Arquivo para a tag: conceito

Conceito mostra como seria o Windows 10 com abas

by

Windows 10 com abas-05

Este interessante design conceitual nos mostra como poderia ser o Windows 10 com abas estendidas em diferentes aplicativos e seções. O resultado é muito melhor do que poderíamos imaginar inicialmente.

Na parte estética, o conceito adiciona ao sistema operacional um toque único e diferente. Mas o mais importante é que na funcionalidades pode resultar em algo bem útil em muitos aplicativos, como por exemplo no bloco de notas, onde poderíamos trabalhar de forma simultânea com vários documentos de forma mais rápida e simples.

 

Mais beleza e funcionalidade ao Windows 10

Windows 10 com abas-01

Tal possibilidade estendida ao explorador de arquivos também aporta um plus de utilidade. Esta é uma das novidades mais solicitadas pelos usuários do Windows 10, mas infelizmente a Microsoft parece não ver com bons olhos a extensão das abas a algumas seções do seu sistema operacional, pelo menos por enquanto.

Não podemos descartar que talvez a médio ou longo prazo eles devam integrar ou adaptar essa ideia em uma atualização, mas por enquanto ficou limitada a um simples conceito.

Windows 10 com abas-06

 

Falando agora de atualizações e Windows 10, aproveitamos a oportunidade para lembrar que no dia 29 de julho é o dia de lançamento do Anniversary Update (ou Redstone), a primeira grande atualização para o sistema operacional.

Nesse mesmo dia, o Windows 10 também deixará de ser grauito, tal e como comentamos em diversas oportunidades.

Mais imagens do conceito do sistema operacional da Microsoft com abas a seguir.

Windows 10 com abas-02 Windows 10 com abas-03 Windows 10 com abas-04 Windows 10 com abas-07 Windows 10 com abas-08 Windows 10 com abas-09 Windows 10 com abas-10 Windows 10 com abas-11

Via Softpedia

Um fantástico design conceitual do iPhone 7 e iPhone 7 Pro

by

iphone-7-concept

Nada de oficial aqui. Tudo o que você verá é fruto de mentes criativas e da imaginação humana.

Cada vez menos falta para a Apple apresentar o novo iPhone 7 (apesar desse modelo só ser apresentado em setembro), um modelo que não deve marcar muitas mudanças de design, de acordo com os últimos rumores vistos. Mesmo assim, não custa sonhar que algo revolucionário está por vir.

O artista Glaxon Paul ofereceu a sua visão particular de como poderia ser o próximo smartphone top de linha da Apple e sua variante com tela de grande formato, que seria denominado como “Pro” no lugar do “Plus”. O resultado é simplesmente fantástico, e nos mostra um smartphone extremamente fino, que além de ter uma tela estendida inclusive com toda a parte de baixo do dispositivo, um detalhe que abre novas e interessantes possibilidades.

Com essa tela, podemos (por exemplo) obter novos efeitos visuais, além de mudar o design do botão de início, inserindo logotipos ou até personalizando com fotos próprias. Na parte de hardware, o vídeo sugere o uso de um processador de oito núcleos e câmeras de 20 MP e 12 MP. Também é mencionada uma tela 4K e uma versão com até 256 GB de armazenamento.

Obviamente, não vamos ver praticamente nada do que foi dito nesse post no iPhone 7 real, salvo talvez o detalhe da capacidade de armazenamento e o aumento de megapixels nas câmeras. De novo: o design é conceitual e não tem nada de oficial, mas isso não elimina o fato de que seria um produto muito interessante e atraente.

Via WCCFTech

Um conceito de iPhone 7 com paraquedas

by

iPhone-7-concept

Ninguém quer ter que consertar um iPhone por causa de uma queda acidental. É sempre um exercício de paciência e muito dinheiro o reparo do smartphone da Apple. Nesse sentido, um desinger criou um conceito de iPhone com um sistema de CO2 comprimido, que atua como uma espécie de “parauqedas” do smartphone, reduzindo a velocidade da queda com a propulsão aplicada na direção contrária.

O vídeo fala por si. Vemos como o sistema de tubos de propulsão do CO2 se distribui nas laterais de um iPhone 7 conceito, e trabalhando com vários sensores que se encarregariam de detectar a queda, ativando o “paraquedas”. Depois do uso, temos que recarregar o pequeno tanque de CO2 para que o sistema volte a funcionar, algo que não deve ser complicado ou custoso para o usuário.

