Arquivo para a tag: computex 2016

ASUS ganha 16 prêmios na Computex 2016

by

ASUS Zenfone 3

A ASUS anuncia que seus produtos ganharam quatro Prêmios de Melhor Escolha e 12 prêmios de D&I (design e inovação) nas cerimônias realizadas durante a Computex 2016.

O Zenfone 3 Ultra ganhou o Prêmio de Ouro de Melhor Escolha e o notebook ultraleve ZenBook 3, o projetor ZenBeam Go E1Z e desktop para jogos ROG GT51 respectivamente ganharam o Prêmio nas categorias de Computador & Sistema, Periféricos & Impressão 3D e Jogos (Gaming). O ZenBook 3 e o ROG GT51 também ganharam o Prêmio de D&I da Computex, assim como outros 10 produtos também foram premiados.

Realizado pela Taipei Computer Association (TCA), o Prêmio de Melhor Escolha reconhece produtos na Computex que demonstraram excelência em inovação, funcionalidade e comercialização. O Prêmio de D&I da Computex é realizado pela Taiwan External Trade Development Council (TAITRA) e pela iF Design, uma autoridade internacional líder em design industrial. Esses prêmios reconhecidos internacionalmente premiam produtos com design e capacidade tecnológica excepcionais.

A premiação realizada durante a Computex 2016 é importante, pois reconhece o esforço dos fabricantes na pesquisa e desenvolvimento de designs para os seus novos produtos e futuros lançamentos. Parte importante da estratégia de venda está em chamar a atenção do consumidor ao oferecer linhas atraentes em seus novos dispositivos.

Acer recebe prêmios durante a Computex 2016

by

Acer Revo Build

Na cerimônia de abertura da Computex Taipei, em Taiwan, o mini PC Revo Build, da Acer, levou o prêmio Best Choice of the Year, escolhido entre 400 produtos candidatos e 41 vencedores, ganhando também o Best Choice Gold Award. Além disso, o equipamento também conquistou o Red Dot Product Design Award, do iF Design Award, e foi nomeado para o CES 2016 Innovations Award Honoree.

O CEO da Acer, Jason Chen, participou da abertura do evento para receber o cobiçado troféu das mãos do presidente de Taiwan, o Dr. Ing-Wen Tsai.

O Best Choice também premiou o monitor curvo para jogos, Acer XR342CK, na categoria ‘Gaming’, enquanto o monitor Acer H277HU USB Type-C foi premiado na categoria ‘Peripherals & 3D Printing’.

A seguir, mais informações sobre os premiados da Acer:

Mini PC Acer Revo Build
O Acer Revo Build é um mini PC facilmente customizável com blocos que fornecem diferentes funções, como armazenamento extra, alto-falantes, microfones, ou mesmo o carregamento sem fio. Os blocos conectam precisamente via pinos magnéticos e deixam a montagem de um computador tão fácil quanto brincar com bloquinhos de brinquedo. Os blocos também podem funcionar de forma independente ou mesmo em outros PCs. O Revo Build vem em uma pequena embalagem que ocupa um mínimo espaço e pode ser colocado em, praticamente, qualquer lugar.

Acer XR342CK

Monitor de Jogos Acer XR342CK
O monitor de jogos Acer XR342CK apresenta um painel curvo de 34 polegadas e proporciona imagens imersivas e perfeitas. Características especiais como o ajuste de cores e o sistema DTS Sound, aprofundam o impacto audiovisual, enquanto uma luz ambiente customizável, na borda inferior do monitor, fornece efeitos de iluminação que combinam com o modo desejado. A base pode girar até 30 graus para cada lado, permitindo que os usuários ajustem o monitor para o ângulo desejado.

