Arquivo para a tag: EstadosUnidos

Windows Phone 8 recebe certificações para ser utilizado pelas entidades governamentais dos EUA e Canadá

by

700-1-nokia_lumia_625_group

A Microsoft segue lutando com unhas e dentes para que o seu sistema operacional móvel possa competir em pé de igualdade e oportunidade com as demais plataformas disponíveis, e hoje (18), eles receberam um grande incentivo para isso. Segundo informa o blog oficial da empresa, o Windows Phone 8 acaba de receber os nove certificados de validação FIPS 140-2, que comprovam a sua segurança para que os dispositivos que o utilizam possam ser utilizados por funcionários dos governos dos Estados Unidos e do Canadá.

O Windows Phone 8 ainda não está incluído na lista branca de segurança máxima do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, mas ao menos já podemos presumir que o sistema já conta com o sinal verde que os dispositivos que armazenam informações sensíveis e confidenciais desses governos necessitam, mesmo em níveis mais básicos, como já acontece a alguns meses com o iOS (da Apple) e o BlackBerry OS.

A notícia é importante. Pode não gerar uma explosão imediata de vendas de dispositivos com Windows Phone, mas ao menos é mais um argumento para buscar convencer os usuários de diferentes níveis, incluindo as empresas. Sem falar que, a partir de agora, o único grande sistema operacional que não conta com tais certificações é o Android. E isso quer dizer muita coisa.

Via Blog Microsoft

Nintendo Wii U reduz o seu preço e lança uma nova edição especial, ante a proximidade do Xbox One e PS4

by

nintendo-wii-u-zelda-edition

A partir do dia 20 de setembro, o preço do Nintendo Wii U Premium nos Estados Unidos será reduzido em US$ 50, deixando assim o preço do console com 32 GB em US$ 299. Até o momento, não há informações se esses descontos serão aplicados em outros continentes. Além disso, eles confirmaram o lançamento no dia 4 de outubro da edição limitada The Legend of Zelda: The Wind Waker HD Premium Pack, que inclui um código de download para o jogo e um controle decorado (foto mais abaixo nesse post), pelos mesmos US$ 299.

O lançamento desse novo pack coincidirá com o desaparecimento da versão de 8 GB do Wii U, que antes custava US$ 299. O modelo sairá do catálogo da Nintendo, e será substituído pelo modelo Premium de 32 GB, que passa a ser a opção de entrada. É imaginado que novos descontos sejam anunciados nos próximos dias ou semanas.

nintendo-wii-u-zelda-edition-controller

Via Nintendo

O novo smartphone top de linha da Motorola se chama Moto X

by

google-x-phone

Agora temos uma confirmação oficial. Durante uma entrevista concedida durante o evento D11 do All Things D, Dennis Woodside, CEO da Motorola, confirmou que o próximo smartphone da empresa, antes conhecido como X Phone, receberá o nome Moto X.

Como curiosidade adicional, esse smartphone será produzido em uma fábrica que, no passado, foi utilizada para fabricar dispositivos da Nokia. Essa fábrica está localizada no estado do Texas (EUA).

Algumas perguntas ficaram no ar. Por exemplo: por que a Motorola não apresentou nenhuma novidade nas últimas semanas? Segundo Woodside, desde que a Motorola foi adquirida pela Google, a empresa se dedicou principalmente a refletir sobre o seu próprio futuro. Mesmo assim, eles decidiram levar a Motorola para o caminho da inovação, para depois, devolvê-la para suas raízes. Vale a pena lembrar que foi a Motorola que lançou o primeiro telefone móvel comercial do mundo, o DynaTAC, em 1983. E isso é um ponto de inovação.

Woodside também informa que, nos próximos meses, a Motorola lançará uma nova linha de produtos, e entre eles, está o Moto X. Informou também que o novo smartphone estará dotado de uma grande variedade de sensores, que permitirão que o dispositivo se adiante às necessidades do usuário. O executivo ainda quis aguçar os presentes na D11, afirmando que tinha uma versão do Moto X em seu bolso, mas se recusou a mostrá-lo (o que levanta uma boa dose de desconfiança sobre a veracidade dessa informação).