Vídeo demonstrativo a seguir.

 

Via PhoneArena

Conceito propõe reciclar smartphones modulares para criar super computadores

by

puzzlephone-reuse

O pessoal do Circular Devices (conhecidos pelo Puzzlephone) mostrou um simpático conceito que promete aproveitar os componentes velhos dos smartphones modulares, de modo que possamos criar um dispositivo potente e escalável.

Por exemplo, módulos de CPU podem aumentar a capacidade de processamento de um cluster, assim como módulos de memória aumentam a memória do desktop.

Os primeiros esboços se baseiam no formato dos módulos do Puzzlephone, de modo que não seria má ideia ver outros projetos parecidos compatíveis com os módulos do Project Ara ou similares. Infelizmente, por enquanto, temos apenas um conceito, de modo que será difícil ver o produto pronto, ainda mais levando em conta que o Puzzlephone nem existe. Mas ao menos é interessante pensar como seria possível aproveitar os elementos obsoletos.

Ninguém aí que está lendo esse post se anima a fazer algo parecido com os smartphones atuais?

Via The VergePuzzlephone

 

Um espetacular conceito reinventa o Macintosh original

by

macintosh-concepto-full-curved

A CURVED/labs prestou uma homenagem ao Macintosh original (lançado em 1984), criando um modelo realmente original e atraente, que com certeza vai agradar em cheio aos mais nostálgicos.

Apostando em um chassi de alumínio similar aos MacBooks, e com uma tela touch de 11.6 polegadas, o equipamento poderá ser controlado com um teclado e mouse, além de contar com um logo na parte traseira que se ilumina.

Para seguir os gostos atuais, esse renovado Macintosh está disponível nas cores cinza escuro, prata e ouro (como os iPhones), além de contar com webcam, microfone e alto-falantes integrados, leitor de cartões SD, uma porta USB e um conector Lightning.

Vale lembrar que esse é um produto conceito, cheio de imaginação. Mas a Apple bem que podia se inspirar nesse projeto, e lançar um modelo como esse Apenas para agradar aos seus usuários das antigas…

 curvedlabs-apple-mac-lisa-concept--2 curvedlabs-apple-mac-lisa-concept- curvedlabs-apple-mac-lisa-concept-3

Via DesignboomCurved

 

Cara Microsoft: é esse o smartwatch que esperamos!

by

smartwatch-microsft-conceito

Nadi Aslam é o responsável por desenhar o conceito de relógio inteligente que você verá esse post. O conceito foi criado sob medida para a Microsoft, que por sua vez deve apresentar algum produto oficial (não necessariamente esse) antes que 2014 acabe (ou que o Android Wear domine o mercado, o que acontecer primeiro).

O relógio de Aslam conta com um suposto ecossistema próprio, uma espécie de “Windows for Wearables”, com uma interface adaptada que não se esquece de elementos típicos, como o Cortana. Notificações imediatas, com suporte para mensagens e rede sociais, o Nokia Here e a personalização dos fundos de tela são algumas das características adicionadas pelo designer.

microsoft-smartwatch-concept-06

Infelizmente, alguns rumores indicam que o wearable da Microsoft não contará com uma tela redonda, tão desejada pelos amantes dos formatos tradicionais, apostando em designs mais arrojados, como o Gear Fit da Samsung, ou o Fitbit One. Porém, quem sabe a Microsoft não muda de ideia com um conceito tão bom como o criado por Nadi Aslam? Não custa sonhar, não é mesmo?

Mais imagens a seguir.

microsoft-smartwatch-concept-08 microsoft-smartwatch-concept-04 microsoft-smartwatch-concept-03 microsoft-smartwatch-concept-02 microsoft-smartwatch-concept-01 microsoft-smartwatch-concept-07 microsoft-smartwatch-concept-09

Via Pocket-Lint, Phone Arena

Assim pode ser o Instagram com o ‘Material Design’ do Android L

by

instagram-material-design-concept

Emmanuel Pacamalan apresenta a sua versão de como pode ficar a interface do Instagram, de acordo com os guias do Material Design, que estará presente no futuro Android L. O vídeo demonstrativo disponível no final do post possui uma interface muito mais dinâmica que a atual, com novos ícones, transições e cores, com um resultado muito bom.

