Arquivo para a tag: emulador

JXD S192, um tablet Android pensado nos emuladores, turbinado pela NVIDIA

by

JXD S192-01

O JXD S192 tem as suas próprias armas para chamar a nossa atenção. A primeira delas é sua relação com a NVIDIA: o hardware interno é um processador Tegra K1, que vai gerenciar tudo o que é visto na tela de 7 polegadas, com as mesmas características do NVIDIA Shield.

Não deveria ser um dispositivo tão grande, mas levando em conta a presença dos controles tradicionais de videogames clássicos incrustados no seu corpo, sua estrutura faz com que ele fique maior nas extremidades, com a autonomia de controles. Não faltam dois sticks analógicos, um pad direcional, gatilhos e uma série de botões.

O JXD S192 promete ser o console ideal para rodar emuladores em qualquer lugar. Sua resolução de tela é de 1920 x 1200 pixels, e há uma saída HDMI para quem quer jogar na TV. O ponto mais débil no seu hardware parece ser a RAM, que está limitada a 2 GB. Sua bateria é de 10.000 mAh, com autonomia de uso prometida de seis horas, e o tablet ainda conta com câmeras de 13 MP e 5 MP.

JXD S192-02

O dispositivo oferece acesso aos aplicativos da Google Play, e conta com o sistema operacional Android 4.2.2. Pode rodar jogos de consoles como PS1, MAME, Dreamcast, N64, NeoGeo, Atari, NES, SNES e Gameboy.

O JXD S192 já está disponível para reserva por 280 euros. A seguir, vídeo demonstrativo do produto.

JXD S192-03 JXD S192-04

Via Funstock

SEGA anuncia emulador oficial do Mega Drive para Steam

by

SONY DSC

A SEGA decidiu fazer negócios com o mundo da emulação (no lugar de combater essa tecnologia), e lançou um emulador oficial para o Mega Drive no Steam. Ou seja, é um software completamente ilegal, que dispensa o uso dos jogos originais, apesar do gamer ter que pagar por cada jogo que queira jogar no formato digital.

O emulador em si é gratuito, e contará com uma interface muito bem trabalhada, que lembra bem o que vimos no começo da década de 1990, e que gerou tantas horas de diversão para muitos gamers do passado. Não dá para concretizar o custo de cada jogo com exatidão, mas é possível que a SEGA opte por manter o preço de 2.49 euros por cada jogo, valor que hoje o Steam lista para os clássicos que comercializa em sua plataforma digital.

A partir do dia 28 de abril, os seguintes jogos do Mega Drive estarão disponíveis no Steam:

  • Golden Axe
  • Altered Beast
  • Comix Zone
  • Ecco the Dolphin
  • Gain Ground
  • Shinobi III: Return of the Ninja
  • Master Vectorman
  • Crack Down
  • Shadow Dancer
  • Space Harrier II
  • Ecco Jr.
  • Alex Kidd in the Enchanted Castle
  • Bonanza Bros.
  • Super Thunder
  • Blade
  • Kid Chameleon
  • Ristar
  • Galaxy Force II
  • Columns
  • Eternal Champions
  • Fatal Labyrinth
  • Bio-Hazard Battle
  • Columns III
  • Sword of Vermilion
  • Virtua Fighter 2
  • Ecco: The Tides of Time
  • Alien Storm
  • Decap Attack
  • Flicky
  • ESWAT: City Under Siege
  • Golden Axe II
  • Landstalker: The Treasures of King Nole
  • Shining Force
  • Wonder Boy III: Monster Lair
  • Streets of Rage 2
  • Alien Soldier
  • Light Crusader
  • Gunstar Heroes
  • Streets of Rage
  • Shining Force II
  • Shining in the Darkness
  • Beyond Oasis
  • Dynamite Headdy
  • Golden Axe III
  • Phantasy Star II
  • Phantasy Star III: Generations of Doom
  • Phantasy Star IV: The End of the Millennium
  • Streets of Rage 3
  • Revenge of the Shinobi
  • Vectorman 2
  • Wonder Boy in Monster World

 

Via SEGA

Emulador dá efeitos 3D aos jogos do NES

by

mario-3d

Um emulador consegue adicionar efeitos 3D aos jogos do NES da Nintendo (ou Nintendo 8 Bits), convertendo os objetos 2D do jogo em objetos 3D.

