Arquivo para a tag: cloud

Vendas de smartphones da Microsoft caem 73%, e não se vê luz no fim do túnel

by

windows-10-mobile-final

A Microsoft apresentou os seus relatórios financeiros do primeiro trimestre de 2016, e apresentou números abaixo das expectativas, reforçando a tendência de queda dos trimestres anteriores. Com receita de US$ 20.5 bilhões e lucros líquidos de US$ 3.8 bilhões, as quedas foram de 5.5% e 24% respectivamente, em relação ao mesmo período do ano anterior. Com isso, as ações da empresa caíram levemente.

A situação dos smartphones da Microsoft só se complica. A receita dessa divisão caiu 46% em relação ao ano anterior. São 2.3 milhões de dispositivos Lumia vendidos, uma queda absurda de 73% em comparação com o mesmo período de 2015, e não é surpresa ver que, no trimestre anterior, a queda foi de 54%. Ou seja, a tendência é de queda, e não há previsão de mudanças.

Mesmo assim, a boa notícia é que o Surface foi o negócio de hardware de maior sucesso da Microsoft, com aumento nas vendas de 61% (US$ 1.1 bilhão em receita). Mas não foi informada a participação de cada um dos produtos nesses lucros. O Xbox mostra 9% de aumento na venda de jogos, 18% a mais de receita na publicidade, 22% de aumento nas assinaturas e transações na Xbox Live, e 26% a mais de usuários ativos (46 milhões em todo o planeta).

As outras três linhas com crescimentos foram a Intelligent Cloud (Azure, Windows Server) com receita de US$ 6.1 bilhões (3% a mais que em 2015), a More Personal Computing (Windows 10) e a Productivity & Business Services (Office), com ganhos de 1% cada uma.

A More Personal Computing apresentou uma queda de 26% nas receitas por licenças de patentes, e a Azure é o grande negócio na nuvem para a Microsoft, com um brutal aumento de 120%. Por fim, o Office 365 conta com 22.2 milhões de assinantes.

Não é um cenário simples para a Microsoft. Sua aposta na nuvem foi a melhor decisão que eles tomaram, e ao lado do Surface, é o que mantem a empresa em alta. Nem o Windows 10, nem o Office se destacam, e isso acontece principalmente por conta da queda nas vendas de PCs. A situação dos smartphones é bem preocupante, já que até agora não há uma estratégia clara e agressiva para impulsionar o setor.

Porém, Satya Nadella já esclareceu que eles estão conscientes do problema, e que tomarão providências sobre o assunto. Mas o que fica cada vez mais claro é que o negócio de smartphones deixou de ser uma prioridade para a Microsoft.

Para quem gastou o rico dinheirinho no Windows 10 Mobile… lamento por você. De verdade.

Via Microsoft

Acordo milionário une iCloud e Google Cloud

by

mulher-usando-google-no-smartphone

A Apple chegou a um acordo multimilionário com a Google para mover parte do iCloud e outros serviços baseados na nuvem para a Google Cloud Platform.

As fontes da notícia garantem que a empresa de Cupertino está usando hoje uma combinação de servidores da Amazon Web Services, Microsoft Azure e os seus próprios centros de dados, e ainda que a operação não está confirmada oficialmente, os rumores indicam que o acordo teria sido fechado em um valor que ronda os US$ 400 milhões e os US$ 600 milhões.

A Google segue capaz de capturar clientes de grande calibre, graças ao seu contínuo esforço para alcançar a Amazon e a Microsoft. A manobra vai precisar de pelo menos um ano para se tornar efetiva, e que a Google não vai ganhar nada com essa operação.

Por outro lado, a Alphabet pode considerar isso uma vitória. Levando em conta que a Apple poderá seguir expandindo os seus centros de dados, e que os serviços na nuvem seguirão crescendo em grande escala, a Google pode fazer um belo caixa em médio e longo prazo.

Via Financial Times, CRN

Ubuntu é a distribuição Linux mais popular na nuvem

by

ubuntu

Podemos dizer (quase) sem medo de errar que o Ubuntu é a distribuição Linux mais popular de um modo geral. Temos outras igualmente interessantes, como a Debian ou a Mint, por exemplo, mas fato é que a distro da Canonical é realmente muito popular, inclusive nos setores específicos, como é o da computação na nuvem.