Acer H277HU

Monitor Acer H277HU USB Type-C
O Acer H277HU é parte da série de monitores H7, que estão entre os primeiros no mundo a ter suporte para USB Tipo C, de modo que os usuários possam transferir dados e exibir conteúdo de notebooks ou smartphones, enquanto carregam os dispositivos ao mesmo tempo através de um único cabo. Com um design ZeroFrame Premium, o monitor de 27 polegadas possui resolução de 2560 x 1440 e combina os sistemas de áudio Acer TrueHarmony e DTS Sound.

HP Elite X3 agora conta com leitor de digitais

by

HP Elite X3

A HP apresentou na Computex 2016 uma evolução do smartphone originalmente apresentado na Mobile World Congress 2016. O HP Elite X3, um autêntico escritório móvel, agora conta com um leitor de digitais na parte traseira.

Não é uma adição trivial, levando em conta que, para a Microsoft, a autenticação e os sensores biométricos são uma prioridade na nova leva de gadgets com Windows 10, tanto nos desktops como nos smartphones. Daí sai a ideia do Windows Hello, que engloba todas as possibilidades (rosto, digital, iris) para realizar o login nos equipamentos.

A imagem abaixo mostra as traseiras diferentes (a da direita, o novo modelo).

HP Elite X3-02

Curioso, mas tanto a Microsoft como a Qualcomm se uniram para voltar a promover o produto na Computex 2016, em um vídeo que mostra grande parte das possibilidades do equipamento que aposta no modo Continuum para prosperar. Nada foi dito sobre uma data de lançamento, mas uma possibilidade era durante o verão norte-americano, e nada de concreto é dito. Seu preço também não foi revelado, mas é fato que tanto Microsoft como HP precisam fazer um esforço em perder alguma coisa no início com essa proposta. Caso contrário, não vão despertar o interesse do público.

Enquanto o suposto Surface Phone não dá as caras, o HP Elite X3 é o smartphone mais importante que vamos encontrar com a plataforma da Microsoft, uma vez que a série Lumia está congelada em 2016. Obviamente, esperamos que outros parceiros façam o mesmo, e mostrem ao mundo o quão interessante pode ser smartphones top de linha com Windows 10.

HP Elite X3-03 HP Elite X3-04

Retro Freak, o videogame retrô definitivo

by

Retro Freak

O Retro Freak é um projeto de um impressionante console capaz de suportar até 12 formatos de cartuchos de videogames do passado, que só estava disponível no mercado asiático. O modelo despertou a paixão dos colecionadores, já que oferecia o paraíso para os mais nostálgicos.

Porém, a Cyber Gadget aproveitou a Computex 2016 para relançar o console com novos componentes, acessórios e o mesmo ar retrô que move milhões de dólares ao redor do mudo. O Retro Freak é um console equipado com slots compatíveis para cartuchos de NES, Famicom, SNES (Pal e NTSC), Super Famicom, Sega Genesis, Megadrive (PAL e NTSC), PC Engine, TurboGrafx-16, PC Engine Super Grafx, Game Boy, Game Boy Advance y Game Boy Color.

O produto conta com conexão HDMI e upscalling de imagens a 720p, através de um filtro suavizado para as bordas de pixels, oferecendo uma melhor qualidade de imagem, mas sem abandonar a aparência retrô. É compatível com todos os controles dos consoles citados por meio de um adaptador, ou é possível utilizar um controle USB.

Retro Freak-07

O Retro Freak chega com um sistema operacional proprietário e uma interface similar ao que temos no Wii, onde podemos ajustar os controles e gerenciar os jogos e partidas salvas na microSD, inclusive podendo realizar cópias completas dos jogos, dispensando o uso de cartuchos em cada ocasião.

Nas configurações, o produto permite o ajuste de resolução de tela, o suavizado dos pixels e a frequência entre 60 e 120 Hz, para que os mais puristas possam jogar as versões originais dos jogos sem maiores problemas, ou experimentando uma pequena melhora nos gráficos.

A má notícia é que ainda não há planos para que o Retro Freak seja vendido fora do Japão. No país asiático, o produto está disponível com um controle por US$ 200, e a outra versão com adaptador para controles retrô custa US$ 230.

