Arquivo para a tag: exynos

Samsung entra para o top 5 entre os fabricantes de processadores móveis

by

Samsung-Exynos

A Samsung fez um ótimo trabalho com o processador Exynos 7420, a ponto do chip ser o protagonista do mercado até o anúncio dos chips Snapdragon 820 e Exynos 8890. Isso fez dos coreanos o quarto maior fabricante de SoCs.

O papel da empresa é muito importante pela inclusão de chips entre os modelos top de linha, como o Meizu Pro 5, além de ajudar no desempenho de outras variantes orientadas para as linhas média e baixa. Ao longo de 2015, o toal de chips Exynos subiu para 50 milhões de unidades, ou 15% do total de smartphones fabricados pela Samsung no mesmo período.

A Qualcomm lidera o ranking, e sua linha Snapdragon é responsável por 42% do mercado, com uma boa vantagem para os seus adversários. A Apple ficou em segundo, com 21%, impulsionado pelos iPhones e iPads. Na terceira posição, a sempre interessante MediaTek com 19% de mercado, com os chips Helio P10 e Helio P20 ajudando no seu crescimento. E a quinta posição é da Spreadtrum, uma desconhecida para muitos, mas que tem o seu espaço no mercado de mobilidade.

Não podemos negar que esse avanço da Samsung é merecido, já que os coreanos fizeram um bom trabalho com os seus chips Exynos. Tudo leva a crer que isso pode voltar a se repetir esse ano, mas ainda falta muito para eles superarem a MediaTek.

Via GSMArena

Galaxy S7 pode ter três versões, com três processadores

by

samsung-galaxy-s6

Seguem os rumores sobre o Galaxy S7, próximos smartphone top de linha da Samsung, que pode chegar em três versões diferentes, cada uma delas com um processador diferente.

Uma nova fonte indica que podemos ter o novo smartphone com o processador Exynos 8890, o mais potente dos três, reservado para algumas regiões da Europa, Ásia e Coreia do Sul. Já o Exynos 7422, estaria destinado para a Índia. Por fim, a terceira versão contaria com um SoC Snapdragon 820, dirigida aos mercados da China e Estados Unidos.

Se a informação for confirmada, podemos ver mais uma grande mudança na filosofia da Samsung em relação aos seus smartphones mais completos. Mas vamos tomar essas informações com cautela, já que não contam com confirmação oficial.

Via Sammobile

Meizu Niux pode contar com processador Samsung e tela de 5.5 polegadas

by

Meizu Niux-topo

Recentemente falamos sobre o suposto Meizu MX5 Pro, que na verdade pode ser o novo Meizu Niux (nome de código). Hoje, mais informações sobre o próximo smartphone dos chineses aparece na web.

O Meizu Niux seria o novo top de linha ao lado do Meizu MX5, apresentado em junho. O Gizmochina publicou imagens que confirmam que o Niux seria um dispositivo com tela de 5.5 polegadas, com cristal 2.5D da Sharp.

Meizu Niux-tela-leak

O modelo conservaria o design já conhecido, com bordas metálicas curvadas na parte traseira, com a mesma faixa horizontal sobre a câmera, lembrando e muito o acabamento do iPhone.

Meizu Niux-back-leak

Também temos uma captura dos resultados de um teste do AnTuTu, onde aparece um processador Samsung Exynos 7420, GPU Mali-T670, assim como 4 GB de RAM e 32 GB de armazenamento interno. Também aparece a resolução da tela (1920 x 1080 pixels), e os megapixels das câmeras frontal e traseira (21 e 5, respectivamente).

Meizu Niux-antutu-leak

Se corretas as informações, a Meizu pode optar de novo por um processador da Samsung, um dado que diverge dos últimos vazamentos. Nada foi dito sobre a suposta presença do Force Touch no Meizu Niux. Por enquanto, não sabemos como a empresa vai nos surpreender: se teremos dois smartphones, ou se estas são as especificações definitivas do novo smartphone que vai chegar.

