para as principais funções se iluminam, o que obviamente facilita o uso do tablet à noite.

Tela de feed de notícias, mercado financeiro e previsão do tempo. É um programa simples, mas opções mais completas estão disponíveis na Android Market.

O Tab, na orientação horizontal. O recurso de acelerômetro funcionou muito bem no aparelho de testes, com transições rápidas de tela e organização automática dos ícones, deixando tudo minimamente organizado.

Próximo passo: testar a função de TV móvel. Aqui, vale alguns registros. Aqui em Araçatuba não temos ainda a TV digital (sim, amigos… eu moro no fim do mundo), logo, só poderia captar os canais analógicos. Além disso, eu moro em uma região baixa da cidade, onde o sinal sofre interferências de outros prédios mais altos. Por conta disso, o resultado dos testes foram um pouco prejudicados. Mas acreditamos que, em condições ideais, os resultados podem diferenciar um pouco. Vejamos o que aconteceu por aqui.

O sistema faz uma busca nos canais disponíveis na região. Aqui, temos mais de 13 canais analógicos, porém, o sistema só captou 4. Contando todas as limitações, temos que levar em conta que a antena que está no Galaxy Tab não difere das antenas que encontramos nos rádios portáteis que o seu avô usa no estádio de futebol no final de semana. Ou seja, o desempenho desse recurso deve ser muito melhor na captação de TV digital (sempre levando em conta a região que você está).

Este é o resultado de um dos canais captados. Como podem ver, mesmo localizando o canal, ele só exibe chuviscos.

No canal que a TV móvel funcionou, o resultado foi esse. Se bem que, pelo menos por aqui, esse canal pega até sem antena, então…

A seguir, o aplicativo para o YouTube. Esse foi dos aplicativos que mais me agradou no Galaxy Tab. Interface bem completa e ágil, acesso rápido, sem muitas complicações. E com o mais importante: o aplicativo funciona (falo isso, porque em outras plataformas móveis, não consegui rodar vídeo nenhum).

A busca oferece, durante a digitação, sugestões de palavras para complementar a busca de vídeos. Aliás, o teclado do Galaxy Tab é bem confortável e preciso, tanto no sentido horizontal quanto no vertical. E o recurso do Swype torna realmente a composição de palavras mais intuitiva, apesar de preferir ainda o teclado QWERTY tradicional.

O resultado dos vídeos varia com a qualidade dos vídeos buscados, mas a qualidade de reprodução dos vídeos do YouTube no Galaxy Tab é satisfatória. Você consegue ver seus vídeos de forma confortável no produto, e essa é uma vantagem que um tablet tem em relação ao smartphone. Veja abaixo fotos mostrando um exemplo da qualidade de reprodução do Galaxy Tab.

As telas de aplicativos também se apresentam em três abas, para melhor organização dos aplicativos.

Tela de opções de aplicativos. A mesma experiência dos smartphones Android. Ou seja, sem muitas novidades.

Tela principal de configurações. Você pode configurar muitos recursos do tablet, mas vale uma boa olha antes na tabela de recursos disponíveis, para não desconfigurar algo que não deve.

Próximo item: navegação na internet. Nesse quesito, o Galaxy Tab passa com louvor, tanto na conexão WiFi como na conexão 3G.

Ele aproveita muito bem o sinal de WiFi, e tem um tempo de resposta muito satisfatório para páginas mobile. No modo 3G, ele também se saiu bem, apesar de que você vai precisar sempre contar com uma boa cobertura de sinal. De qualquer modo, para navegar na internet em casa, ele vai muito bem.

Para sites que são exibidos no seu modo original, ele também possui uma ótima visualização, e com o recurso de zoom na tela, o conforto da sua navegação é maior. Para uma consulta em um site, ou até mesmo para consultas de escola, negócios ou lazer, ele vai tão bem quanto o seu netbook.

Abaixo, zoom aplicado nas páginas acessadas na web. Ele ainda mantém a nitidez de imagens e textos, mesmo após o zoom.

Próximo teste: câmera.

Uma coisa que achei estranha (ou que talvez eu tenha estranhado pelo tamanho da tela) e como as coisas são exibidas na tela. É tudo muito grande. Talvez seja justamente por causa das dimensões da tela. E, do que vocês estão vendo na foto, o tablet está com uma distância razoável do smartphone.