Não é algo realmente novo. A SEGA já fez algo parecido com alguns dos seus títulos clássicos, mas o que torna este emulador especial é o fato de que o trabalho é feito de forma automática, sem oferecer trabalho adicional para o jogador. Ou seja, basta carregar a ROM do jogo do NES e pronto: o efeito é aplicado automaticamente.

 

De um modo geral, o resultado final é muito bom, apesar de algumas falhas e elementos a serem melhorados. Imaginamos que isso será resolvido progressivamente, já que o emulador ainda está em desenvolvimento. A seguir, alguns vídeos onde podemos ver o emulador em ação. É possível testar o projeto diretamente no navegador Firefox, com a ajuda do plugin Unity, nesse link.

 

Via SlashGear3DNES projectARS Technica

Apple II volta à vida, com a ajuda do Arduino e um emulador

by

apple-II-arduino

Muitos de nós jamais viram um Apple II em funcionamento, mas isso agora é possível… em partes. O projeto de um desenvolvedor que trabalhou com uma placa Arduino Uno, e que dedicou muitas horas para emular todas as suas características para devolver a vida para essa máquina lendária.

É um trabalho impressionante: ele teve que emular o conjunto de instruções de um processador MOS 6502 e até pesquisar como a saída na tela fosse a mesma do Apple II, algo parecido com o trabalho que o engenhoso método idealizado por Steve Wozniak desenvolveu para evitar colisões entre os dados de leitura e gravação.

apple-ii-original

O programador também revelou que utilizou um decodificador para o teclado PS/2 conectado ao Arduino Uno, e até conseguiu emular o funcionamento da interface para a leitura dos cassetes. É todo um exercício de engenharia reversa que permitiu, por exemplo, executar programas em BASIC.

O resultado é uma emulação quase perfeita, que também utilizava microcontroladores como o ATmega328P, que ajudavam nessa tarefa, mesmo contando com apenas 2 KB de RAM, contra 4 KB do Apple II original.

No vídeo publicado na página oficial do projeto, é possível ver como funciona o resultado final, que muito além das limitações daquela máquina do final da década de 1970, é simplesmente uma façanha.

Via Damian Peckett

Nintendo pode estrear no mundo mobile, para emular o Game Boy

by

650_1000_gameboy

Não faz muito tempo que a Nintendo confirmou que estava desenvolvendo aplicativos para dispositivos móveis, e alguns deles podem estar direcionados para um segmento em franca expansão: o da emulação. Uma patente da empresa indica que, em breve, podem aparecer emuladores oficiais do Nintendo Game Boy para smartphones e tablets com Android e iOS.

A patente é uma melhora da propriedade intelectual já existente da Nintendo, além de recuperar o catálogo do console portátil para todos os tipos de telas de forma oficial, com a garantia da empresa.

A Nintendo já havia oferecido essa possibilidade para alguns de seus desenvolvedores, mas essa nova patente parece claramente destinada aos smartphones. Os emuladores do Game Boy já apareciam no iOS e Android de forma independente, mas a Apple – por exemplo – não permitia esse tipo de solução na App Store.

Veremos se a Nintendo vai finalmente fazer a alegria dos mais nostálgicos.

Via TechCrunch

Um emulador do PSX rodando no Android Wear (com vídeo)

by

psx-android-wear

Pode ser que o Android Wear ainda precise de alguns ajustes para oferecer tudo o que o usuário espera. Porém, isso não impede que muitos pesquisem as suas possibilidades. Ao ponto de instalar um emulador em um dos relógios disponíveis no mercado.

Nesse caso, temos um LG G Watch que é capaz de executar um jogo do PlayStation, com a ajuda do emulador ePSXe, e com um desempenho espetacular. Os controles aparecem na tela, mas seu criador garante que não seria difícil conectar um periférico extra para controlar o jogo. Na hora de jogar, o dispositivo se mantém em 30 e 40 frames por segundo, e a bateria aguenta até 30 minutos de jogo.

É uma característica que dificilmente poderá ser útil, mas não deixa de ser uma excelente demonstração para compreender o que pode ser capaz de fazer um relógio dessas características.

 

+info

Jogue como no Game Boy com este emulador grátis para iPhone e iPad

by

emulador-iphone-gameboy-gratis

O GBA4 iOS é um emulador compatível com dispositivos iOS 7 (iPhone ou iPad), que necessita atrasar a data e hora do dispositivo e o download do aplicativo na página oficial do projeto. Uma vez instalado, você volta para a data  e hora atual, e aproveita os benefícios desse emulador.