Obviamente, esse é um conceito pessoal, que não está relacionado de forma alguma aos futuros planos do Facebook. Porém, serve para ver o potencial do Material Design, e parte daquilo que os designers podem fazer com o novo Android L, que deve ser apresentado em definitivo nos próximos meses. De fato, será necessário um período de transição, para que os desenvolvedores possam adaptar os seus softwares às novas linhas propostas pela Google.

Mas o futuro parece ser bem promissor nesse aspecto.

 

Via PhoneArena

Arrow, o primeiro smartwatch com câmera giratória

by

arrow-smartwatch-camara-rotatoria-1

A febre dos relógios inteligentes está aí, e não deve diminuir nos próximos meses. O Arrow é mais um desses smartwatches, que se destaca por ser o primeiro a incluir uma câmera do tipo rotatória.

Com um simples girar do seu anel, poderá utilizar o seu sensor HD em diferentes posições ou ângulos, ao mesmo tempo que permite mover o seu microfone e alto-falante. Desse modo, é possível sempre capturar o que quiser com maior comodidade, sem que a posição do seu pulso condicione a captura da imagem.

Sobre suas demais características:  o Arrow pode ser conectar ao seu smartphone via Bluetooth para receber notificações de mensagens de texto, chamadas ou alertas de redes sociais, controle da reprodução musical, podômetro e medidor de pulsações cardíacas. O fabricante revela que o dispositivo também suporta a recarga de bateria sem fio, além de contar com uma interface bem cuidada e atraente (não é revelado se está baseada no Android Wear – acredito que não, pois a Google já avisou que os fabricantes não poderão modificar sua interface -, ou se é um sistema proprietário.

arrow-notificaciones-1 arrow-notificaciones-2

Antes que você se empolgue, vale o aviso que esse relógio ainda está em desenvolvimento, ou seja, não tem data de lançamento confirmada, nem preço. O que temos é um vídeo demonstrativo, que mostra o relógio em ação.

 

Via Pocket-Lint, Arrow

O primeiro “smartwatch” da Apple é esse conceito da década de 1980

by

primeiro-conceito-smartwatch-apple

O designer Hartmut Esslinger acabou de publicar um livro chamado “Keep It Simple: The Early Design Years of Apple”. A obra lembra as melhores ideias, esboços e conceitos de design que ele elaborou para a empresa na década de 1980. Entre eles, podemos encontrar até um protótipo de smartwatch.

O dispositivo é 100% retrô. Mais que o conceito de smartwatch que vemos hoje, é um telefone com um fone de ouvido sem fio com um teclado numérico no pulso. Hoje, a ideia é absurda, mas quem sabe se naquela época não seria um sucesso?

Hartmut foi designer para a empresa de Steve Jobs entre os anos de 1982 e 1985, quando decidiu seguir Jobs quando este saiu da empresa para fundar a NeXT. Nesses anos, os dois criaram as bases de alguns dos princípios de design atuais da Apple, imaginando produtos memoráveis como o Apple IIc ou a série Macintosh.

A dupla também idealizou produtos não tão viáveis como o relógio que ilustra esse post, ou uma maleta enorme que, quando aberta, mostrava um computador Apple Lisa com monitor, telefone e até impressora.

Via Keep it Simple,  Apple Insider

Conceito de teclado de realidade virtual está integrado em duas pulseiras

by

teclado-realidade-virtual-01

Os teclados virtuais já existem a algum tempo no mercado, mas ainda não conquistaram o grande público. Mas um grupo de pesquisadores da Universidade Mälardalen (Suécia) trabalham em um conceito diferente, baseado nos óculos de realidade aumentada.

No lugar de depender de um pequeno acessório posicionado em uma superfície, projetando as imagens do teclado, o protótipo apresentado pelo professor Lars Asplund e sua equipe consiste em duas pulseiras que analisam os movimentos do dedo, a partir do pulso. Na teoria, com essas pulseiras e um óculos como o Google Glass (por exemplo), o usuário pode manipular um teclado virtual em qualquer lugar. O sistema também funciona como um mouse, reconhecendo os gestos no ar.

teclado-realidade-virtual-02

Ainda não há um design definitivo para o produto. O que você vê nas imagens são o conceito do produto. O mais provável é que a versão definitiva do produto não fique presa nas mãos, e sim, no pulso, tornando o conceito muito mais cômodo.

Por enquanto, Asplund e sua equipe busca financiamentos para o projeto, que pode ser uma realidade em até um ano. Abaixo, um vídeo que mostra o conceito em ação.