Pelo o que se especula, a apresentação do dispositivo não deve demorar para acontecer.

Via Gizmochina

Qualcomm de volta aos smartphones top de linha da Samsung

by

Qualcomm-Snapdragon

A estratégia da Samsung em apostar nos seus chips Exynos para os modelos top de linha de 2015 (Galaxy S6, Note 5) foi acertada. Seu bom desempenho, combinado com os problemas de temperatura dos chips Snapdragon 810 pesaram na balança.

Porém, parece que as coisas vão mudar em breve. A Qualcomm já prepara os SoCs Snapdragon 820, e as expectativas nele são muito altas. A ponto da Samsung pensar a voltar a usar chips Qualcomm para os futuros Galaxy S7. Assim afirmam os últimos vazamentos vindos da China.

Já sabemos que o Snapdragon 820 será muito melhor que o 810 em vários aspectos: desempenho, velocidade e capacidade, sem problemas de temperatura, entre outros. Será melhor que o Exynos 7420, e aqui temos uma dúvida a ser respondida: se a Samsung será capaz de lançar um novo Exynos melhor que o Snapdragon 820.

Hoje, não temos detalhes sobre a nova geração de SoCs Exynos. De fato, a Samsung é meio lenta na evolução dos seus chips, se comparado com a Qualcomm que atualiza todos os anos, abraçando todas as linhas. Ainda falta meio ano para a Samsung tomar uma decisão.

Exynos ou Snapdragon? Seja qual for a escolha, é certo que estará entre os melhores.

Via SamMobile

AnTuTu avalia processador Exynos 7420, que deve estar presente no Samsung Galaxy S6

by

650_1000_samsung-galaxy-s6-1

Um vazamento de um dos testes de desempenho do AnTuTu mostrou os resultados de um dispositivo da Samsung com número de modelo SM-G925W8, que surpreende pelos seus números. Não só isso: também confirma que os coreanos seguem apostando nos Exynos em boa parte do seu hardware.

Os testes indicam que o suposto Samsung Galaxyy S6 conta com uma tela de 5.1 polegadas Quad HD (2560 x 1440 pixels), processador Samsung Exynos 77420, 3 GB de RAM e câmera traseira de 20 megapixels (o que desmentiria os rumores prévios que apontavam para a manutenção do sensor de 16 megapixels).

O modelo também contaria com uma câmera frontal de 5 megapixels, 32 GB de armazenamento e sistema operacional Android 5.0.2 Lollipop. Esse conjunto técnico obteve uma pontuação de 60.978 pontos no AnTuTu, o que deixa clara a potência bruta que esse processador possui. Agora resta saber qual será o design final desse dispositivo.

Via SamMobile

Galaxy S6 não terá Snapdragon por problemas de temperatura

by

qualcomm-snapdragon

Segundo informa o Bloomberg, a Samsung decidiu não utilizar o SoC Qualcomm Snapdragon 810, depois de comprovar que o mesmo esquentava muito nos testes realizados.

Dito isso, tudo indica que o novo smartphone top de linha dos coreanos chegará ao mercado com a versão única de SoC Exynos, da própria Samsung, que na última versão já integrou um modem LTE.

É preciso saber se essa manobra da Samsung será bem sucedida, levando em conta que o novo LG G Flex 2 conta com um chip da Qualcomm no seu interior, e que o futuro HTC One M9 fará o mesmo. A Samsung pode se deparar com uma grande vitória diante dos concorrentes, ou uma grande derrota que pode custar muito caro para o já comprometido segmento mobile, depois de um Galaxy S5 não tão bem sucedido.

Via Bloomberg

MWC 2014 | Samsung Galaxy S5 com processador octa-core é confirmado

by

mwc-samsung-galaxy-s5-0002-1-1

Depois do lançamento oficial do Samsung Galaxy S5, muito se questionou sobre o fato dos coreanos anunciarem apenas um modelo do smartphone. Na apresentação do Galaxy S4, dois modelos foram apresentados, com processadores quad-core e octa-core. Dessa vez, o modelo com processador de oito núcleos só foi confirmado no dia seguinte. Mas ao menos foi confirmado.

