Arquivo para a tag: crianças

Crianças recebem primeiro smartphone aos 10 anos: cedo demais?

by

crianca-brincando-smartphone

Um estudo centrado nos Estados Unidos revela que a idade média que as crianças recebem o seu primeiro smartphone caiu para os 10.3 anos. Um dado surpreendente, que devemos relacionar com outro igualmente importante: 39% dessas crianças abrem a sua primeira conta em uma rede social aos 11.4 anos.

É claro que devemos ter uma mente aberta em via de regra, mas muitos entendem que essa tendência é inapropriada, e não sendo algo positivo para a formação das crianças, sem falar nos riscos para a sua própria segurança e desenvolvimento emocional. Entidades como a Associação Japonesa de Pediatria já confirmaram em outros estudos que o início muito cedo das crianças no uso dos smartphones e tablets podem ter consequências nada desejáveis, como por exemplo produzir atrasos no seu desenvolvimento, gerando tendências impulsivas e afetando na sua capacidade de auto-controle, além de derivar em possíveis alterações do sono, condutas agressivas e viciações.

Soma-se à isso o possível isolamento e o risco que uma criança corre de poder interagir livremente com um dispositivo que oferece acesso à internet e às redes sociais, um detalhe que mostra um cenário claro que deveríamos evitar. Porém, alguns pais mostram uma tendência contrária. Infelizmente.

Via HotHardware

Pesquisa levanta a questão: qual é a idade mínima para ter um smartphone?

by

pesquisa-idade-smartphone

Um estudo publicado no Reino Unido reabre o debate que pode ser universal: deve existir uma idade mínima para ter um smartphone?

Os resultados da pesquisa idealizada pela Internet Matters revelam que 84,6% dos britânicos entendem que sim. 26% pensam que 10 anos é a idade ideal para começar, 16% acham que o começo ideal seria aos 11 anos, e 14% acham que aos 9 anos é o suficiente. As demais opções (8, 12, 13 e 14 anos ou mais) contam com porcentagens entre 8% e 6%.

pesquisa-idade-smartphone-02

A pesquisa também revela que 82% dos entrevistados entendem que os smartphones deveriam ser proibidos nos intervalos do colégio, por entenderem que esse tempo deve ser aproveitado para descansar. 65% das crianças entre 8 e 11 anos no Reino Unido possuem um smartphone, e 23% dos pais permitem que eles levem o dispositivo ao colégio.

A pesquisa entrevistou 1.000 pais e de crianças com idades entre 8 e 11 anos. Mesmo que não sejam dados que representam a sociedade como um todo (muito menos de outros países), são dados relevantes e claros, e podem abrir um interessante debate.

É preciso levar em consideração também a liberdade que os smartphones possuem, permitindo a oferta de qualquer informação disponível na internet a qualquer momento. Por outro lado, ele pode tirar a atenção do aluno para as atividades em sala de aula.

O potencial da internet no mundo da educação é enorme, e ter um dispositivo conectado facilita muito essa tarefa. Logo, não é um debate simples de compreender, nem de sentenciar. Sempre vale a pena aqui uma boa dose de bom senso.

Via We Live Security

Pode ser bom para os seus filhos se eles jogarem videogame menos de 1 hora por dia…

by

criança-jogando-videogame

Uma nova pesquisa da Universidade de Oxford (Reino Unido) mostra que jogar um pouco de videogame por dia pode ajudar no desenvolvimento de crianças entre 10 e 15 anos. O limite ideal, segundo os cientistas, é menos de uma hora diária. Mais do que isso pode ser prejudicial.

O doutor Andrew Przybylski lidera o estudo publicado no portal científico Pediatrics. Foram analisadas as respostas de 5 mil crianças britânicas, onde 75% delas garantem jogar videogames diretamente, além de aspectos psicológicos e sociais, como felicidade, relação com outras crianças, capacidade de atenção, e outros.

Nos resultados, as crianças que garantiram jogar menos de uma hora por dia apresentaram melhores níveis de interação social positiva, menos problemas emocionais, e menor hiperatividade. Aqueles que jogam mais de três horas por dia eram os menos adaptados socialmente.

Segundo Przybylski, uma possível explicação para os resultados é que jogar videogames é algo normal entre as crianças, por oferecer uma linguagem comum para interação, diante daqueles que não jogam e podem se sentir livres para interagir com outras pessoas e elementos do seu meio.