Por enquanto, as características técnicas do Moto X ainda são um mistério. Porém, Woodside afirmou que pagar algo em torno de US$ 650 em um smartphone não parecia algo lógico. De fato, um dos seus objetivos principais consiste em criar um mercado de baixo custo com uma alta qualidade. Por outro lado, o smartphone será fabricado nos Estados Unidos (sendo este o primeiro da empresa a ser fabricado naquele país), mas os diferentes componentes de sua composição chegarão de mercados diferentes.

Via Engadget

Motorola lista smartphones que não receberão o Jelly Bean, e oferece desconto na troca por um novo (apenas nos EUA)

by

Se você está com uma memória boa, vai se lembrar que no mês de setembro, a Motorola Mobility deu uma péssima notícia para os seus clientes, ao anunciar que alguns de seus smartphones lançados em 2011 não seriam atualizados para o Android Jelly Bean. Pois bem, em uma tentativa de minimizar o estrago no cartão de crédito dos clientes, a fabricante decidiu oferecer cupons de desconto nos Estados Unidos de US$ 100 na compra de um smartphone da empresa que conte com a tal plataforma.

A Motorola anunciou uma lista de smartphones que não serão atualizados para o Jelly Bean, e que podem receber o benefício de ser usado como moeda de troca ou desconto para se beneficiar da promoção. A má notícia (e sempre tem uma) é que essa oferta se aplica exclusivamente aos Estados Unidos. Além disso, o novo smartphone que você vai adquirir tem que ser comprado com contrato de fidelização com algumas operadoras.

A Motorola indica que esse programa será estendido para outros mercados (sem informar quais) com o passar do tempo, mas pelo simples fato que a empresa pensa em se retirar de alguns países (não creio que seja o caso do Brasil), é provável que muita gente jamais tenha a chance de aproveitar esses descontos. Lista completa abaixo.

Via

Apple vs Samsung: o veredito dos jurados, explicado em detalhes

by

Durante as últimas semanas, seguimos com atenção o julgamento entre Apple e Samsung nos Estados Unidos, que pegou todo mundo de surpresa (ou não) com uma decisão muito mais rápida que o esperado, e amplamente favorável para a empresa de Cupertino. Como você já deve saber a esta altura do campeonato, o júri determinou que a Samsung deverá pagar mais de US$ 1 bilhão para a Apple, por infringir várias patentes. Mas é muito importante ver muito além do dinheiro que uma empresa tem que pagar para a outra.

A juíza Lucy Koh ofereceu ao júri mais de 100 páginas de instruções, e o veredito entregado na sexta-feira vem de um formulário de 20 páginas. Com isso, só quero esclarecer que não vou simplesmente republicar o veredito, mas sim oferecer para você uma explicação resumida da decisão dos jurados.

Durante o julgamento, foi analisado se a Samsung violou a seção 271 do Título 35 da Lei de Patentes dos Estados Unidos, que indica que uma empresa viola os direitos do proprietário de uma patente ao fazer, usar ou vender uma invenção sem a sua respectiva autorização do seu criador, que se outorga por meio de uma licença. O júri determinou que a Samsung EUA é responsável por violar os direitos de várias patentes da Apple, e que a Samsung Coreia é culpada por “induzir a empresa à infração”.

Para chegar a essa conclusão, o júri teve que determinar se as patentes da Apple eram válidas, se os dispositivos da Samsung violaram os direitos das patentes, se a Samsung Coreia que é sua subsidiária violou esses direitos, e se fez isso de forma deliberada. Dependendo das respostas a estas perguntas, a juíza Koh poderia até triplicar o valor dos danos no momento da sentença, mas por enquanto só temos a opinião do júri.

