Arquivo para a tag: e-commerce

Magazine Luiza disponibiliza internet grátis em aeroportos brasileiros

by

magazine-luiza-logotipo

A partir do dia 25 de maio, o Magazine Luiza, um dos maiores varejistas do País, vai disponibilizar internet grátis nos principais aeroportos do Brasil: Porto Alegre, São Paulo/Congonhas, Rio de Janeiro/Santos Dumont, Curitiba, Florianópolis, Salvador, Fortaleza e Campinas/Viracopos. A empresa vai ajudar os viajantes a ficarem mais conectados, navegando em uma internet de qualidade.

Além de tornar a comunicação mais fácil, a rede de varejo ainda vai oferecer descontos especiais para quem, enquanto estiver usando o wi-fi do Magazine Luiza, baixe o aplicativo da empresa. Navegando pela plataforma enquanto espera seu voo, o cliente vai encontrar produtos com preços exclusivos .

A ação vai de encontro com a estratégia da empresa, de passar de uma marca tradicional do varejo, com uma loja virtual, para se tornar em uma companhia digital, com pontos físicos e calor humano. O e-commerce do Magazine Luiza hoje responde por 22% das vendas da empresa e seu aplicativo móvel, lançado em setembro de 2015, já conta com dois milhões de downloads.

Além de ser uma forma de gerar mais acessos para o seu e-commerce, a medida ajuda a democratizar o acesso à internet em um dos ambientes onde a oferta de conexão de rede é relativamente precária. Entendemos que é um caminho de duas vias, onde as duas pontas serão beneficiadas de alguma forma.

VAIO inaugura e-commerce no Brasil e lança modelo VAIO Z

by

VAIO Z-01

A VAIO anuncia o lançamento de sua loja virtual própria para venda dos seus produtos no Brasil. Todo o portfólio de notebooks da marca estará disponível a partir desta semana em br.vaio.com, onde os primeiros modelos disponíveis são os híbridos VAIO Z e o notebook VAIO Fit 15F.

Em breve, os consumidores também poderão adquirir acessórios compatíveis com os computadores da marca. A VAIO também oferece os seus produtos no grande varejo (Americanas, Casas Bahia, Extra, Ponto Frio, Shoptime e Submarino).

O VAIO Z possui uma estrutura articulada para giro de tela, se transformando de notebook em tablet de forma simples. Com tela de 13.3 polegadas (Full HD, WQHD), oferece maior nitidez e compatibilidade com canetas Stylus, permitindo o uso do notebook como mesa digitalizadora. Embaixo do teclado, há uma câmera exclusiva para utilização em modo tablet, com resolução de 8 MP.

VAIO Z-02

O modo InstantGo deixa o VAIO Z pronto para uso em apenas 0.3 segundo, a partir do modo standby. Seu processador Intel Core i5 de 5ª geração trabalha com a placa gráfica Intel Iris, unidade SSD, peso de 1.34 kg em estrutura com combinação de carbono com alumínio, e bateria com autonomia de até 15 horas.

Já o VAIO Fit 15F está disponível em diferentes configurações, com tela de 15.6 polegadas (HD), processador Intel Core de 5ª geração, gráficos Intel HD Graphics 5500 com suporte para Microsoft DirectX 11.2 e OpenGL 4.3, sistema operacional Windows 10, 1 TB de HD, até 8 GB de RAM e saída HDMI. Seu sistema de som possui uma engenharia que o canaliza para uma reprodução mais clara pelos seus dois alto-falantes de 2W. Também possui o sistema USB charging, permitindo carregar outros aparelhos como smartphones e tablets, mesmo quando o notebook está desligado (e desde que sua bateria esteja carregada).

Para saber todos os pontos de vendas dos produtos VAIO, clique aqui.

Loja virtual do UOL HOST oferece desconto no primeiro mês e ferramentas versáteis

by

loja-virtual-uol-host

Recentemente, falamos aqui no blog do UOL HOST, serviço de hospedagem do UOL, um dos portais mais tradicionais da internet brasileira. Um dos produtos oferecidos por esse segmento é a loja virtual, onde qualquer pessoa, seja ela usuário individual, micro ou pequeno empresário poderá montar de forma simples e prática o seu e-commerce, e com um custo relativamente baixo.

A loja virtual do UOL HOST oferece todas as ferramentas necessárias para que qualquer usuário (incluindo aqueles que não tem um profundo nível de programação em linguagem web) possa configurar e personalizar a sua loja virtual, realizar o cadastro de produtos e categorias, e divulgar a loja pela internet de forma eficiente depois que ela estiver pronta, atraindo assim clientes que podem se converter em vendas.

O usuário tem à sua disposição um gerenciamento completo de clientes e pedidos, onde é possível cadastrar uma base de dados plena de informações com diversas opções de pesquisa (nome, CPF, endereço, etc). A busca dos produtos também pode ser feita de forma inteligente, utilizando várias opções de campos para tornar essa pesquisa mais dinâmica e precisa.

