Arquivo para a tag: Centrais Muldimídia e Media Players

Probox2 EX: mais uma central multimídia que quer conquistar a sua TV

by

Probox2-XE-

O Probox2 Ex é um set-top box que combina um excelente hardware com uma versão modificada do Android, um controle remoto que também funciona com jogos, e um preço excelente.

O produto tenta revolucionar o mundo das centrais multimídia com Android, através de um software bem adaptado, funcionando com um hardware que se ajusta às necessidades atuais. O Probox2 Ex possui um processador Amlogic S802-H quad-core de 1.6~2.0 GHz, GPU Mali-450MP octa-core, 2 GB de RAM DDR3, 16 GB de armazenamento (13 GB livres para o usuário), porta HDMI, Bluetooth, WiFi dual band, controle remoto (que funciona como mouse e controle para videogames, conta com giroscópio e microfone integrado), leitor de cartões de memória e porta Ehternet 10/100.

Remote-plus1

O Probox2 Ex possui uma versão personalizada do Android 4.4 KitKat, com uma interface desenvolvida para funcionar com o controle remoto, oferecendo o máximo de comodidade para o usuário. Esse controle é um dos pontos fortes do produto, por contar com os botões clássicos para utilização do Android e os essenciais para controlar a TV. Os sensores de movimento atuam como mouse, e o microfone integrado pode identificar os comandos de voz do Google Now.

Sem falar que, tal como mostra a foto acima, ele também pode ser um clássico controle para videogames.

O Probox2 Ex tem um preço final sugerido de US$ 150. As primeiras unidades serão enviadas a partir do dia 8 de agosto.

Via Gizmologia

EzeeCube, a central multimídia definitiva

by

ezeecube

Eu sei. O termo “definitivo” sempre traz polêmicas. Mas o EzeeCube pode ser considerado assim. O pequeno gadget é um pequeno servidor que sincronizará via rede sem fio os conteúdos com nossos smartphones e tablets, para armazenar nossas fotos e vídeos. Mas… calma… não é só isso.

O EzeeCube também atua como central multimídia, se conectando com nossa TV e reproduzindo os conteúdos armazenados, ou adicionando um módulo de expansão, para atuar como um reprodutor de discos em Blu-ray.

O principal diferencial desse produto são justamente os seus módulos de expansão. Através de sua tecnologia proprietária, é possível criar qualquer tipo de módulos com funções diferenciadas. Se a campanha do produto na Indiegogo alcançar os US$ 125 mil, teremos módulos para recarregar cartuchos de consoles do passado.

O EzeeCube deve chegar ao mercado com um preço sugerido de US$ 300, mas já é possível adquirir via crowdfunding por US$ 149, mas sem um disco rígido interno.

 

Via Indiegogo

WD TV, o novo streamer da Western Digital

by

wd-tv

A Western Digital volta a ser destaque com suas centrais multimídia. Dessa vez, temos o sucessor de um dos seus produtos, o WD TV.

Com esse nome simples, o WD TV conserva todas as qualidades do WD TV Live, adicionando a compatibilidade com o padrão Miracast, permitindo o envio de conteúdos do seu tablet e smartphone para a TV, de forma simples e descomplicada.

O WD TV também pode reproduzir uma grande variedade de formatos (MP4, MKV, MOV, FLV e AVI), e possui uma série de interfaces de conectividade (Ethernet, HDMI, SPDIF e USB). E pode ser controlado pelo seu smartphone iOS e Android.

Seu preço sugerido é de US$ 99 nos Estados Unidos, e já está disponível para compra por lá.

Via  Gizmologia

HP Chromebox é anunciado oficialmente

by

hp-chromebox_01

Muito se falou sobre o Chromebox, mas até agora, só conhecíamos o modelo desenvolvido pela ASUS. Isso muda hoje (19) com o anúncio oficial do HP Chomebox. O pequeno computador multimídia com sistema operacional Chrome OS da Google será oferecid com duas configurações, ambas com chips da Intel, que é “dona” do seu hardware principal.

As duas versões contam com processadores Intel Celeron 2955U e Intel Core i7-4600U – este último da família Haswell. Como outros produtos com Chrome OS, sua memória de armazenamento é uma SSD de 16 GB.

hp-chromebox

Sua configuração base terá 2 GB de RAM, mas é possível adquirir o produto com até 8 GB de RAM. Nas suas conexões, vemos uma saída HDMI, outra DisplayPort, porta Ethernet, slot para cartões SDXC, WiFi e Bluetooth 4.0.