Apesar dos resultados, o estudo indica que as relações familiares conseguem ter um maior efeito sobre o comportamento da criança. Ou seja, jogar videogames meia hora por dia pode ser benéfico, mas no final das contas, tudo depende do meio familiar para que os resultados positivos apareçam.

De qualquer forma, o debate segue aberto: diversos pesquisadores e psicólogos afirmam que jogos violentos podem afetar de forma negativa a capacidade cognitiva das crianças no seu desenvolvimento. Já outros afirmam que jogaram Call of Duty a vida toda, e nem por isso saíram atirando em todo mundo por aí.

Via BBC

Lenovo ThinkPad 11e e Yoga 11e: ambos notebooks para crianças, com Chrome OS e Windows

by

thinkpad-11e

A Lenovo apresentou dos notebooks pensados nas crianças, nos modelos ThinkPad 11e e Yoga 11e. Os lançamentos se destacam especialmente por serem mais resistentes do que leves, para serem os companheiros dos seus filhos nas idas para a escola.

O modelo Yoga oferece a tradicional flexibilidade na tela, que segundo a Lenovo é de 360 graus, permitindo o uso do notebook no formato tablet, posicionando a tela sobre o teclado. Já o ThinkPad 11e herda o bom desenho da sua família, mas se mantendo no formato tradicional de notebook. Os dois modelos contam ainda com um acabamento emborrachado para aliviar as pancadas, além de portas e dobradiças reforçadas.

Na maioria dos mercados, os novos notebooks da Lenovo contarão com o Windows como sistema operacional, mas também será possível adquirir as versões com Chrome OS. A Lenovo adicionou ferramentas administrativas remotas para centros educacionais, reforçando esse objetivo para o consumidor.

Os preços dos novos notebooks educacionais da Lenovo partem dos US$ 449 com Windows, e US$ 349 com Chrome OS.

Via Gizmologia

Filip: porque smartwatch também é coisa de criança

by

Filip

O Filip é um relógio avançado, que conta com conectividade móvel e GPS, para auxiliar na localização em tempo real e comunicação entre pais e filhos. É resistente à água (mas não é submergível), e permite que os pais identifiquem o local onde os seus filhos estão através de um aplicativo para smartphone, que entre outros detalhes, emite alertas aos pais, caso os seus filhos saiam da zona que eles consideram como segura.

O relógio também atua como telefone, permitindo que a criança realize uma chamada para os pais ou algum dos cinco números previamente armazenados no dispositivo. Além disso, todos esses números recebem uma chamada, caso o sistema de alarme do relógio seja acionado.

O preço sugerido do Filip é de US$ 200.

 

Via Filip

FiLIP, o relógio de geolocalização para as crianças

by

filip

Agora que os relógios inteligentes estão chamando a atenção dos fabricantes e usuários, parece que chegou o momento de presentear as crianças com um dispositivo com tais características, mesmo que em um conceito simplificado. O FiLIP, que pode ser visto na imagem acima, não inclui as funcionalidades de um Galaxy Gear, mas isso não quer dizer que ele não seja um autêntico “relógio inteligente”. Mesmo que seja mais inteligente que um simples relógio de pulso.

O FiLIP é um relógio digital que conta com um GPS integrado e sistema de triangulação de Wi-Fi e redes móveis. Com esse conjunto, os pais podem localizar os seus filhos de forma relativamente simples. E os seus filhos ficarão mais felizes por contarem com um relógio mais inteligente que a maioria dos produtos disponíveis no mercado.

O dispositivo pode ser rastreado através de aplicativos para iOS e Android, e permite que o seu filho possa ligar para você (pai) ou vice-versa, a partir do acionamento de um simples botão. O produto é resistente à água, pancadas e pó, e pode ser adquirido em quatro cores (verde, vermelho, amarelo e azul).

Sobre a disponibilidade do produto, a única informação passada pelos seus idealizadores que ele estará disponível “nos próximos meses”, e inicialmente ele só poderá ser adquirido nos Estados Unidos, na operadora de telefonia móvel norte-americana AT&T. De qualquer forma, a ideia é bem interessante, e sua existência pode abrir a porta para um debate que é cada vez mais frequente: é apropriado monitorar o tempo todo a localização dos seus filhos, com a ajuda do GPS?