No seu processo, a Apple indicou que 21 dispositivos da Samsung violaram os direitos outorgados das seguintes patentes:

– 7.469.381 (rebote que ocorre quando se vai além da borda da tela)
– 7.844.915 (scrolling, ou deslizar de um dedo e zoom com os dedos em forma de pinça)
– 7.864.163 (tap to zoom, ou o simples toque na tela para o zoom)
– D618.677 (vidro de extremo a extremo, orifícios para fones de ouvido e bordas de tela)
– D593:087 (cantos arredondados e botão de início)
– D604.305 (organização de ícones em malha – em linhas e colunas)
– D504.889 (vidro de extremo a extremo, cantos arredondados e bordas finas do iPad)

Dessas, a patente mais importante pode ser considerada a primeira, porque foi decidido que 21 dispositivos da Samsung EUA abusam dos direitos pertencentes à Apple, e que a Samsung Coreia “obrigou” a sua filial norte-americana a vender os dispositivos infratores. O júri indicou que a maioria dos dispositivos da Samsung violam a segunda e a terceira patentes, que estão relacionadas ao zoom e ao sistema de navegação. Além disso, a Samsung Coreia é culpada de fazer com que a subsidiária vendesse dispositivos que violem tais patentes.

Todos os dispositivos, com exceção do Galaxy Ace, violam a quarta patente. Os modelos Galaxy S, Galaxy S 4G e Vibrant violam a quinta patente, e todos os dispositivos da Samsung violam a sexta patente. No caso da sétima e última patente, pensada nos tablets, os modelos Galaxy Tab 10.1 WiFi e 4G LTE não violam tais direitos da Apple.

Com exceção da patente D593.087, todas essas infrações foram deliberadas, e todas as patentes da Apple são válidas. Além do resultado relacionado às patentes, também se decidiu que a Samsung também se aproveitou ilicitamente da imagem comercial da Apple, buscando similaridades estéticas. O júri disse que vários dispositivos da Samsung se aproveitam da imagem comercial do iPhone 3G, mas não do iPad. Resumindo: Galaxy Tab e iPad são produtos BEM DIFERENTES, que a maioria não consegue confundir.

Da parte da Samsung, durante o julgamento, a empresa coreana acusou a Apple de violar os direitos de cinco de suas patentes, mas o júri indicou em seu veredito que ainda que as patentes sejam válidas, a Apple não infringiu a propriedade intelectual da Samsung.

A soma total desse veredito determina que a Samsung terá que pagar para a Apple a quantia de US$ 1.049.393.540, mas vai ser a juíza Lucy Koh que vai estabelecer o valor final da pena, depois de analisar cuidadosamente a decisão do júri. Portanto, temos que levar em conta que o resultado é apenas preliminar, e a Samsung já confirmou que vai recorrer da sentença. A audiência de apelação está marcada para o dia 20 de outubro. Até lá, vamos ter que esperar a sentença definitiva para saber as verdadeiras consequências do caso.

Via WebLogSinc

Samsung não consegue evitar o bloqueio do Galaxy Tab nos Estados Unidos

by

Apesar da Samsung poder se sentir um pouco mais otimista sobre o futuro do Galaxy Tab 10.1 nos Estados Unidos, depois que a Justiça do país permitiu que o Galaxy Nexus continuasse sendo comercializado de forma temporária, e das acusações no Reino Unido serem retiradas contra o tablet, a realidade não é bem essa. Na terra do baseball, o tablet da empresa sul-coreana vai continuar longe das prateleiras.

A juíza Koh (a melhor amiga dos advogados da Samsung nos EUA), a mesma que decretou o bloqueio inicial das vendas, informou que as medidas para evitar a venda do Galaxy Tab nos Estados Unidos não podem ser retardadas enquanto a Samsung prepara a sua apelação, de forma que o produto segue longe das prateleiras do país, por enquanto.

O motivo? Você já sabe: a Apple afirma que Galaxy Tab viola a sua propriedade intelectual ao copiar descaradamente o design do iPad, e ainda que isso não seja provado legalmente, a juíza Koh acredita que a semelhança entre ambos é tão elevada que as vendas do Galaxy Tab estariam causando “danos importantes e irreparáveis” à Apple.

Para a Samsung, só restam duas alternativas: ou espera pelo julgamento do dia 30 de julho e tenta convencer a irredutível juíza Koh (e os demais membros do juri presentes) que o Galaxy Tab não é uma cópia do iPad, ou devolve o produto para a prancheta de design, para modificar a sua aparência visual, e assim, comercializá-lo nos Estados Unidos. Eles tiveram que fazer isso na Alemanha para resolver o problema.