A loja virtual do UOL HOST também oferece ferramentas de marketing que podem atrair os clientes para a sua loja virtual, como por exemplo cupons de descontos configurados pelo dono da loja, informes e boletins em datas especiais, campanhas com descontos exclusivos para produtos específicos por períodos estipulados, Gerenciamento de selos (como o de segurança), o que dão uma maior credibilidade para a loja virtual, e opções de cadastro de newsletter, para campanhas de e-mail marketing.

A parte de relatórios à disposição do dono da loja oferece gráficos com informações relevantes, comparativos de faixa etária e sexo, ilustrando melhor o público alvo da loja, comparativos de visitas, relatório de vendas efetuadas, páginas mais e menos acessadas pelos clientes e estatísticas gerais, como volume de visitantes, clientes, produtos, pedidos, entre outros. Você também pode gerenciar todos os dados de sua loja, criar páginas institucionais, contar com ferramentas de SEO para melhorar o posicionamento da loja nos sites de busca, configurar várias opções de frete para os produtos, e paginas de perguntas frequentes e atendimento ao cliente.

loja-uol-host

Por fim, a loja virtual do UOL HOST também oferece a ferramenta PagSeguro, que faz o intercâmbio entre o lojista e o cliente, oferecendo uma alternativa segura e eficiente para pagamento de produtos e serviços. É uma forma do comerciante poder flexibilizar o seu serviço, oferecendo alternativas para garantir a venda do produto ao cliente, algo fundamental para que uma loja na internet prospere.

Em resumo: o UOL HOST oferece o seu serviço de loja virtual para que aquele que quer fazer com que o seu negócio prospere na internet alcance o seu público, com ferramentas intuitivas e completas para o desenvolvimento desse comércio eletrônico. A equipe de suporte do UOL se encarregará de manter tudo funcionando, além de auxiliar o usuário em eventuais dificuldades de gerenciamento e configuração dos produtos e serviços.

Se interessou em montar a sua loja virtual?

Pois saiba que, nesse post, você tem um desconto de R$ 54 no primeiro mês, como um incentivo para começar o seu comércio eletrônico. Para aproveitar essa promoção, clique aqui.

Virou moda agora? Cliente compra iPhone 6 Plus e recebe Galaxy S Duos!

by

s-duos-submarino

Mais um caso de ‘equívoco’ no comércio eletrônico brasileiro. O consumidor Oswaldo Linhares comprou no site do Submarino um iPhone 6 Plus, e quando a encomenda chegou em sua residência, o produto enviado era um Galaxy S Duos, com valor de mercado consideravelmente menor.

Nessa semana, publicamos aqui no blog o incidente que um dos nossos leitores teve com a Ricardo Eletro, ao comprar um Motorola Moto X de 2ª Geração, mas receber um Moto E, com a caixa visivelmente danificada (clique aqui para ler). Agora, temos um caso semelhante, com outro e-commerce nacional.

Oswaldo entrou em contato com o Submarino para relatar o incidente. Realizou a devolução do telefone antes do Natal, e só teve o produto correto entregue nessa semana. O cliente alega que a transportadora realizou três tentativas de entrega do produto, e o mesmo só foi localizado porque o cliente localizou o número da transportadora responsável, para realizar uma nova entrega.

Outros clientes reportam o mesmo equívoco. Tânio Borges relatou no Twitter que ele teria recebido um Galaxy Gran 2 no lugar de um iPhone 6 Plus, comprado na Americanas.com (empresa do grupo B2W, tal como é o Submarino. O produto correto também foi entregue em um momento posterior.

Mesmo que os eventos sejam uma ‘mera coincidência’, é no mínimo estranho que eles estejam aparecendo em um curto intervalo de tempo, e sempre de modo que prejudique e muito ao consumidor. É o caso dos e-commerces nacionais fiscalizarem e reforçarem as medidas que evitem tais incidentes. Afinal de contas, o controle de qualidade é algo essencial para esse tipo de transação, e a confiança do consumidor pode ser seriamente abalada por esses ‘incidentes’.

E, nesse caso específico, convenhamos: beira ao bullying você comprar um iPhone 6 e receber um smartphone da Samsung, não é mesmo?

+info

Cliente comprou Moto X 2ª Geração, e recebeu um… Moto E? Como assim?

by

unnamed

Imagine você a seguinte situação: você paga por um produto que custa pouco mais de R$ 1.100, e quando o produto chega na sua casa, você abre ele e… surpresa: tem um produto que custa pouco mais de R$ 400! Desagradável, não? Pois é… aconteceu isso. E no Brasil!

O leitor do TargetHD Renan de Barros e Lima Bueno comprou no site Ricardo Eletro uma unidade do Motorola Moto X de 2ª Geração no dia 25/12/2014, pagando um valor promocional de R$ 1.124. O produto chegou ao cliente na tarde do dia 7 de janeiro de 2015 (e levando em conta o prazo de nove dias úteis para o produto chegar, e as festas de final de ano, pelo menos a encomenda foi entregue dentro do prazo).