 

Via Gizmag

Conceito propõe uso do smartwatch como joystick (em vídeo)

by

concepto-smartwatch-joystick

Acabou a história de você pressionar por engano um ícone, ou não ser capaz de selecionar com comodidade qualquer opção na pequena tela de seu smartwatch. Uma equipe da Universidade de Carnegie Mellon socorre os usuários com dedos grandes, apresentando um conceito de um relógio inteligente que faz o papel de um joystick, permitindo a realização de diferentes tipos de movimentos sobre ele, para navegação, zoom e seleção de itens.

O vídeo abaixo demonstra que o smartwatch pode realizar tarefas diferentes de forma simples, como exibir o calendário com um simples inclinar para cima ou para baixo, acessar o mapa pressionando na tela ou lateral (com um certo nível de pressão), ou até jogar Doom com a ajuda dos gestos.

Enquanto esperamos que algum fabricante se apaixone pela ideia e coloque o conceito no mercado, veja o vídeo abaixo.

 

Via Gizmodo

Nova patente da Apple visa evitar que você trombe com um poste enquanto escreve mensagens no smartphone

by

3028377-poster-p-videowalk

Já aconteceu com muita gente: a pessoa vai caminhando enquanto escreve uma mensagem de texto, e se esquiva do poste no último segundo. Ou termina no chão ao perceber que a calçada acabou. Pois bem, a Apple quer resolver esse problema de uma vez por todas.

A gigante de Cupertino registrou uma patente que contempla transformar o seu iPhone em uma janela transparente, enquanto você escreve ou lê a sua mensagem, evitando assim os acidentes. A ideia em si é bem simples: substitui-se o fundo do aplicativo por uma imagem captada em tempo real pela câmera traseira, de modo que você possa ver tudo o que acontece na sua frente enquanto a mensagem é lida ou escrita.

Essa solução já foi vista em alguns aplicativos avulsos, mas a Apple pretende incorporar o recurso de forma nativa no iMessage em um suposto futuro próximo. E, cá pra nós: a Humanidade agradece.

Via Cult of Mac

Casio apresenta dois novos conceitos de smartwatches

by

casio

A Casio apresentou dois novos conceitos de relógios inteligentes G-Shock. De forma discreta, os japoneses adentraram nesse emergente segmento dos smartwatches, mas se mantém fiel ao design clássico dos seus relógios de sempre, sendo esta uma tentativa de evitar que os clientes fiéis da marca se assustem com uma grande mudança estética.

O primeiro desses relógios é o Edifice EQB-500, que se conecta ao smartphone via Bluetooth 4.0 LE. Com isso, a Casio se transforma no primeiro fabricante de relógios a contar com essa característica de conectividade. A ideia é que esse relógio possa ser configurado a partir do smartphone, e não quer ser uma alternativa ao Pebble com suas notificações.

casio2

Já o segundo modelo, o GPW-1000, é mais completo, contando com um GPS integrado e a tecnologia Radio Wave, equipando um módulo GNSS da Sony (Global Navigation Satellite System), que consegue determinar a sua localização exata. Ou seja, se você viaja, tal como acontece com os smartphones, o relógio vai se ajustar automaticamente com o fuso horário do seu destino. Com esta combinação de tecnologias, é possível obter uma economia de bateria considerável, se comparado com outros relógios com sistema de calibração automática.

Por enquanto, os conceitos dos novos relógios inteligentes da Casio não contam com preço, nem data de lançamento. Sequer estão confirmados como produtos oficiais. Mas ao menos temos uma ideia de até onde vão os planos dos japoneses nesse segmento.

Uma volta ao começo, com um genial conceito de smartwatch

by

gabor-smartwatch-concept-1

Parece que todos nós nos esquecemos dos relógios tradicionais, e colocamos na cabeça que os relógios inteligentes precisam ter um aspecto futurista, e um design vindo de alguma nave alienígena. Algumas pessoas não concordam com isso. Entre eles, Gábor Balogh, que decidiu propor um relógio que seja uma volta às origens dos relógios de pulso mais clássicos.

O relógio segue as linhas de design convencionais, mas não deixa de lado a tecnologia. E é isso que promete seduzir muita gente. Sua tela vai permitir o acionamento de múltiplas funções, desde o próprio relógio (que pode ser personalizado ao gosto do usuário, ou em modo analógico, ou com múltiplas possibilidades de relógio digital), até tudo o que esteja relacionado com a sincronização de dados com o nosso smartphone.