Via The Register

Negada a solicitação da Apple em proibir a venda de vários smartphones da HTC nos Estados Unidos

by

Parece que, aos poucos, smartphones como o One X e o EVO 4G LTE seguirão sendo comercializados nos Estados Unidos. A Comissão Internacional dos EUA (ou ITC) negaram a solicitação da Apple em proibir as vendas de alguns dos smartphones por infração de patentes.

A solicitação da Apple veio depois de ter acusado a HTC de falsas declarações, com a intensão de esquivar a proibição de venda de determinados modelos que foi imposta em dezembro do ano passado. A ITC afirmou que “a comissão não vai ordenar o bloqueio de determinados produtos da HTC, uma vez que não contamos com informações necessárias para determinar se os processados estão violando a ordem de exclusão”.

Contudo, o órgão iniciou ontem (02/07) uma investigação para determinar se os smartphones da HTC mencionados pela Apple seguem violando as patentes defendidas pela Apple no processo iniciado em dezembro.

Fato é que, pelo menos por enquanto, a HTC pode respirar aliviada. E finalmente, um órgão do governo parou com a brincadeira da Apple de “não sei brincar com os outros, logo, vou proibir que os outros brinquem comigo”.

Via 9to5Mac

EXTRA: Apple consegue bloquear as vendas do Samsung Galaxy Nexus nos Estados Unidos

by

Apenas poucos dias depois que a juíza norte-americana Lucy Koh decretou a interrupção das vendas do Galaxy Tab 10.1 a pedido da Apple em caráter temporário, a mesma juíza volta a dar aos coreanos a mesma punição, desta vez, para o Galaxy Nexus. O motivo? Você já sabe: o smartphone da Samsung (supostamente) viola várias das patentes da Apple.

Mais precisamente, são quatro patentes alegadas pela Apple para demandar contra a Samsung, sendo que a mais importante é uma que descreve uma “interface universal para obter informações em um sistema informático” (traduzindo: um sistema de busca em várias fontes de dados através de uma única interface, algo que pode estar diretamente relacionado ao Siri).

Outra alegação feita faz referência a um “sistema e método para realizar uma ação em uma estrutura em dados gerados por um computador” (já utilizada pela Apple para interromper nos Estados Unidos as vendas de vários smartphones da HTC), a famosa patente do “slide to unlock” (ou “deslizar para bloquear”), que colocou a Motorola em vários problemas na Alemanha, e “um método, sistema e interface gráfica de usuário para oferecer recomendações de palavras”.

Porém, a decisão da juíza não significa que a Samsung está mesmo infringindo essas patentes, mas sim que a mesma juíza está bem convencida de que há muitas possibilidade de que isso tenha realmente acontecido. E não só isso: tal como no caso do Galaxy Tab 10.1, a permanência do Galaxy Nexus no mercado “poderá causa um dano irreparável à Apple”.

É óbvio que a Samsung fará o que estiver ao seu alcance para recorrer da sentença, e manter o seu telefone no mercado até que uma decisão definitiva seja decretada. Mas se eles não conseguirem, o Android 4.1 Jelly Bean recebe um duro golpe, pois não terá o seu principal garoto-propaganda nos Estados Unidos. E isso é algo que o Google nem quer imaginar como cenário futuro.

A minha opinião, vocês já sabem. A Apple começa a se dar conta que não tem como competir “no braço” com o domínio do Android, que é o sistema dominante no mercado mundial. Logo, começa a “apelar”. Ao invés de concentrar os seus esforços, tempo e dinheiro na evolução do iOS (que é um sistema que parou no tempo em vários aspectos), vai para os tribunais, para tentar impedir no grito a presença dos seus adversários no mercado.

Ser “a melhor” desse jeito? Até eu!

Via The Next Web

Autoridades dos EUA proíbem a de vários dispositivos da Motorola por violar uma patente da Microsoft

by

No final do ano passado, a Comissão Internacional de Comércio dos Estados Unidos emitiu um veredito inicial, que afirmava que a Motorola violava uma patente da Microsoft relacionada à “geração de solicitação de encontros e a programação de calendários para grupos em um dispositivos móveis”. Hoje (21/05), a mesma comissão decretou o bloqueio das importações dos dispositivos infratores.