O produto foi entregue pela transportadora Total Express, e dentro da normalidade (na teoria), com plástico bolha lacrado, assim como a caixa do celular.

Porém, após remover o lacre, Renan teve a ‘surpresa’ de encontrar uma unidade do Motorola Moto E dentro da embalagem do suposto Moto X. Novinho. Sem uso. Não só isso: os acessórios do dispositivo eram do Moto E, assim como a documentação e o manual de instruções.

unnamed (3)

Outro detalhe relatado por Renan que chama a atenção é que a parte interna da caixa (onde o smartphone ficaria acondicionado) está seriamente danificada, com rachaduras. Também é possível ver amassados na mesma região inferior da embalagem, o que levanta a possibilidade da mesma ter sido ‘forçada’ por algum motivo.

unnamed (1)

Renan acessou o site do Ricardo Eletro no mesmo dia em que recebeu o produto (7), solicitando a troca no atendimento ao cliente. Também enviou uma foto do produto recebido na conta oficial da Ricardo Eletro no Twitter (@RicardoEletro), que por sua vez não deu resposta, apesar da grande repercussão do incidente na rede social.

O cliente também ligou na central de atendimento da Ricardo Eletro (no telefone disponível no site), relatando o incidente e solicitando a troca. Renan ainda aguarda um e-mail com a autorização de postagem dos Correios, e que a troca seria efetuada em até nove dias úteis.

Aqui, algumas observações precisam ser feitas.

A responsável por entregar o produto vendido é a Ricardo Eletro. Afinal de contas, eles anunciaram, processaram a venda, fizeram a cobrança, e despacharam o produto. Logo, se o produto está trocado, ela é a responsável pela substituição do mesmo, ou pela restituição do valor pago.

Nesse caso – e, pelo menos até o momento – a Ricardo Eletro está tentando resolver o problema do cliente. Tudo bem que o canal oficial do e-commerce no Twitter não ofereceu uma resposta pronta e objetiva para agilizar o processo. Mas menos mal que a Central de Atendimento ao Cliente decidiu fazer alguma coisa.

Também não podemos descartar a possibilidade de um erro de logística da Motorola Mobility. Afinal de contas, todos os smartphones despachados por eles são previamente lacrados. Mas por parte desse processo passar pela intervenção humana, não é absurda a possibilidade de algum ser humano mal intencionado ter trocado o produto daquela caixa.

De qualquer forma, o incidente deve ser registrado, para que o controle de qualidade seja revisto, nos dois casos.

O TargetHD.net deixa o espaço para que a Ricardo Eletro e a Motorola Mobility se manifestem sobre o assunto.

Mais fotos a seguir.

unnamed (5)

unnamed (4) unnamed (2)
Crédito das fotos desse post: Renan de Barros e Lima Bueno

Tablet Surface Pro 3 da Microsoft aparece em e-commerce brasileiro… por R$ 8.7 mil!

by

surface-pro-3-walmart

Eu quero acreditar que há algum erro do estagiário do Walmart, ou alguma pegadinha de mau gosto, ou simplesmente um erro (que pode talvez antecipar um futuro lançamento da Microsoft Devices no Brasil). Seja lá o que for, fato é que o Surface Pro 3 da Microsoft – que até o momento que esse post foi produzido não foi lançado oficialmente no mercado brasileiro -, apareceu no site do Walmart, como um produto em estoque, e pelo “sugestivo” preço de R$ 8.718!

De acordo com o anúncio, o produto é fornecido por FAB Informática, e está disponível em estoque para compra (só que com um frete para a minha região – interior de São Paulo – de R$ 138, com prazo de entrega para 20 dias úteis). O modelo oferecido pelo Walmart possui as especificações técnicas listadas abaixo:

– Processador Intel Core i7 de 4a geração, 8 GB de RAM, 512 GB de SSD, tela de 12 polegadas touch ClearType Full HD Plus (2160 x 1440 pixels) com vidro resistente a riscos, slot para cartões microSD, porta USB 3.0 (1), porta Mini DisplayPort, conector de 3.5 mm, duas câmeras de 5 MP (frontal e traseira) conectividades Bluetooth 4.0 e WiFi 802.11 ac dual band, sistema operacional Windows 8.1 Pro, bateria com autonomia de até 9 horas de uso e sensores de luz ambiente, acelerômetro, giroscópio, bússola digital e magnetômetro.

Clique na imagem para ampliar

Clique na imagem para ampliar

Aparentemente, é um produto oficial, já que suas especificações são corretas. Porém, é muito difícil de acreditar que o produto no Brasil venha a custar esse preço vindo por fontes oficiais. Muito provavelmente estamos diante de um erro do Walmart (tal como já aconteceu com outros lançamentos, em outros e-commerces nacionais), que pode muito bem antecipar um anúncio que está por vir.

