Arquivo para a tag: case com bateria

Novo Kindle da Amazon virá com carcaça recarregável

by

Kindle_Voyage_lead-1

Segundo o The Wall Street Journal, o novo Kindle que a Amazon deve apresentar na semana que vem pode oferecer ainda mais autonomia de bateria (não que ele precise, pois o dispositivo é excelente nesse aspecto).

A próxima versão do leitor de livros eletrônicos virá com um novo case protetor com autonomia extra de bateria, aumentando o tempo de uso do dispositivo longe da tomada. A fonte indica que o elemento permitirá ao leitor ser mais fino que seus antecessores, o que pode indicar um módulo de bateria interna mais fino e de menor ou igual capacidade que os demais modelos.

Faz algum tempo que ouvimos que a Amazon lançará um dispositivo com carcaça que seria capaz de ser recarregado com a luz do sol. Porém, os rumores indicam que não será no dispositivo a ser apresentado na semana que vem, e nem mesmo em um Kindle.

Não sabemos quais são as demais configurações que novo produto pode oferecer para convencer o grande público. O Kindle é um dispositivo duradouro, e uma nova versão precisa oferecer um salto qualitativo importante para convencer o usuário a fazer o investimento na troca. Um case com bateria pode ser um argumento fraco para muitos, de modo que esperamos que Jeff Bezos traga outras cartas escondidas na manga.

Via WSJ

Boomerang, um case modular com cabo retrátil integrado

by

Boomerang

O Boomerang é um novo projeto de case modular que busca financiamento no Indiegogo, e conta com um cabo retrátil de 60 cm integrado ao seu corpo, que é capaz de carregar a bateria do smartphone, além de sincronizar os seus dados.

É um sistema tão simples que nos permite ir extraindo o cabo por seções, até ter a longitude que necessitemos e que logo é recolhido com um simples pressionar de botão. Além disso, inclui uma porta micro-USB, caso queremos utilizar um outro cabo externo.

Boomerang-02

Além disso, o Boomerang é um case modular, onde a metade superior pode se separar para colocar diferentes módulos ou complementos que podem melhorar as funções do smartphone. O “Boost Top” é um desses complementes, e é uma bateria (sem capacidade especificada) que pode recarregar o smartphone sem a necessidade de remoção do cabo. No futuro, mais acessórios serão apresentados.

O Boomerang está buscando financiamento no Indiegogo, e deve ser distribuído primeiro nos Estados Unidos e no Canadá no segundo trimestre de 2016, com preço sugerido de US$ 60 para o case compatível com iPhones, e US$ 20 adicionais para o Boost Top com bateria recarregável.

 

 

Via Boomerang

Jus: mais um case com bateria que recarrega o smartphone com a ajuda da energia solar

by

Jus

A Jus é basicamente um case com células solares distribuídas em sua superfície traseira, que coleta a luz solar ou artificial e a transforma em eletricidade, recarregando uma bateria interna de lítio de 4.000/5.000 mAh.

A bateria pode recarregar um smartphone completamente por até duas vezes (dependendo do modelo), e seu funcionamento através de energia solar é por tempo indeterminado, segundo informa os seus criadores. A página do projeto afirma que em quase 6 meses de testes eles não tiveram que recarregar o produto na tomada em nenhuma ocasião, funcionando completamente com a energia solar.

Para isso, temos que ter uma fonte mais ou menos direta. Por exemplo, deixar o smartphone próximo de uma janela durante 4h30 para recarregar o Jus com luz solar direta, ou 6h10 com luz solar indireta ou artificial.

Por enquanto, o Jus está em processo de financiamento no Kickstarter, e é compatível inicialmente com os smartphones iPhone 6, iPhone 6 Plus, iPhone 6s e iPhone 6S Plus, com um preço sugerido de US$ 120. Chega ao mercado em fevereiro de 2016.

 

Via Jus

Offgrid lança case com bateria e slot microSD para o Galaxy S6

by

Offgrid-Case-Galaxy-S6

O case Offgrid conta com bateria e slot microSD, e foi projetado para o Galaxy S6. O produto chegou ao mercado disposto a suprir essas duas importantes carências do novo modelo top de linha dos coreanos.

Na prática, esse tipo de case não é uma novidade, já que existem soluções similares para o iPhone da Apple. Também se caracterizam por melhorar a autonomia de bateria e expandir a capacidade de armazenamento. Se tornou um complemento muito útil para o Galaxy S6, depois das mudanças adotadas pela Samsung no dispositivo.