Via MyFiLIP.com

Samsung Galaxy Tab 3 Kids é anunciado oficialmente

by

galaxy-tab-3-kids1

Ainda que a gente já tenha visto antes um ou outro tablet especialmente desenvolvido para as crianças, é bem curioso encontrar esse Galaxy Tab 3 Kids. Tal como você pode imaginar, este modelo está pensado nos menores da casa, e ainda que as cores e a interface do folheto vazado deixam clara a sua finalidade, o produto não parece oferecer nenhum tipo de design especial e diferente do Galaxy Tab 3 que já conhecemos.

galaxy-tab-3-kids-coreia

Ou seja, não temos a certeza se esse produto será capaz de suportar aos golpes e maus tratos típicos dos nossos pequenos pimpolhos com qualquer tipo de coisa que eles possuem nas mãos. Porém, o panfleto extraviado em um distribuidor coreano confirma que o Galaxy Tab 3 Kids possui um processador dual-core de 1.2 GHz, tela WSVGA de 1024 x 600 pixels, 8 GB de armazenamento interno, Wi-Fi, Bluetooth 3.0, slot para cartões microSD e bateria de 4.000 mAh.

O Samsung Galaxy Tab 3 Kids tem previsão de chegada ao mercado em setembro na Coreia do Sul. Depois, deve chegar aos mercados dos Estados Unidos, Europa, China e outras regiões do planeta.

Ou seja… é muito potencial para uma criança? Bom, imagino alguns pais “se dando” um tablet desses de presente.

Via Tablet-News

Tectoy entra no mercado de tablets, lançando no Brasil modelo com conteúdo da Disney

by

Não parece que a Tectoy já está no mercado brasileiro de eletrônicos há 25 anos. A empresa, que é lembrada pelos geeks mais veteranos por trazer ao Brasil os videogames Master System e Mega Drive, decide comemorar a data especial anunciando a sua entra no segmento de tablets, com o lançamento do seu primeiro produto, voltado para o público infantil e com conteúdo licenciado pela Disney, o Magic Tablet.

O novo tablet chega às lojas brasileiras na segunda semana de dezembro de 2012, ou seja, em tempo de aproveitar as vendas do período do Natal. O diferencial do produto da Tectoy é que eles decidiram oferecer para as crianças um tablet “de verdade”, com sistema operacional genuíno (Android 4.0), mas totalmente customizado para as crianças com configurações e especificações pensadas exclusivamente nos pequenos da casa.

Toda a sua interface de usuário foi ajustada para tornar o uso mais fácil possível, além de atrair a atenção das crianças, com imagens e vídeos da Disney pré-carregados. Até mesmo os acessórios do produto terão os personagens infantis como tema, com cinco capas protetoras vendidas separadamente.

Sobre as suas configurações: o Magic Tablet possui 8 GB de armazenamento (expansível via slot para cartões microSD de até 32 GB), sistema operacional Android 4.0, WiFi, Bluetooth, câmera frontal de 0.3 MP, câmera traseira de 2.0 MP, conexões HDMI e USB, tela capacitiva multitoque de 7 polegadas (1024 x 600), e espessura de 10.8 mm. O produto é fruto de uma parceria fechada entre a Tectoy e a Disney, firmado em 2011.

O tablet da Tectoy será produzido em Manaus, e tem preço sugerido de R$ 600.

Via Assessoria de Imprensa – Tectoy

Archos Child Pad possui agora tela capacitiva, e um preço mais caro

by

O Child Pad da Archos chamou a atenção por ser um tablet desenvolvido especificamente para as crianças, desde sua concepção até a sua fabricação. E como todo produto, de tempos em tempos, ele merece ser atualizado. Nesse caso em especial, o tablet Android de 7 polegadas agora tem uma tela capacitiva multitouch, que deixa o produto um pouco mais caro em relação ao modelo anterior. Por uns US$ 140, os pais podem presentear seus filhos com um tablet com Ice Cream Sandwich, processador ARM de 1 GHz, 1 GB de RAM e 4 GB de armazenamento, características essas que são consideradas básicas, mas suficientes para a sua proposta.

Via Archos

Vertu Constellation Smile deslumbra com o seu brilho (que não é o da tela)

by

Se você está disposto a acabar com o saldo do seu cartão de crédito, que tal fazer isso com uma das exclusivas criações da Vertu, o Constellation Smile? E, de quebra, fazer uma boa ação? Sim, é verdade. É possível cair no mundo da ostentação e ajudar alguém que realmente precisa.