No gráfico que acompanha essa notícia, podemos ver que, de acordo com os dados do Amazon Cloud, 57% do mercado Linux nessa categoria pertence ao Ubuntu. A marca é o dobro da soma de todas as demais distribuições, incluindo a Centos e a Debian.

A Centos o cupa a segunda posição, mas com uma grande distância do Ubuntu. A terceira posição fica para a Redhat Enterprise, enquanto que as demais posições se repartem entre Debian, Scientific Linux e Fedora.

Ubuntu-linux-cloud-os

Não resta dúvidas que a facilidade de uso do Ubuntu (inclusive para os usuários com menos experiência), unida à grande comunidade que respalda a distro, a grande quantidade de informação que existe sobre ela e os seus bons ciclos de atualização e suporte foram fatores decisivos na sua crescente popularidade.

Via Fossbytes

Amazon Cloud Drive é lançado oficialmente no Brasil

by

amazon-cloud-drive

A Amazon, através de sua assessoria de imprensa, informa que o serviço Amazon Cloud Drive está disponível a partir de hoje (11) para os usuários brasileiros. Com ele, é possível fazer o upload e armazenamento de fotos, vídeos pessoais e arquivos digitais na Amazon Cloud, podendo acessá-los via Cloud Drive em smartphones, tablets, PCs, Macs ou via navegadores web.

O Cloud Drive é um serviço gratuito, e no ato de sua inscrição, os usuários recebem 5 GB de armazenamento na nuvem. O formato chega para competir com serviços similares de outras gigantes da tecnologia, como o iCloud (Apple), o OneDrive (Microsoft), o Google Drive (Google), o Dropbox e outros, reforçando a tendência da computação na nuvem.

O Cloud Drive oferece uma experiência complementar, não só permitindo o armazenamento, mas a prática visualização de conteúdos de fotos e vídeos a partir de qualquer lugar, e com qualidade. Também conta com sistema de upload automático de fotos e vídeos a partir de dispositivos móveis, além de oferecer o sistema de proteção da Amazon para os seus arquivos digitais.

Para obter maiores informações sobre o Amazon Cloud Drive, ou até mesmo fazer a sua inscrição no serviço, acesse: amazon.com.br/clouddrive.

Microsoft lança oficialmente o OneDrive, com 100 GB gratuitos por 1 ano

by

OneDrive-Microsoft-Collection

Tal e qual já foi amplamente divulgado, o serviço de armazenamento na nuvem da Microsoft mudou de nome. Hoje (19), o OneDrive é oficialmente lançado, e com a nova identificação, temos um presente de 100 GB gratuitos por um ano para 100 mil usuários (a Microsoft não dá detalhes sobre o que devemos fazer para conseguir esse presente).

Os demais mortais poderão desfrutar dos 7 GB de armazenamento gratuitos, mais é possível conseguir 5 GB extras se você convidar amigos para o OneDrive (500 por convite), além de 3 GB adicionais, e você ativar o envio de fotos automática no aplicativo oficial para Android, iOS ou Windows Phone.

Para aqueles que precisam de mais espaço de armazenamento, sempre poderão adquirir planos anuais de 50, 100 e 200 GB.

Via blog.onedrive.com

Microsoft pode estar desenvolvendo um sistema operacional baseado na nuvem para o governo dos Estados Unidos

by

microsoft-logo-2012

O governo dos Estados Unidos segue ocupando as manchetes dos blogs/sites de tecnologia. Dessa vez, ela figura ao lago da Microsoft. Segundo informa o ZDNet, a gigante de Redmond está criando um sistema operacional baseado na nuvem, totalmente personalizável, para uso nos computadores do governo norte-americano.

Ainda segundo o site, outros serviços como o Windows Azure ou o Windows Server já são utilizados hoje pela administração de Barack Obama, o que comprova a proximidade das duas instituições. O sistema operacional baseado na nuvem privada que a Microsoft estaria desenvolvendo poderia responder pelo nome de código “Fairfax”, e teria uma proposta muito parecida com aquela encontrada hoje em serviços como o Office 365, já que armazenaria dados (nesse caso, para o governo), no lugar de funcionar como um serviço multiusuário híbrido, ou seja, que além de poder ser um serviço de uso privado também aceitaria o formato de nuvem pública.

Segundo as fontes da ZDNet, caso essa nuvem privada se materialize em algum momento, parte do seu código se basearia naqueles que estão hoje presentes na tecnologia do Windows Azure, uma vez que esses são executados nos servidores físicos da Microsoft, e no caso do projeto para o governo norte-americano, eles estariam baseados nos servidores físicos da instituição pública.

