Arquivo para a tag: copa do mundo 2014

Infográfico: #TeveCopa, e a taça é da internet

by

DESTAQUE-COPA-DO-MUNDO

A Copa do Mundo FIFA 2014 acabou a algum tempo, mas os seus impressionantes números ainda são compartilhados. A agência IInterativa publicou um interessante infográfico que mostra o quão intenso foi o uso das redes sociais durante os 31 dias de partidas do mundial, apresentando como alguns jogadores ganharam destaque nas redes do Twitter e do Facebook, a seleção do mundial de acordo com os internautas, e outros dados bem interessantes.

INFOGRAFICO-COPA-DO-MUNDO-v21

 

Via Agência IInterativa

A humilhação da Alemanha contra o Brasil é o evento mais comentado da história do Twitter

by

brasil-vs-alemanha-copa-2014

Pode ser que a sua ficha ainda não tenha caído, ou que você estivesse em outro lugar no horário do jogo, fazendo qualquer coisa melhor. Mas sim… o Brasil foi esmigalhado ontem (08) pela Alemanha, em um placar de 1 a 7 (cinco gols em apenas sete minutos). Nessa derrota, o Brasil alcançou ontem vários recordes negativos, incluindo o pior deles: a pior derrota do futebol brasileiro em sua historia. Mas… espere: pode piorar.

Não satisfeitos com os números negativos alcançados dentro de campo e/ou relativos ao esporte, o Brasil também entra para a história como protagonista do evento esportivo mais comentado da história do Twitter. Também, não era para menos: o mundo ficou boquiaberto com a forma passiva, ou quase infantil da seleção brasileira ao enfrentar um time muito mais preparado e superior tecnicamente.

No Twitter, foram enviadas 35.6 milhões de mensagens durante as duas horas do jogo. E esse número torna o evento o mais comentado da história dessa rede social, superando o Super Bowl, Jogos Olímpicos ou qualquer outra coisa relacionada ao esporte.

Isso não serve de consolo. Pelo contrário. Mais uma vez, vamos passar vergonha por conta de tudo o que aconteceu ontem. E ainda acho que a ficha ainda não caiu.

Via Twitter

Foto: Laurence Griffiths/Getty Images

FIFA proíbe jogadores de utilizar os fones da Beats no Brasil

by

beats-neymar

Nós já divulgamos aqui no blog que a Sony, como um dos patrocinadores oficiais da Copa do Mundo FIFA 2014, distribuiu gratuitamente seus fones de ouvido para jogadores e membros das delegações que estão disputando o torneio no Brasil. Mas nada disso vem de graça: em troca, os jogadores são proibidos de utilizar os seus fones da Beats ou de qualquer outra marca rival dentro das dependências esportivas (estádios).

Porém, fora desse local sagrado, astros do futebol como Neymar, Cristiano Ronaldo ou Wayne Rooney mantém os seus fones de ouvido da Beats em funcionamento, e nas mais diferentes cores para, entre outras coisas, chamar a atenção do público sobre suas preferências pessoais de acessórios musicais.

Brazil Portugal Soccer WCup

Acima, os jogadores da seleção portuguesa, Cristiano Ronaldo e Miguel Veloso. Miguel usa o seu iPad com fones da Beats. Essa foto foi registrada na chegada da delegação lusitana no Brasil.

Esse é mais um caso que, por mais que se pague para uma personalidade midiática para marcar tendências, não é possível mudar as regras do jogo. Pelo contrário: só vai amplificar o alcance de algumas marcas. Gostemos ou não, os fones Beats continuam na moda. Muitos afirmam que o som não é grande coisa, e que existem alternativas melhores e mais baratas. Tudo isso é verdade. Porém, os fones da marca seguem sendo um fenômeno, que só aumentou depois da compra da empresa pela Apple.

De acordo com a Reuters, a Beats é uma das marcas que mais apareceu na Copa do Mundo 2014 sem precisar pagar um centavo de patrocínio, enquanto que os seus rivais pagaram fortunas para aparecerem no maior evento do planeta. Especialmente a Sony, que é uma das principais patrocinadoras do evento.