Desta forma, ao menos que a Motorola elimine tal função dos aparelhos, ou pague a licença correspondente para a Microsoft, os modelos RAZR, Droid 4 e Bionic estão proibidos de entrar no mercado norte-americano. Por outro lado, existe a possibilidade do presidente norte-americano Barack Obama cancelar tal decisão durante o período das eleições para presidente, mas essa hipótese é considerada pouco provável.

Se tudo correr como o programado, o bloqueio se torna efetivo em 60 dias.

Via FOSS Patents

Usuários do iPhone se conectam em dobro nas redes Wi-Fi do que os do Android

by

Um curioso estudo feito nos Estados Unidos e Reino Unido revela que os usuários do iPhone são mais propensos a se conectarem nas redes Wi-Fi com os seus dispositivos do que o Android. Segundo os dados da ComScore, nos Estados Unidos 32% dos usuários do Android se conectam nas redes Wi-Fi, enquanto que 71% dos usuários do iPhone adotam isso como prática habitual.

No Reino Unido, os números se repetem, mas com uma diferença menor: 87% dos usuários do iPhone se conectam à internet via Wi-Fi, enquanto 57% dos usuários Android fazem o mesmo.

Mas… qual seria o motivo para tamanha diferença? O estudo não mostra isso, mas tudo indica que o menor número de ofertas de tarifas do plano de dados no Reino Unido (diante de uma maior oferta nos Estados Unidos) podem explicar o uso maior do Wi-Fi na terra da Rainha. Outra pergunta que não quer calar é: por que usar a conexão móvel, quando você tem um Wi-Fi ao seu dispor? Aqui, podemos especular que alguns usuários vão preferir usar as redes LTE “se as condições forem boas”.

Outro argumento é que a conexão do iPhone em uma rede Wi-Fi é mais simples que o Android e, por fim, se especula que todo esse cenário pode ser uma consequência da ampla cota de mercado do Android. Ou seja, mais usuários, mais gente menos habilidosa no manejo dos dispositivos. E, nesse caso, a conexão mais simples e direta é a do plano de dados.

Via Mashable

Sony reforça o lançamento do PS Vita nos EUA, com presentes para os primeiros compradores

by

Suponho que, a esta altura do campeonato, não será surpresa para você se eu disser que as vendas do PlayStation Vita no Japão é algo decepcionante. Depois de um início promissor, o sucessor do PSP caiu rapidamente em vendas no Oriente. Por isso, a Sony decidiu melhorar a oferta de lançamento do console nos Estados Unidos para evitar uma situação semelhante em um mercado “vital” para a empresa.

Deste modo, os consumidores norte-americanos que reservaram o pacote First Edition, que custa US$ 350, receberão 250 MB de dados com a operadora AT&T e um jogo da PlayStation Network, além do case de proteção, o cartão de memória de 4 GB e a cópia do jogo Little Deviants da oferta original. Por outro lado, quem comprar o PS Vita 3G no dia do seu lançamento, vai receber todos os itens adicionais do pacote First Edition, além de um cartão de 8 GB, totalmente grátis, e tudo isso por US$ 300. Curiosamente, o modo WiFi do console portátil não terá presentinhos de lançamento, o que é uma prova clara que a Sony quer fazer com que o modo 3G seja o mais procurado entre os consumidores.

Via Joystiq

China supera os Estados Unidos no posto de principal mercado global de smartphones

by

1,3 bilhão de chineses compram muitos telefones. E isso finalmente se refletiu no terceiro trimestre de 2011. Some esse número à crise financeira que os Estados Unidos enfrentam, e temos o resultado divulgado ontem (24/11) pela Strategy Analytics, que mostra que o país asiático passou o país ianque no ranking de vendas de smartphones, se tornando o primeiro mercado do mundo para esse tipo de dispositivos.

O último estudo mundial no segmento mostra uma diferença mínima entre os dois países: nos EUA, foram vendidos 23 milhões de celulares, enquanto que na China são 24 milhões de dispositivos. O motivo para tais vendas são os fortes descontos ofertados pelas operadoras nos modelos top de linha, e a avalanche de telefones Android de baixo custo que chegaram no país da grande muralha.