Será uma questão de tempo para que os rumores sejam comprovados ou desmentidos, ainda mais quando se trata do governo dos Estados Unidos, onde todo e qualquer tipo de notícia é muito difícil de se esclarecer.

Via ZDnet

Xbox One gravará os vídeos de suas partidas a uma resolução máxima de 720p

by

titanfall-620.jpg.pagespeed.ce.RzklGKb7dK

A Microsoft segue revelando novos detalhes do seu futuro console, mas ao que parece, nem tudo vai sair ao gosto de todos. A última informação confirmada pelo fabricante está relacionada com o sistema de gravação de jogos em temo real, uma função que permitirá gravar automaticamente os cinco últimos minutos da partida, ou os últimos 30 segundos do jogo com um simples pressionar de um botão, sem precisar interromper o jogo.

Até aí, tudo lindo. Porém, Marc Whitten, chefe da divisão do Xbox, confirmou que o vídeo resultante dessa gravação só poderá ser exportado no formato 720/30p, uma qualidade um tanto quanto reduzida, se levarmos em conta que alguns jogos como Forza 5 já rodam a 1080/60p.

Por outro lado, Whitten comentou que os servidores dedicados permitirão o armazenamento desses vídeos, para uma posterior edição e compartilhamento, através do recurso Upload Studio. Levando em conta a quantidade de possibilidades e dos jogadores ativos que existem na plataforma, é possível que a tal resolução reduzida seja a melhor solução para que os 300 mil servidores disponíveis não fiquem superlotados.

Via Eurogamer

Xbox One vai oferecer espaço de armazenamento na nuvem ilimitado

by

new-xbox-one

A Microsoft não para de adicionar novidades ao Xbox One, visando conquistar os gamers de todo o planeta. A empresa confirmou de forma oficial que o seu novo console/central de entretenimento vai oferecer aos usuários da Xbox Live espaço ilimitado de armazenamento de conteúdos na nuvem.

Todos os dados do jogador cadastrado na Xbox One Live poderão ser armazenados na nuvem, para oferecer um fácil acesso do perfil do jogador em outros consoles, além de um backup seguro de todos os dados relacionados a conquistas, jogos e compras.

A Sony oferece um serviço similar, via PlayStation Plus. Porém, é um serviço pago. Resta saber se a Microsoft vai oferecer a sua solução de armazenamento de dados na nuvem de forma gratuita para os assinantes da Xbox One Live.

A Microsoft reforça que diferentes tipos de conteúdos poderão ser armazenados ao perfil de jogador do Xbox One Live, como por exemplo os dados mais essenciais do usuário, jogos, conquistas e conteúdos de mídia e entretenimento. Tudo isso poderá ser acessado automaticamente em qualquer lugar, a qualquer momento, não importando o local do planeta que o jogador está.

Via MicrosoftNeowin

SwiftKey Cloud oferece agora cópias de segurança na nuvem e atualizações diárias com os termos em destaque nas redes sociais

by

swiftkeycloudlead01.jpg.pagespeed.ce.YgU_dg3TGt

Os fãs do teclado virtual SwiftKey já podem comemorar as novidades que eles estão preparando para as próximas versões. Novas funções estarão disponíveis ao melhor teclado virtual para dispositivos móveis (minha opiniã) na sua próxima versão, a SwiftKey Cloud, que deve ser lançada em breve em estágio beta.

Como o nome já indica, o seu objetivo principal é realizar uma cópia de segurança na nuvem, com as informações salvas em seu perfil de usuário, eliminando assim a necessidade de você ter que “ensinar” ao teclado quais são os seus hábitos de escrita no smartphone ou tablet, ou até mesmo introduzir as suas preferências de configuração a cada vez que você instalar o teclado em outro dispositivo.

Outra importante novidade é a possibilidade de ampliar diariamente o seu dicionário com as palavras ou frases que estão em voga em uma determinada região do planeta, através de um elaborado sistema de análise das redes sociais, ou por qualquer outro meio online.

Por fim, mas não menos importante, o SwiftKey poderá agora se conectar com suas contas do GMail, Facebook, Twitter ou Yahoo! para tornar a sua escrita ainda mais rápida, melhorando assim a sua experiência de uso.