Neymar, Rooney ou Luiz Suarez são apenas alguns dos jogadores que foram vistos com fones Beats fora dos estádios. Muitos por escolha própria. Outros – como é o caso de Neymar – por conta de acordos publicitários.

publicidade-neymar-beats

A decisão da FIFA de proibir os jogadores de utilizarem os seus fones Beats dentro dos estádios, para não prejudicar a imagem da Sony como patrocinador, só torna a situação ainda pior. E não é a primeira vez que isso acontece com a Beats em um evento mundial desse porte (algo parecido aconteceu com a Panasonic, patrocinadora oficial dos Jogos Olímpicos de Londres 2012).

Moral da história: é difícil mudar a moda na base da canetada.

 

Via Reuters

Como funciona a tecnologia que evita o “gol fantasma” nos jogos da Copa do Mundo 2014?

by

650_1000_goalgonctrol_4d_animation

No último domingo, no jogo entre França e Honduras pela Copa do Mundo 2014, a tecnologia Goal-Control 4D finalmente entrou em ação. No segundo gol do time francês, o recurso entrou em ação, e apesar de algumas dúvidas um tanto quanto estúpidas e desnecessárias de alguns canais esportivos, o sistema funcionou como esperado. Ou seja, foi gol da França. Contra (chute de Benzema, mas toque final do goleiro Valladares de Honduras), mas foi.

Três anos de pesquisa para acabar com o gol fantasma

Desde 2011, a FIFA busca um sistema que coloque fim ao gol fantasma. Dez empresas apresentaram as mais variadas tecnologias, e no final, a vencedora foi a tecnologia de câmeras conhecida como “olho de falcão”, descartando as opções que incluíam os sensores ou bolas modificadas.

Nos testes, foram incluídas quase 2.500 simulações de situações possíveis de gols fantasmas em diferentes circunstâncias, desde jogadas que envolvem apenas a posição da bola até as condições meteorológicas. E o Mundial do Brasil é a primeira competição que o sistema é utilizado de forma oficial.

650_1000_ay_107130668-e1364913867975

O sistema Goal-Control 4D, diferente do que parece, não usa sistemas de sensores, nem na bola, nem nas traves (solução proposta pela Adidas). O segredo desse sistema está nas câmeras de vídeo e na sua capacidade de processamento de imagens.

Sete câmeras que acompanham TUDO

Os jogadores não são mais os únicos que são registrados pelas câmeras em um estádio. Em cada um dos 12 estádios dessa Copa do Mundo, 14 câmeras adicionais e exclusivas estão instaladas em diferentes locais, sete para cada área de gol.

650_1000_goalcontrol_camera_2-2

Essas sete câmeras mantém o seu foco sempre na bola quando a mesma entra em sua área de captação, cobrindo todos os ângulos. As câmeras são instaladas de duas em duas, para obter a informação em tempo real da posição da bola, gravando as imagens em 500 frames por segundo, ou 4.5 GB de imagens por segundo.

Toda essa informação é enviada para uma unidade de processamento via fibra óptica. Ali, em tempo real, cada imagem é analisada de forma individual, identificando a bola. Os demais elementos da imagem (jogadores, linhas de campo, traves, etc), são filtradas, para que a fase seguinte do processo só tenha a bola como dado de entrada.

O próximo passo, também executado em tempo real, é determinar a posição da bola a cada instante, assim como a sua velocidade. Isso é feito via triangulação das imagens das câmeras, e para isso, duas dessas câmeras são suficientes. O sistema permite conhecer com uma precisão de 3.6 mm o local onde a bola se encontra a cada 2 milissegundos, inclusive se ela estiver visualmente tapada por dois jogadores, ou agarrada pelo goleiro.

Mais ou menos o que aconteceu no segundo gol da França (em vários ângulos das câmeras da transmissão, a bola ficou semi-encoberta pela trave).

Menos de um segundo de reação para definir se foi gol ou não

650_1000_goalcontrol_referee_watch

Com a informação do status da bola em tempo real, o sistema é capaz de determinar quando a mesma passou completamente a linha de gol, algo que é necessário pela regra para o gol ser considerado válido. Desse modo, mesmo que as imagens da transmissão televisiva não consigam mostrar claramente o gol – ou em uma situação que impede que o olho humano determine se a bola entrou completamente -, o sistema Goal-Control 4D passa essa informação, baseando-se na localização da bola em três dimensões.

Se o sistema identifica o gol, em menos de um segundo o árbitro da partida recebe a informação em um relógio, que emite um alerta visual e de vibração. Os dados são enviados por uma rede sem fio protegida.