Os fabricantes também foram destacados no estudo. Nos EUA, os líderes de mercado são HTC e Apple, que juntos, acumulam mais da metade das vendas. Já na China, Nokia e Samsung reinam soberanos, com 28,5% e 17,6% das vendas, respectivamente. E, diferente do resto do mundo, a Nokia mostra sinais de expansão no país, graças às vendas de aplicativos. Vai ser interessante ver essa expansão com a chegada dos modelos com Windows Phone. E esses números são motivos suficientes para que a fabricante finlandesa não se desfaça do Symbian tão cedo.

via TechCrunch

HTC Amaze 4G: HSPA+, NFC, tela qHD e processador dual core de 1.5 GHz para os EUA

by

Vamos conhecer o HTC Amaze 4G, que por enquanto só existe nos Estados Unidos. Esse novo telefone é um lançamento exclusivo da operadora T-Mobile, e conta com tela qHD de 4,3 polegadas, além de um processador dual core de 1.5 GHz. Mas calma, as novidades não param por aí.

O novo modelo da HTC conta com conectividade 4G (HSPA_ 42 Mbps) e um chip NFC, que automaticamente o transforma no primeiro telefone da empresa taiwanesa a contar com esse tipo de tecnologia. Além disso, o modelo conta com câmera de 8 MP, com gravação de vídeos a 1080p e até botão dedicado para a função de filmadora.

Segundo a HTC, a câmera não possui nenhum atraso, desde que você acione o disparador, e conta com o mesmo sensor do myTouch 4G Slide. Seu sistema Android é o 2.3.4 (Gingerbread), e conta como recursos adicionais o HTC Watch e o T-Mobile TV, para aproveitar da conexão 4G para reproduzir programas de TV e filmes em streaming.

A T-Mobile vai lançar o HTC Amaze 4G no dia 12 de outubro, com preço de US$ 260, com dois anos de contrato.

via Engadget

Novidades sobre o Android, com Angry Birds e sua popularidade nos EUA (ele é o #1)

by

Duas notícias positivas para o pessoal do Google. A primeira, e mais importante delas é que duas empresas dedicadas a estudar as movimentações de mercado declararam, quase que ao mesmo tempo, que pela primeira vez o Android chega ao posto de sistema operacional móvel mais usado nos Estados Unidos.

A primeira empresa, a comScore, disse que o Android ocupa 31,2% do mercado atual, seguida pela RIM, com 30,4%, deixando a Apple em terceiro lugar, com 24,7%. A segunda empresa é a Nielsen, que informa que o sistema operacional do Google é usado por 29% dos dispositivos que estão no mercado norte-americano, enquanto que RIM e Apple ficam com 27% cada uma. No estudo, é informado que a RIM foi a empresa que mais perdeu clientes, apesar de que Microsoft e Palm também registraram perdas de usuários nos últimos meses.

A segunda notícia é que o game para dispositivos móveis mais popular do planeta, o Angry Birds, registrou mais de 30 milhões de downloads para dispositivos Android. A grande novidade da notícia é que, diferente de outros aplicativos, cerca de 80% dos usuários que fizeram o download continuam jogando o game. A maioria dos usuários baixa um aplicativo, usa uma vez, e não volta mais. Porém, como o Angry Birds é um jogo legal, e no caso do Android, é grátis, você é estimulado a voltar a jogar sempre.

via comScore, Nielsen e Joystiq

Sony BDV-F7, solução de som e player Blu-ray com design monolítico

by

A Sony anunciou sua nova solução em termos de players Blu-ray e equipamentos de som. O BDV-F7 oferece um design monolítico, para combinar com os modelos de televisores da linha Bravia da empresa, incorporando subwoofer e barra de som 5.1 virtual. Tem ainda as opções já clássicas de acesso a serviços como YouTube, Pandora, Slacker, Netflix e similares.