A Vertu fechou uma parceria com a Smile Train, uma organização que ajuda a operar crianças que sofrem de lábio leporino (um defeito congênito, que provoca uma deformação no lábio superior, prejudicando assim o paladar da criança) nas regiões mais desfavorecidas do planeta. Graças ao acordo, a Vertu se comprometeu a financiar uma operação para uma criança com esse problema para cada unidade vendida do celular.

Falando das especificações do produto. O telefone é feito à mão, com material vulcanizado, tela em safira da Vertu (do tipo AMOLED, com 3,5 polegadas e resolução nHD), câmera de 8 megapixels, com tecnologia EDOF e duplo flash LED heptagonal, além do sistema de áudio da própria Vertu, com melodias da Orquestra Sinfônica de Londres.

Seu peso varia entre 164 e 199 gramas (dependendo do modelo escolhido), e está disponível nas cores vermelho coral, cinza pedra, turquesa e violeta anêmona. Seu preço não foi anunciado, mas já sabe o que dizem por aí: “se você precisa perguntar, é sinal que barato não é”.

Via Vertu

Archos anuncia o Child Pad, um tablet de 7 polegadas para crianças

by

Quando os pequenos da casa começam a se interessar pelos gadgets dos adultos, o pedido dos pequenos precisa ser atendido. E para que você não tenha um verdadeiro ataque cardíaco quando o seu filho ou sobrinho pedir o seu iPad emprestado, compre o próprio tablet pensado nele. A Archos te ajuda ao lançar o Child Pad, que vem com o sistema Android 4.0 (Ice Cream Sandwich), tela de 7 polegadas, processador de 1 GHz e 1 GB de RAM.

A Archos modificou o seu sistema operacional, para que o produto atendesse às necessidades para as crianças, como controle dos pais, Angry Birds e programas didáticos e educativos. Eles não informaram a resolução de sua tela, o armazenamento do produto ou suas possibilidades de conectividade. Seu preço sugerido é de US$ 130, o que é um preço interessante para manter o seu tablet a salvo da curiosidade infantil.

Via Archos

Karuma PlayBase, outro tablet infantil a prova de tragédias

by

Para os pais que experimentam ondas de pânico em estado puro a cada vez que o seu pequeno filho coloca os dedos sobre o seu precioso iPad, talvez tenha chegado o momento de você comprar o seu próprio modelo para que ele se adapte às suas necessidades. Principalmente se esse modelo for resistente.

O último fabricante que se aventura no mundo dos tablets feitos para crianças é a Karuma, que apresenta o PlayBase, um dispositivo com tela multitouch capacitiva de 7 polegadas, com espessura de apenas 9,7 mm. O tablet possui um processador Rockchip RK2918 Cortex A8, de 1,2 GHz, que executa uma versão personalizada do Gingerbread, mas os seus criadores indicam que ele será atualizado no futuro para o Honeycomb, ou até mesmo para o Ice Cream Sandwich.

O PlayBase conta com WiFi, 1 GB de memória RAM DDR3, um design reforçado, uma capa protetora de silicone, capaz de absorver os golpes, além de bateria de autonomia estimada em até 5 horas e uso e câmera frontal. Seu período de reservas começa no início de novembro, e seu preço sugerido é de 170 libras, com o seus primeiros envios marcados para o começo do mês de dezembro.

via PLay-base

Disney anuncia dois novos telefones Android para as crianças

by

Se te assusta ver uma criança de 10 anos de idade com um smartphone… seja bem vindo ao século XXI! As crianças não se contentam em ter um telefone, mas sim em um telefone especialmente pensado para eles, como esses modelos que a Disney lançou.

Neste caso, falamos dos modelos DM010SH e DM011SH. O primeiro conta com tela touch 3D qHD de 4 polegadas, com resolução 960 x 540, câmera de 8 MP e processador de 1 GHz. Por sua vez, o DM011SH é um telefone resistente à água, com teclado numérico slide, tela de 3,4 polegadas (854 x 480) e o mesmo processador e câmera do modelo DM010SH. Os dois modelos contam com Android 2.3 como sistema operacional.

A dupla de smartphones será vendida exclusivamente no Japão, com disponibilidade para outubro para o modelo 010 e novembro, para o modelo 011. Sem preços anunciados.

via Engadget

Classmate+ PC: Intel e Lenovo lançam um novo netbook educacional

by

As crianças também merecem ter atenção, e parece que Lenovo e Intel não se esqueceram disso. Bom, pelo menos é isso que podemos pensar depois de saber que as duas empresas anunciaram o lançamento do novo modelo Lenovo Classmate+ PC, um portátil de pequenas dimensões e com aparência de brinquedo, destinado ao público mais jovem.