Se você não acredita, o replay existe para isso

Ainda que inicialmente a FIFA só contemple a informação sobre gol ou não gol para o árbitro, o sistema armazena as imagens de cada câmera e informação gerada para eliminar dúvidas ou eventuais reclamações futuras. E abre as portas para que, tal como acontece no tênis, o gol possa ser recriado de forma virtual e exibido nas telas do estádio ou nas transmissões da TV. Tal como vem ocorrendo de forma frequente nesse mundial.

Fique por dentro dos jogos da Copa do Mundo com a ajuda do Google, em tempo real

by

onebox3

A Google está disponibilizando novos recursos para você acompanhar a Copa do Mundo FIFA 2014 através dos seu computador, smartphone ou tablet, com a ajuda da Pesquisa do Google. A partir de hoje (12), você tem acesso aos placares ao vivo, com atualizações em tempo real das estatísticas das seleções e outras notícias.

Também é possível explorar as tendências nas buscas via Google Trends, e a partir do seu dispositivo, é possível ficar por dentro das últimas notícias do torneio, com uma simples busca pelo termo “copa do mundo”. Escalações, placares ao vivo e outros dados atualizados dos jogos e jogadores poderão ser encontrados de forma simples, com uma dinâmica de alternância entre grupos, horários de jogos, seleções, jogadores e outros dados, incluindo uma linha do tempo com os melhores lances das partidas.

google_now_world_cup_v3

O Google Now também foi ajustado para enviar ao usuário de smartphones e tablets as estatísticas mais importantes sobre jogos e seleções. E pelo Google Trends, o usuário pode descobrir mais informações sobre jogadores, seleções e jogos. As tendências das 32 seleções envolvidas no Mundial 2014 podem ser acessadas em google.com/worldcup.

Via Google Blog

Um jovem paraplégico dará o chute inicial da Copa do Mundo 2014, com a ajuda de um exoesqueleto

by

fifa-2014-exoesqueleto

O chute inicial da Copa do Mundo 2014 será mais especial do que nunca. Diferente de outras oportunidades, onde um esportista ou celebridade tem a honra de dar começo ao torneio, será um adolescente de cadeira de rodas que, ajudado por um exoesqueleto, vai dar um chute inaugural do mundial de futebol.

Isso será possível graças ao “Walk Again Project”, um projeto de colaboração internacional sem fins lucrativos, onde se encontram envolvidas universidades e organizações de vários, países, assim como o laboratório brasileiro Nicoleis Lab, encarregado pelo desenvolvimento do exoesqueleto.

Um dos vídeos desse post publicado pela Universidade do Colorado (um dos colaboradores do projeto) mostra como funciona o capacete de controle que se comunica com o exoesqueleto – além de várias imagens conceituais do projeto. Este, impresso em 3D, se encarrega de monitorar a atividade cerebral e transformar os sinais em impulsos elétricos que são recebidos pela estrutura robótica para a execução dos movimentos desejados.

A ideia é que esses movimentos sejam devolvidos ao sujeito em um momento posterior, de forma que ele possa “sentir” o que está fazendo. Quando a pessoa tocar o solo, ou quando a roldana do esqueleto robótico se mover, os sensores táteis farão com que estes sinais gerados no robô voltem para o usuário, através de uma camiseta que transmite esses sinais de volta para a pele dos braços ou do dorso, onde a sensibilidade se manteve intacta.

Para que você possa entender melhor tudo o que essa iniciativa ambiciosa envolve, temos também uma entrevista com Miguel Nicoleis, responsável pelo projeto, que conta mais detalhes, como o tempo que levou trabalhando nele, seus objetivos e muitos outros detalhes.

 

Via TechCrunch, Portal da Copa do Mundo FIFA 2014

“Entre no jogo”. Este é o convite que a Samsung faz para você

by

promo-entre-no-jogo-samsung

Faltam menos de 30 dias para o início da Copa do Mundo FIFA 2014. A Samsung é uma das principais patrocinadoras de futebol da América Latina – incluindo a Seleção Brasileira de futebol -, e usa o esporte como um dos seus pilares para promover os seus produtos e serviços. E em um ano onde o mais importante campeonato de futebol do planeta acontece no Brasil, a empresa ampliou os seus planos de exposição utilizando o futebol no Brasil e em todo o continente.