Abaixo, você pode ver um vídeo com um pequeno aperitivo das novidades que chegarão em breve ao SwiftKey.

 

Via Engadget, Google Play Store

Microsoft aposta na nuvem, com um grande investimento no Xbox Live e Office

by

microsoft-logo-steve-ballmer

Quando a Microsoft apresentou o Xbox One, uma coisa ficou bem clara: a nuvem é muito importante nesse novo console. O recurso de cloud vai ajudar (em partes) no seu funcionamento, e levando em conta a grande quantidade de serviços online que o Xbox One possui, não resta dúvidas que a gigante de Redmond está apostando com muita força nesse expediente. Mais uma prova disso é Microsoft está fazendo um grande investimento para inaugurar em breve um novo centro de dados, que ficará encarregado de potenciar essa nova geração de serviços online, que a empresa vai disponibilizar em um futuro próximo.

A gigante de Redmond investirá nada menos que US$ 700 milhões nesse novo centro de dados que será construído no estado de Iowa (Estados Unidos). Seu primeiro objetivo será o de potencializar o renovado Xbox Live e sua suíte online para escritório, o Office 365.

No futuro, veremos essa plataforma crescer em infraestrutura de serviços na nuvem, e este novo data center será muito útil nesse propósito, ainda que no início o seu principal propósito seja apenas para dar vida ao Xbox Live, e tudo o que esteja relacionado aos serviços online do novo Xbox.

Por outro lado, a Microsoft confirma uma importante reestruturação da empresa, para organizá-la em quatro divisões, cada uma delas com focos diferentes:

  • Uma divisão para a gestão de negócios
  • Uma divisão para o hardware, o que comprova de uma vez por todas que o Suerface é só o começo de um amplo futuro de lançamentos vindos da Microsoft, com novos produtos de diferentes segmentos
  • Uma divisão para os aplicativos e o seu desenvolvimento
  • Uma divisão focada nas variantes dos sistemas operacionais Windows

O curioso é que essa última divisão da empresa uniria o Windows tradicional (do desktop) com a versão mobile (Windows Phone), ambas trabalhando debaixo do mesmo teto. Isso pode significar que, em um futuro não muito distante (na verdade, já presente no Windows 8.1) muitas similaridades e funções conjuntas nas duas plataformas, reforçando assim o desejo final da Microsoft em criar um ecossistema único, com uma experiência de uso praticamente idêntica em todas as plataformas de software da Microsoft.

Todos esses anúncios podem ser confirmados em 01 de julho. E, pelo volume de especulações, 2013 ainda reserva muitas surpresas vindas da Microsoft.

Via

Kingston lança no Brasil pendrive Data Traveler SE6, com um sistema de gerenciador de arquivos na nuvem

by

A Kingston anunciou a chegada ao Brasil do pendrive Data Traveler SE6, que conta com uma boa variação de cores (três, preto, azul e rosa), além de um diferencial interessante: um gerenciador de arquivos na nuvem, com 6 GB de armazenamento de dados, para trabalhos escolares, músicas, fotos, vídeos e qualquer outro tipo de arquivos que o usuário deseja armazenar.

O benefício do produto é permitir que o usuário acesse o seu conteúdo de qualquer computador, não apenas aquele arquivo que está armazenado no dispositivo, mas inclusive o conteúdo que está na nuvem, inclusive naqueles momentos que o pendrive não está por perto. Além do usuário convencional, o pendrive Kingston Data Traveler SE6 também pode ser uma opção interessante para as crianças. O produto conta com o software uDrive, que permite esse gerenciamento de conteúdo na nuvem em um formato mais simples, oferecendo uma interface que entrega um visualizador de fotos, um MP3 player e um navegador de internet e redes sociais.

Para evitar que o usuário tenha os seus dados em risco, o uDrive conta com um verificador Norton PC Checkup integrado, e o browser FoozKids é totalmente customizado para uma navegação segura para as crianças.

Disponível na capacidade de 8 GB, o Data Traveler SE6 tem preço sugerido de R$ 29,90.

Via Assessoria de Imprensa

Motorola lança na China o HMC3260, um desktop Android com recursos na nuvem

by

Se você sempre quis um computador com sistema operacional Android “de verdade” (que não fosse um produto adaptado da versão do sistema vindo do smartphone ou tablet), talvez você precisa dar uma olhada para esse recente lançamento na China. A Motorola de lá anunciou oficialmente o lançamento do Motorola HMC3620, um desktop pensado para o entretenimento doméstico, com diversos recursos na nuvem, para torná-lo mais ágil e conectado.