Sobre a sua interação com o smartphone, a tela vai mudar de acordo com as diferentes necessidades. Por exemplo, as coordenadas de localização, mapas, status da reprodução de músicas, agenda, previsão do tempo, entre outras funções. Também pode exibir o status da chamada, mensagens recebidas, e-mails, e outras notificações.

Infelizmente, esse relógio é apenas um conceito. Uma ideia de um design. Porém, se chegar a ser um produto final, já tem em mim um cliente, uma vez que é um produto com um conceito simplesmente espetacular.

gabor-smartwatch-concept-2 gabor-smartwatch-concept-3 gabor-smartwatch-concept-4 gabor-smartwatch-concept-5

Via Behance

Eu compraria o iWatch se ele fosse desse jeito!

by

iwatch

Se há um suposto produto que está rodeado de rumores, esse produto é o iWatch (se é que ele vai se chamar assim). O produto não tem nenhum tipo de confirmação por parte da Apple, apesar da mesma alimentar o monstro das especulações, com intrigantes declarações que sugerem o seu lançamento.

E uma vez que as indiretas apontam que o seu suposto desenvolvimento está em curso, com informações vazadas sobre o adiamento do seu lançamento por conta de dificuldades de fabricação do dispositivo, as mentes mais criativas começam a trabalhar. E uma dessas mentes conseguiu criar um modelo conceito do iWatch que conseguiu se destacar dos demais, ao ponto de sites de todo o planeta começarem a falar dele.

Todd Hamilton, um designer de San Francisco, não só elaborou um conceito muito atraente do suposto relógio da Apple, mas também produziu um vídeo que vai fazer com que muitos fiquem apaixonados pelo produto.

Mas… o que ele oferece de novo? Bom, temos um relógio com tela curva, o que se alinha com os últimos movimentos da Apple, além de três botões físicos (tal como temos nos dispositivos iOS), e uma tela touch, que permite o controle de suas funções.

Chega de falar, é hora de mostrar. Vídeo a seguir.

iWatch Concept from Todd Hamilton on Vimeo.

 

 

Via ToddHam.com, Mashable

CES 2014: Toshiba mostra conceito de portátil 5 em 1

by

Toshiba-5-in-1-PC-concept1

A Toshiba não quis se valer apenas dos produtos que estão sendo anunciados nessa semana, e mostrou como serão os seus portáteis em um futuro que, com sorte, não está tão distante quanto se pode imaginar. Eles levaram para a CES 2014 o conceito de um portátil 5 em 1, baseado nos laptops híbridos, que tanto fazem sucesso hoje.

Este computador portátil tem uma tela de 13.3 polegadas é capaz de se colocar em cinco posições diferentes: tablet, modo TV, modo desenho, tablet conversível com teclado e computador portátil. O modelo conta com um corpo muito fino, com uma carcaça de magnésio e com um estilo muito formal, com linhas muito finas e acabamento em cor prata.

Por enquanto (e durante algum tempo), não há data de lançamento, nem qualquer tipo de detalhes técnicos sobre o produto. Ou seja, muita paciência, meus amigos.

 Toshiba-5-in-1-PC-concept

Via Digital Trends

Nissan namora o terreno dos óculos inteligentes, com o conceito 3E (em vídeo)

by

nissan-3e-concept

Todo mundo quer aproveitar o momento dos óculos inteligentes. Inclusive a Nissan, que mostrou um primeiro esboço em forma de teaser de um produto que pode ou não chegar ao mercado no futuro. Vamos então conhecer o 3E.

O modelo com design futurista será apresentado no próximo Salão do Automóvel de Tóquio (Japão), ou ao menos é isso que pode ser extraído do contador instalado no site do fabricante, que será zerado no dia 22 de novembro, coincidindo com o evento da montadora japonesa no evento.

Até então o fabricante deixa um primeiro aperitivo do produto em vídeo (que está no final do post) que recebe o nome de “Birth” (“nascimento”), onde é possível ver um pouco melhor o seu aspecto visual. Uma vez que, até o presente momento, o produto segue sendo apenas um conceito.