O Samsung Galaxy S5 octa-core foi anunciado hoje (25) no site da Samsung. As especificações técnicas dessa variante são as mesmas do modelo com quatro núcleos, mas com o grande diferencial da presença do processador Exynos octa-core de 2.1 GHz. Resta saber se teremos grandes diferenças de desempenho entre as duas versões. Já vimos que, no caso do Galaxy S4, a diferença não foi tão significativa assim.

Pelo menos por enquanto, o Samsung Galaxy S5 está restrito ao mercado da Coreia do Sul, e seu lançamento em outros mercados ainda precisa ser confirmado pela Samsung. Seu preço também não foi revelado.

Via Samsung

Informações do Samsung Galaxy Note 3 Neo, um phablet com processador “hexa core”, vazam na web

by

note-3-neo-2014-01-09-02

O pessoal do site GSM Arena publicou uma suposta tabela de especificações de um até então desconhecido Galaxy Note 3 Neo, que viria a ser um Note 2 atualizado, mas mantendo a nomenclatura do novo Note 3.

Chama a atenção nesse suposto lançamento a presença de um processador quad “hexa” core de 1.3 GHz (o modelo também estaria disponível em uma versão dual-core de 1.7 GHz), que seria uma variante do processador Exynos até então desconhecida. O suposto Galaxy Note 3 Neo contaria ainda com 2 GB de RAM, tela de 5.55 polegadas (720p), câmera traseira de 8 megapixels e uma bateria de 3.100 mAh.

Para seguir a nova tendência atual de design da Samsung, o modelo chegaria ao mercado com o acabamento com o material que imita o couro, e a nova interface Magazine UX, recém estreada nos novos Galaxy Note Pro 12.2 e Galaxy Tab Pro, apresentados na CES 2014.

Se essa tabela está correta ou não, não sabemos. O que sabemos é que a MWC 2014 está prestes a começar. E Barcelona seria o local perfeito para o lançamento desse phablet. Ficaremos de olho.

Via GSM Arena

Samsung atualizará os seus processadores Exynos em breve (e de novo)

by

xexynos.jpg.pagespeed.ic.zeZAYoNUqW

Quantas atualizações um chipset da Samsung pode receber em um único ano? Três, talvez? Bom, a terceira versão do Exynos 5 Octa já está em desenvolvimento, e através da sua conta oficial no Twitter (@SamsungExynos), os coreanos avisam que tornará publica a sua SoC big.LITTLE em breve, e poucos meses depois do lançamento da vitaminada Exynos 5 Octa 5420.

Quais novidades trará essa nova versão? Essa é a pergunta de US$ 1 milhão. A Samsung deve manter o suspense até o último momento, e se nega a dar pistas sobre os detalhes dessa chipset. Se limita a dizer que, em breve, veremos um novo processador Exynos… e só. A empresa publicou aquela que parece ser a imagem de um microfone/estúdio de gravação, dando a entender que uma das atenções do novo processador será a parte de áudio.

new-exynos-twitter

Via GSM Arena, @SamsungExynos

Samsung anuncia a produção do seu processador Exynos 5 Octa (e confirma sua GPU PowerVR)

by

exynos5octa

Bem sabemos que o grande lançamento da última semana foi o Galaxy S IV (e seguimos falando dele até hoje), mas o novo smartphone da Samsung não existiria se outra importante novidade não tivesse sido confirmada (e passado quase desapercebida por todos). Falamos do seu novo processador Exynos 5 Octa, cuja produção em massa foi confirmada pela Samsung para o segundo trimestre de 2013.

Curiosamente, a Samsung não quis mencionar muitos detalhes sobre as especificações técnicas desse potente processador para os dispositivos móveis. O pouco que foi dito era o que já se sabia dele: que ele conta com quatro núcleos Cortex A15 e outros quatro núcleos Cortex A7, para poder alternar entre desempenho e eficiência energética, conforme variam as exigências e necessidades do usuário (a Samsung afirma que a economia de bateria é até 70% superior aos seus concorrentes, além de manter um desempenho superior).