O netbook possui uma tela de 10,1 polegadas, inclui um processador Atom N455, 1 ou 2 GB de RAM, WiFi, Ethernet, leitor de cartões 4 em 1, webcam de 1.3 MP e bateria de 3 ou 6 células (a escolher). O sistema operacional é o Windows 7, e tal como nos outros modelos Classmate PC, ele não será vendido diretamente para o consumidor, sendo destinado para centros e organizações educacionais. Abaixo, mais fotos e tabela completa de especificações.

via Intel

Telefone da ZTE 005Z é para as crianças, e permite que você ligue para apenas um número

by

Os celulares para as crianças não chegaram a se transformar em produtos muito vendidos. E, com o 005z da ZTE, as coisas não devem ser muito diferentes. Não que o telefone não seja interessante, pois o detalhe do aparelho só poder fazer ligações para apenas um número é algo que os pais vão saber apreciar. O problema é pagar por um serviço de telefone tão limitado.

O aparelho funciona como um sistema de emergências, que é ativado ao puxar o cabo na parte superior do aparelho. Quando isso é feito, ele começa a emitir barulhos altos, e envia uma mensagem SMS e de voz diretamente para os telefones dos pais. O produto será vendido no Japão por um preço médio de US$ 6.

via Technabob

My Go-Kart Wii adiciona um pouco de “realismo” ao seu videogame

by

A Ardistel resolveu dar um toque de graça aos jogos de corridas do Nintendo Wii, lançando ao mercado o My Go-Kart Wii. Tal como você pode ver na imagem, é um simpático kart, com volante e tudo, que fará a alegria daqueles que querem um pouco de, digamos, realismo nos seus jogos (tal como colocar uma balsa para jogar o Kinect… mesmo não servindo para nada).

O produto foi concebido para ser utilizado com games como Mario Kart e diversos jogos de corrida disponíveis. Compatível com o Wii MotionPlus, o volante pode ser removido, de forma que pode ser utilizado do sofá da sala, onde provavelmente sua prática de jogo será mais cômoda, uma vez que, pelo o que vemos, o acessório em questão é projetado para crianças. Preço: 29,95 euros.

Fonte

PeeWee Power 2.0, um netbook para crianças turbinado

by

Dois são os pontos que temos que respeitar quando uma empresa quer vender um gadget para as crianças: 1) garantir que ele ele seja bem redondo, para que ele não machuque os pequenos; 2) que ele seja todo blindado, como se você fosse levar para uma guerra, para aguentar toda a, digamos, “força energética” das crianças. A PeeWee foi bem fundo nestas normas, e trouxe uma renovação do seu primeiro netbook lançado em abril.

O PeeWee Power 2.0 conta com um teclado resistente, tela de 1024 x 600 de resolução, em 8,9 polegadas, webcam, software de segurança para sites pouco recomendados para os pequenos, processador Atom N270 de 1,6 GHz, 1 GB de RAM, HD de 30 GB e Windows 7 pré-instalado. Preço: US$ 449.

Fonte

[acessórios] RealD propõe óculos 3D para as crianças da casa

by

A RealD acha que as crianças também tem o direito de desfrutar, de forma personalizada, das maravilhas do mundo 3D. Tanto que eles anunciaram o seu próprio modelo de óculos 3D para as crianças de ate 8 anos de idade (ou com uma cabeça proporcional à esta idade).

Disponível já em alguns mercados (sem especificar quais), o acessório estará disponível nos cinemas dos EUA e Canadá a partir de 18 de junho, data de estreia do filme Toy Story 3.

Fonte

[tecnologia] Magic Tee: realidade aumentada para os pequenos da sua casa

by

A realidade aumentada é algo que está na moda, de modo que não devemos estranhar que seja cada vez mais comum encontrar aplicativos que fazem uso desta tecnologia.

A Brigths&Stipes, por exemplo, traz a Magic Tee, que é uma camiseta voltada para as crianças, que oferece a possibilidade de interagir com divertidas animações quando a criança se coloca à frente da webcam do PC, tornando a missão (muitas vezes quase impossível) de vestir as crianças em uma experiência mais interessante para eles. A Magic Tee já pode ser comprada na loja online da empresa, em quatro cores diferentes, com roupas para crianças de 0 a 24 meses, e com preços na faixa dos US$ 25. Temos vídeo logo abaixo para ver como o sistema funciona na prática.

Fonte