 

Via CNET, Nissan

iPhone Air: um conceito apaixonante, que provavelmente nunca iremos comprar (em vídeo)

by

iphone-air-concept-2

A ideia de um iPhone com tela de dimensões maiores (quase um tabletphone) se transformou em uma obsessão para alguns devotos da marca (e um pesadelo para os defensores puristas, que chamavam o Galaxy S III de “havaianas de plástico”). Porém, a Apple segue sem dar o braço a torcer, e insiste em acreditar que sabe o que é melhor para o usuário, ou seja, para eles, o melhor formato de um smartphone é aquele que permite o manejo com apenas uma das mãos.

Porém, a chegada ao mercado do iPad Air foi a inspiração de um designer para que ele criasse um conceito de um iPhone Air, que se destaca pelo elevado nível de realismo. Lembrando que a imaginação não tem limites, e que o que você verá no vídeo do final do post é apenas um sonho que não tem nenhum tipo de conexão com a realidade, o iPhone Air que esse designer criou possui uma tela Retina de 4.6 polegadas, além da chave que deixa o iPhone em modo silencioso também serviria para ligar e desligar o equipamento.

O célebre botão Home também recebeu uma repaginação, ficando menor e contando com um sensor de proximidade. Outro diferencial importante está no seu peso, que seria menor, mas sem números concretos revelados.

Para conferir como esse conceito se aplicaria na prática, veja o vídeo a seguir.

 

Via Redmond Pie

Samsung anuncia o seus novos conceitos de impressoras portáteis para a IFA 2013

by

samsung-concept-printers.jpg.pagespeed.ce.Jd-jYmvJc4

A Samsung vai aproveitar a IFA 2013 para apresentar novos periféricos que, apesar de não atrair a mesma quantidade de holofotes dos smartphones ou tablets, também merecem um certo protagonismo.

A empresa anuncia novos conceitos de impressoras que ou não precisam de Blueotooth ou WiFi para a recepção de dados, utilizando apenas a conexão do smartphone no dock para iniciar a transmissão dos arquivos. Já outros modelos contam com alto-falante integrado, e é capaz de carregar os dispositivos que nele se conectem.

Por enquanto, estamos diante apenas de conceitos que serão apresentados na feira de Berlim. Logo, não contam com data de início de comercialização dos produtos. Quem sabe a Samsung revele um pouco mais sobre os produtos durante a IFA 2013.

36 25 46

 

Via Samsung Tomorrow

Afinal de contas… o Galaxy S4 é o “mais do mesmo”?

by

galaxy-s4-branco

O evento que concentrou a atenção de todos na semana passada foi, sem sombra de dúvidas, o lançamento do Galaxy S4, o esperado sucessor do exitoso Galaxy S III, que por sua vez, deu continuidade a uma linha de sucesso de smartphones. Os coreanos não queriam uma apresentação convencional, e o smartphone foi sabiamente apresentado aos poucos, em um ambiente no estilo “Broadway”, explicando de forma quase didática para as pessoas que nada entendem de tecnologia o que elas podem fazer com o seu novo produto, e o quão legal seria se elas comprassem.

De uma coisa, não podemos duvidar: a Samsung chamou a Apple para a briga. Não tanto na questão de vendas, mas no quesito “somos mais incríveis que vocês”, apresentando os diferenciais que o seu smartphone possui em relação ao último lançamento da empresa da maçã (o iPhone 5). Aliás, a Apple segue sendo a referência obrigatória para todos os grandes fabricantes de smarthphones, e a grande missão da Samsung é tirar esse título da empresa de Redmond. Mas… será que eles conseguiram isso? Na minha opinião, a resposta é “sim”, mas em partes.

Que a Samsung é a grande pedra no sapato da Apple, todo mundo sabe disso. E literalmente, uma vez que os coreanos está trabalhando em um campus espetacular, que fica a poucos quilômetros da sede da Apple em Cupertino. E não estou falando de um simples edifício ou sede da Samsung nos EUA, mas sim uma edificação que será uma autêntica referência em Silicon Valley. Mas talvez o aviso mais sério que a Samsung está disposta a tomar o espaço da Apple no mercado de smartphones é o fato do evento do lançamento do Galaxy S4 ter acontecido no Radio City Music Hall, sendo retransmitido simplesmente na Times Square, fechando parte do coração de Manhattan.