O detalhe mais interessante desse novo processador Exynos 5 Octa é a parceria com a Imagination Technologies, que confirmou os rumores das últimas semanas, ao anunciar que esse chip fará uso de uma GPU PowerVR SGX544MP, muito superior aos gráficos Mali-400 do antigo Galaxy S III (mais de duas vezes mais potente, segundo a Samsung).

Entre as características técnicas do Exynos 5 Octa, destacamos a sua capacidade para funcionar com telas com resolução máxima de 2560 x 1600 pixels (WQGA), a gravação de vídeo em Full HD @ 60 FPS, e a adoção das interfaces e-MMC 5.0 e USB 3.0, algo que fazia falta nos dispositivos portáteis.

O que não sabemos por enquanto é quantos fabricantes vão optar por integrar esse chipset em seus dispositivos.

 

Via Samsung

 

Conheça o tablet Kite HD, que roda Ubuntu e Android, e possui processador quad-core

by

Você se cansou das mesmices dos posts de tablets, que ou só falam do iPad, ou só falam de tablets Android? Pois bem, vamos tentar mostrar algo um pouco diferente. Apresentamos o Kite HD, que já merece destaque pelo processador quad-core, mas se notabiliza mesmo por contar com um dual-boot com Android e Ubuntu.

O Kite HD conta com um processador quad-core Exynos 4, de 1.5 GHz da Samsung, 2 GB de RAM e 32 GB de armazenamento interno, que pode ser expandido via slot microSD (não foi informada a capacidade de cartão suportada), se você entender que essa capacidade toda de armazenamento não é suficiente. O modelo ainda conta com portas USB e micro USB, além de uma saída HDMI, para aproveitar todos os conteúdos em alta definição na sua televisão ou monitor.

Sua tela IPS possui ótimas 10.1 polegadas de tamanho, e como o seu próprio nome indica, possui resolução HD (1920 x 1200). Como já citamos, o Kite HD possui dois sistemas operacionais, trabalhando em dual-boot: o Ubuntu 12.04 e o Android 4.0 Ice Cream Sandwich, sendo que o sistema do Google é o principal, sendo inicializado como sistema padrão. O modelo ainda conta com uma câmera frontal com resolução VGA para vídeo chamadas, além de câmera traseira de 2 megapixels, o que acaba destoando das demais especificações citadas.

Preço sugerido de 309 euros, um valor bem honesto para tudo aquilo que ele oferece.

Via Android Community, SlashGear

Um exploit abre vulnerabilidades do Samsung Galaxy S II, S III e Galaxy Note II

by

Parece que aqui vale aquele velho ditado do “quem procura, acha”. Dessa vez, quem encontrou foi o pessoal do fórum XDA Developers, que se depararam com características ocultas ao examinar um smartphone… e com algumas surpresas desagradáveis, como uma nova vulnerabilidade que afetaria os dispositivos com processadores Exynos.

Enquanto a equipe realizava testes em um Galaxy S III, um usuário chamado Alephzain descobriu uma nova forma de obter acesso root ao terminal, uma vez que o kernel da Samsung permite o acesso à toda memória física do dispositivo, tanto para ler quanto para gravar informações e sem a necessidade de flashear o dispositivo via Odin. Isso faz com que o root do dispositivo seja algo muito simples, mas que também oferece um grande problema de segurança ao smartphone, uma vez que o procedimento permite a modificação do kernel com inserções de códigos, além de permitir que aplicativos maliciosos presentes o Google Play realizem verificações de dados na memória RAM.

Apesar dessa não ser a primeira vulnerabilidade descoberta no universo Android, esse tipo de ataque parece ser aparentemente simples de ser executado. Por sorte, a solução parece ser igualmente simples, uma vez que outro usuário do XDA Developers (RyanZA) criou um patch para modificar as permissões de gravação de dados. Não que essa seja a solução perfeita, dado que algumas pessoas afirmam que o patch altera o funcionamento da câmera, mas ao menos dá a entender que a Samsung não deve ter muitos problemas para encontrar uma solução para essa anormalidade.

