Arquivo para a tag: capcom

Guile desembarca em Street Fighter V no final de abril

by

guile-street-fighter-v

Um Street Fighter sem Guile não é um Street Fighter. Fato. Logo, a Capcom trabalhou para corrigir esse erro, e em uma nova atualização de Street Fighter V, os gamers vão receber de forma totalmente gratuita o famoso lutador norte-americano.

A atualização estará disponível para todos os jogadores no final do mês de abril. Porém, atenção: essa gratuidade citada no primeiro parágrafo tem tempo limitado, e passa a ser pago quando o mesmo aparecer na loja Zenny. O personagem chega com o seu conjunto de trials e a sua própria história. Quem tem o passe de temporada pode fazer o download não apenas do personagem, mas também do seu traje de luta.

Além da chegada ilustre de Guile ao Street Fighter V, o passe de temporada também vai incluir o seu primeiro cenário via download, que é a base da Força Aérea dos Estados Unidos.

Uma coisa que chama a atenção nessa última atualização oferecida pela Capcom é que o jogo vai incluir um sistema de penalização que afetará os conhecidos “rage quitters”, ou seja, aquelas pessoas que decidem se desconectar quando se dão conta que não vão conseguir vencer um determinado adversário.

São novidades bem vindas, que podem agradar em cheio os fãs do jogo de luta mais popular da história.

Via Capcom Unity

Capcom cria divisão de jogos para smartphones

by

capcom-logo-street-fighter

A Capcom anunciou uma reorganização na sua empresa, que vai resultar na criação de uma divisão móvel, onde eles pretendem entrar com força no mercado de games para smartphones.

O segmento dos videogames para smartphones é uma fatia de mercado muito grande e muito apetitosa. A melhor parte é que ele vai seguir crescendo substancialmente durante os próximos anos, até chegar na marca de US$ 37.5 bilhões em 2019, contra os US$ 27.5 bilhões em 2015. Com tais expectativas de crescimento em mente, não é de se estranhar que a Capcom queira se lançar nesse segmento, ainda que (pelo menos por enquanto) apenas três franquias serão lançadas para o segmento mobile: Mega Man, Monster Hunter e Sengoku BASARA.

Já é um lançamento mais interessante que o da Nintendo, que segue mantendo longe do setor móvel as suas principais franquias (Mario Bros, Zelda, Metroid e Donkey Kong), mas não podemos descartar que a Capcom também vai levar par ao setor móvel as adaptações de outras de suas franquias.

mega-man-capcom

Como antecipamos, veremos quatro jogos para o setor móvel por parte da Capcom antes do final do seu atual ano fiscal (março de 2017). Três desses jogos estão baseados nas franquias já citadas, e o quarto será uma surpresa cujos detalhes não foram revelados. Senão, deixa de ser surpresa.

O futuro dos games parece mesmo estar nas plataformas móveis, especialmente os smartphones e tablets. Não só por conta da mobilidade, mas pela praticidade de adquirir itens dentro do próprio jogo, e pagando pouco por isso. Alias, o preço reduzido para a venda de jogos faz com que os títulos sejam mais conhecidos a longo prazo, por conta dessa acessibilidade e do baixo custo.

Via SlashGear

Capcom revela os jogos mais vendidos de sua história

by

resident-evil-6

A Capcom tem a credencial de ser uma das mais importantes e influentes desenvolvedoras de jogos de videogames. Desde a década de 1990, ela mantém essa posição, apesar de já ter vivido momentos melhores.

Mesmo assim, a Capcom tem muito que agradecer às suas franquias clássicas, que evoluíram com o passar dos anos, com alguns acertos e erros, é claro. Street Fighter, Resident Evil, Devil May Cry, Dino Crisis, Onimusa e Lost Planet são alguns dos nomes que facilmente lembramos quando falamos da empresa.

Mas… quais foram os jogos mais vendidos da história da Capcom.

A empresa decidiu responder essa pergunta, publicando um artigo com imagens que mostra uma lista com os seus 68 jogos mais vendidos de todos os tempos. A lista mostra que até jogos muito criticados foram grandes sucessos de vendas, como é o caso de Resident Evil 6, e nos permite ver também que até títulos exclusivos de uma única plataforma na sua época (Resident Evil 4) venderam muito bem.