Com esse case, perderemos a possibilidade de usar a função de recarga sem fio, mas as demais funcionarão normalmente, incluindo tudo o que estiver relacionado com a conectividade NFC. Por outro lado, a aparência do smartphone muda bastante, ficando bem mais volumoso e pesado.

O case Offgrid possui uma bateria de 3.700 mAh, e um slot que suporta cartões microSD de até 128 GB. Seu preço nos EUA é de US$ 89.

Via Softpedia

Mophie Juice Pack Plus oferece uma bateria extra de 2100 mAh para o seu iPhone 5

by

mophie-juice-pack-plus

A Mophie segue com a sua tradição de oferecer ótimos cases para smartphones da Apple com bateria integrada, e anunciaram o lançamento do Mophie Juice Pack Plus, que pode ser considerada uma evolução dos modelos anteriores. O acessório se destaca não só pela autonomia de bateria extra oferecida para o seu iPhone 5, mas também por ser mais fino que as versões antigas do produto.

O case conta com uma bateria de 2100 mAh, que promete uma autonomia de uso até 120% maior do que a oferecida de forma nativa pelos 1440 mAh do iPhone 5. A Mophie garante que esse case não vai afetar a carcaça externa do seu smartphone, graças a um material anti-impactos presente na parte interna do acessório. Além disso, o case possui uma segurança extra contra quedas, reforçando essa proposta de segurança.

Disponível em três opções de cores (uma delas em tom vermelho metálico, em colaboração com o projeto RED), o Mophie Juicke Pack Plus  pode, na prática, te oferecer 10 horas adicionais de conversão (redes 3G), ou 12 horas conectado ao WiFi, ou ainda 12 horas a mais de reprodução de vídeos, ou até mesmo 50 horas adicionais de música. Você também pode recarregar o iPhone 5 ou sincronizar os dados com o seu computador sem precisar remover o case do smartphone.

O produto também conta com um LED indicador de bateria e cabo micro USB incluso no kit de venda. Seu preço sugerido é de US$ 119,95.

Via Mophie, SlashGear

Case com bateria Mophie Juice Pack para o HTC One é lançado

by

mophiejuicepackhtcone

A Mophie anuncia o lançamento do Juice Pack para o HTC One. O famoso case com bateria integrada agora está disponível para o mais recente smartphone top de linha da HTC, oferecendo assim 2.500 mAh adicionais pra manter o smartphone em funcionamento durante todo o dia.

Ter uma bateria que dure o dia inteiro é o sonho de todo mundo, mas nem todos os dispositivos oferecem tal característica. Porém, a solução de utilizar uma bateria adicional, ou melhor, um case com bateria, sempre foi bem vinda. E mesmo para modelos que não contam com uma tampa traseira removível (como é o caso do HTC One), tal solução é ideal. Até porque ninguém gosta muito de ficar levando carregadores externos o tempo todo na mochila ou no bolso.

Essa versão do popular produto da Mophie é bem atraente, sem modificar muito o aspecto de design do smartphone em questão. Além disso, a Mophie informa que, com esse case, é possível até duplicar a autonomia de uso do HTC One, ficando bem próxima do tempo de uso do Motorola RAZR MAXX.

Disponível nas cores preto e cinza, o Juice Pack for HTC One pode ser adquirida pelo preço sugerido de US$ 100.

Via Mophie

Mophie Juice Pack Helium, um case com bateria integrada para o iPhone 5

by

Cases com funções adicionais para o iPhone 5 nos temos alguns (não muitos). Alguns deles foram apresentados durante a CES 2013. Mas se você perguntar para qualquer usuário do iPhone qual é a primeira marca de case com bateria que ele lembra, a Mophie é essa marca. Com cases bonitos e de ótima qualidade, eles conquistaram uma legião de fãs. E deve repetir o feito com o Mophie Juice Pack Helium.

O novo case da Mophie integra uma bateria secundária bem discreta, de 1.500 mAh. Sua carcaça é 13% mais fina que as demais alternativas oferecidas pela empresa nos modelos anteriores, de modo que além de aumentar a autonomia de bateria do seu iPhone 5, ela será um pouco mais cômoda e confortável de levar no bolso.

