Arquivo para a tag: entrevista

Engenheiro da Apple revela como o iPhone foi concebido

by

applephone

Que um funcionário da Apple conceda uma entrevista, já é algo atípico por si. Se ele revelar as origens do iPhone, é algo ainda mais estranho. Dito isso, Greg Cristie explicou com riqueza de detalhes como foram os momentos de nascimento do smartphone que mudaria o mercado para sempre.

Greg deu uma entrevista para o Wall Street Journal, e revela que o projeto original do dispositivo foi batizado com o nome “Purple”, e Steve Jobs foi taxativo: a equipe tinha apenas duas semanas para planejar uma interface do equipamento. Caso contrário, o projeto seria designado para outro grupo.

“Steve tinha isso claro… queria ideias de maior apelo e propostas ambiciosas”, revela Greg. E foi assim, com um conceito final de produto “chamativamente pequeno”, ele desenvolveu uma tela touch com o “deslizar para bloquear”, sem um teclado físico e herdando os aspectos musicais do iPod. Em duas semanas.

Os primeiros testes aconteceram em uma tela táctil de plástico conectada ao Mac que você está vendo na foto acima. A partir desse ponto, Christie se viu obrigado a fazer apresentações para Jobs duas vezes ao mês, onde o executivo o dava caminho livre para algumas ideias, e ia descartando outras.

Conforme lembra o engenheiro, foi “uma maratona de dois anos e meio”, onde Jobs, obcecado com cada detalhe mínimo do produto, ia dando forma ao projeto. A pior parte do assunto é que o tempo que passou entre a apresentação do iPhone e a data que ele chegou ao mercado, as mudanças continuavam a acontecer, em um trabalho contra o tempo.

Leia a entrevista de Greg Christie na íntegra, clicando aqui (assinatura necessária).

Jony Ive dispara: “estamos cercados por dispositivos pobremente desenvolvidos”

by

jony-ive

É bem raro ver Jony Ive conceder uma entrevista, mas quando ele faz isso, ele não perde a oportunidade de virar notícia. O diretor da área de design da Apple falou nesse final de semana para o The Sunday Times, e explicou qual é o processo de design de sua empresa, inclusive detalhando a averiguação sobre que tipo de produto é, o que ele deve fazer.

Ive explica que a inspiração deve surgir de qualquer lugar. É um processo onde todo o esforço parece pouco, e que exige “meses e meses” de dedicação. Na sua visão particular das coisas, o britânico não mediu palavras para criticar outros designers.

Estamos rodeados por produtos pobremente desenvolvidos de forma anônima, e é tentador pensar que é porque a as pessoas que os usam não se importa com o design, muito menos os seus designers.

Logo, não é essa a visão da Apple, que entende que os produtos que “mudam as vidas dos seus proprietários” são caros, porém, únicos. E esse seria um dos segredos do sucesso da gigante de Cupertino.

Jonathan Ive falou também daqueles que ele considera os “imitadores”:

São robôs: não copiam apenas o design, mas também horas e horas de intensa luta… anos de investimentos e de dor.

Por fim, mesmo sendo uma questão que jamais seria respondida a essa altura do campeonato, o jornalista do The Sunday Times questionou sobre os rumores do iWatch ou da nova TV inteligente. Ive calmamente respondeu: “Não vou falar sobre isso. Isso é como um jogo de xadrez, sabe?”.

Via The Sunday Times

Tim Cook acredita que a Google não se comprometeu o suficiente para passar a Motorola adiante

by

timcookd114

Em recente entrevista para o Wall Street Journal, o CEO da Apple, Tim Cook, opinou sobre a venda da Motorola para a Lenovo. Quando questionado sobre o assunto, disparou um “não me surpreende, pois era uma transição lógica”. Na opinião de Cook, a Motorola foi um desastre financeiro para a Google, principalmente porque a gigante de buscas “não se comprometeu” com a empresa.

Cook reconheceu que “é muito difícil fabricar hardware, software e serviços, e disponibilizar tudo isso no mercado. E é isso o que faz a Apple tão especial”. É bom lembrar que a Google tem produtos seguindo tal lógica, como a linha de dispositivos Nexus e o Chromebook Pixel. Porém, na opinião do CEO da Apple, “a experiência em tablets Android é tão péssima porque não é nada mais que um aplicativo de smartphone alargado”.

Sobre a compra da Nest pela Google, Cook afirmou que a Apple não tem problemas em comprar grandes empresas, porém, reconhece que é difícil encontrar a empresa correta. O executivo também menciona Carl Icahn durante a entrevista, e negou os rumores de um futuro lançamento de um iPhone com tela maior em breve. O motivo? “A tecnologia não está pronta”. Palavras de Tim Cook.

Via The Verge, Wall Street Journal

Steve Ballmer explica os motivos de sua demissão: “não pude mudar a Microsoft na velocidade necessária”

by

Ballmer

Qual poderia ter sido o motivo para que Steve Ballmer decidiu, em um dia qualquer, apresentar a sua demissão do posto de CEO da Microsoft, determinando o fim de sua trajetória na empresa, que começou desde os primeiros dias da mesma? Pois bem, Ballmer decidiu falar sobre o assunto.