Outra hipótese é que esse modelo faz parte de uma remessa de importação, mas por esse preço, é difícil de acreditar que o Walmart cometeria tal loucura.

Vamos aguardar a assessoria de imprensa da Microsoft Devices se pronunciar sobre o assunto.

Via Walmart (esse link pode sair do ar a qualquer momento)

Lista do Procon sobre os sites de compras não recomendados é atualizada

by

logo-procon

A Fundação Procon divulgou a lista atualizada de sites não recomendados para compras online. São mais de 400 sites listados desde 2011, quando a lista foi criada.

A lista é baseada nas reclamações dos usuários registradas na entidade. Os clientes relatam as experiências negativas no processo de compra, principalmente nos casos de produtos que não foram entregues. Além disso, a possibilidade de usuários terem os seus dados clonados por alguns desses sites existe, e a lista pode evitar problemas futuros.

Sempre vale o lembrete de, além de evitar a compra nesses sites, o internauta deve realizar uma busca sobre o site que deseja comprar aquele produto com preço reduzido. Em muitos casos, um determinado site pode não estar presente na lista do Procon, mas pode contar com reclamações de outros usuários que eventualmente tiveram problemas no processo de compra.

Para ler a lista completa dos sites não recomendados pelo Procon, clique aqui.

eBay lança site em português, para melhor atender ao internauta brasileiro

by

ebay

A assessoria de imprensa do eBay no Brasil anuncia o lançamento do seu portal em português, para melhor atender os seus consumidores no Brasil.

A partir de agora, o internauta brasileiro que visitar o eBay poderá contar com serviços como pesquisa de produtos, promoções e ofertas locais, soluções de pagamento e entrega facilitada para a moeda local (o Real), compras com o aval do eBay, entre outras possibilidades. Tudo isso, em uma experiência localizada e em português do Brasil.

O eBay começou a consolidar a sua presença no Brasil em 2013, com uma parceria com o PayPal e com um lançamento de um aplicativo móvel, o eBay Moda. Segundo Wendy Jones, vice presidente de expansão global e comércio de entre fronteiras da empresa, o objetivo é entregar ao consumidor brasileiro a experiência mais relevante possível, no idioma e moeda local, para melhor capacitar o consumidor no ato da compra.

Mais de 3.4 milhões de palavras passaram pelo processo de tradução e edição, realizado pelas equipes do eBay. Além disso, a empresa desenvolveu experiências locais para as duas categorias mais populares entre os internautas brasileiros: moda e eletrônicos.

Como parte dessa iniciativa, o eBay também  anuncia o lançamento do aplicativo do site para dispositivos móveis, totalmente em português, além da inclusão do Brasil no programa de navegação global da empresa. O aplicativo está disponível para smartphones Android, iPhones e iPads.

Falando um pouco mais sobre o programa de entregas global do eBay, ele promete um transporte de produtos rápido, confiável e de baixo custo. Em uma compra internacional, ele promete a agilidade e praticidade de uma compra feita no país, e a partir de agora, o consumidor brasileiro que comprar um item no eBay de um vendedor nos Estados Unidos inscrito no programa, poderá pagar essa compra no custo total do item, incluindo impostos e taxas, com um processo facilitado, porém, seguro.

Para conferir o eBay em português, acesse ebay.com, e selecione o idioma português na barra superior do site.

ebay-brasil

Serasa vai permitir que consumidor consulte online o CNPJ de e-commerces nacionais durante a Black Friday 2013

by

serasa-consulta-gratuita

A Black Friday Brasil 2013 está chegando, e apesar de todas as promessas feitas em tom de “esse ano, tudo vai ser diferente”, não podemos confiar plenamente nessa afirmação. Não só por conta dos e-commerces que vão querer inflacionar os valores dos produtos para que os descontos voltem aos valores originais, mas também por aquelas lojas que vão oferecer preços absurdamente baixos, mas com uma procedência bem duvidosa. E não são todos os consumidores que se atentarão para esses detalhes.

Por conta disso, a Serasa Experian vai disponibilizar durante o final de semana da Black Friday (entre 29 de novembro e 01 de dezembro de 2013) o serviço VocêConsulta Empresas. Com ele, o consumidor poderá consultar de forma gratuita um CNPJ de uma empresa, para descobrir a sua procedência, antes de fechar aquele negócio considerado imperdível.

O VocêConsulta Empresas fornece todas as informações sobre a situação do CNPJ da empresa consultada, como por exemplo razão social, ocorrência de protestos, cheques sem fundo, ações judiciais, endereço físico, falências e até a existência legal da empresa. Com essa ferramenta, o consumidor pode ao menos fazer um pente fino naquele e-commerce antes de fechar o negócio, reduzindo assim as chances de ser enganado.

Até porque, se mesmo depois de constatar que aquela loja tem várias irregularidades você fechar o negócio, o errado é você!