Na lateral direita, você encontra os ícones de configurações de câmera, flash, formato de cena, entre outros.

O tablet possui diversos recursos para um melhor ajuste de imagem. A qualidade das fotos são suficientes para, por exemplo, enviar as fotos de modo rápido para redes sociais, ou publicar em seu blog durante a cobertura de um evento. Mas nada alem disso. Porém, isso não chega a ser um grande pecado do Tab. Afinal de contas, a câmera aqui é um detalhe, e não um recurso essencial.

Do lado esquerdo, você tem os controles de seleção de modo de câmera (foto ou vídeo), além do botão de disparo da câmera.

Próximo item: leitor de livros digitais.

Outro item muito bem vindo no Galaxy Tab. Eu imaginava que a leitura de textos em tablets seria algo cansativo, mas depois de algumas horas testando a leitura de textos, cheguei a conclusão de que, quem gosta de leitura, pode se dar bem com o tablet. Com o seu tamanho, o seu agarre confortável, e sua combinação de reprodução de textos com o equilíbrio de intensidade de luz torna a leitura agradável, com o texto nítido para o leitor.

Um recurso bem legal do leitor de livros eletrônicos é o seu “virar de página”. Tudo bem que ele está presente em outros tablets, mas como o objetivo desse tipo de produto é tornar a experiência de uso a mais prática e natural possível, esse é um dos recursos que podem aproximar os usuários leigos dos tablets.

Por fim, o recurso de mapas.

Mais uma prova do quanto o Galaxy é eficiente no uso de seu recurso de dados. Ele tem uma abertura de página com velocidade bem satisfatória, podendo ter um uso interessante durante as viagens na estrada. Abre páginas com facilidade, tem recursos de busca de endereços simples, tudo como é no Google Maps tradicional.

Por fim, o Samsung Galaxy Tab está APROVADO. É hoje um dos tablets com sistema Android com melhor performance, e com uma grande gama de recursos. O único ponto que esperamos é que, com o passar dos meses, e com os novos lançamentos da Samsung e da concorrência, que o Galaxy Tab tenha o seu preço reduzido gradativamente. É compreensível quando os usuários alegam que um dos empecilhos do Galaxy Tab é o seu preço, mesmo porque ainda compramos os nossos gadgets analisando o quanto eles vão pesar no nosso bolso. Porém, o Galaxy Tab tem atributos avançados, com benefícios que podem favorecer os usuários iniciantes. Para usuários que necessitam de alguns itens adicionais (como uma câmera com foco automático em um tablet), ele é a opção que pode completar os anseios profissionais e de entretenimento.

Niexus Fusion XS: Marwell e Android 2.2 para os vídeos que são exibidos em sua TV

by

Não é segredo para ninguém que as vendas do Google TV não são aquilo que se pode chamar de “sucesso”. Muito menos é aquilo que esperávamos. E parece que o produto vai ter o mesmo destino do Android: vai precisar de algumas versões até se firmar no mercado. Mas, enquanto o tempo passa, fabricantes como a Niexus seguem apostando na versão convencional do sistema operacional do Google com o Fusion XS, um streamer de vídeo com processador Marvell 88DE3010, 2 GB de memória flash e 512 MB de RAM.

Seu núcleo é o mesmo usado pela OnLive em seu MicroConsole, de modo que não deverá ter problemas ao rodar streamings de vídeo em HD com o sistema Froyo, e a coleção de codecs e arquivos suportados parece bem extensa, contando, por exemplo, com a compatibilidade com ISOs de Blu-ray. Para completar, ele vem com um conector HDMI, duas entradas USB 2.0, uma Ethernet e uma saída ótica de áudio. Preço: US$ 170. Lançamento previsto para esse trimestre.