Fato é que não era segredo para ninguém as divergências entre os membros da cúpula diretiva da empresa pela maneira que a Microsoft deveria encarar o futuro. Mas agora ao menos sabemos da boca do próprio Ballmer que sua saída foi voluntária, motivada pela sua incapacidade de conduzir a Microsoft para uma nova direção, com a velocidade que os seus diretores desejavam.

Em uma entrevista para o Wall Street Journal, Ballmer reconhece que se encontrava sob uma intensa pressão exercida por acionistas e executivos máximos da Microsoft, que desejavam a aceleração do processo na conversão da gigante de Redmond em uma empresa de dispositivos e serviços. As exigências começaram em janeiro de 2013, e em maio, Ballmer se deu conta que a sua própria filosofia e estilo de liderança estavam reduzindo a velocidade dessa transição.

Convencido de que a Microsoft precisava de sangue novo para impulsionar essa reestruturação, Ballmer decidiu pedir demissão, e ceder o seu cargo para um novo CEO capaz de promover as mudanças na velocidade exigida pelos mandatários da empresa.

Por enquanto, não existe um claro favorito para essa vaga, mas seja lá quem for o executivo escolhido para assumir as rédeas da Microsoft, terá que reconhecer os méritos de um executivo que foi capaz de descer do pedestal para o bem da própria empresa que dirigia. E, convenhamos, essa medida não é lá muito comum de se ver no mundo empresarial atual.

Via Business Insider, Wall Street Journal

Stephen Elop: “estou preparado para uma mudança na Microsoft”

by

Stephen-Elop-New-01

O (em breve) ex-CEO da Nokia, Stephen Elop, é um dos mais fortes candidatos a assumir o posto de Steve Ballmer na chefia da Microsoft. E esse nome passa a ser cada vez mais evidente na lista de favoritos, não só por conta da proximidade dele com a estrutura corporativa da gigante de Redmond, mas também pelos resultados positivos obtidos nessa fase inicial da parceria Nokia/Microsoft.

Em uma recente entrevista para o Engadget, Elop comentou que não se via como CEO da Microsoft, mas que se vê capaz de liderar essa mudança de diretrizes da empresa, tal como fez com a Nokia. E ele tem alguns pontos para reforçar a sua teoria. Ontem (22), a Nokia apresentou o Lumia 2520, que é, na prática, um concorrente direto do tablet Microsoft Surface 2, e muitos pensam que teremos no futuro uma grande fusão entre Nokia e Microsoft. E na opinião de Elop, não será bem assim que deve funcionar.

Elop insiste que, na realidade, o ecossistema do Windows Phone vai se beneficiar em ter mais opções, e no caso do novo tablet da Nokia, ele chega para conquistar o público que já gosta dos produtos da Nokia e da Microsoft. Além disso, o executivo insiste que o Lumia 2520 está mais focado no fator mobilidade, contando com um modem 4G/LTE integrado.

Outro ponto discutido na entrevista foi a linha de telefones de entrada da Nokia. A série Asha segue nos planos, e Elop acredita que esses modelos são a porta de entrada para alcançar “o próximo bilhão de usuários”, que virão dos países emergentes, como Índia, Indonésia e Paquistão, que passam a receber novos serviços online, como SkyDrive, Bing e Skype. A prova disso é o fato de serviços como o Facebook e o WhatsApp ganharem novos usuários graças aos telefones de entrada da Nokia.

E agora que o Windows Phone recberá a versão oficial do Instagram, Elop admite que esse é um grande passo para ampliar a popularidade e demanda do aplicativo, mas que beneficia muito mais a Nokia, pois a coloca em pé de igualdade com os seus adversários. Completou que ter muitos aplicativos não torna nenhum sistema como um claro vencedor, e lembra que o deisgn dos smartphones da Nokia, assim como os seus serviços baseados em geolocalização e outros elementos diferenciam os seus produtos dos concorrentes.

Por fim, Elop comento que “as grandes mudanças no campo da tecnologia chegam quando há uma mudança no modelo de interação, em como interagimos com os nossos dispositivos”, em uma clara referência ao impacto do Xerox Star nas interfaces de usuário com janelas, e na interface touch introduzida pelo iOS. “Em um determinado momento, esses modelos de interação tomam o poder, e dão lugar a uma nova geração de experiências. E, obviamente, estamos trabalhando nisso como objetivo, e com isso em mente, vamos colher os frutos no futuro”.

Via Engadget

Nokia reconhece que, agora sim, tem um “plano de contingência” para o Windows Phone (???)

by

Ainda não passaram seis meses desde que a Nokia anunciou, com toda a convicção, que eles não tinha um “plano B”, e que o único plano era, basicamente, fazer o Winodows Phone dar certo, custe o que custar. Pois bem, o tempo passou, e o discurso mudou.