Desde o mês de maio de 2013, o decreto federal 7.962/13, que regulamenta o Código de Defesa do Consumidor, obriga as lojas virtuais a exibirem em suas páginas na internet dados como nome, endereço e CNPJ. Normalmente essas informações estão disponíveis no rodapé de cada site de comércio eletrônico, ou nas seções “quem somos” e “fale conosco”.

Logo, não tem desculpa: se você se deparou com alguma oferta incrível, mas não tem certeza se aquela loja é confiável, não pense duas vezes em acessar a página do VocêConsulta Empresas. É algo mais do que recomendado para a Black Friday Brasil 2013.

Conheça o site da loja Novo Mundo, especializada em vendas para o Centro-Norte do Brasil

by

O TargetHD foi procurado para falar sobre mais uma loja de e-commerce na internet. Bem sabemos que é complicado falar sobre isso e destacar diferenças da empresa que estamos apresentando daquelas que estão na lista das mais populares do mercado. Porém, no caso da Novo Mundo, não será uma missão muito complicada. Afinal de contas, eles oferecem um diferencial importante em relação às demais: a larga experiência de loja física dedicada aos mercados do Centro-Norte do Brasil.

Muita gente não sabe, mas as vendas via comércio eletrônico no Brasil seguem em expansão. Os brasileiros estão comprando mais pela internet, e em todas as regiões do país, o volume de vendas só aumenta a cada análise trimestral. Por outro lado, a logística de venda e entrega de um produto para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste são sempre mais complexas (e, consequentemente, mais caras). E a loja Novo Mundo aparece como uma alternativa para os consumidores dessas regiões.

novo-mundo-site

Para quem ainda não sabe, a Novo Mundo existe desde 1956, e é uma das lojas físicas de varejo de maior destaque do Centro-Norte brasileiro. Possui lojas físicas nos estados de Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Tocantins, Bahia, Maranhão, Pará e Distrito Federal. Dessa forma, eles não só atendem fisicamente os consumidores dessas regiões, mas também oferecem uma opção de logística mais ajustada, uma vez que boa parte dos produtos oferecidos no site já estão nas regiões do seu consumidor em potencial.

Ou seja, o cliente dessas regiões recebe o produto com um menor prazo, e as chances de uma maior satisfação na compra aumentam consideravelmente.

O site conta com uma navegação simples e limpa, contendo poucos elementos visuais distraindo a atenção do consumidor. O foco está nos produtos, com os preços destacados nos anúncios e até uma barra de navegação na parte inferior da página principal, que permite o acesso aos produtos pelo fabricante.

Cada produto conta com a sua descrição de suas principais funcionalidades e características técnicas, que são itens considerados essenciais para que o consumidor faça uma boa compra. Outro ponto de destaque são as certificações e-Bit Ouro e o certificado TrustSign, que aprovam o site da Novo Mundo como um meio confiável para compras. Sem falar que, durante o processo de fechamento da aquisição do produto, a indicação de página protegida aparece o tempo todo, mesmo que o usuário necessite realizar um novo cadastro no site.

O comprador pode optar pelo pagamento do produto através do cartão de crédito ou por boleto bancário. Se preferir, pode ainda utilizar o próprio cartão de compras da Novo Mundo. E, se alguma dúvida surgir durante o processo de compra, dois telefones estão disponíveis para contato direto com a central de vendas.

Para maiores informações, acesse: http://www.novomundo.com.br/.

banner-publi-targethd.jpg

Fujifilm anuncia lançamento de loja virtual própria no Brasil para outubro de 2013

by

fujifilm-family-camera

A Fujifilm anunciou durante a 21ª edição da PhotoImage Brasil, maior evento de imagem, som e conectividade da América Latina, que investirá no e-commerce próprio no Brasil. Prevista para entrar no ar em outubro de 2013, a nova loja virtual concentrará todas as câmeras, lentes e acessórios da multinacional japonesa.

A loja vai contar com todo o portfólio da Fuji e seus complementos, indo de flashes e baterias até cases e filtros. Um dos carros-chefes dessa nova loja virtual será a linha X, em destaque na PhotoImage Brasil.
Estarão à venda a mais nova mirroless da empresa, a X-M1, nova câmera da FUJIalém de câmeras premiadas como a X-Pro1, X-E1, X100S, X20, X-S1 e a XF1.

Na PhotoImage Brasil, a Fujifilm mantém um estúdio de fotografia em seu estande, com dois fotógrafos profissionais – Ana Oliveira e Fernando Siqueira, da DUO.FotoClube – passando dicas de fotografia e palestras sobre os temas mais discutidos entre profissionais da área: Casamentos, Street Photo, Jornalismo e Moda.

A empresa também disponibiliza galerias com imagens inéditas de projetos patrocinados pela companhia. Parceira da multi-atleta Karina Oliani na Escalada ao Everest, a empresa exibe imagens dessa aventura feita com as câmeras da linha X. Também há um espaço especial com um pool de imagens dos X-Photographers, um projeto internacional da FUJIFILM e que chega ao Brasil ancorado pelos renomados fotógrafos Luiz Braga, Marcelo Buainain, Ella Dürst, Gilvan Barreto e Hirosuki Kitamura.