Ainda não está claro quando o produto será lançado em específicos mercados, assim como detalhes de sua especificação técnica (já que os dados foram extraídos de uma folha de especificações publicada na loja online da HP). Mas já sabemos que o produto deve chegar no hemisfério norte e em alguns mercados da América Latina em junho, com preços de US$ 200 para a versão mais básica, e US$ 600 para o modelo mais avançado.

Mais imagens do produto a seguir.

hp (1) hp 4 hp 3 hp 2 hp

Via HP

Dicas de Compras | Sling Media Slingbox 350

by

Sling Media Slingbox 350

Oferta com tempo limitado para a data indicada no título desse post (ou enquanto durarem os estoques do e-commerce).

O Sling Media Slingbox 350 está com o preço sugerido de R$ 799, para pagamento via cartão de crédito, com parcelamento em até 12 vezes sem juros.

Para comprar esse produto no TargetHD, clique no banner no final do post (ou nas imagens que ilustram essa publicação).

04-botao-clique037-180.jpg

Assim é o Cyclone, o “Apple TV” da BlackBerry que nunca chegou ao mercado

by

bbcyclone01a

Houve um tempo que a então toda poderosa BlackBerry apostava em qualquer tipo de produto, e apostou na arriscada estratégia em enfrentar os seus rivais em todos os mercados. O tempo mostrou que essa tática não deu certo, e a prova disso é o fracasso do tablet PlayBook. Mas… você sabia que a gigante de Waterloo estava pensando em apostar no mercado de entretenimento?

Pois é. As fotos desse post mostram o Cyclone, a alternativa da BlackBerry contra o Apple TV. Um usuário do CrackBerry enviou essas fotos e garante ter pelo menos 10 unidades desses dispositivos que supostamente foram fabricados pelos canadenses. Como você pode ver nas imagens abaixo, o dispositivo contava com um controle remoto, e se conectava à TV via HDMI e ao roteador via WiFi. Uma das fotos mostra até os aplicativos disponíveis, entre eles o YouTube.

bbcyclone02a bbcyclone05a bbcyclone06a

Como já afirmamos, ainda que o certo é que qualquer coisa é possível nesse momento, o mais lógico é que esse produto jamais chegará ao mercado, e passe a ser uma cobiçada peça de colecionadores.

E… se alguém encontrar uma unidade dessas em suas andanças pelo mundo, saiba que eu estou interessado, ok?

Via N4BB, CrackBerry

Dia do Consumidor | Apple TV 3ª Geração, por R$ 293 (19-03-2014)

by

apple-tv-01

Oferta com tempo limitado para a data indicada no título desse post (ou enquanto durarem os estoques do e-commerce).

O Apple TV de 3ª Geração (1080p) está com o preço promocional de R$ 293, com opção de pagamento no boleto bancário, ou R$ 332, para pagamento via cartão de crédito, com parcelamento em até 12 vezes sem juros.

Para comprar esse produto no TargetHD, clique no banner no final do post (ou nas imagens que ilustram essa publicação).

apple-tv-03 apple-tv-04

apple-tv-05

04-botao-clique037-180.jpg

Criadores do TiVo lançam o QPlay, um dispositivo para serviço de streaming

by

QPlay

Muita gente que lê o TargetHD conhece o TiVo, mesmo não sendo um serviço mundial. O pioneiro no segmento de DVR (Digital Video Recorder, ou gravador de vídeo digital), que hoje está presente nas principais operadoras de TV por assinatura do Brasil e do mundo, anunciou um novo produto, o QPlay, que nada mais é do que um adaptador que chega para competir diretamente com o Roku.

O QPlay vai permitir o streaming de serviços de internet multimídia, tanto grátis como pagos, como Netflix, Hulu e YouTube, que se conecta na TV, sendo quase tão pequeno quanto um pendrive ou HD portátil. De quebra, o dispositivo pode ser controlado completamente a partir do iPad.

Obviamente, todo o vídeo será reproduzido a partir da nuvem, o que permite que você utilize o iPad para outra atividade, ou até mesmo desligá-lo durante a reprodução do conteúdo. Para quem não tem um iPad, também está disponível um aplicativo para o iPhone, e para os smartphones Android, um aplicativo será lançado no futuro.