O aplicativo roda ROMs de Game Boy Color e Game Boy Advanced, que precisam ser adicionados no dispositivo. Uma breve busca do Google dentro do próprio aplicativo indica dezenas de páginas que possuem ROMs com jogos. O GBA4 iOS suporta sincronização com o Dropbox e truques clássicos dos jogos, além de gravar múltiplas partidas e oferecer botões e interfaces configuráveis.

No futuro, o aplicativo ainda vai receber um modo multiplayer via Bluetooth ou WiFi direct. E tudo isso é de graça!

Download: GBA4 iOS

Via The Verge

Armiga, o emulador ARM do Amiga 500 quer ressuscitar os seus velhos disquetes de 5,25 polegadas

by

armiga-foto

A nostalgia pode resultar em coisas realmente surpreendentes, como fazer com que um computador do passado volte à vida. Um grupo de entusiastas do Amiga, a mítica máquina da Commodore, decidiram ressuscitar o computador com a ajuda de um emulador.

Desenvolvendo um controlador específico, eles conseguiram ler os discos flexíveis que eram usados nos computadores Commodore, e alocaram tudo em uma memória SD, que executa o software necessário para que tudo funcione. O coração de tudo isso é um Raspberry Pi, que como bem sabemos, funciona com um processador ARM – e por isso temos o nome Armiga.

O projeto do Armiga está em fase de crowdfunding no site Indiegogo, e custa 99 euros. Abaixo, um vídeo demonstra melhor o projeto.

 

Via Armiga
Via Indiegogo

“Emule” um Mac Pro 2013, com uma lixeira de banheiro

by

Mac-Pro-Hackintosh

A criatividade humana (quando bem aplicada, diga-se de passagem) é algo fascinante. O lançamento do Mac Pro (2013) foi mais uma vez fonte de inspiração para os fãs do modding. Uma das provas mais claras disso que estou falando é esse Mac Pro “emulado”, contando com um design similar ao produto da Apple, mas feito com uma simples lixeira de banheiro.

O “Trash Pro”, como já é apelidado o pequeno notável, não possui o mesmo poder de processamento do Mac Pro original. Mesmo assim, o seu criador se esforçou para emular alguns dos elementos considerados chave da estação de trabalho da Apple. Se bem que o principal esforço está na reprodução do seu design cilíndrico.

Mac-Pro-Hackintosh2

O modelo acima possui uma placa-mãe mini-ITX Gigabyte Z78n WiFi, gráficos AMD Radeon HD 7750, duas unidades de armazenamento de 2.5 polegadas (uma SSD e outra HD), processador Intel Core i3 Haswell, dois ventiladores fabricado a mão, que copiam o sistema de refrigeração da Apple, entre outros elementos.

Tá, eu sei que você está curioso, e vou responder essa pergunta: a lixeira de banheiro foi comprada na Amazon, por 27 euros.

trash-pro

Deixemos de lado os aspectos técnicos. O resultado da reprodução é algo surpreendente, e para reforçar o aspecto de emulação, o modelo é um Hackintosh autêntico, rodando o OS X sem maiores problemas aparente. De novo: seu desempenho não chega aos pés do Mac Pro, mas pode fazer a alegria dos pobres abnegados que não contam com mais de R$ 13 mil na conta bancária para comprar o produto original.

Mas se o que você quer emular é o desempenho do Mac Pro a partir de um PC, temos um desktop publicado no blog do José Jacas, que pode chamar a sua atenção. O seu PC com Windows (ele não optou pelo Hackintosh) custou pelo menos 1.000 euros a menos que o Mac Pro, mas consegue superar em desempenho o produto da Apple, em quase todos os quesitos.

jacas-pc

Qualquer uma dessas duas ideias pode servir de inspiração para muitos leitores do TargetHD. As opções estão aí. Basta você começar a trabalhar nelas.

Via ArsTechnica, TonyMacx86

Internet Archive vai exibir jogos e aplicativos do passado diretamente no seu navegador

by

internet-archive-games

O mundo da tecnologia muda com uma grande velocidade, e entre outras coisas, isso implica que o software desenvolvido a alguns anos não pode ser utilizado em alguns dispositivos modernos. Tentando solucionar esse problema, e com o objetivo de manter uma cronologia mais completa do mundo da computação, o Internet Archive vai iniciar em breve a oferecer jogos e aplicativos do passado através do seu Historical Software Collection.