Ele também é capaz de se conectar por DLNA, e pode oferecer streaming de som via WiFi, e conta com conectores USB e para iPod. Quanto aos filmes, ele permite a reprodução de discos Blu-ray com 3D. Estará a venda nos Estados Unidos em outubro, por US$ 600, e pode chegar a outros mercados nos meses seguintes.

Fonte

HTC Lexikon será o novo smartphone Droid da Verizon para janeiro de 2011?

by

Não faz muito tempo, escutamos rumores sobre o HTC Lexikon, quando alguns dispositivos foram fotografados e vistos pela internet, direto de terras taiwanesas. Dessa vez, temos as supostas especificações do dispositivo, que são bem coincidentes com o que foi publicado anteriormente. Ele conta com 800 MHz de processador, tela de 3,8″, 512 MB de RAM, câmera de 5 MP, 4 GB de armazenamento interno e Android 2.2. A foto que você vê acima é de sua suposta aparência, e especula-se que ele se colocará a venda nos Estados Unidos em 2011, pela operadora Verizon, que o renomearia com o nome de Droid, para seguir a sequência de vendas que os modelos anteriores tiveram com esta mesma marca. Vamos esperar os próximos acontecimentos.

Fonte

[smartphone] Samsung Epic 4G anunciado oficialmente

by

Tem smartphone novo da Samsung chegando. O Samsung Epic 4G chegará ao mercado norte-americano nos próximos meses. Ele conta com configurações que podem impressionar muita gente: tela de 4″ Super AMOLED, câmera principal de 5 MP com flash LED e gravação de vídeo a 720p, com uma câmera VGA frontal para vídeo chamads, WiFi, acelerômetro de seis eixos e processador ARM Cortex A8 Hummingbirg de 1 GHz, além de teclado completo QWERTY slide e bateria de 1.500 mAh.

Tudo isso é magistralmente gerenciado pelo Android 2.1 e, como cereja do bolo do pacote, ele pode funcionar como ponto de acesso WiFi para até cinco dispositivos, com picos de download de até 10 Mbps. Oferece também DLNA e Social Hub. E tudo isso em uma espessura de apenas 14,2 mm. Resumindo: o Epic 4G é um adversário direto do HTC EVO 4G, mas com teclado físico. Chegará nos próximos meses nos Estados Unidos com a operadora Sprint.

Fonte

[notícias] HTC lança atualização do Android 2.1 para o Hero nos Estados Unidos

by

Enquanto que na Europa estamos vendo diversos atrasos e mudanças no HTC Hero, nos Estados Unidos, em compensação, já temos disponível a atualização para o Android 2.1 por parte da HTC e da Sprint. É exatamente a mesma versão que vazou a alguns dias na internet, e que finalmente se tornou oficial.

Por sua vez, para a Europa não há nenhum tipo de confirmação oficial, mas podemos supor que não deve mais demorar a chegar ao velho continente. E o Brasil só esperando…

Fonte

[apple] iPad 3G em 7 de maio nos Estados Unidos

by

A Apple atualizou sua loja online nos Estados Unidos, e finalmente definiu datas para o lançamento do iPad 3G. A data em questão é a de 7 de maio, mas o produto ainda tem a possibilidade de ser incluído no mercado antes. A Europa recebe no final de maio os dois modelos (WiFi e 3G) e o Brasil tem como previsão inicial de chegada do iPad para o mês de junho.

Fonte

[smartphone] Motorola DROID é anunciado pela Verizon nos EUA, e estará à venda por lá em 6 de novembro

by

A notícia pegou a maioria de surpresa, mas alguns já estavam se antecipando. O Motorola DROID foi anunciado pela Verizon: vai funcionar nas redes CDMA da operadora norte-americana, terá um preço de US$ 199 (com contrato de 2 anos) e estará disponível para compra em 6 de novembro. Entre as interessantes características está o Android 2.0, o Visual Voicemail, tela de 3,7″ (854 x 480), câmera de 5 MP com flash LED dual, 16 GB de memória em cartão (incluso) e sistema de navegação do Google (você vai ler sobre isso mais pra frente hoje mesmo). E não dá pra esquecer de citar o teclado QWERTY, conectividade 3G e WiFi, além dos downloads de músicas direto da Amazon. Nada mal… nada mal mesmo!


Fonte