Até agora, Alephzain detector que os modelos Galaxy S II, Galaxy S III e Galaxy Note II da Samsung, além do Meizu MX são vulneráveis ao exploit, mas adverte que, teoricamente, qualquer dispositivo com um processador Exynos 4120 ou 4412 pode ser vulnerável. A Samsung até o momento não comenta sobre o assunto, mas vários usuários já entraram em contato com a fabricante sul-coreana para notificar sobre a ameaça.

Via The Next Web, XDA Developers, XDA Developers

Google e Samsung lançam um Chromebook Exynos de 11.6″, resolução 1080p e 6.5 horas de bateria

by

Nem todos os lançamentos precisam do seu próprio evento para receber destaque. Um ótimo exemplo do que eu estou falando é o anúncio do novo Chromebook ARM, produto da Samsung em parceria com o Google. O dispositivo é baseado em um processador Exynos 5 Dual 5250 da fabricante sul-coreana (que assume o lugar do tradicional processador Intel de baixo consumo) para evitar o uso de ventiladores e oferecer ao mesmo tempo um desempenho aceitável.

Dito isso, esse novo processador promete ser um dos responsáveis para que o portátil atinga uma autonomia de bateria de mais de 6.5 horas de uso (isso, na teoria), além de oferecer o desempenho adequado para reproduzir vídeos a 1080p, o que é considerado mais que o suficiente para as necessidades mais essenciais dos geeks itinerantes, ou até mesmo dos usuários mais básicos, que usam o computador para navegar na internet, fazer algum trabalho rápido com o Google Docs e jogar Angry Birds com sua tela de 11.6 polegadas (1366 x 768).

As demais especificações do produto são: 2 GB de RAM, 16 GB de armazenamento interno (lembrando que esse é um ultrabook que vai trabalhar com aplicativos online), uma porta HDMI, Bluetooth e WiFi a/b/g/n, com o adicional de contar com 100 GB de espaço no Google Drive por dois anos. Na prática, para os usuários mais exigentes, ele não chega a competir com um utrabook autêntico, mas acredito que esse não é o propósito principal do Google com esse produto. O objetivo deles é conquistar o mercado escolar.

Não sabemos se haverá algum plano de desconto para a instituição que decidir comprar várias unidades do produto, mas sabemos que esse portátil com apenas 2 cm de espessura estará disponível na Play Store dos Estados Unidos em breve, por um preço sugerido de US$ 249. Abaixo, veja o vídeo promocional do produto.

Via Google, Google

Smartphone Lenovo K860 chega ao mercado chinês nesta semana

by

Não faz muito tempo que pudemos dar de cara com o Lenovo K860 aqui no blog, e apesar de quase conhecermos o smartphone pessoalmente, com sua tabela de especificações parcialmente divulgada, ainda faltavam no ar dois detalhes importantes: seu preço, e sua data de lançamento.

Pois bem, o mistério terminou hoje. Podemos afirmar, através de informações divulgadas pela própria Lenovo, que o seu ambicioso smartphone com tela de 5 polegadas, processador Exynos de quatro núcleos será lançado hoje (28) no mercado chinês, por um valor que, convertido da moeda local, equivale a US$ 344. Mas se você já está desanimado com o preço do produto, saiba que as más notícias não acabam por aqui.

A Lenovo da China tomou a decisão “estratégica” de lançar o produto em uma edição limitadíssima no dia de seu lançamento, contando com apenas 2 mil unidades para o país inteiro. O motivo disso? Simples: criar o hype, e fazer todo mundo correr atrás do smartphone, nem que seja só para ver o produto nas prateleiras.