A seguir, a lista com os 10 primeiros:

1. Resident Evil 5 (PS3, Xbox 360): 6,9 milhões
2. Resident Evil 6 (PS3, Xbox 360): 6,3 milhões
3. Street Fighter II (SNES): 6,3 milhões
4. Resident Evil 2 (PS1): 4,9 milhões
5. Monster Hunter Freedom 3 (PSP): 4,8 milhões
6. Monster Hunter 4 (3DS): 4,1 milhões
7. Street Fighter II Turbo (SNES): 4,1 milhões
8. Monster Hunter 4 Ultimate (3DS): 3,9 milhões
9. Monster Hunter Freedom Unite (PSP): 3,7 milhões
10. Resident Evil 3 Nemesis (PS1): 3,5 milhões

Via Capcom

Capcom vai fabricar o capacete do Mega Man

by

capcom-mega-man-helmet

Você, gamer convicto ou pessoa que gosta de aparecer: se estava procurando uma fantasia que te transforme no centro das atenções na sua próxima festa, aqui está a alternativa que você procurava. A Capcom publicou informações sobre um capacete oficial do Mega Man que eles estão fabricando.

Eu prefiro manter o pé atrás sobre essa notícia. Afinal de contas, em um mundo tão maluco e cheiro de piadistas, não seria nenhuma surpresa se dias ou semanas depois essa notícia viesse com uma retificação da própria Capcom, informando que tudo o que foi dito não passou de uma ‘brincadeira’. De qualquer forma, vamos fazer o registro para constatações futuras.

Segundo a Capcom, esse capacete do Mega Man seria de ‘proporções autênticas’ e incluiria detalhes chamativos, como LEDs que seriam acionados de acordo com determinadas ações do usuário. Não foram revelados detalhes como o funcionamento geral do capacete e data de lançamento. Mas ao que parece, existe um interesse suficiente para iniciar a produção (que, repito, não é algo confirmado, já que o produto ainda está em desenvolvimento).

Via PolygonCapcom

 

Resident Evil terá uma nova versão HD em 2015

by

resident-evil-01

A Capcom confirmou hoje (05) que o jogo Resident Evil vai receber uma versão remasterizada em HD do jogo lançado originalmente em 2002. O remix estará disponível no começo de 2015 para as plataformas PS3, PS4, Xbox 360, Xbox One e PCs.

O anúncio foi feito pelos produtores de Resident Evil, no vídeo a seguir (além das imagens capturadas dessa remasterização). A versão remasterizada tem como objetivo oferecer gráficos e ação mais realistas, oferecendo suporte ao 1080p para os console sde nova geração.

resident-evil-09 resident-evil-08 resident-evil-07 resident-evil-06 resident-evil-05 resident-evil-04 resident-evil-03 resident-evil-02

Via Capcom 

Resident Evil 6 chega ao Brasil na quinta-feira, dia 04 de outubro

by

A Neoplay anuncia a chegada de mais um importante título ao seu portfólio. Resident Evil 6, jogo da Capcom, chega às lojas de todo o Brasil, legendado em português, nas versões para Xbox 360 e Playstation 3, por R$ 199,90. O novo jogo e as coletânias especiais Resident Evil 6 Archives e Resident Evil 6 Anthology chegam no dia 04 de outubro, cinco dias antes da data inicialmente prevista.

Apesar do número, Resident Evil 6, é o nono jogo da série de terror em 3ª pessoa. A nova trama têm três histórias protagonizadas por três personagens principais distintos – Leon S. Kennedy, Chris Redfield e Jake Muler, sendo que cada um deles está acompanhado por um parceiro, cada qual com as suas respectivas características. Todos eles seguem a linha de títulos anteriores, e devem enfrentar diversos zumbis e mutantes (J’avos), criados a partir de uma nova ameaça biológica, o C-vírus.

Entre as novidades estão os extras e um novo modo de jogo. Ao completar as três campanhas, o jogador terá acesso a uma nova história, protagonizada pela misteriosa espiã Ada Wong, que se destacou em Resident Evil 2 e 4. Há também o Agent Hunt, modo de jogo online em que o jogador assume o controle de algum dos vilões (zumbis ou J’avos) e invade campanhas de outros jogadores.

Além de Resident Evil 6, duas coletâneas especiais serão lançadas, uma para Xbox 360 e outra para Playstation 3, ambas por R$ 349,90. A edição para o console da Microsoft, chamada de Resident Evil 6 Archives, vem com o jogo, um DVD com o filme Resident Evil: Degeneração e vouchers que dão direito ao download gratuito de outro jogos da franquia, como Resident Evil 4 (em HD), Resident Evil 5 Gold Edition e Resident Evil Code: Veronica (em HD). Já a edição especial para o console da Sony – Resident Evil 6 Anthology – vem com o jogo e códigos para download dos clássicos Resident Evil Director’s Cut, Resident Evil 2, 3, 4 (em HD) e Resident Evil 5 Gold Edition, disponíveis na PlayStation Network.


