Arquivo para a tag: console portátil

PGS, o console portátil dos sonhos de muitos gamers

by

PGS

O PGS é, para muitos, o console portátil dos sonhos. Um produto suficientemente potente para executar jogos de PCs com Windows 10, com dual boot para utilizar também o Android 6.0 Marshmallow.

O pessoal da PGS Lab garante ter o design perfeito que permite tudo isso, e busca o financiament do projeto no Kickstarter para iniciar a produção do dispositivo portátil, que não abre mão de configurações poderosas.

 

PGS: principais características

PGS 05

O PGS é um dispositivo com uma tela de 5.7 polegadas com resolução QHD (também estará disponível em versão com tela de 5.5 polegadas, com resolução Full HD), processador Intel Atom X7-Z8750 quad-core a 2.56 GHz, GPU Intel HD de 600 MHz e 16 núcleos. Com isso, é possível executar jogos de PC a 720P @ 26~32 frames por segundo com gráficos de qualidade intermediária. Esses números são equivalentes aos alcançados pelo Surface 3, que possui o mesmo chipset que o PGS.

A espessura total do equipamento é de 1.4 centímetros, e seu design slide esconde controles analógicos telescópicos, que se escondem para deixar espaço para o mecanismo de travamento da tela. O produto contará também com uma segunda tela, similar ao do Nintendo DS, de 4.5 polegadas com tecnologia IPS touch, onde é possível utilizar um teclado virtual ou contar com uma janela secundária.

PGS 04

Mas o seu principal atrativo é o seu preço. A campanha de financiamento estabelece para a versão Lite (tela de 5.5 polegadas, 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento) um preço sugerido de US$ 230, e apesar de já estar esgotado, ainda há tempo de adquirir uma unidade da segunda leva por US$ 280.

No caso do modelo Hardcore (tela de 5.7 polegadas QHD, 8 GB de RAM e 128 GB de armazenamento), seu preço sugerido é de US$ 280. A dúvida agora é se o projeto vai cumprir os seus prazos de entrega, onde a previsão para a entrega das primeiras unidades está mercada para o mês de março de 2017.

PGS 02 PGS 03

Via PGS LabMSpoweruserPGS (Kickstarter)

 

PocketCHIP, um micro console que cria e modifica games

by

PocketCHIP-01

O PocketCHIP é um mini console baseado no CHIP, e conta com tela touch resistiva de 4.3 polegadas (480 x 720 pixels), onde o mais curioso do conjunto é o seu teclado QWERTY, que servirá de método de controle, além de permitir a introdução de dados para a criação e modificação de jogos.

O dispositivo tem uma carcaça que é perfeita para receber uma placa Raspberry, que associado com o PICO-8, um videogame virtual que vem pré-instalado no PocketCHIP, oferece as ferramentas necessárias para criar jogos, com riqueza de detalhes, incluindo códigos, sprites, sons e outros elementos.

O PocketCHIP está chegando aos seus primeiros compradores ainda nesse mês de maio, e o produto final chegará ao grande público em junho, com um preço de apenas US$ 49.

PocketCHIP-02

O produto tem uma certa modularidade. Por exemplo, se no futuro eles atualizarem o cérebro do equipamento (o CHIP) por outro mais potente e mantém as formas e conexões, é possível atualizar o PocketCHIP sem maiores dificuldades. Seus criadores abrem um leque de possibilidades de uso para o produto, e até criaram óculos para ver os conteúdos produzidos com maior nível de imersão.

Em tempos onde a mobilidade está em máxima evidência, e os games estão sabendo se aproveitar do momento, projetos como esse podem se dar muito bem junto aos desenvolvedores independentes e usuários com perfil de consumo alternativo de jogos. Só me pergunto se será algo prático programar jogos em um teclado tão pequeno. Que ao menos os códigos de programação sejam simplificados, para que a experiência seja um pouco menos traumática.

Vídeos demonstrativos a seguir.

 

Via CHIPPocketCHIP

PGS, um console portátil com Atom X7 e 8 GB de RAM

by

consola-portátil-PGS

O PGS é um projeto de console portátil que conta com especificações técnicas realmente impressionantes.

Falamos de um sistema com tela de 5.5 polegadas, acabamento premium em alumínio e um design muito bem cuidado, com foco para o deslocamento lateral para deixar exposto os sticks analógicos e os botões.

No seu hardware, duas versões estão disponíveis:

– Tela de 5.5 polegadas HD (ou 5.7 polegadas QHD opcional)
– Processador Intel Atom X7-Z8750 com processador quad-core a 1.6 GHz-2.56 GHz (modos normal e turbo)
– GPU Intel HD com 16 unidades de execução
– 4 GB de RAM DDR3 (8 GB de RAM opcional)
– dual boot Windows 10 e Android 6.0 Marshmallow
– 64 GB/128 GB de armazenamento
– WiFi N e Bluetooth WiFi AC opcional
– Bateria de 4080 mAh-6120 mAh, de acordo com a versão

Desde já é um equipamento bem potente, mas dado que o seu foco é nos jogos, devemos ter bem claro que essa GPU integrada não fará milagres, ou seja, não será possível rodar jogos atuais na resolução máxima, com pontuais exceções. Mesmo assim, temos um bom leque de jogos menos exigentes ou com alguns anos de lançamento que podem rodar sem problemas, além dos jogos do Android 6 Marshmallow, detalhe que consegui melhorar em boa parte as suas possibilidades.

Por enquanto, o PGS não tem data de lançamento definida, ou seu preço estabelecido.

Via PGS