A plataforma de marketing “Entre no Jogo” é um convite aos torcedores para desfrutarem de sua paixão pelo esporte com a ajuda dos produtos da Samsung. Pela primeira vez em sua história, a Samsung criou uma campanha de marketing exclusivamente pensada nos latino-americanos, com divulgação em postos de venda, ações na internet, comerciais na televisão, relações públicas, promoções e ações de ativação de produtos. Tudo isso, contando com a participação de times de futebol e jogadores patrocinados pela Samsung.

De forma oficial, a Samsung patrocina as seleções nacionais do Chile, México e Brasil, além dos jogadores Thiago Silva, Paulinho e Ganso. A campanha “Entre no Jogo” está em ação desde o mês de fevereiro, e a proximidade da Copa do Mundo só faz com que a ação fique cada vez mais presente na mídia.

Uma das principais novidades da linha 2014 de TVs é justamente a Função Futebol, que conta agora com um painel exclusivo, com conteúdo produzido pela ESPN, como vídeos, notícias e informações em tempo real. A Função Futebol é uma exclusividade da linha de TVs do mercado. Além disso, novos recursos como o Replay Picture in Picture, Melhores Lances, entre outras funcionalidades que imergem o torcedor na ação reproduzida na tela.

Não só as TVs, mas também a nova linha de celulares da Samsung já contam com um receptor de TV, permitindo que o torcedor veja os jogos do seu time ou da Seleção Brasileira em qualquer lugar.

E isso porque só agora citamos que a Samsung também foi patrocinadora dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2014 em Sochi (Rússia), e que será patrocinadora dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.

Logo… “Entre no Jogo”. Entre no jogo da Samsung. Afinal de contas, a Copa do Mundo está prestes a começar!

 

Patrocinado

banner-publi-targethd.jpg

BBC aposta na segunda tela para sua audiência assistir a Copa do Mundo

by

650_1000_tech-bbc-sport-world-cup-2014-1

Consciente que vivemos em uma ótima época para a TV ao vivo, a BBC revelou detalhes de como vai realizar a sua cobertura da Copa do Mundo FIFA 2014. Eles vão utilizar a segunda tela em uma cobertura 24/7, que poderá ser utilizado por qualquer dispositivo para visualizar conteúdos.

Muito além dos programas especiais, ao vivo ou resumos de jogos, o que foi possível observar no anúncio da BBC é que eles não vão renunciar a possibilidade de potenciar a experiência televisiva no lugar de limitá-la. Estará disponível por exemplo a segunda tela que permitirá participar em votações durante os eventos ao vivo, e inclusive interagir com apresentadores e convidados/especialistas.

As partidas e programas especiais (inclusive eventos ao vivo) poderão ser vistos em qualquer dispositivo, seja smartphone, tablet, computador ou Smart TV, com especial ênfase para a internet e aplicativos, que permitirão o download de todo o conteúdo disponível para você visualizar tudo offline, se assim você preferir.

Pena que isso tudo é no Reino Unido. Se fosse no Brasil, seria tão bom…

Via Digital Spy

FIFA lança o seu aplicativo oficial para iOS e Android, de olho na Copa do Mundo 2014

by

fifa-world-cup-app

A FIFA lançou o seu aplicativo oficial para as plataformas móveis iOS e Android. O app oferece aos usuários as últimas notícias do mundo do futebol, resultados e informações sobre o esporte, já pensando na Copa do Mundo 2014.

Com o aplicativo, o usuário também pode acompanhar estatísticas dos jogos das principais ligas, assim como da Copa do Mundo que acontece no Brasil no ano que vem. Informações relacionadas ao mundo do futebol, vídeos, fotos e resultados de mais de 200 ligas poderão ser conferidos na tela do smartphone ou tablet, permitindo que o usuário personalize a forma como ele vai receber essas infos, ajustando as equipes, competições e jogadores favoritos.

Além disso, o usuário pode conferir o ranking atual da FIFA, destaques globais, informações específicas sobre jogadores e muito mais.

Por último, mas não menos importante: os usuários poderão acompanhar pelo próprio aplicativo o sorteio dos grupos da Copa do Mundo 2014, que acontece no dia 6 de dezembro. Depois do sorteio, será possível ver o calendário dos jogos da primeira fase, guias de locais a serem visitados no Brasil e os perfis das seleções.