O Retro Freak é uma excelente opção para os nostálgicos, oferecendo boas alternativas e características. Agora só resta esperar que o produto chegue a outros mercados.

Retro Freak-02 Retro Freak-03 Retro Freak-04 Retro Freak-05 Retro Freak-06 Retro Freak-08

Via CNET

MSI Cotton Candy, um mod de PC que faz algodão doce

by

cand-1

Feiras de tecnologia como a Computex são sempre um ótimo momento para conhecer as simpáticas e diferenciadas propostas da comunidade modder. A edição 2016 no evento não foi exceção, e mais uma vez o evento de Taiwan se transformou no local perfeito para se descobrir todo o tipo de soluções nesse sentido.

Entre eles, um dos melhores é, muito provavelmente, o MSI Cotton Candy (foto do topo do post), que basicamente é um computador desktop que, além de gerenciar arquivos e pastas, executar programas e jogos e oferecer acesso à internet, também é capaz de oferecer a singular vantagem de prepara algodão doce para você degustar enquanto trabalha.

De fato, havia um garoto convidando as pessoas a provarem o algodão doce produzido pelo computador.

O responsável pelo invento é o modder Mike Petereyns, que recebeu o apoio da própria MSI para construir o MSI Cotton Candy (que, desde já, não é recomendado para diabéticos), utilizando como placa-mãe camuflada uma GTX 780Ti, e possui até sistema de refrigeração líquida.

Agora, se você não se apaixonou pelo computador que pode produzir o açúcar necessário para manter seu filho acordado e elétrico pelo resto da vida, sempre é possível deixar o açúcar de lado e levar para casa um PC que homenageia o mundo da Marvel, com o escudo do Capitão América como protagonista.

Moral da história: no mundo modder, diferente do que acontece na TV e no cinema, a criatividade não morre. Jamais.

mod2016-06-01+15.51.01mswm1400

Microsoft apresenta um atraente notebook 2 em 1 assinado pela Porsche Design

by

Porsche-1

A Microsoft realizou o seu keynote na Computex 2016, onde Nick Parker, vice-presidente da divisão OEM na empresa, apresentou de surpresa um novo notebook conversível com Windows 10, que não se destacaria muito se não fosse pelo fato de cer concebido através da parceria com a Porsche Design.

O computador portátil tem tela de 13.3 polegadas, e de acordo com a própria Microsoft, “recebe o Windows Hello 2.0, o Cortana e as novas configurações do Ink”. Essas novidades estarão disponíveis na próxima atualização do Windows 10 (Anniversary Updade), que estará disponível para os usuários da mais recente versão do sistema operacional a partir da metade de 2016.

Mais uma vez a Microsoft mostra como é capacitada para desenvolver soluções de hardware de elevada qualidade. Por outro lado, apesar de entendermos que não é o local ideal para isso, lamentamos não haver nenhuma palavra mais concisa sobre o desenvolvimento do suposto Surface Phone, ou até mesmo alguma confirmação se o mesmo ainda existe, ou se foi oficialmente cancelado, junto com o fim da linha de smartphones Lumia.

Por enquanto, não há maiores informações sobre esse novo notebook 2 em 1 da Microsoft em parceria com a Porsche Design, de modo que a maioria das especificações técnicas ou o seu preço são um grande mistério. A única coisa que sabemos é que o dispositivo chegará durante o inverno no hemisfério norte, o que vai deixar alguns meses para que novos detalhes sejam revelados.

Via The VergeBlog Windows

Gigabyte Brix Gaming UHD, outro mini-PC de grande potência

by

Gigabyte Brix Gaming UHD

A Gigabyte apresentou na Computex 2016 o Gigabyte Brix Gaming UHD, seu novo mini-PC, que recebe os novos processadores Intel Skylake e gráficos dedicados GTX 950M.