O que torna o QPlay diferente do Chromecast ou do Roku é que ele conta com listas de reprodução automáticas, criadas a partir de feeds do Twitter ou RSS, conhecidas como “Qs”. Isso quer dizer que se, por exemplo, você quer ver tudo o que as pessoas que você segue no Twitter, você pode fazer isso. E não precisa configurar nada. O mesmo pode acontecer com todas as suas assinaturas do YouTube, ou criar a sua própria lista a partir do zero.

O dispositivo está disponível em fase de early adopters, com poucos recursos disponíveis. No estágio atual, ele apenas permite ver os vídeos do YouTube, Vimeo e similares. Para o futuro, além de oferecer aplicativos para Android, também é esperada a integração com o Hulu, Netflix e outros. Além disso, eles planejam manter os aplicativos móveis gratuitos, mas agregando serviços adicionais que serão pagos.

O QPlay tem preço sugerido de US$ 49.

Via GigaOM

Rumor: Amazon estaria desenvolvendo sua Web TV, com possível lançamento em março

by

AmazonInstantPrimeMovies

A Amazon estaria desenvolvendo um dispositivo de Web TV, que poderia chegar ao mercado no final do mês de março. Quem informa é o site Re/code.

Citando fontes da indústria e sócios da Amazon, Peter Kafka, colaborador do Re/code, afirma que a caixa de streaming de vídeo da Amazon vai competir com o Apple TV e o Roku, para reproduzir conteúdos da internet da TV. A Amazon já oferece programas de TV e filmes através do serviço Prime, e agora começa a produzir programas originais. Ou seja, um produto como o Web TV se encaixaria organicamente com todas essas propostas de entretenimento.

O dispositivo supostamente utilizará o sistema Android, escolha essa considerada óbvia, uma vez que os tablets Kindle utilizam uma versão personalizada do sistema operacional da Google. Os jogos talvez façam parte dos itens opcionais, mas isso ainda está por ser decidido. Porém, tudo aponta para o potencial dessa relação.

Recentemente, a Amazon publicou ofertas de emprego para desenvolvedores de videogames. Neste mês de fevereiro, a mesma Amazon adquiriu o estúdio de jogos Double Helix, e em janeiro de 2014, o site especializado em games VG247.com informou que a gigante do e-commerce lançaria um console Android ainda este ano, sendo uma proposta similar a outros produtos, como o Ouya.

A Amazon não comentou os rumores.

Via Re/code

Dicas de Compras | Apple TV de 3ª Geração (1080p), por R$ 282 (07-02-2014)

by

apple-tv-01

Oferta com tempo limitado para a data indicada no título desse post (ou enquanto durarem os estoques do e-commerce).

Apple TV de 3ª Geração (1080p) está com o preço promocional de R$ 282, com opção de pagamento no boleto bancário, ou R$ 314, para pagamento via cartão de crédito, com parcelamento em até 12 vezes sem juros.

Para comprar esse produto no TargetHD, clique no banner no final do post (ou nas imagens que ilustram essa publicação).

apple-tv-03 apple-tv-02 apple-tv-04 apple-tv-05

04-botao-clique037-180.jpg

Winamp se esquiva da morte, e estaria prestes a ser vendido

by

winamp

Muitos lamentaram o anúncio da morte do Winamp. E muitos desses muitos devem estar vibrando com essa notícia. Há quatro semanas, a AOL anunciou o fim do projeto do popular reprodutor multimídia, que fez com que milhões de pessoas descobrissem a música no formato digital. Chegaram a anunciar que o site Winamp.com e todos os seus serviços associados desapareceriam no dia 20 de dezembro de 2013.

Porém, estamos no dia 21 de dezembro de 2013, e nesse exato momento (15h53), o site do Winamp continua no ar. E pode continuar assim.

Segundo informa o site TechCrunch, a AOL estaria negociando a venda do Winamp e de sua respectiva plataforma de streaming Shoutcast com uma ou mais empresas que não foram identificadas. A Microsoft seria uma dessas empresas, mas até o momento, nenhuma das envolvidas confirmam qualquer tipo de informação (algo que é natural, ainda mais se ambas estiverem em processo de negociação).

A única coisa que ainda é certa é que o Winamp.com segue ativo, assim como os downloads do software. Algo que parece ser bem lógico, se considerarmos que encerrar o Winamp e espantar os seus usuários reduziria drasticamente o valor de venda do atraente produto. Aparentemente, as negociações estão em estágio avançado, e até que elas não se encerrem, os serviços seguem ativos.