Os aplicativos não apenas estarão disponíveis através da sua página na internet, mas também poderão ser utilizados em qualquer navegador do presente, graças ao uso do emulador JMESS (Javascript Multi Emulator Super System). Por enquanto, existe uma quantidade muito limitada de programas disponíveis (por conta dos direitos autoriais), mas já é possível ver jogos icônicos, como Pac Man para o Atari 2600 (1981), VisiCalc para o Apple II (1979) e The Hobbit, para o ZX Spectrum (1982).

Além da nostalgia que desperta ao ver esse tipo de aplicativos em funcionamento, o contexto histórico que eles proporcionam é algo muito importante. Para começar a testar esses programas históricos (e explorar a sua nostalgia latente), clique aqui.

Via Internet Archive, The Verge

StyleTap leva o Palm OS para os dispositivos com Android

by

Não é a primeira vez que vemos o StyleTap agradar os mais saudosistas. Já vimos a empresa oferecer uma dose do Palm OS em dispositivos com os sistemas iOS, Symbian e Windows Mobile, e dessa vez, a empresa anuncia a disponibilidade do seu emulador para o Android, o que permitirá a todos os usuários do sistema operacional móvel do Google a contar com todos os aplicativos desenvolvidos para o Palm OS 5.2 ou superior.

Os programas que necessitam do código ARM nativo poderão ser utilizados, desde que é claro você ague os US$ 50 que custa o aplicativo para o Android. Está disponível no site da empresa uma versão trial do emulador, funcional por duas semanas, para que você possa testar o produto antes de utilizar o cartão de crédito. Para mais informações (e para preparar a sua volta ao passado), clique aqui.

Via Engadget

Retrode 2 permite que você use seus cartuchos de SNES e Mega Drive em seu PC

by

Se você tem na sua casa uma boa coleção de cartuchos de Super Nintendo ou de Mega Drive em alguma caixa perdida em um canto escuro de sua casa, aqui temos uma boa razão para resgatar essas preciosidades. O Retrode 2 é um pequeno dispositivo, que permite usar os cartuchos desses consoles em um computador, através de uma porta USB e dos controles originais.

O Retrode 2 faz o download da ROM dos cartuchos para o seu uso, através de um emulador, garantindo que ele funcione com qualquer tipo de sistema operacional moderno (Linux, Mac OS X, Windows, ou qualquer outro que ofereça o suporte para o “mass storage” e os controles dos consoles).

O produto é fabricado na Alemanha, e custa 58,90 euros (mais impostos), e pode ser enviado para qualquer lugar do planeta. Abaixo, vídeo demonstrativo do produto.



Via Retrode.com

Microsoft oferece emulador do Windows Phone para smartphones Android e iOS

by

A Microsoft oferece o fruto proibido para os usuários do Android e iOS, em forma de um emulador web do Windows Phone para os dois sistema. Considerando que a missão da Microsoft de trazer usuários dos dois sistemas consolidados para o seu é algo realmente muito difícil, eles criaram uma página de demonstração que mostra todos os benefícios de sua proposta. Se você quer experimentar o sistema, sem nenhum tipo de compromisso ou alteração no seu smartphone, clique aqui.

MOPS Shadow T800, outro Android chinês com alma de videogame

by

O Xperia Play acaba de ganhar mais um concorrente chinês. Bom, é óbvio que o MOPS Shadow T800 dificilmente vai bater de frente com o aparelho da Sony Ericsson, mesmo porque, de quê adianta ter o modelo chinês se você não pode rodar os jogos do PSOne nele? De qualquer modo, sobre o aparelho, ele possui a versão 2.2 (Froyo) do Android, tela de 3,5 polegadas, (320 x 480), processador de 800 MHz, 512 MB de RAM, câmera frontal de 0,3 MP, câmera traseira de 5 MP, GPS e Bluetooth. De quebra, ele vem com uma boa coleção de emuladores pré-instalados, uma cópia de Assassin’s Creed, e preço de aproximadamente US$ 410.