Por outro lado, os coreanos parecem ter “freado” a sua ânsia de igualar e superar a Apple. Não foram poucos os veículos de imprensa e internautas que falam que o Galaxy S4 nada mais é do que uma versão retocada e atualizada do Galaxy S III, algo muito parecido com aquilo que a própria Apple faz desde 2009 (pelo menos), quando adicionam um “S” ao iPhone. Mas… é simplesmente isso?

sgs4-destaque

Entre aqueles que fizeram comentários jocosos sobre o novo smartphone da Samsung encontramos o CEO da HTC, que disse que o Galaxy S4 é um “mais do mesmo”. Porém… seria essa uma declaração vinda de um CEO morrendo de inveja por não ter um smartphone tão incrível em seu portfólio de produtos? Ou uma realidade patente? Vale a pena registrar que a Samsung, nesse caso, foi vítima de uma “besta” que ela mesma alimentou: afinal de contas, criar um hype em cima de um produto por tantas semanas tem essas consequências. E em nenhum momento estamos aqui falando que o Galaxy S4 é um smartphone simplório ou pobre de recursos, mas que muita gente no mercado dava muito mais por ele, isso é fato.

Talvez todos estavam esperando que acontecesse uma grande revolução, que levasse o mundo dos smartphones para um futuro que muitos querem vivenciar, e que já estão impacientes por nunca alcançar esse futuro. Por outro lado, o Galaxy S4 apresenta já alguns esboços desse futuro, como o controle de menus pelos olhos, a manipulação da interface sem precisar tocar na tela do smartphone e os recursos mais intuitivos para elementos multimídia. E isso incomodou os adversários, que não foram competentes o suficiente para pensar nesses elementos um pouco antes. A prova disso foram as palavras do próprio CEO da HTC e, de forma inesperada, Phil Schiller, da Apple, trollando de forma prévia a apresentação e os smartphones da Samsung. Isso é claro sinal que os coreanos, no mínimo, incomodam.

Mas o mais importante disso tudo é que o comprador de um smartphone quer mesmo saber é se o Galaxy S4 é a referência de momento no mercado mobile. A resposta é “sim e não”. Tecnicamente, por ser o lançamento mais recente, o S4 conta com os mais recentes avanços de tecnologia do setor até o momento. É superior ao Xperia Z ou o HTC One? Muitos podem considerar que sim, mas a partir da perspectiva do usuário médio, também pode se aproximar da teoria do CEO da HTC. Ele pode ser visto como um smartphone que adicionou apenas algumas melhorias em relação ao modelo anterior, frustrando as expectativas criadas pelo próprio fabricante.

galaxy-s4-topo

Não resta dúvidas que o Galaxy S4 é o melhor smartphone que temos no mercado, mas não deixa de ser aos olhos de muitos uma versão corrigida e ampliada da sua versão anterior. Afinal, sua câmera é maior, seu processador é mais potente, e muitas melhorias de hardware e software foram adicionadas. É a mesma coisa que a Apple faz quando lança um iPhone, e meses depois, coloca um “S” no nome, melhorando o seu hardware. Talvez o que o Galaxy S4 precisava era de uma reformulação em sua aparência externa e um hardware ainda mais potente (particularmente eu acho esse último item desnecessário, uma vez que o conjunto do novo modelo é forte demais).

Mas… a Samsung ter apostado em não mexer no time que está ganhando é algo negativo? De jeito nenhum.

O Galaxy S4 certamente será um sucesso de vendas, e vai ser um competidor duro de ser batido no mercado. Os concorrentes vão ter que arrancar sangue dos seus engenheiros e projetistas para fazer algo que tenha a capacidade de competir em pé de igualdade com aquilo que é proposto pela Samsung no conjunto geral. Por outro lado, a própria Samsung deixou uma porta aberta para os seus críticos, que acusam o produto de ser uma cópia melhorada do seu predecessor. J.K. Shin terá o desafio de nos surpreender no Galaxy S5, mas não resta dúvidas que não foi um erro o Galaxy S4 nascer com o conceito de ser uma versão melhorada de um smartphone que vende muito até hoje.

A Samsung conseguiu triunfar em dois terrenos, e tanta manter vivo o hype. A prova que conseguiram incomodar foi justamente o fato de Phil Schiller sair disparando cobras e marimbondos contra a Samsung horas antes do evento de Nova York começar. De quebra, o Galaxy S4 está hoje na vanguarda da telefonia móvel, colocando os seus principais rivais na berlinda. Ou seja: Apple, fale menos e faça mais. É melhor vocês se tocarem que o império do iPhone lentamente está ruindo, e a cobrança está mais nas costas de Tim Cook do que nunca.