Download: 

FIFA para iPhone
FIFA para iPad
FIFA para Android

Via The Next Web

FIFA não garante a transmissão da Copa do Mundo de 2014 em 3D com o fim da ESPN 3D

by

espn-3d-logo-techcreeper

Não faz muito tempo que informamos o fim das atividades do canal ESPN 3D nos Estados Unidos (clique aqui para ler), e essa decisão começa a gerar os seus primeiros efeitos colaterais. A FIFA já se pronunciou sobre a questão das transmissões dos jogos em três dimensões na Copa do Mundo de 2014, e a entidade informa que ainda vai decidir se a competição a ser realizada em território brasileiro terá as transmissões distribuídas nesse formato.

Na Copa do Mundo de 2010, realizada na África do Sul, as transmissões em 3D ficaram por conta da ESPN 3D em parceria com a Sony. Com o fim do canal no final de 2013, temos um grande ponto de interrogação sobre a viabilidade técnica e de disponibilidade das transmissões nesse formato.

Segundo o Associated Press, o diretor de televisão da FIFA, Nicolas Ericson, garantiu que há sim o interesse de transmitir a Copa do Mundo de 2014 em 3D, mas nesse momento, eles estão revisando essa proposta. Mesmo assim, a FIFA segue concentrada nas transmissões em alta definição (HD) e nas transmissões no formato Ultra HD (4).

Outro ponto negativo para o 3D é que a Sony, que desde o começo apoiou as transmissões em 3D, agora está inclinada na oferta de transmissões em UHDTV, com suas câmeras F55 4K presentes no Brasil nos testes da Copa das Confederações. Até o momento, nada está decidido, mas tudo indica que o 4K vai mesmo sepultar as transmissões em 3D na Copa do Mundo do Brasil.

Via Sports Illustrated

FINALMENTE a FIFA vai adotar a tecnologia de sensores na linha de gol na Copa do Mundo em 2014

by

Antes tarde do que nunca! A FIFA decidiu dar um passo adiante no tempo, e apostar na tecnologia para eliminar algumas das polêmicas que podem surgir em jogos, evitando assim erros que podem ser absurdos sejam cometidos. A entidade máxima do futebol decidiu adotar o sistema de identificação de passagem da bola na linha do gol, para determinar se a bola entrou ou não.

São dois sistemas que foram aprovados pela FIFA. Um deles é o “olho de falcão”, semelhante ao utilizado hoje nos principais torneios de tênis (principalmente jogos de Grand Slam), e o outro é a tecnologia de sensores nas traves. Os dois sistema serão utilizados como ferramentas oficiais de verificação na Copa das Confederações, que acontece no meio de 2013, e na Copa do Mundo, em 2014, ambos a serem realizados no Brasil.

As tecnologias foram testadas no Mundial de Clubes de 2012, mas até chegar ao ponto de aprovação da FIFA, as duas ferramentas tiveram que passar por muitos testes. O ponto culminante para a FIFA acordar para o lado tecnológico da questão foi o “gol fantasma” de Frank Lampard na Copa do Mundo de 2010. A bola entrou claramente no gol da Alemanha, e isso custou a eliminação da Inglaterra no torneio. A FIFA testou exaustivamente os dois sistemas, e comprovou que ambos funcionam de forma perfeita.

A tecnologia do “olho do falcão” se baseia em câmeras instaladas em pontos estratégicos do campo, que vão gravar o gol de diferentes ângulos. Quando todo o sistema está calibrado, ele passa por um software que “visualiza” a bola e analisa se ela está completamente dentro do gol.

O outro sistema certificado é o mais fácil e compacto para se instalar. Basicamente se vale da instalação de sensores nas traves. Esses sensores ficam conectados a um computador, que analisa a informação transmitida pelas traves. Com os dois sistemas, os árbitros recebem a informação do gol (ou não) no seu relógio de pulso em até um segundo depois da jogada.

Via The Next Web

Japão vai assistir a Copa do Mundo de 2014 em 4K

by

Então, sabe o Fuleco? Sim, esse tatu, que poderia simplesmente se chamar “tatu bola”, mas não? Pois é, esse mesmo tatu que nós brasileiros veremos no ano que vem em, no máximo, alta definição (1080p), os japoneses poderão vê-lo em 2160p, ou resolução UHDTV. Ou 4K, como preferir.