A Gigabyte mudou o design dessa série, apostando em um formato quadrado com dimensões de 10 x 10 x 20 centímetros. Seu chassi de alumínio conta com duas placas conectadas para alimentação e dados. A primeira é uma placa-mãe Gigabyte, similar às NUC da Intel de última geração, com suporte para microprocessadores Intel Skylake, dois slots para memória DDR4-2133 MHz e três slots PCI Express M.2 para placas sem fio e de armazenamento. Nela, podemos conectar uma SSD Samsung 950 Pro M.2 à porta PCIe, por exemplo, para obter assim um desempenho realmente espetacular.

A segunda placa é uma MXM (Mobile PCI Express Module), que inclui gráficos dedicados NVIDIA GTX 950M, de maior potencial que a integrada no processador. O bom é que esse tipo de módulo é substituível, permitindo assim a melhora do aparato gráfico no futuro.

Gigabyte Brix Gaming UHD-03

Na parte de conectividade, a mudança de design permite a incorporação de várias portas: USB Type-C, USB 3.1 e pelo menos três portas USB 3.0. Também inclui Gigabit Ethernet, saídas de vídeo HDMI e 3 mini DisplayPort, além dos conectores de áudio.

O Gigabyte Brix Gaming UHD não tem preço anunciado, e seu lançamento é considerado como ‘algo iminente’.

Gigabyte Brix Gaming UHD

Via Tech Power UP

Digital Storm Aura, o dekstop all in one dos sonhos para os gamers

by

intel-nvidia-pc-gamer

O que temos nas imagens desse post é uma combinação explosiva. Se chama Aura e é um desktop all in one desenvolvido pela Digital Storm, contando com especificações das mais poderosas possíveis para fazer a alegria dos gamers.

Se não queremos muitos elementos e gosta que todo o equipamento fique concentrado em um único dispositivo, esse tipo de computador é a solução mais elegante que você pode encontrar, mas acaba não sendo muito potente em via de regra. Mas o Digital Storm Aura começa quebrando a banca com uma tela curva de 34 polegadas, com formato 21:9.

Há várias configurações e preços, mas o Digital Storm Aura oferece a opção de escolha entre os chips Broadwell-E da Intel, com o processador Core i7 Extreme Editon recém apresentado, com 10 núcleos de processamento e uma potência de outro nível, especialmente durante o multitarefa.

intel-nvidia-pc-gamer-02

O Aura também não fica para trás no quesito potência gráfica, recebendo um modelo top de linha NVIDIA GeForce GTX 1080, que deve trabalhar muito bem com a resolução da tela do computador (3440 x 1440 pixels). O design desse computador é realmente atraente, e o mais fascinante é saber como ele abriga componentes de máximo nível atrás da tela, sem falar que ele foi desenvolvido por incorporar um sistema de refrigeração líquida e sistema de baixo ruído.

O Digital Storm Aura tem preço inicial sugerido de US$ 1.999. Não quero imaginar qual será o preço do modelo top de linha, uma vez que apenas o processador citado (o mais potente da Intel) custa mais de US$ 1.700, e a placa gráfica da NVIDIA ultrapassa os US$ 900.

Como os novos processadores da Intel não estarão disponíveis até a segunda metade de 2016, podemos concluir que esses novos computadores não chegarão ao mercado antes disso.

intel-nvidia-pc-gamer-03 intel-nvidia-pc-gamer-04 intel-nvidia-pc-gamer-05

Via Digital Storm

Gigabyte Aero 14, notebook para games com autonomia de bateria de até 10 horas

by

Gigabyte Aero 14

A Gigabyte apresentou na Computex 2016 o Gigabyte Aero 14, um notebook pensado os gamers com longa autonomia de bateria.

O Gigabyte Aero 14 possui tela de 14 polegadas, com um design bem cuidado para um computador pensado nos games, além de espaço interno para um hardware de alto desempenho, assinado pela Intel e NVIDIA. O novo notebook conta com chassi de alumínio e três opções de cores (preto, verde e laranja), mas mantendo um desenho bem discreto.