via Engadget

EVOtainment System abusa de um emulador de Nintendo 64 em um HTC EVO

by

Quem gosta de emuladores e das modificações sabemos que há uma linha tênue entre o uso e o abuso. Podemos dizer que nosso amigo Jack Malone está no segundo grupo ao construir o EVOtainment System. Como você poderá ver nas fotos do post, a integração entre um volante para Wii, um Wiimote, um Classic Controller para Wii e um HTC EVO com GPS é bem estranha, mas funciona muito bem, através de uma conexão Bluetooth. Não podemos negar que a solução satisfaz as necessidades de quem quer um controle de tamanho completo para jogar emuladores em nossos telefones, apesar do fato que o modding ser um pouco maior que o popular Game Gripper.

via Engadget

N64oid: um emulador de Nintendo 64 para dispositivos Android

by

A felicidade dos geeks pode ser garantida com um simples software que faz com que nossos gadgets favoritos emulem produtos do passado. Neste caso, falamos de um emulador de Nintendo 64 para Android, desenvolvido por Yongzh, e que já está disponível na Android Market por US$ 5,99.

O software não é perfeito, e mostra alguns poucos problemas. Mas, apesar disso, ele funciona relativamente bem, tal como você pode conferir no vídeo abaixo. O pessoal do Download Squad é o responsável pelo vídeo demonstrativo do emulador N64oid, além de colocar um Wiimote para sincronizar com o smartphone, para que os jogos sejam executados pelo controle do Wii, através de um simples aplicativo gratuito. Confira tudo isso no vídeo abaixo.

via Download Squad e Android Market

Controle de games para smartphones da Game Gripper aposta no Bluetooth

by

Não é a primeira vez que o Game Gripper aparece aqui no blog, mas ele precisava ser implementado para os aparelhos que não possuem um teclado físico. Por isso, um novo modelo do case para games chega disposto a fazer sombra até mesmo para o iControlPad. Dessa vez, temos um modelo com conexão Bluetooth e, graças seu sistema de suspensão de molas, ele é compatível com quase qualquer tipo de telefone, de qualquer tamanho. A má notícia é que o produto ainda é um protótipo, em busca de um patrocinador. Abaixo, vídeo demonstrativo do produto.

via KickStarter

Windows Phone 7 já tem o seu emulador de Game Boy, para os mais nostálgicos

by

Os emuladores que conseguem rodar nossos jogos do passado em nossos smartphones são presentes bem vindos, e algo mais comum do que se imagina. Porém, merece uma menção honrosa esta nota que vai agradar aos usuários do Windows Phone 7.

Falamos aqui de um emulador que permite rodar os velhos jogos do Game Boy via Silverlight, fruto de uma criação de Samuel Blanchard. Antes que você veja o vídeo abaixo do projeto, é preciso alertar que alguns detalhes precisam ainda ser polidos: ele não permite que o usuário salve os progressos durante os jogos, por exemplo. Em compensação, ele está bastante estável neste estágio inicial, e pode melhorar ao longo do seu desenvolvimento. Vídeo abaixo.

via WMPowerUser

Dell Streak com controle de SNES USB. Preciso dizer mais alguma coisa?

by

Todo mundo sabe que o Dell Streak tem uma porta USB, certo? E todo mundo sabe que os controles de SNES podem ser modificados, para que possam ser usados com um cabo desse tipo. Agora, some as duas coisas. Tá, eu espero.

Somou? Pois bem, com esta simples equação, Collin Mayer transformou o seu telefone da Dell em uma bela máquina portátil de jogos do passado, que você também pode tentar fazer na sua casa, com as instruções na fonte do post. Abaixo, vídeo mostrando como ficou o modding na prática.

Fonte

[games] Ed Fries programa uma “versão” de Halo para o Atari 2600 (e jogável)

by

O que faz um antigo executivo da Microsoft, quando ele se cansa da desagradável e estafante tarefa de contar os seus milhões de dólares? No caso de Ed Fries, antigo vice-presidente da divisão do Xbox, é criar versões retrô de jogos atuais.

Fries dedica boa parte do seu tempo em programar para o Atari 2600, e sendo um dos elementos importantes para a compra da Bungie da Microsoft, ele quis levar o que há de melhor no mundo pixelado para o pai de todos os consoles. O que começou como um projeto para aprender a programar para o Atari terminou em uma quadriculada aventura que foi apresentada no final de semana passado, na Classic Gaming Expo, onde o Halo 2600 foi apresentado, com o seu próprio cartucho. Bem divertido, no mínimo. O melhor de tudo é que Ed Fries deixou a ROM do jogo, para que você possa jogá-lo em seu emulador preferido no PC. Quer testar? Clique aqui e faça o download.



Fonte