Vale lembrar que as câmeras da linha X chegam ao mercado com diferenciais competitivos, como por exemplo, o sensor APS-C X-Trans CMOS II desenvolvido pela própria empresa, que captura luz com mais eficiência e produz fotos mais nítidas, uma exigência do próprio consumidor. A linha também é equipada com as lentes FUJINON, uma divisão da própria FUJI e considerada um das maiores fabricantes de lentes do mundo.

Via Assessoria de Imprensa

Compras online: Procon-SP inclui mais 71 sites de e-commerce em sua lista de não recomendados

by

compra-online

Mais uma vez, alertamos: cuidado ao fazer compras online. O número de sites de e-commerces com irregularidades é alto, e a lista só aumentou hoje (22), quando o Procon-SP divulgou uma lista com 71 estabelecimentos que acabam de entrar no grupo de “não recomendados” para o internauta brasileiro.

A Fundação Procon-SP está constantemente recebendo reclamações sobre compras online que não foram concluídas, ou que apresentaram inconsistências e informações inverossímeis sobre o produto ou a empresa em questão. Normalmente, o internauta encontra uma boa oferta na internet, mas não se preocupa em pesquisar qual é a credibilidade da empresa em questão, ou consultar outros internautas para analisar a experiência de compras.

Por isso, a lista do Procon-SP é bem vinda. Na listagem, os sites são exibidos em ordem alfabética, mostrando a razão social da empresa, o número do CNPJ ou CPF e o seu atual status na rede (no ar ou fora do ar). A lista do Procon-SP existe desde 2011, e com a adição dos 71 sites de hoje, já soma 275 estabelecimentos no grupo dos não recomendados.

Para um site ser incluído na lista, a Fundação Procon precisa receber reclamações por parte dos consumidores, alegando irregularidades no processo de compra do produto, ou na falta de entrega do mesmo, sem nenhum tipo de resposta por parte do estabelecimento para resolver o problema. Em alguns casos, o site sequer conta com registro na Junta Comercial ou Receita Federal, inviabilizando a solução do problema para o consumidor dentro das opções disponíveis no próprio Procon.

O Procon-SP alerta que muitos dos sites que prejudicaram outros consumidores continuam no ar, e que os casos levados ao órgão são denunciados ao Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC), e ao Comitê Gestor da Internet (CGI), que pode iniciar as efetivas medidas legais para retirar o site do ar.

De qualquer forma, fica o aviso: se desconfiou de um determinado site, ou acha que o preço é baixo demais para ser verdade, não feche o negócio. É melhor pagar um pouco a mais e em um site onde já temos uma experiência comprovadamente positiva do que correr o risco de ser lesado por alguém que age com desonestidade, com a ajuda da internet.

Clique aqui para ler a  lista completa dos e-commerces não recomendados pelo Procon-SP.

Especial: como você pode REALMENTE economizar nas compras pela internet?

by

compra-online

 

Com o passar dos anos, o brasileiro está perdendo o medo de fazer as suas compras pela internet. Quem é ávido consumidor de produtos de tecnologia e eletrônicos de consumo já tinha perdido esse medo antes, mas nos últimos tempos, vemos todo e qualquer tipo de produto ser comercializado online. E, por consequência, também vemos algumas armadilhas que são traçadas para os internautas menos esclarecidos. E isso vai desde um preço impossível de ser praticado até um pós-venda desastroso.

Não é pecado nenhum querer economizar. O problema é que você pode ser enganado por diversas formas, ou até mesmo não fazer uma economia real em relação a um produto que estamos querendo muito. Eu mesmo já passei pelos dois casos: já fiz ótimos negócios comprando produtos abaixo do preço, como já perdi dinheiro acreditando que seria uma pechincha tal promoção. Com o tempo, a gente aprende com as experiências adquiridas, e com dicas coletadas pela internet.

Nesse post, vou compartilhar alguns dos itens que considero essenciais para quem quer economizar nas compras pela internet. As regras podem variar de caso para caso, mas são regras básicas para que qualquer pessoa possa pagar um pouco menos na hora de adquirir aquele produto que você tanto quer. Algumas dessas dicas são mais simples do que você imagina.

1) Pesquise. Pesquise muito e sempre

O comportamento que você deve ter nas compras de loja física você deve repetir na sua compra via internet. Não adianta sair comprando no primeiro lugar que aparece, no primeiro site que você encontra o produto. Ferramentas como o Buscapé e o Busca Descontos são muito eficientes nos comparativos de preços, e podem mostrar até onde algum e-commerce está oferecendo algum desconto exclusivo em parceria com aquele site. Em alguns casos, a diferença entre uma loja e outra é considerável.