O processador principal é um Intel Core i7 (Skylake), e os novos notebooks podem receber até 32 GB de RAM DDR4 e dois discos SSD (M.2, interface PCIe 3.0 x2). Nos gráficos, temos duas opções NVIDIA (GeForce GTX 965M e GTX 970M), que podem gerenciar uma tela IPS com resolução de 2560 x 1440 pixels. Mesmo com tantos atrativos, a Gigabyte garante que o Gigabyte Aero 14 possui uma autonomia de até 10 horas de uso (moderado), utilizando gráficos integrados.

Gigabyte Aero 14-03

Tentando chamar a atenção dos gamers, o teclado conta com opções programáveis que simplificam as combinações ou oferecem acessos diretos. Na parte de conectores, temos uma porta USB 3.1 Type-C, três portas USB 3.0, leitor de cartões, saídas de vídeo HDMI 2.0 e mini DisplayPort. O Gigabyte Aero 14 possui dimensões de 19,9 mm e peso de 1,89 kg. São números muito bons, levando em conta que estamos falando de um notebook para games.

Não há informações sobre preço ou datas de lançamento, mas sabemos que a Gigabyte não adota preços muito elevados.

Mais imagens a seguir.

Gigabyte Aero 14-02 Gigabyte Aero 14-01 Gigabyte Aero 14-05 Gigabyte Aero 14 Gigabyte Aero 14-06

MediaTek Pump Express 3.0 recarrega 70% da bateria do seu smartphone em 20 minutos

by

mediatek-pump-express-3

A MediaTek anunciou na Computex 2016 uma nova tecnologia de recarga de baterias de dispositivos móveis, a Pump Express 3.0.

O desafio de oferecer maior autonomia de bateria se faz presente, e isso pode ser melhorado com o uso de bateria com maior capacidade e componentes mais eficientes, ou de forma indireta adotar sistemas de recarga rápida, que reduz o tempo de espera para se utilizar normalmente o smartphone. O Pump Express 3.0 atua no segundo caso, e sua tecnologia é muito promissora, já que (em teoria) seria capaz de recarregar uma bateria do zero até 70% em apenas 20 minutos.

O feito pode ser melhor avaliado quando comparamos rapidamente a solução da MediaTek com outros sistemas de recarga. Para conseguir esse volume com a recarga tradicional, precisamos de 100 minutos de tomada, enquanto que em sistemas como o Quick Charge 3.0 (integrado no HTC 10), alcançaríamos apenas 40% de recarga nos mesmos 20 minutos.

Um dos pontos fracos dos sistemas de recarga rápida é a sua eficiência energética, alto que a MediaTek também teria melhorado e muito com o Pump Express 3.0, que eleva esse aspecto em até 95%. Caso você carregue o celular por apenas cinco minutos, você terá autonomia suficiente de bateria para uma chamada de até quatro horas de duração.

Este avanço é muito interessante dentro do campo da recarga rápida, que virá acompanhado de 20 medidas de segurança para evitar qualquer tipo de problema. Não foram citadas datas exatas, mas comenta-se que a nova tecnologia poderia estar disponível no final de 2016.

Vídeo demonstrativo a seguir.

 

Via WCCFTech

Dell Inspiron 11 3000, novos notebooks 2 em 1 econômicos

by

Dell Inspiron 11 3000

A Dell apresentou na Computex 2016 a sua nova linha de notebooks 2 em 1 econômicos Dell Inspiron 11 3000.

A colorida linha possui opções de configurações com processadores Intel Celeron e Core m3 de última geração, trabalhando com até 4 GB de RAM, tela touche de 11.6 polegadas (1366 x 768 pixels), 32 GB de memória eMMC (expansíveis via slot microSD) e porta USB 3.0. Todo esse conjunto técnico é mais que suficiente para entregar um desempenho satisfatório para o Windows 10.