O jeito agora é cruzar os dedos para que a Lenovo lance o K860 em outros mercados (ou, pelo menos, em mercados que não sejam tão distantes), e esperar que a fabricante seja um pouco mais generosa no volume das unidades das edições futuras.

Via Unwired View

Rumor: Samsung Galaxy Note II, com tela de 5.5 polegadas e lançamento em setembro?

by

Não faz muito tempo que os primeiros rumores relacionados a um possível Samsung Galaxy Note II apareceram. Entre as especulações, afirmavam que o produto teria uma tela ainda maior que a atual, e um processador quad-core Exynos. Vale lembrar que a tela do Galaxy Note do presente é de 5.3 polegadas AMOLED HD, e uma tela maior que essa pode transformar o produto em um… tablet!

Segundo o pessoal do GSMArena, que possui uma fonte (supostamente) muito boa, a tela que a segunda versão do Galaxy Note terá será de 5.5 polegadas. É grande, mas não é tanto. Mas… será que queremos um smartphone desse tamanho? Bom, para aqueles que já são donos de um Galaxy Note, isso não será um problema, e as diferenças quase não serão percebidas. Por outro lado, também falou-se muito do design do produto, que será muito parecido com o Galaxy S III, ou seja, com um exterior um pouco mais curvo.

A fonte do GSMArena também fala de datas. Tudo indica que o grande momento do lançamento será em setembro, para poder competir com o novo iPhone, que deve ser lançado em outubro.

De outras fontes, chega a informação em relação ao processador quad-core Exynos, além da informação da presença de uma tela “inquebrável”, que deve tornar o telefone mais finos, além da presença de uma câmera de 12 megapixels.

Se tudo isso for verdade, a Samsung terá um brinquedo e tanto nas mãos. Mas vamos esperar. Por enquanto, são só rumores. Vamos ver o que vai acontecer daqui a alguns meses.

Via GSMArena

Lenovo LePhone K860, um smartphone com respeitável, com tela de 5″ e processador Exynos quad-core

by

A Lenovo quer apostar forte no mercado de dispositivos móveis, e parece que todo o investimento empregado já gera resultados. O pessoal do Blog of Mobile se deparou com um até agora desconhecido modelo da empresa, o Lenovo LePhone K860, que seria lançado para completar a oferta existente da empresa.

Apesar da unidade ainda não receber o batismo oficial da Lenovo, algumas de suas especificações foram reveladas, como por exemplo, o seu processador Exynos 4412 de quatro núcleos a 1.4 GHz (o mesmo que está presente no Samsung Galaxy S III em algumas de suas variantes), uma tela de 5 polegadas, com 1280 x 720 píxels de resolução, câmeras de 2 e 8 megapixels (frontal e traseira, respectivamente), 1 GB de RAM e sistema Android 4.0 Ice Cream Sandwich (por enquanto, sem nenhuma menção sobre uma possível atualização para o Jelly Bean).

Seu lançamento (na China) está previsto para o mês de agosto, e seu preço não foi revelado.

Via Unwired View

Smartphone Meizu MX 4-core e Flyme OS é apresentado oficialmente

by

A essa altura do campeonato, não resta a menor dúvida que os smartphones com quatro núcleos são uma realidade. Porém, se você ainda não foi conquistado por nenhum deles, temos que apresentar o mais novo pretendente: o Meizu MX 4-core.

Para sua apresentação oficial, o fabricante idealizou duas versões diferentes, uma para operadora de Hong Kong PCCW, e outra, para o restante do planeta. Mas muito além dessas pequenas diferenças, o equipamento estará disponível em versões de 32 e 64 GB, ainda que fisicamente as duas se pareçam muito com o seu homólogo de dois núcleos.

Como sistema operacional, o lançamento conta com o Flyme OS em sua versão 1.0, que é uma variante do Ice Cream Sandwich, mas muito mais personalizado. O fabricante garante que o seu desempenho geral é bem ágil e até mais fluído que a versão de dois núcleos. Os retoques também estão presentes na interface, em aplicativos como o cronômetro, mas talvez o que o torna ainda mais chamativo é o aplicativo Flyme Voicemail, encarregado de gravar as mensagens das chamadas recusadas, e o Flyme Message, que a alternativa caseira do WhatsApp.