via AnandTech

Samsung Galaxy Pro: um smartphone Android com QWERTY físico

by

Um novo telefone Android se aproxima da linha de produtos da Samsung, e dessa vez, vem com um teclado QWERTY físico, para agradar os polegares ansiosos por teclas. Com o nome de Galaxy Pro, ele conta com o típico desenho corporativo, com tela de 2,8 polegadas, um discreto processador de 800 MHz e câmera de 3 MP. Fica a dúvida de qual versão do Android esse aparelho vai receber: segundo a operadora britânica Three, será a versão Froyo, mas essa informação precisa ser confirmada. Por enquanto, não temos preço nem data de lançamento do produto. Se você gostou do telefone, veja abaixo o vídeo demonstrativo do mesmo.

via Samsung Hub

HTC Merge é anunciado oficialmente nos Estados Unidos

by

O smartphone HTC Merge foi oficialmente anunciado nos Estados Unidos, contando com sistema operacional Android e teclado QWERTY slide. O produto foi muito rumorado (e vazado) nos últimos meses, e agora tem seu anúncio oficial para várias operadoras norte-americanas.

O que temos aqui é um smartphone com sistema Android 2.2 (Froyo), com interface HTC Sense, além de uma tela touch de 3,8 polegadas, câmera de 5 megapixels com foco automático e gravação de vídeos de 720p, além de GPS e WiFi. O HTC Merge vem com a credencial de ser o primeiro aparelho Android da HTC a contar com suporte CDMA, ou seja, diminuem as chances de termos esse smartphone por aqui. Sem preço confirmado, deve chegar às lojas norte-americanas na primavera (do hemisfério norte).

via PRNewsWire

NEC LifeTouch Note, netbook de 7 polegadas com Android 2.2

by

A família LifeTouch da NEC conta com um novo membro, um modelo ultra-portátil com Android, o LifeTouch Note. Sobre suas especificações, temos um netbook que conta com a versão 2.2 do sistema operacional do Google, um processador NVIDIA Tegra 2, até 8 GB de memória, uma tela LCD touch resistiva retro iluminada de 7 polegadas (800 x 480), GPS, WiFi, leitor para cartões SD/SDHC e uma webcam de 2 MP. O produto está a venda no Japão, por um preço equivalente a US$ 540. Uma versão com conexão 3G será lançada em breve, por um preço um pouco maior. Não há informações sobre seu lançamento fora das fronteiras nipônicas.

via Akihabara News

SmartQ 10, com tela IPS e Android Froyo

by

O SmartQ 10 é um tablet que oferece um conjunto de características bem interessantes, além de uma aparência externa bem familiar. Temos aqui um tablet com Android Froyo e um processador ARM Cortex A9, com GPU Mali 400, 512 MB de memória RAM e tela IPS de 9,7 polegadas (1024 x 768).

A particularidade do T10, que é sucessor do R10, é que sua tela pode ser multitouch com objetos não condutores, como as tradicionais canetas Stylus das telas resistivas, o que significa que a precisão para apontamentos de itens na tela é muito maior, com um custo menor e maior qualidade de imagem que as atuais telas capacitivas.

Preços sobre o tablet não foram informados, assim como datas de lançamento ou se vai ter atualização para o Android Honeycomb no futuro.

via SmartDevices

LG Optimus 3D é anunciado oficialmente #MWC 2011

by

A LG anunciou na Mobile World Congress um dos smartphones mais interessantes que podem aparecer no mercado: o LG Optimus 3D. Ral como o seu nome indica, ele é um telefone capaz de exibir conteúdos 3D sem a necessidade de óculos especiais e, consequentemente, também é capaz de gravar vídeos tridimensionais, graças à sua câmera dupla de 5 MP. Ele conta com acesso direto ao canal YouTube 3D, e pode exibir suas imagens em TVs compatíveis com 3D, via HDMI ou DLNA em 3D (em 720p) ou 2D (1080p).

Ele possui ainda processador OMAP4 de núcelo duplo, tela LCD 3D de 4,3″ (800 x 480), 4 GB de memória e 8 GB de armazenamento (expansíveis para até 32 GB, via cartões microSD). Ele roda sistema operacional Android 2.2 (que pode ser atualizado para 2.3 no futuro), e já virá com conteúdos e jogos em 3D, como Asphalt 3D, NOVA 3D ou Let’s Golf 3D. Chega ao mercado no mês de maio, sem preço anunciado.

via LG

ViewSonic anuncia um novo smartphone Android e um tablet com dual boot Windows 7-Android

by

O fato da MWC não ter começado não impediu que a ViewSonic exibisse ao mundo o que eles pretendem trazer para a feira. Começamos pelo smartphone V350, que tem suporte para dois chips SIM com tela touch de 3,5″ HVGA, Android 2.2, câmera de 5 MP, slot para cartões microSD, WiFi, Bluetooth 2.1 e aGPS. Ele é pensado para aqueles que não podem viver sem dois números, ou para aqueles que viajam para o exterior, e não querem ficar trocando de cartão.