De quebra, o Dell Inspiron 11 3000 conta com uma bateria que oferece uma autonomia de até 10 horas de uso, algo que é muito bem vindo para os usuários que precisam de um dispositivo leve para um uso remoto, com grande autonomia de bateria para longa jornadas de trabalho, estudo ou outras atividades conectadas, e que entrega um desempenho equilibrado para os trabalhos de pacotes de escritório, navegação na internet e reprodução de conteúdos multimídia.

O Dell Inspiron 11 3000 tem preço inicial sugerido nos Estados Unidos de US$ 249, o que mostra que o fabricante está disposto a competir diretamente com os Chromebooks, que custam nessa faixa de preço, e nesse momento já ultrapassaram os Macs da Apple em vendas no mercado norte-americano. Não há previsão de lançamento desse modelo para o Brasil, por enquanto.

Via CNET

Dell Inspiron 7000 2-in-1s, um notebook conversível de 17 polegadas

by

Dell Inspiron 7000 2-in-1s

A Dell apresentou na Computex 2016 uma atualização da sua linha de notebooks com Windows 10, entre os quais destacamos o Dell Inspiron 7000 2-in-1s, um conversível com tela de 17 polegadas.

O modelo conta com dobradiça de 360 graus, que permite o giro de tela para oferecer quatro modos de uso: notebook, tablet, apresentações e reprodução multimídia. Essa nova série conta com telas Full HD de 13, 15 e 17 polegadas em formato multitouch, oferecendo uma maior versatilidade de uso, mas que limita a mobilidade por conta de suas dimensões em peso.

Dell2en1_2

O Dell Inspiron 7000 2-in-1s recebe processadores Intel de sexta geração (Skylake) e SSD para armazenamento. Não foram anunciadas especificações mais concretas, mas sabemos que os notebooks recebem portas USB Type-C, teclado retroiluminado, WiFi ac e software MaxxAudio Pro para uma melhor experiência multimídia.

Os conversíveis Inspiron 13, 15 e 17 estarão disponíveis no mercado norte-americano e chinês a partir do dia 2 de junho. Todos os modelos recebem o sistema operacional Windows 10 pré-instalado, e seu preço inicial sugerido é de US$ 749.

A Dell só segue o fluxo dos principais fabricantes do setor de informática, que cada vez mais oferecem computadores portáteis com formatos híbridos ou conversíveis, apostando na versatilidade de uso para manter o setor vivo. Esse é o segmento que mais cresceu em vendas no mercado informático.

ASUS ROG G31e ASUS ROG GX800, novos computadores para gamers

by

ASUS ROG G31 e ROG GX800

A ASUS apresentou na Computex 2016 novos computadores voltados para os gamers, com a promessa de oferecerem o notebook e o desktop gaming mais potentes do mundo.

O notebook ASUS ROG G31 Edition 10 marca 10 anos de trabalhos da ASUS nessa categoria. Já o ASUS ROG GX800 é um notebook que renova o já característico conceito de módulo gigante de refrigeração líquida, além de adicionar potência para um equipamento que conta com um teclado mecânico retroiluminado.

ASUS ROG G31 e ROG GX800-02

O ASUS ROG G31 tem um chassi de 20 litros e um sistema de overclocking muito simples, que pode ser ativado com um único clique. No seu interior, encontramos uma configuração com gráficos NVIDIA GeForce GTX 1080, expansível em sistema dual via SLI para dotar o produto com uma brutal potência gráfica.

Já o ASUS ROG GX800 é uma clara evolução do ROG GX700, contando com os novos processadores Intel, melhores gráficos dedicados da NVIDIA e o módulo externo com refrigeração líquida, que integra duas fontes de alimentação de 330W para oferecer o desempenho necessário para os gamers mais exigentes.

asusGX800

A aposta se completa com o ROG Swift PG248Q, monitor de 24 polegadas (16:9, 1080p), compatível com a tecnologia NVIDIA G-Sync, com opção de overclocking para a frequência de trabalho de atraentes 180Hz e 1 milissegundo de tempo de resposta GTG (gray-to-gray).