A Copa do Mundo de 2014 do Brasil será o primeiro grande evento esportivo que será transmitido na resolução UHDTV (Ultra High Definition TV), em imagens com resolução máxima de 3840 x 2160 pixels. Segundo o jornal nipônico Asahi Shimbun, o governo japonês pensa em acelerar o desenvolvimento e a implantação da sua tecnologia UHDTV para a cobertura do mundial de futebol do ano que vem, usando a capacidade disponível em seus próprios satélites de comunicações, para evitar problemas com outras plataformas e métodos de distribuição de conteúdos, que ao que parece, está lidando com problemas de largura de banda (agora, imagine isso no Brasil…).

Essas transmissões começam em junho de 2014, no mês em que a Copa do Mundo acontece no Brasil. Se tudo der certo, o Japão vai se antecipar em dois anos no desenvolvimento e implantação das transmissões em UHDTV no país, em relação aos planos originalmente estabelecidos pelas autoridades locais, e devem precedes as transmissões através de satélites de transmissão direta de televisão e retransmissoras terrestres.

Obviamente, de pouco vai adiantar receber o sinal 4K se você não tem uma TV com essa resolução de imagem. Ou seja, os japoneses tem pouco menos de 1 ano e meio para convencer suas esposas que vale a pena o investimento em uma TV com essas resoluções generosas, afirmando que ver a Copa do Mundo em UHDTV não é um capricho, e sim, uma necessidade. Mesmo que isso custe praticamente hipotecar a sua casa.

Via Broadband TV News

Promessa ao acesso às redes sociais de Lionel Messi é a nova forma de phishing na web, aponta Norton

by

A Copa do Mundo FIFA 2014, que acontece no Brasil, está se aproximando rapidamente, e com a perspectiva de repercussão do evento ao redor do planeta, as possibildiades de crimes virtuais envolvendo o evento são grandes. Uma prova disso é que a imagem do melhor jogador de futebol do mundo, Lionel Messi, já é usada como isca para fisgar fãs de futebol e usuários de internet desprevenidos.

Os criminosos virtuais estão criando sites com a imagem do jogador do Barcelona e da seleção da Argentina como chamariz, pedindo aos usuários para registrar um login e senha no site. Com isso, o internauta supostamente teria acesso às redes sociais do jogador. Além de isso não ser possível (e, honestamente, é muito ingênua a pessoa que cai nesse tipo de oferta), o internauta acaba sendo vítima de fraudadores que usam do pishing para roubar informações do usuário, com o objetivo de obter ganhos financeiros diversos.

Segundo dados do Norton Cybercrime Report, realizado durante o mês de julho deste ano, o crime cibernético movimentou mais de R$ 16 bilhões no Brasil e afetou mais de 28 milhões de brasileiros, nos últimos 12 meses. Em média, para se livrar de uma ameaça virtual, que vai desde roubo de informações bancárias, senha de e-mails, furto de identidade em mídias.

A Norton oferece algumas dicas para que o internauta não seja pego por armadilhas na web e preserve sua identidade, inclusive nas redes sociais:

·         Não clique em links suspeitos em mensagens de e-mail;
·         Evite fornecer informações pessoais ao responder um e-mail;
·         Nunca digite informações pessoais em uma página pop-up;
·         Ao inserir dados pessoais ou financeiros, certifique-se que o site é criptografado ou apresenta o ‘https’ na barra de endereços.
·         Em sua rede social, não aceite convites para ser amigo ou seguidor de pessoas desconhecidas;
·         Nunca digite uma senha mais de duas vezes quando for acessar sua página da rede social

Via Assessoria de Imprensa

Brasil dá prioridade para instalação das redes 4G para as 12 cidades que são sedes do Mundial 2014

by

 

As 12 cidades brasileiras que serão sede de jogos da Copa do Mundo 2014 no Brasil serão as primeiras a receberem uma rede móvel 4G no país e, acreditem se quiser, estarão na frente que muitas pessoas ao redor do mundo. A notícia é parte das exigências para estrutura tecnológica e de transmissão de dados para a realização do Mundial.

O Governo brasileiro informou que a atualização para o serviço de redes 4G vai começar em breve (sem informar quando), e que o projeto deve ter o seu processo de licitação iniciado em breve, uma vez que a atualização deve ser concluída antes que o Mundial comece. Bom, se for no ritmo das obras dos estádios, já dá pra imaginar o que pode acontecer.

via Google