Risto Siilasmaa, presidente do conselho administrativo da Nokia, reconheceu em uma recente entrevista que a empresa tem sim um “plano de contingência” no caso do Windows Phone 8 fracassar. Como você já pode imaginar, Siilasmaa não entrou em detalhes completos sobre que plano é esse, mas o próprio não se cansou em repetir de forma convicta que está tranquilo sobre o futuro da plataforma móvel da Microsoft, e que o seu chefe máximo, Stephen Elop, está tendo uma liderança “boa e transparente”.

É… como as coisas mudam. É sinal que a Nokia não está muito tranquila dentro da canoa que resolveu navegar. A empresa se nega a todo custo a revelar números concretos sobre as vendas dos smartphones com Windows Phone, e a notícia que todos os modelos disponíveis até agora não serão compatíveis com o Windows Phone 8 é péssima, ainda mais para a Nokia, que já começou atrasada nessa disputa.

De qualquer forma, vamos ver o que o tempo vai dizer. Afinal de contas, ele não só é o senhor da razão, como também faz as pessoas adotarem novas perspectivas.

Via CNET

Nintendo considerou descartar a tela secundária do Wii U por causa do seu preço

by

Ainda que as duas telas do Wii U (a TV e a do GamePad) nos pareçam interessantes e uma parte fundamental do conceito do console, a Nintendo esteve a ponto de descartar esta ideia aparentemente tão básica.

O presidente da empresa, Satoru Iwata, comentou ao jornal The Telegraph que “quase desistimos da ideia de uma tela adicional” durante as discussões finais sobre o console, devido “a nossa preocupação pelo elevado custo de desenvolvimento e fabricação”.

Agora que já estamos acostumados ao conceito da tela dual do Wii U, é até curioso tomar conhecimento dessa preocupação só agora. E por causa dessa informação, concluímos que a Nintendo conseguiu desenvolver uma tecnologia econômica o suficiente para vender o console a um preço “razoável” (apesar do seu preço não ter sido revelado).

Via Joystiq e The Telegraph

Apple iTV é “confirmado” pelo chefe da Foxconn

by

Terry Gou, responsável máximo da Foxconn, falou com o China Daily hoje (11/05), e confirmou que eles iniciaram os preparativos para a produção da iTV da Apple. Mas antes que você tire o cartão de crédito da carteira, vale a pena saber que nem o desenvolvimento, nem a fabricação do produto começaram, de modo que vai ser muito difícil dele ser lançado em 2012.

Tudo indica que está certo que os eu corpo será construído em alumínio, que o Siri será utilizado para troca de canal, e que o conjunto pode se completar com o recurso de videochamadas do FaceTime. Em linhas gerais, estamos falando de uma espécie de iMac para a sala de casa (tem quem já queira batizar o produto de Apple HDTV, mas nada oficial) e não é descabido pensar que o seu deisign teria os mesmos contornos, sendo muito, mas muito fino.

Mas a melhor parte vem agora. A fonte se atreve a ir um pouco além nos rumores, e insinua que a Sharp tem um importante papel na fabricação do suposto equipamento. Vale a pena esperar uma confirmação vinda do pessoal de Cupertino. Que, como vocês bem sabem, não vem tão cedo, muito menos com essa facilidade.

Via TechCrunch

Microsoft: “as carcaças para o Xbox 360 foram um fracasso”

by

Albert Penello, da Microsoft, deu uma entrevista para a publicação britânica Official Xbox Magazine para falar do quinto aniversário do console. A conversa foi para diversos temas, inclusive a mal sucedida carcaça decorativa do Xbox 360 original.

Penello admitiu que ainda que que este fosse o tipo de modificação que muitos usuários estavam pedindo, os números de venda não conseguiram ser tão bons como eles imaginavam, e por isso, eles mudaram rapidamente de ideia. Sorte deles que um certo periférico (a.k.a. Kinect) caiu melhor no gosto dos usuários do console. Mas que há um sentimento de “mea culpa” entre os executivos de Redmond, isso há.

Fonte

[Momento Merchã] Leia minha entrevista via MSN para o 1000 Combos.

by

Nesta semana, eu tive a oportunidade de passar (quase que ileso) pela sabatina feita pelo @TazComboCast, do 1000Combos. O pessoal de lá é muito bacana, tem um blog de conteúdo voltado para entretenimento e mídia, como games, HQs, mangás, entre outros, e considero que eles estão em um caminho muito promissor na jornada deles como produtores de conteúdo, tanto como blog como podcast. O diferente desta entrevista é que ela foi feita via MSN, mais prática, e que até permite que as respostas sejam mais pensadas e mais elaboradas. Lá, vocês vão ter revelações um pouco mais pessoais e respostas surpreendentes e bem humoradas da minha vida pessoal, profissional e como blogger/podcaster. Por isso, convido os leitores do meu blog para clicarem aqui (ou no banner acima) e visitarem o 1000Combos para conferir (e comentar) a entrevista feita para eles. Vale a pena!

Abraços!