Além dos portáteis, a ASUS apresentou alguns acessórios e complementos, como o ROG Centurion, fones de ouvido 7.1 com cancelamento de ruído e microfone digital. A nova ROG XG Station 2 é uma docking station para notebooks que permite o uso de gráficos dedicados em equipamentos com conector Thunderbolt 3 (USB-C), competindo com produtos como o Razer Core. Aqui, além dessa conexão, é possível utilizar um conector proprietário que melhora o desempenho em 15%.

ROG Swift PG248Q

Também destacamos a ROG Strix GeForce GTX 1080, gráficos dedicados com overclock de série a 1.936 MHz, integrando um sistema de ventilação especial. A ASUS preparou o dispositivo pensando nos gamers que querem extrair o máximo de partido dos óculos de realidade virtual, graças a duas portas HDMI.

asusG31ms800

ASUS Transformer 3 e ASUS Transformer 3 Pro são oficiais

by

ASUS Transformer 3 e ASUS Transformer 3 Pro

A ASUS apresentou na Computex 2016 os seus novos tablets conversíveis, nos modelos ASUS Transformer 3 e ASUS Transformer 3 Pro, que contam com especificações realmente destacáveis.

São dispositivos que chegam com a integração de microprocessadores Intel Core i7 (Skylake) em alguns modelos, além de receberem na configuração máxima até 16 GB de RAM e 1 TB de armazenamento via SSD. As especificações (exceto pela ausência de gráficos dedicados) são quase próprias de uma workstation portátil.

 

ASUS Transformer 3

ASUS Transformer 3

O ASUS Transformer 3 é a versão mais ‘modesta’ desses tablets conversíveis. Se destaca por sua tela de 12.6 polegadas (3:2, 2880 x 1920 pixels), e pelas diferentes opções de configuração, que alcançam na sua configuração máxima o processador Core i7, 512 GB de SSD e 8 GB de RAM. Tanto o Transformer 3 como o Transformer 3 Pro contam com porta USB Type-C com interface Thunderbolt 3, e outra com interface USB 3.1 Gen 2, alto-falantes Harman Kardon, e no Transformer 3 (curiosamente não no modelo 3 Pro) um leitor de digitais na borda superior, compatível com a tecnologia Windows Hello.

O modelo pesa 695 gramas, com 6.8 mm de espessura (sem teclado). O teclado acoplável e retroiluminado tem uma espessura de 1.4 mm para as suas teclas, e conta com duas posições e quatro opções de cores. Na parte posterior do tablet, temos uma singular câmera com sensor de 13 MP.

 

ASUS Transformer 3 Pro

ASUS Transformer 3 Pro

O modelo mais ambicioso dessa renovada família de conversíveis da ASUS chega com uma espessura de 8,35 mm para uma tela de 12,6 polegadas, com a mesma resolução do Trnasformer 3. Aqui, o suporte integrado permite colocar o dispositivo em qualquer ângulo até 170º máximos, e o teclado acoplável é retroiluminado, com o mesmo intervalo de teclas de 1.4 mm e quatro opções de cores.

Nas conexões, além das duas portas USB-C para Thunderbolt 3 e USB 3.1 Gen 2 do modelo base, temos ainda portas USB 3.0 e HDMI adicionais. Também possui a câmera traseira de 13 MP e webcam frontal com suporte para Windows Hello para reconhecimento de íris para o início da seção do Windows 10.

Nos dois casos, temos uma série de acessórios que expande as opções dos equipamentos. A ASUS Pen é uma caneta com 1.024 níveis de pressão, e o ASUS Universal Dock oferece portas adicionais USB-C 3.1, USB 3.0, HDMI, VGA, RJ45 para redes Ethernet e leitor 3 em 1 para cartões SD.