2) Sempre que possível, pague o produto com boleto bancário

Eu bem sei que dinheiro não dá em árvore, e que não está fácil para a maioria. Porém, se você consegue fazer uma reserva financeira para pagar os seus objetos de desejo, pode em momentos específicos economizar ainda mais se optar pelo pagamento do produto via boleto bancário. Além de ser uma transação relativamente segura, você pode controlar melhor o seu orçamento, sem se comprometer financeiramente a longo prazo. Sem falar que a diferença aqui também pode ser vantajosa, principalmente na categoria de eletrônicos.

3) Cuidado com as falsas promoções

fake-promo-lumia

Alguns e-commerces usam da estratégia de inflacionar o preço original do produto, para depois aplicar um “desconto” e deixá-lo no preço original de tabela. Além de ser ilegal, é imoral e engorda (pois você come sem parar de ansiedade ao saber que poderia ter feito um negócio melhor). Nesse caso da foto acima, quem acompanha o mercado de smartphones no Brasil sabe muito bem que o Lumia 710 jamais chegou a custar R$ 999, e que o preço dele sugerido hoje pela Nokia Brasil é de R$ 599 (é só conferir na Loja Online Nokia). Ou seja, temos um desconto aqui, mas não é essa maravilha toda. Cuidado, pois essa prática é comum durante a Black Friday Brasil.

4) Cuidado com os preços milagrosos

neoneletro

Preços muito abaixo do mercado sempre levantam suspeitas (ainda mais quando são divulgados em programas como o da Eliana…). Da mesma forma como devemos desconfiar de descontos falsos, também devemos levantar suspeitas sobre preços inacreditavelmente baixos. Existe todo um mercado lá fora que pratica mais ou menos os mesmos valores. Agora, se algo que custa R$ 2.500 aparecer na sua frente por R$ 950, desconfie e muito. Afinal de contas,  “quando a esmola é demais…”.

5) Verifique a procedência do e-commerce, e a experiência de outros compradores

seguranca-compras

É quase um item adjunto ao anterior. Você gostou do preço, mas não está muito convicto que é lá que você tem que comprar, faça uma pesquisa em sites como o Reclame Aqui para identificar o índice de reclamações em relação ao estabelecimento, e principalmente, como o e-commerce em questão está disposto a resolver o problema. O Buscapé também tem um índice de avaliação feito por consumidores, e em um bom site sempre tem os selos de institutos independentes, que avaliam o estabelecimento virtual sobre a segurança e qualidade dos serviços prestados pela loja, tais como o Site Blindado e o Internet Segura.

6) Atenção dobrada nas compras em sites compra e venda online

Hoje, sites como OLX e Mercado Livre contam com uma audiência muito grande, e a maioria dos seus usuários focam mais no ato de compra e venda do que nos leilões em si. E isso pode potencializar as chances de fraudes e golpes online. Levando em consideração que esses mesmos sites “tiram o corpo fora” e não se envolvem muito em caso de fraudes, é sua obrigação tomar todos os cuidados na hora da compra. Tome medidas radicais, como verificar se o vendedor tem atualizações positivas em grande quantidade, se essas avaliações não são apenas de usuários novos (essa estratégia é utilizada por muitos criminosos online para rapidamente atrair boa pontuação no Mercado Livre), se o usuário aceita o pagamento via Mercado Pago (aumentando a chance de ser uma venda verídica) e em casos extremos, grave um vídeo na hora de você desembalar o produto recebido, como prova futura em caso de fraude. Eu mesmo faço isso.

7) Use cupons de desconto

A prática ainda é relativamente nova na internet brasileira, mas é muito utilizada na cultura de compra em outros países. Você pode obter descontos em produtos e serviços com simples cupons coletados na web. A CupoNation por exemplo, oferece cupons e vouchers de desconto para a compra de produtos nos principais e-commerces nacionais. E, dependendo do produto adquirido e da modalidade de pagamento, você pode comprar o produto que deseja por um preço bem mais acessível que o normal.

8) Acompanhe as dicas de compras (incluindo as nossas)

Alguns sites, blogs e fóruns na internet contam com grupos de pessoas ávidas por descontos, e acabam compartilhando com a comunidade quando encontram algum preço mais competitivo em algum site. Por exemplo, a conta do Twitter @hardmob_promo faz isso muito bem. A grande maioria das promoções divulgadas por lá valem a pena, e você pode economizar de forma considerável na compra de um produto interessante. Nós aqui no TargetHD.net também divulgamos todos os dias produtos que entendemos que estão em um preço competitivo, na categoria Dicas de Compras.

Essas são as dicas que gostaria de compartilhar com vocês. É claro que existem outros itens comportamentais que precisam ser levados em consideração antes de sair colocando os números do seu cartão de crédito em um site, mas considero esses oito itens essenciais. Agora, desejo para você boas compras. E “gaste com moderação”.