Na prática, a Mophie estima que essa bateria extra vai permitir que o smartphone da Apple funcione por mais seis horas para chamadas ou dados (sete horas, se você estiver conectado em uma rede Wi-Fi), podendo assim deixar o smartphone carregando a bateria do próprio case, ou enviar a bateria do case para o iPhone, como se fosse um carregador automático. Bom, para quem já tem um case da Mophie, sabe muito bem como ele funciona (e bem).

O produto está disponível lá fora nas cores preto e prata. O Mophie Juice Pack Helium está disponível para compra no site oficial da Mophie por US$ 79. Por enquanto, não há previsão de lançamento para fora dos Estados Unidos, mas uma boa notícia para os leitores desse blog é que o site está aceitando envios internacionais.

Case Power Jacket aumenta a autonomia de bateria do Nokia Lumia 920

by

No Brasil, ele ainda não chegou (e a Nokia promete um “novo” Lumia no país em breve, e sabemos que é ele), mas o Nokia Lumia 920 já tem alguns acessórios interessantes, que você já pode começar a dar uma olhada para adquirir após comprar o seu smartphone. A Brando está anunciando em seu site um case com bateria integrada exclusivo para o Nokia Lumia 920, o Power Jacket, que é bem parecido com o popular Mophie Juice Pack.

O Power Jacket promete proteger o Nokia Lumia 920 dos imprevistos do dia a dia, além de oferecer uma bateria adicional de 2.200 mAh para aqueles dias que usamos o smartphone mais que o normal. O acessório conta com um botão de liga/desliga, e sua parte inferior é retrátil, o que permite colocar o smartphone no modo horizontal para ver vídeos. O produto pode ser recarregado por uma porta microUSB localizada na parte inferior do acessório, e está disponível nas cores branco e preto. Preço: US$ 37.

Century Monolith, um case para iPhone com bateria e micro-projetor

by

Os japoneses da Century não querem enganar ninguém com o nome de seu novo case multiuso para o iPhone 4. Seu Monolith é um acessório pensado no telefone da Apple, e conta com um case protetor, uma bateria de 1.900 mAh e um micro-projetor, deixando as dimensões do seu smartphone com 63,5 x 126,6 x 22 mm, adicionando 97 gramas de peso.

Segundo o fabricante, a bateria aumenta a vida útil do iPhone em 50%, e pode oferecer até 3 horas de projeção, se recarregando em quatro horas. Sobre o projetor em si, ele pode reproduzir imagens em 16:9 de até 60 cm (em 640 x 360), com contraste de 1.000:1 e 12 lúmens de brilho. Disponível no Japão por aproximadamente US$ 256.



via TechCrunch

PowerSkin, um case com bateria para o HTC Desire HD

by

Os cases com bateria são soluções bem inteligentes para os nossos portáteis, mesmo que, na maioria dos casos, o preço a ser pago é ter um smartphone mais espesso. E nesse caso, temos essa solução chegando ao mundo dos telefones Android, pelas mãos da PowerSkin, que lançou um case com bateria de 1.500 mAh, que oferece até 8 horas extras de vida útil para o Desire HD e Inspire 4G. Preço: US$ 60, na Amazon.

via Power Skin

Review | Case para iPhone com carregador solar Green Power

by

Mais um review para o blog TargetHD. Dessa vez, recebemos da TRUST um case para iPhone com bateria e carregador solar Green Power, um produto que pode ser um bom parceiro para aqueles que precisam que o seu smartphone da Apple tenha uma vida útil maior que o normal, e para quem quer recarregar a sua bateria com ou sem uma tomada por perto. A versão recebida para testes foi a versão para o iPhone 3GS, mas o Green Power está disponível em versões para o iPhone 4 e o iPod Touch.

Durante a cobertura do lançamento do Motorola Xoom e Motorola Atrix, utilizamos o produto para testar as suas características e funcionalidades. Logo, algumas marcas de uso estão no produto. Afinal de contas, testamos o produto nas mesmas condições que o usuário comum vai utilizar o produto.

A primeira coisa que chama a atenção no Green Power é o seu material. O case é revestido de um material emborrachado, que fornece um bom agarre, bem confortável para o uso diário. Outra vantagem é que o revestimento emborrachado evita que o case fique riscado ou com marcas de uso.

Foto da lateral do produto. Ele tem, basicamente, a mesma espessura de um telefone convencional. Lembrando que temos aqui um painel de carregador solar na parte traseira do case.