Além dele, eles apresentaram o tablet ViewPad 10 Pro, com tela de 10 polegadas e a peculiaridade de escolher entre dois sistemas para trabalhar, no caso, ou Windows 7 Professional ou Android 2.2. Usa a plataforma Oak Trail da Intel, e vem com uma tela multitouch capacitiva LED de 1024 x 600, além de conectividade 3G, WiFi, Bluetooth e bateria de até 6 horas de uso.

Preços e datas de lançamento não foram divulgados, mas essas informações devem ser reveladas durante a MWC 2011, que acontece na semana que vem, em Barcelona.

via Engadget

LG Optimus Me P350, mais um smartphone Android para os modelos da empresa

by

Está claro que a LG que fazer da sua linha Optimus uma grande família de smartphones. E, ao se julgar pelas imagens vindas da conta oficial da divisão Mobile Global da empresa no Facebook, e na conta do YouTube da LG na Espanha, a LG já está envolvida com os últimos preparativos para apresentar ao mundo (muito provavelmente na MWC 2011) o seu novo modelo Optimus, o Me P350.

O terminal com sistema Android 2.2 possui linhas marcadamente arredondadas, possui tela com suporte multitouch e processador de 600 mHz, além de câmera de 3 MP e bateria de 1280 mAh. Existem ainda mais dados que começaram a circular pela web, como o tamanho de sua tela, de 3,5″ e sua conectividade, que pode contar com suporte HSDPA, Bluetooth, WiFi n e GPS, porém, estas especificações não foram confirmadas pelos coreanos. Mais fotos e vídeo abaixo, e especificações completas somente na feira de Barcelona, em fevereiro.

via Movilzona

Smartphone Acer Liquidmini já tem preço e data de comercialização

by

Apresentado durante a últiam CES 2011, o irmão menor do Liquid do Acer já tem data e preço anunciados. O telefone com Android Froyo conta com uma tela multitouch de 3,2″, processador Qualcomm 7227 (600 MHz, 512 MB de RAM) e câmera de 5 MP com gravação a 720p/30 FPS).

O telefone conta ainda com GPS, rádio FM e acelerômetro. Tudo isso em um corpo de 110 x 57 x 13 mm, além de contar com slot para cartões microSD, bateria com autonomia de até 6h30 de conversação e certificação DLNA.

O Liquidmini vai ter interface própria, onde podemos destacar aplicativos como o SonicJogger, para sincronizar as contas de redes sociais, Documents to Go, para a edição de documentos, e RoadSync, para o acesso de contas do Microsoft Exchange.

O Acer Liquidmini tem lançamento programado para março, com preço de 249 euros, disponível em diversas cores (preto, prata, cromado, azul marinho, verde limão e rosa claro).

via Engadget

Tablet Dell Streak 7 é oficialmente anunciado, com Tegra 2 e Froyo – CES 2011

by

O esperado Streak 7 da Dell finalmente se torna oficial. Antes de ver todos os seus detalhes, vale aqui o registro que é um dispositivo que, ao que tudo indica, ficou fora da lista de produtos a contar com o Andoroid Honeycomb (encabeçada por Motorola e LG), e que, por enquanto, devemos nos conformar com o Android 2.2 Froyo.

O produto possui uma câmera frontal de 1.3 MP, tela à prova de golpes Gorilla Glass, 16 GB de memória interna e processador Tegra 2 de núcleo duplo, de 1 GHz. É um dispositivo compatível com as redes 4G, e quem vai gerenciar a sua comercialização nos Estados Unidos é a operadora T-Mobile. Abaixo, o primeiro vídeo promocional do produto.

via Engadget.com