Desde o anúncio do fechar de suas portas, muitas manifestações pela permanência do Winamp emergiram dos diferentes rincões da internet, incluindo solicitações para a liberação do seu código. Algumas alternativas genéricas apareceram, mas nada substitui o original.

Seja como for, o meu melhor conselho a essa altura do campeonato é: corra para fazer o download do Winamp, enquanto ainda há tempo para isso.

Via TechCrunch, Winamp

Samsung Smart Media Player é anunciado oficialmente

by

Samsung-Smart-Media-Player

Nem tudo no mundo da Samsung gira em torno de smartphones. Eles lançaram nessa semana o seu Smart Media Player (GX-SM530CF), um set-top box que conta com mais de 100 aplicativos, que pode transformar a TV do usuário uma autêntica Smart TV, além de permitir a visualização dos canais de TV a cabo.

Entre os aplicativos presentes no Samsung Smart Media Player, estão os mais populares serviços de streaming de vídeo da internet, como por exemplo o VUDU, Amazon Instant Video, Netflix e YouTube. O produto também oferece ao usuário o acesso à programação da TV a cabo sem a necessidade de pagar o aluguel do equipamento, através da tecnologia CableCard. Funcionam com as operadoras norte-americanas, e podem render uma economia de até US$ 2.50/mês.

O dispositivo vem com um controle remoto, que permite ao usuário alternar de forma simples entre o conteúdo da TV a cabo, filmes, games e outros conteúdos da Smart TV, com um “simples deslizar de dedo”. A Samsung também adicionou o sistema S-Recommendation, que trabalha em conjunto com um software da Samsung, que oferece ao usuário sugestões da programação na tela da TV, sem a necessidade de zapear pelos canais.

O Samsung Smart Media Player está disponível para compra nos EUA a partir do dia 23 de outubro, com preço sugerido de US$ 149,99. Resta saber se ele será competente o suficiente para competir com as soluções hoje oferecidas pela Apple, Roku ou Google.

Via CNET

Multilaser anuncia o Webbox, o media player com sistema Android

by

multilaser-webbox

A Multilaser anuncia o lançamento oficial do Webbox, a sua solução de reprodutor de conteúdos multimídia com sistema Android. O produto também se apresenta como “o computador que se conecta na TV”, uma vez que oferece também os principais recursos de navegação à internet, gerenciamento de arquivos e instalação de aplicativos do sistema da Google.

O produto conta com a versão 4.0 Ice Cream Sandwich do sistema Android, e oferece acesso aos principais aplicativos de redes sociais e comunicação instantânea, como Facebook, Twitter, Google+, Hangout e Skype. Para cumprir com as suas aspirações de oferta de entretenimento, o Webbox também conta com os aplicativos do YouTube e do Netflix pré-instalados, além dos jogos Angry Birds e Fruit Ninja.

O produto é compatível com a Google Play Store, permitindo a instalação de outros aplicativos compatíveis com o produto e a sua versão do Android. Você pode conectar o Webbox na internet via cabo RJ45 ou Wi-Fi, através do roteador doméstico. O modelo acompanha um controle remoto que possui um teclado QWERTY físico, facilitando assim a interação do usuário com o produto. O controle também possui um sensor de movimento, permitindo um acesos mais prático aos elementos da tela.

O usuário também pode assistir filmes e vídeos em alta definição, utilizando a saída HDMI do produto. Também pode reproduzir vídeos em diversos formatos, através das duas portas USB, que pode receber pendrives e HDs externos, ou do slot para cartões SD, transformando assim o produto em um autêntico media player.

Preço sugerido de R$ 449,00.

Via Assessoria de Imprensa

Sony FMP-X1 4K Media Player, preparado para as novas TVs UHDTV

by

Sony-FMP-X1-4K-Media-Player

Não adianta você oferecer TVs na resolução 4K sem ter dispositivos que reproduzam o conteúdo de vídeo nessa resolução. Pensando nisso, a Sony anunciou lá forao FMP-X1 4K Media Player, que deve cumprir esse papel a partir do meio do ano, quando o seu lançamento está previsto, com preço sugerido de US$ 699.