Aqui está o grande trunfo do case da Green Power: o seu carregador solar. Nos testes que fizemos, a sua função de recarga funciona de forma perfeita, e melhor, de forma autônoma, sem você precisar se preocupar com qualquer tipo de acionamento, mas falaremos dela mais para frente.

Na parte superior, você tem o espaço reservado para a câmera, e um espaço para você colocar uma braçadeira para pulso, como aquelas que você coloca no seu celular ou câmera digital.

Na parte inferior, temos os LEDs indicativos da quantidade de bateria do case, o botão de acionamento do carregador, e o LED solar. Quando o case está recebendo energia da luz do Sol, esse LED em vermelho acende, indicando que a bateria do case está em recarga de forma sustentável.

Outra alternativa de recarga da bateria é através dessa porta mini USB. Com ela, basta você conectar à porta USB do seu computador, que você pode recarregar (nessa ordem) o seu iPhone e, depois, a bateria do case. Um detalhe importante: a compatibilidade com o iTunes é total, ou seja, você pode fazer o sincronismo de suas músicas e backup do seu iPhone pelo próprio cabo USB que acompanha o case, dispensando o uso do cabo original do iPhone e, melhor, a necessidade de retirar o case para sincronizar o seu smartphone.

Visão geral do cabo USB do case. Um pouco pequeno, se comparado aos outros acessórios que já testamos.

Visão geral da parte inferior do case.

Aqui vemos o conector, que é o mesmo que temos no cabo do iPhone. É ele que faz a bateria do seu smartphone ficar carregada. A energia armazenada na bateria do case é transferida para o smartphone.

Sua conexão é simples: basta você deslizar o iPhone dentro do case, e conectar ao dock que está na parte inferior do carregador. Simples e prático.

Um dos detalhes observados nesse case é que ele fica levemente “solto” na sua parte inferior, uma vez que ele não tem a parte superior do case. Isso faz com que o iPhone escorregue no case, correndo um pequeno risco do smartphone cair durante uma retirada do bolso. O ideal é que, para a própria segurança do smartphone, que o case tivesse a sua parte superior, para deixar o iPhone 100% protegido.

A aparência do produto se integra relativamente bem no smartphone. Obviamente, você vai perder uma das características principais do iPhone, que é a sua baixa espessura, mas em compensação, você vai ter uma autonomia de bateria muito maior, o que é muito útil para quem precisa trabalhar no smartphone o dia inteiro.

Visão geral da lateral do produto. Aqui, fica claro o quanto que o iPhone ganha de espessura, uma vez que ele tem uma bateria adicional na sua combinação. Porém, repetimos aqui: vale muito a pena para quem precisa que o seu iPhone funcione por mais tempo.

Outro detalhe a ser ressaltado está na lateral aonde temos a chave que silencia a campainha e os botões de volume. Em alguns momentos, elas podem ter o seu acesso um pouco dificultado, pela proximidade da borda do case para esses botões, e pela altura estabelecida para esses botões. Porém, se você tiver um fone com controles integrados, isso não será um grande problema.

Mais uma característica do case é que ele fica com uma pequena folga na parte superior, mas nada que chegue a alarmar. Repito aqui que uma tampa superior seria muito bem vinda.

Visão geral da parte superior do iPhone com o case.

Visão detalhada da lateral direita do iPhone com o case.

Agora, o produto em funcionamento, e sendo testado na prática. Para você verificar a quantidade de energia armazenada na bateria do case, aperte uma vez o botão de comando. Você tem os LEDs acesos, cada um indicando a porcentagem fragmentada a cada 25%, parecido com o indicador de bateria que você tem na tela de seu celular. Com dois toques, você começa a carregar a bateria do iPhone.

Para interromper a recarga da bateria, basta pressionar o botão de comando por 3 segundos.

Depois disso, o telefone volta a atuar de forma independente, com a carga de bateria transferida do case para o iPhone.

Lembra do LED solar? Ele fica assim quando começa a receber energia do Sol. Nos nossos testes, com aproximadamente 2 horas de exposição do case à luz do Sol, você tem aproximadamente 30 minutos de conversação na rede 3G. Com isso, podemos concluir que, com até 20 horas de exposição solar, podemos ter uma carga completa do seu smartphone. É claro que você não deixar o case 20 horas consecutivas no Sol para ter esse resultado, mas fica o registro que realmente é uma mão na roda quando estamos na praia, ou em uma caminhada diária.