Se você planeja dar uma oportunidade ao aparelho (caso vá para Hong Kong passar as férias0, vale a pena saber que suas reservas começam apenas no dia 30 de junho. Sem preço anunciado.

Via Engadget

Samsung pode atualizar o Galaxy Note 10.1 por dentro e por fora

by

A aparência e a proposta do Galaxy Note 10.1 não te convence? Então, nem tudo está perdido para você, pois a Samsung pode estar preparando um modelo completamente redesenhado do dispositivo, por dentro e por fora.

Em um evento da empresa na Alemanha foi possível ver uma misteriosa versão do tablet, muito mais fina e com um modelo diferente de S-Pen, também mais fina do que o modelo visto na Mobile World Congress. Mas se essas mudanças são poucas para você, alguns rumores indicam que a Samsung pode deixar de lado o seu processador de dois núcleos para adotar o novo Exynos de quatro núcleos.

Obviamente, a Samsung não fala nada sobre o assunto. Mas vale esperar por um anúncio oficial.

Via SlashGear

Samsung anuncia o processador Exynos 4 Quad de 1.4 GHz, que equipará o Galaxy S3

by

A Samsung tornou oficial o processador Exynos 4 Quad, que se encontra em fase de produção, e que vai equipar o novo Galaxy “que apresentaremos oficialmente em maio”, segundo palavras da própria Samsung. Esse novo processador de 32 nanômetros oferece o dobro de potência que o seu predecessor, graças à tecnologia High-K Metal Gate (HKMG), assim como uma economia de consumo de aproximadamente 20%.

Hankil Yoon, responsável pela estratégia de produto da Samsungo, afirma: “o novo Galaxy, que será apresentado em breve, oferece uma grande potência e inigualável performance em multitarefa, graças à potência do Exynos 4 Quad, e o eficiente gerenciamento de consumo de energia”, conclui. A Samsung vai fabricar esse chip para outras marcas.

Via Samsung

Smartphone Meizu MX quad core disponível em junho, com Android 4.0 e 64 GB

by

Já estava na hora da Meizu apresentar a versão quad core do MX, e aqui temos a aparência dele, que será lançado no mês de junho. E o modelo chega cheio de estilo, porque além da tradicional carcaça na cor branca, o usuário poderá utilizar outras cinco opções de cores, tal como você vê na foto acima.

O novo MX quad core conta com um processador Samsung Exynos de 32 nanômetros, baseado na plataforma Cortex A9, que segundo a Meizu vai permitir reduzir o consumo da CPU em até 20%, se compararmos com o seu equivalente em dual core. Para se ter uma ideia da importância desse processador, ninguém, nem mesmo a Samsung, possui no mercado um telefone com um processador Exynos de quatro núcleos.

Mas não foi só o processador que melhorou. Sua bateria passa a ser de 1.700 mAh (contra 1.600 mAh do modelo dual core). Será interessante ver o quão boa é essa autonomia de uso com esse novo hardware.

Sobre o seu software, a Meizu optou por usar uma versão Android Ice Cream Sandwich maquiada com a sua própria interface. Não sabemos se a empresa segue os seus planos de lançar um modelo com a ROM do Android 4.0 limpa e sem complementos.

Do mias, o novo MX quad core é idêntico ao modelo de dois núcleos, com uma tela ASV de 4 polegadas (960 x 640), câmera de 9 MP e ausência absoluta de um slot para cartões microSD, para ampliar a sua memória interna. Nesse ponto, temos que fazer uma observação, uma vez que o modelo de entrada possui agora 32 GB, e custará o mesmo preço que o modelo dual core de 16 GB, ou US$ 386 (já convertidos). Também estará disponível uma versão de 64 GB, por US$ 528. Com esse lançamento, o MX dual core tem o seu preço reduzido para US$ 334.

Via Engadget