Para que o usuário já possa testar a nova resolução de imagem logo de cara, o FMP-X1 vai contar com dez filmes e curta metragens previamente armazenados no Media Player, com títulos dos mais variados gostos, como A Ponte do Rio Kwai, Karate Kid, Taxi Driver e Total Recall. Bom, essa oferta também serve para amenizar o salgado preço cobrado pelo produto. Deixando de lado o fato que o produto vai reproduzir imagens em UHDTV (e isso não justifica o seu preço), um bom media player custa, pelo menos, US$ 550 a menos que o lançamento da Sony (e algumas pessoas ainda vão achar esse valor elevado).

Junto com o lançamento do FMP-X1, a Sony também vai lançar um serviço de distribuição de vídeos online que os proprietários do novo Media Player poderão usufruir. O serviço vai oferecer um grande acervo de vídeos em 4K por um preço reduzido, com uma promessa de uma grande variedade de produções, incluindo os filmes da Sony Pictures Entertainment. O quanto isso será barato para o usuário, ainda não sabemos, mas deve ser anunciado antes do lançamento oficial do produto.

Agora, some os US$ 4.999 (preço inicial) de uma de suas TVs 4K que começam em breve a sua pré-venda lá fora, com esse Media Player de US$ 699… e concluímos que essa combinação é viável apenas para quem tem um limite farto no cartão de crédito.

Via SlashGear

Huawei apresenta o seu novo media center MediaQ M310 na MWC 2013

by

huawei-m310-432x500

 

Com o apagar das luzes da Mobile World Congress 2013, publico a última novidade que achei interessante no evento de Barcelona. A Huawei anunciou o lançamento do seu pequeno set-top box com sistema Android, o Huawei MediaQ 310, que foi visto pela primeira vez na CES 2013, mas agora, se faz oficial.

O produto se destaca pelo pequeno tamanho, e da tecnologia devidamente ajustada para a reprodução de conteúdos multimídia. Todos os seus componentes estão em uma diminuta carcaça de apenas 14 mm de espessura. É pequeno o suficiente para, por exemplo, ser discreto o bastante para ficar escondido no meio dos equipamentos que você tem na sala de casa para assistir TV.

Apesar de suas dimensões compactas, o novo media player da Huawei também se destaca por oferecer um hardware robusto para a reprodução dos conteúdos multimídia. Segundo o seu fabricante, o produto suporta a reprodução em modo multi tela, gerenciamento de mídia, vídeo chamadas e até jogos. Isso tudo é possível graças ao seu processador Cortex A9 quad-core presente em suas especificações técnicas.

As vídeo chamadas podem ser realizadas através de uma câmera USB que é instalada no equipamento, e o dispositivo também suporta a reprodução de conteúdos multimídia via wireless (exibindo tudo via HDMI). O MediaQ 310 conta com 32 GB de armazenamento interno (expansíveis via slot para cartões de memória) e já vem com alguns jogos pré-instalados.

De quebra, o produto da Huawei vem com um controle remoto universal, que pode controlar não só o set-top box, mas também a sua TV e outros equipamentos de entretenimento doméstico. Também conta com um software que converte o seu smartphone ou tablet em um controle remoto, para tornar a sua utilização algo mais prático.

O preço e a data de lançamento do MediaQ 310 ainda serão revelados pela Huawei.

Via SlashGear

 

Samsung HomeSync: conheça o concorrente do Google TV

by

A Samsung anunciou de forma oficial o lançamento do Samsung HomeSync, um dispositivo com sistema operacional Android dedicado ao lar, que tem o objetivo de competir diretamente com o Google TV no mercado de entretenimento doméstico, dado as suas características técnicas.

O Samsung HomeSync oferece uma solução para as atividades de entretenimento para TVs de tela grande, e uma nova forma de consumir uma experiência de áudio e vídeo com uma interface de usuário Android 4.1 Jelly Bean. O dispositivo conta com uma unidade de 1 TB de armazenamento, que é capaz de se sincronizar em vários dispositivos, oferecendo a capacidade de armazenar nosso conteúdo de forma privada ou compartilhada. Suporta até oito contas diferentes, para que cada usuário da família possa personalizar e carregar os seus próprios conteúdos de forma exclusiva, através de uma conta com nome de usuário e senha.