Não recomendamos você deixar o case no Sol com o seu iPhone conectado. Além de prejudicar o seu smartphone, para a carga solar, o que precisa ficar no Sol é apenas o case. Mas vale a pena registrar que não é necessário uma forte emissão de luz solar para que o sistema de recarga da bateria do case funcione. Uma boa emissão de luz do Sol é o suficiente para que o processo funcione.

Nos testes feitos, o produto cumpriu o que promete de forma exemplar. Ao receber o produto, nos foi recomendado uma carga USB completa de 10 horas, para um uso inicial. Recomendamos o mesmo para você que pretende comprar o case, para um melhor desempenho na hora de recarregar a bateria do seu iPhone.

Nos testes, utilizamos o smartphone normalmente (com 3G e WiFi ligados, e com várias áreas de sombra de sinal), até que sua bateria atingisse a marca de 20%. Nesse momento, ativamos o sistema de recarga de bateria do Green Power, que começa automaticamente a recarregar a bateria do seu smartphone.

Observamos que você pode continuar a trabalhar normalmente no iPhone enquanto o case recarrega a bateria do mesmo, exceto por alguns programas que apontam erro e/ou incompatibilidade no sistema de recarga. Mas isso não significa que o produto funcione. Em aproximadamente 2 horas de recarga, a bateria do iPhone atingiu uma porcentagem superior a 90%, e esses são números muito interessantes. Afinal de contas, você pode deixar o seu iPhone recarregando durante a hora do almoço, para ter autonomia completa de uso no período da tarde.

Abaixo, mais fotos do case acoplado ao iPhone.

Por fim, o case para iPhone com carregador solar Green Power da TRUST está APROVADO. Ele cumpre o que promete, e com muita competência e praticidade. Para quem não pode ficar sem bateria no seu smartphone, é uma opção mais que providencial, por ser um produto que pode ser encontrado no Brasil, além de estar com um preço menor que os seus concorrentes (R$ 199,00). Também se destaca positivamente pela proposta sustentável de contar com um carregador solar que, diferente de outros produtos, funciona muito bem na prática, sendo uma alternativa para aquelas horas que a tomada não está disponível.

Para maiores informações, acesse: http://www.inovativisolutions.com/

Siga no Twitter: @greenpowersun

Case para iPad da SolidMicro, o PadPower, deixa seu iPad seguro e com uma bateria extra

by

E difícil falar sobre a vida útil da bateria do iPad. Ela não é infinita, mas pode facilmente te garantir entretenimento nas mais longas viagens intercontinentais, o que é sempre bem vindo ao se usar um gadget desse tipo. Entretanto, mesmo com esta característica, fabricantes de acessórios não param de inventar soluções que garantam um “algo a mais” aos usuários, mesmo que a expectativa de vendas das baterias extras para o tablet da Apple sejam menores do que os smartphones. Um exemplo disso é a SolidMicro, que lançou um case/battery combo, que conta com uma bateria extra de 6.000 mAh, oferecendo aproximadamente duas vezes mais autonomia que a bateria do iPad oferece. O preço ainda não foi anunciado, mas deve chamar a atenção dos usuários mais hardcores. Ou dos mais desejosos em ter a certeza absoluta que o seu iPad não vai ficar sem bateria na hora que você mais precisa.

Fonte

[acessórios] Mili Powerspring: um case para manter a bateria do seu iPhone 4 em forma

by

O iPhone 4 tem uma característica que continua presente desde as suas primeiras versões, e não estamos falando da falta de um rádio FM (é óbvio), mas sim do nível da integração de sua bateria, já que o desenho do telefone não permite que a mesma seja substituída. Talvez por este motivo que tenham aparecido no mercado as carcaças recarregáveis, que ofereciam uma vida extra para as baterias, para aguentar o tranco do dia-a-dia. E isso piora no caso do iPhone 4 pois, com a mudança do desenho, todos aqueles acessórios que antes funcionavam no smartphone, hoje, não funcionam com o novo dispositivo.

Por sorte, o Mili PowerSpring vem preparado para a quarta versão do telefone da Apple, permitindo que sua autonomia dure o dobro, graças à bateria de íons de lítio de 1.600 mAh. Seu preço e de US$ 85 aproximadamente, que é um valor que muitos estão dispostos a pagar para ter este poder de manter a carga do seu celular por muito mais tempo.

Fonte