 

Samsung Ativ S, com Windows Phone 8, começa a ser vendido no Brasil (ATUALIZADO)

by

d2 - Samsung Ativ S, com Windows Phone 8, começa a ser vendido no Brasil (ATUALIZADO)

Uma forma de ficar de olho em algumas novidades do mercado de tecnologia brasileiro é recebendo os não tão bem vindos e-mails das lojas de e-commerce brasileiras. Foi dessa forma que publicamos (quase) em primeira mão a chegada do Nexus 7 no Brasil, e mais uma vez, vamos nos antecipar, afirmando que o Samsung Ativ S, o primeiro smartphone da fabricante coreana com Windows Phone 8, chegou ao Brasil. Bom, mais ou menos isso.

Recebemos um e-mail de propaganda do Ponto Frio, e entre os produtos listados, nos deparamos com a versão desbloqueada do até então inédito Samsung Ativ S, com Windows Phone 8, conectividade 3G, câmera traseira de 8 megapixels e processador dual-core de 1.5 GHz. Ou seja, exatamente o mesmo modelo que foi apresentado no final do ano passado no mercado internacional.

A má notícia? Tal como a sua concorrente (a Nokia, que vai anunciar no Brasil o lançamento do Lumia 920 amanhã), a Samsung decidiu adotar o valor de R$ 1.999 para o lançamento, valor esse que consideramos “padrão” para lançamentos, mesmo que não concordemos com esse valor (eles poderiam custar um pouco menos). É óbvio que a tendência é que esse preço seja reduzido com o passar dos meses, mas pelo menos nesse início, está longe de ser o ideal para um produto desse porte.

O que levanta um ponto de dúvidas nessa propaganda do Ponto Frio é que, mesmo sendo de um e-mail do relacionamento da Ponto Frio (ou seja, é um e-mail oficial do e-commerce), ao clicar no link do produto, ele aparece como “temporariamente indisponível”, ou como página não encontrada. Algo semelhante aconteceu quando o Nexus 7 começou a ser vendido no Brasil com algumas lojas virtuais. Mesmo assim, não será surpresa se outros e-commerces começarem a oferecer o produto para compra nos próximos dias.

Por enquanto, não há nenhuma manifestação da Samsung sobre o assunto, mas vamos esperar os próximos acontecimentos. Se alguma novidade aparecer, esse post será atualizado, ou faremos uma nova postagem, atualizando vocês dessas novidades.

E para não haver dúvidas do conteúdo desse post, clique aqui e acesse a propaganda completa do Ponto Frio recebida por e-mail.

ATUALIZADO em 19/02/2012 @ 12h35: o motivo para o Samsung Ativ S aparecer nos e-commerces nacionais é bem simples: o produto foi oficialmente anunciado no Brasil pela Samsung, em um evento que acontece nesse momento em São Paulo.

Carrefour encerra as suas atividades de e-commerce no Brasil: Procon-SP vai notificar a empresa

by

size 590 carrefour - Carrefour encerra as suas atividades de e-commerce no Brasil: Procon-SP vai notificar a empresa

O grupo Carrefour anunciou nessa sexta-feira (07) que está encerrando as suas atividades no segmento de e-commerce no Brasil. A decisão acontece depois de diversos problemas com consumidores que não receberam produtos comprados na loja, e no mesmo dia que o Procon de São Paulo decidiu notificar a empresa pelas irregularidades com os clientes que se sentiram prejudicados em seus direitos.

O anúncio foi feito pelo próprio Carrefour, em seu site oficial, através de um comunicado. O serviço de e-commerce do Carrefour estava ativo há pouco mais de dois anos, e de acordo com o texto publicado no comunicado, a decisão da empresa segue o plano de reestruturação da mesma, que tem como objetivo fortalecer a operação de hipermercados, revitalizando suas lojas e expandindo o conceito de nova geração.

Na página ainda estão disponíveis os links para verificação dos pedidos em andamento, um telefone de SAC (4004-0126) e e-mail para esclarecimentos com o segmento de loja virtual (lojavirtual@carrefour.com.br). Não há nenhum link para atendimento via chat.

Já o Procon-SP vai solicitar ao Carrefour que forneça informações sobre a quantidade de consumidores que ainda não tiveram os seus pedidos entregues, assim como a estimativa de prazo de entrega dos pedidos adquiridos antes do fim do site. O Carrefour tem um prazo de até uma semana para responder aos questionamentos do Procon-SP, que entende que todos os contratos devem ser cumpridos normalmente. O consumidor é orientado a procurar o Carrefour para resolver o seu problema. Caso não haja uma solução, a queixa pode ser encaminhado para o Procon de sua cidade (ou para o órgão de defesa do consumidor em seu estado).

Fica o registro que, infelizmente, o e-commerce nacional não está maduro o suficiente para trabalhar com dignidade com o consumidor brasileiro. Salvo raras exceções, problemas com cobranças indevidas, produtos não entregues e divergências no pedido solicitado se tornaram “comuns”. O que, evidentemente, não deveria ser dessa forma.

Via Exame