 

ASUS Transformer Mini T102

ASUS Transformer Mini T102

Este é o conversível mais leve do mundo (segundo a ASUS). O ASUS Transformer Mini T102 pesa 790 gramas com o teclado acoplado (530 gramas no modo tablet), com espessura do teclado de 8,2 mm. O dispositivo possui uma tela de 10.1 polegadas, porta USB, WiFi 802.11 ac e bateria com autonomia prometida de até 11 horas.

Seu suporte permite o posicionamento mais flexível, e o teclado com trackpad conta com teclas com intervalo de 1,5 mm, com repouso de pulso integrado. O leitor de digitais permite a combinação dessa opção com o Windows Hello.

Não foram reveladas datas concretas de disponibilidade dos produtos em cada país, mas sabemos que o ASUS Transformer 3 vai custar a partir de US$ 799, enquanto que o ASUS Transformer 3 Pro tem preço inicial sugerido de US$ 999. Não há preço anunciado para o ASUS Transformer Mini.

ASUS ZenBook 3 é oficial: mais fino, leve e potente que o MacBook

by

ASUS ZenBook 3

A ASUS apresentou na Computex 2016 o seu novo notebook ASUS ZenBook 3.

O ultraportátil top de linha consegue melhorar em aspectos importantes em relação ao MacBook, que foi diretamente comparado durante a sua apresentação. Sua chamativa aparência, com design reduzido e colorido baseado em três tons (dourado, cinza e azul escuro) são reforçados pelos apenas 11.9 milímetros de espessura, derrotando os 13.1 milímetros presentes no portátil da Apple.

No peso, a diferença é menor: o ASUS ZenBook 3 pesa 910 gramas, contra 920 gramas do MacBook. Para alcançar esse resultado, eles utilizaram o alumínio aeroespacial, que também oferece uma resistência 40% maior que os modelos anteriores dessa série.

ASUS ZenBook 3-03

As imagens mostram uma borda de tela reduzida, onde 82% da parte frontal do portátil é composta da tela de 12.5 polegadas, com proteção Gorilla Glass 4. Há diferentes configurações e preços, mas em todos os modelos contaremos com processadores Intel (até Core i7), trabalhando com 1 TB de SSD (PCIe 3.0) e 16 GB de RAM (LPDDR3). Segundo a ASUS, o modelo com processador mais potente é 1.5 vezes mais rápido que o MacBook, e o SSD é 2.36 vezes mais rápido. O novo sistema de ventilação conta com apenas 3 milímetros de espessura.

O ASUS ZenBook 3 conta com uma porta USB Type-C, que também atua como conector de vídeo, além de servir como porta de recarga Thunderbolt 3. Parece que este é o único conector presente no portátil, o que obriga o uso de adaptadores. Na bateria, há um sistema de recarga rápida que permite alcançar até 60% de carga em apenas 49 minutos. Sua bateria de 40Wh oferece uma vida útil de até 9 horas de uso normal.

ASUS ZenBook 3-02

O ASUS ZenBook 3 também conta com um leitor de digitais integrado no trackpad, tirando partido do modo de autenticação proposto no Windows Hello. E todo o trabalho de design para miniaturizar um equipamento como esse se reflete em elementos como o sistema de refrigeração e no teclado. Nesse último item, podemos contar que o seu novo sistema de teclas tem um tamanho mínimo, mas mantendo um teclado de tamanho completo, com um espaço de teclas de cômodos 0,8 milímetros. E sim, é um teclado retroiluminado. Por fim, os alto-falantes desse portátil são assinados pela Harman Kardon.

ASUS ZenBook 3-04

Toda essa tecnologia e design tem um preço, mas nesse caso não sai muito do previsível. O modelo mais completo custa US$ 1.999, e conta com processador Intel Core i7, 16 GB de RAM e 1 TB de SSD. Por US$ 1.499, há um modelo idêntico ao anterior, mas com a metade da SSD. O modelo mais básico custa US$ 999, e oferece um processador Intel Core i5, 4 GB de RAM e 256 GB de SSD.

ASUS ZenBook 3-05