Os consumidores desta nova solução de entretenimento poderão consumir os jogos disponíveis na Google Play Store, reproduzir músicas, ver filmes e programas de TV, além dos conteúdos por streaming dos dispositivos da sua casa. Além disso, como forma de unificar o ecossistema de produtos, os usuários que contam com um dispositivo Galaxy em casa (como o recém lançado Galaxy Note 8.0) poderão interagir com o HomeSync e ver todos os seus arquivos de vídeo em Full HD (1080p).

Principais características:

  • Processador de 1.7 GHz dual-core (fabricante desconhecido até o momento)
  • 1 GB de RAM
  • 8 GB de armazenamento flash
  • Suporte para todos os padrões de vídeo e codecs de áudio
  • Conexões Wi-Fi e Bluetooth
  • USB 3.0

O Samsung HomeSync chegará ao mercado internacional durante o mês de abril, em países selecionados que não foram divulgados pela Samsung. Seu preço também não foi anunciado.

CuBox Pro é um computador portátil bem diferente do convencional

by

Quando pensamos em um computador portátil, normalmente não imaginamos algo parecido como o CuBox Pro, que nada mais é do que mais um computador destinado a ocupar o mínimo de espaço físico, gerando o menor consumo de energia possível. Mas esse aqui é, definitivamente, muito pequeno.

Com o CuBox Pro, temos uma redefinição do conceito de portátil, tal como conhecemos. Si, faz falta os periféricos para trabalhar com ele, uma vez que o produto não acompanha um telado, monitor ou mouse, mas a sua capacidade de processamento está lá, mesmo em um receptáculo que mede um pouco mais de 5 centímetros de largura. Resumindo: o produto cabe literalmente na palma da sua mão, e pode ser transportado de casa para o trabalho, para que você utilize as mesmas especificações técnicas nos dois ambientes, com todos os recursos pré-definidos.

A lógica nos faz pensar que tudo que é muito pequeno no mundo da tecnologia não é algo muito potente. No caso do CuBox Pro, essa frase não é totalmente verdadeira. O produto conta com um processador ARM PJ4 com 800 MHz, um decodificador de vídeo de 1080p, um motor gráfico OpenGL/ES 2.0 e 2 GB de RAM nessa versão Pro. Também conta com uma porta Ethernet, saída ótica de áudio SPDIF, saída HDMI, porta eSata 3Gbps, duas portas USB 2.0 e slot para cartões microSD. Nada mal para um computador com dimensões muito reduzidas.

Por fim, o CuBox Pro ainda conta com um receptor infravermelho, para que você possa utilizá-lo como um media center, com direito a utilizar um controle remoto para facilitar a sua vida. O computador vem com o sistema operacional Ubuntu pré-instalado (ou seja, não é um sistema operacional móvel, e sim um sistema para desktops de verdade), e tudo isso vai chegar ao consumidor final por um preço de US$ 160 (se você solicitar de forma prévia, ele sai por US$ 130).

Ao que parece, o produto parece ser um concorrente direto do Raspberry Pi, principalmente pelo fato de ser focado naqueles que não querem aprender como um sistema funciona, e que não quer chegar perto nas linhas de código do sistema. O produto também pode ser uma concorrência interessante no mercado de media centers, já que tudo o que você vai precisar fazer para rodar seus vídeos na TV é conectar um disco rígido portátil, e pronto. Um media center que não vai ocupar espaço na sala de sua casa.

Todo esse pacote de benefícios e maravilhas vem com um consumo de energia de apenas 3W quando reproduzindo um vídeo em Full HD, o que torna o produto muito recomendado para aqueles mais preocupados com a conta de luz de sua casa.

Para mais informações, acesse a página oficial do produto na internet.

APC Paper coloca um PC Android de US$ 99 em um livro reciclado

by

Mais um lampejo de criatividade vinda da VIA: um computador Android, que custa menos de US$ 100, mas que cabe perfeitamente em um livro reciclado. O produto ainda é um protótipo, tanto na sua plataforma quanto no seu conceito de montagem, mas que pode vir muito bem a calhar para quem precisa economizar espaço no seu uso diário, mas para quem quer transportar o seu computador (Android) para qualquer lugar, literalmente.

O modelo usa um processador VIA Cortex-A9, e está disponível em duas versões: a APC Rock, que é basicamente a placa de contato, e a APC Paper, que é o kit completo, com o tal livro feito de cartão reciclado. O produto tem como objetivo ser aquele computador a ser conectado no monitor ou na TV para oferecer uma navegação básica na internet, permitindo a realização de tarefas relativamente simples, como edição de documentos, acesso às redes sociais, navegação web via browser, jogos, entre outros. Tudo isso é gerenciado pelo sistema operacional Android 4.0 Ice Cream Sandwich.