O produto chegou ao mercado chinês, mas não há nenhuma informação de quando (ou se) vai sair do mercado asiático, mas vale a pena dar uma olhada em suas especificações técnicas. Com uma tela de 18.5 polegadas touchscreen (1366 x 768), o produto vem um com teclado e mouse sem fio, e foi desenvolvido basicamente para acesso de vídeos on-demand, jogos online, instalação de aplicativos Android e utilização de outros serviços baseados em cloud computing, todos eles compatíveis com o mercado norte-americano, o que abre a perspectiva do produto ser lançado, ao menos, nos Estados Unidos.

Além disso, o HMC3260 da Motorola possui processador dual-core ARM Cortex A8, de 1 GHz, 1 GB de RAM, 4 GB de armazenamento (expansíveis via slot para cartões microSD), integração com TV e vídeo com aplicativo próprio, e sistema operacional Android 2.3.4 Gingerbread.

Seu preço não foi anunciado, mas deixo a pergunta para vocês: um produto como esses faria sucesso no Brasil?

Via Ubergizmo

Microsoft oferece informações adicionais sobre o Office 2013 e sua integração com o Windows Phone 8

by

Por algum motivo que ainda não conseguimos entender exatamente qual é, a Microsoft está oferecendo informações sobre o Office 2013 aos poucos, no modo “suaves prestações”. Mas isso não importa. Afinal de contas, é diversão garantida (no bom sentido) quando recebemos notícias sobre a nova versão do pacote de escritório mais popular do mundo.

Dessa vez, o pessoal do blog oficial do produto, o Office Next, publicou detalhes que falam das opções para compartilhar documentos, o envio de dados na nuvem, e aquele que provavelmente é o dado mais importante desse post, a integração com o Windows Phone 8. O blog informa que os documentos estarão sincronizados entre computadores e smartphones, e o que deu para entender é que até mesmo a posição de leitura de um documento será a mesma entre os dois dispositivos.

Muitos detalhes sobre o novo software da Microsoft ainda estão por ser revelados, como por exemplo as limitações do Office para Windows Phone, mas de qualquer forma, a empresa mostrou até agora elementos muito interessantes para aqueles que precisam trabalhar com folhas de cálculo por razões profissionais. Para ler todas as novidades dessa nova leva de informações sobre o Office 2013, clique aqui.

Nokia Air: a históra de uma nuvem que nunca chegou a ser

by

Com tantos smartphones que inundam o mercado, e tantos designs marcantes, há muitos projetos fracassado que, por uma razão ou outra, nunca chegaram a ver a luz das lojas. Como por exemplo esse sistema da Nokia com sincronização na nuvem, uma interface que segundo explicam, prometia “uma experiência em todos os lugares”, já que os aplicativos não exigiam o processo de download, instalação ou atualização. Tudo estaria diretamente na nuvem, e seria executado diretamente no seu dispositivo. Goste ou não da ideia, o projeto Nokia Air foi descontinuado há muito tempo, e é muito provável que nunca vai se tornar uma realidade. Para mais detalhes sobre o projeto, clique aqui.

Changhong H5018, um smartphone “Baidu Cloud”, com 300 GB de armazenamento na nuvem

by

A Baidu apresenta uma importante novidade para o mercado asiático, e com recursos de armazenamento de dados na nuvem. O modelo Changhong H5018 foi fabricado pela Foxconn, e é muito parecido com o Dell Streak Pro D43, contando com uma versão do Android adaptada, chamada Baidu Yi.

Como argumentos principais, o telefone oferece nada menos que 300 GB de armazenamento na nuvem, funções diversas por comandos de voz (em mandarim) e um amplo leque de serviços online, todos integrados ao sistema da Baidu.

Na sua tabela de especificações, encontramos um colorido chassi de 10,3 mm de espessura, processador MTK6573 de 650 MHz, tela de 3,5 polegadas (480 x 320), câmera de 3 megapixels e bateria (não removível) de 1.400 mAh. A empresa não revela quais recursos estarão integrados à nuvem, mas sabemos que a empresa quer oferecer esse modelo como opção mais barata do Pro D43.

Sem preço, nem data de lançamento anunciada.

Via Engadget