O Rock APC conta com um hardware que lembra mesmo as set-top boxes existentes no mercado: possui 4 GB de armazenamento em memória flash e 512 MB de RAM DDR3, além de um hardware com gráficos acelerados e saída de vídeo VGA e HDMI, esse último com suporte para vídeos em 1080p. O processador A9 trabalha a 800 MHz, e um slot microSD está convenientemente instalado, permitindo a expansão do armazenamento do dispositivo.

Portas? Sim, claro. o produto conta com duas portas USB 2.0 e uma porta micro USB OTG (On The Go), além das portas Ethernet, de entrada/saída de áudio e portas para conectividades extra. Vale lembrar que o Android 4.0 Ice Cream Sandwich presente nesse produto foi especialmente preparado para receber periféricos como teclados USB e outros dispositivos que facilitam a vida do usuário na hora de operar o produto.

A versão mais básica do produto (APC Rock) já está disponível no mercado (só a placa, sem a carcaça externa), e custa US$ 79. A versão completa, com o livro como case (APC Paper), estará disponível no mercado em março, e tem preço sugerido de US$ 99.

Via SlashGear

Space BR lança no Brasil o Born PC, ou “o menor PC do mundo”

by

Seguindo a tendência dos minicomputadores multimídia com sistema operacional Android, a Space BR traz para o Brasil o Born PC, modelo que eles colocam a credencial de “o menor PC do mundo”.

O Space Born PC é do tamanho de um pendrive, ou de um modem USB 3G. Ele mede menos de 10 cm, mas é capaz de abrigar um módulo de memória RAM de 512 GB (expansíveis para até 1 GB), 4 GB de ROM (expansíveis para até 32 GB), além de um processador Renesas dual-core de 1.06 GHz, o que deve ser mais que suficiente para rodar com certa fluidez o sistema operacional Android 4.0 Ice Cream Sandwich que está presente no produto.

O Space Born PC ainda conta com conectividade Wi-Fi 802.11, e como já é característico de produtos dessa modalidade, a conexão com o monitor ou TV é feita pela entrada HDMI do dispositivo de reprodução de imagens. A partir daí, você tem a interface Android devidamente customizada para oferecer ao usuário recursos como navegação na internet, download de aplicativos, reprodução de arquivos de vídeo e áudio, além de acessar, editar e salvar documentos, entre outras atividades básicas.

O produto também pode atuar como media player, permitindo a reprodução de arquivos dos principais formatos de áudio, vídeo e imagem. O produto também possui suporte para reprodução de vídeos em Full HD (1920 x 1080 píxels). O preço sugerido do produto é de R$ 299,00.

Via Assessoria de Imprensa

ASUS anuncia o lançamento do Qube, o seu primeiro dispositivo com Google TV #CES2013

by

A ASUS prometeu um dispositivo com Google TV para a CES 2013, e cumpriu com a promessa, anunciando o Qube, o seu media box que tem um ar de Boxee Box. O modelo vem com a proposta de oferecer uma interface simples e de fácil navegação para o usuário, oferecendo conteúdos on-demand, via streaming, navegação na internet entre outras funcionalidades.

A pequena caixinha conectado usa um controle remoto com sensor de movimento, mas também permite o uso do smartphone Android do usuário, através do aplicativo de controle remoto da própria ASUS, disponível na Google Play. O conceito Qube está presente até mesmo na interface de usuário, que é em forma de cubo, para facilitar a visualização do usuário dos conteúdos disponíveis.

Entre os conteúdos disponíveis, encontramos serviços de peso, como Netflix, Amazon Instant Video e Google Play, que estarão com conteúdos para aluguel e compra disponíveis, além de um navegador web integrado e todos os demais recursos já conhecidos no Google TV.

A ASUS não quis revelar maiores detalhes sobre as especificações de hardware do produto, uma vez que o Qube ainda está em análise na FCC norte-americana, mas rumores insinuam que o modelo deve contar com um processador Marvell ARMADA. Portas USB e HDMI é algo que pode ser dado como certo, além de um conector Wi-Fi integrado e Bluetooth, para as funções de controle remoto.

Assim como sua data de lançamento, o preço do ASUS Qube não foi revelado.

Via SlashGear