Resident Evil 6

Classificação etária: 16 anos
Gênero: Ação/Terror em 3ª pessoa
Plataformas: Xbox 360 e Playstation 3
Preço: R$ 199.90
Publisher: Capcom
Distribuidora: Neoplay

Via Assessoria de Imprensa

Kit comemorativo da Capcom de 25 anos de Street Fighter é apresentado

by

Fãs de Street Fighter, esse post foi feito para vocês. A Capcom apresentou um kit comemorativo aos 25 anos de lançamento da mais popular série de jogos de luta da história: o Street Fighter. Apresentamos o Street Figher 25th Anniversary Collector’s Set.

O kit inclui um action figure do Ryu de 8 polegadas de altura, um livro ilustrado de capa dura de 64 paginas, uma réplica da faixa do quimono do Ryu, um certificado de autenticidade e 15 discos cheios de conteúdos referentes ao Street Fighter. 11 desses discos possuem efeitos e trilhas sonoras de todos os jogos da série, indo do primeiro Street Fighter até o mais recente, Street Fighter X Tekken.

Dois discos em Blu-ray são de um novo documentário, além dos filmes Street Fighter IV e Super Street Fighter IV em animês, a série animada completa de Street Fighter e Street Fighter II: The Animated Movie.

Os últimos dois discos contam com os jogos Street Fighter X Tekken, Super Street Fighter IV Arcade Edition, Super Streeet Figher II Turbo Remix e Street Fighter III: Third Strike Online Edition, além de DLCs customizadas e pacotes de personagens.

Esse kit da Capcom tem o convidativo preço de US$ 149,99.

Via Geeky Gadgets

Street Fighter IV está chegando nos novos smartphones HD da LG

by

A LG e a CAPCOM fecharam um acordo exclusivo que permite a oferta do game Street Fighter IV em seu primeiro smartphone Android HD, em caráter exclusivo por três meses após o lançamento. O jogo estará nos smartphones Android e no site global da LG (www.lgworld.com) no quarto trimestre de 2011. A LG está prestes a lançar o seu primeiro smartphone HD, e vão utilizar o game da CAPCOM como uma forma de mostrar todo o potencial do novo telefone, além de marcar a chegada do lendário jogo de luta para a plataforma Android.

via assessoria de imprensa

[Dicas de Compras] Game Street Fighter IV para PlayStation 3 – PS3

by

Street Fighter é a franquia de jogos de luta mais bem sucedida de todos os tempos. Jogamos este game nas últimas duas décadas, e não nos cansamos. Sabendo disso, a Capcom resolveu alimentar o desejo dos gamers ao redor do mundo, lançando a quarta versão da franquia de sucesso. Novos gráficos, novos recursos de animação, novos combos de luta e novos personagens, para aumentar o desafio e o entretenimento de jogadores. Leve para casa este lançamento, que segue uma série de sucesso de 20 anos no mundo dos games.

Preço em 10/08/2010: R$ 189,00

[games] Super Street Fighter IV será lançado nos arcades no Japão

by

Tem coisas que nãos se explicam facilmente nesta vida. Por exemplo: enquanto que ao redor do mundo (principalmente o mundo ocidental) os arcades são coisa do passado, no Japão (que já está acostumado a ir mais ou menos na contra-mão) há um grande mercado para este tipo de entretenimento eletrônico, com os mais diversos jogos sendo lançados de forma constante.

Pois bem, o produtor do jogo Super Street Fighter IV, Yoshinori Ono, anunciou que o game lançado em 2008 terá a sua versão para arcades. O objetivo com esta manobra é tentar recriar a febre Street Fighter (e quem era criança/adolescente nos anos 90 sabe muito bem do que estou falando) e causar um novo hype do game em território nipônico. Quem sabe se a coisa vingar por lá este movimento começa a vir para o ocidente também.

Fonte

[notebook] Koubou New Moster Hunter é fruto de uma parceria com a Capcom.

by

Ele é o resultado de uma parceria da Capcom com a Koubou. Tem tela de 15,4″ WUXGA (1920 x 1200) e tem como nome oficial de (preparem-se): Lesance BTO GSN628GW TYPE-R-MHF (quem vai se lembrar deste nome?). Tem processador Core 2 Duo P8600, de 2.53 GHz, placa gráfica GeForce 9600M GT com 512 GB de VRAM, 2 GB de RAM, 250 GB de HD, DVD Milti, Wi-Fi e preço de 980 euros. Salgado para suas configurações, só porque tem a marca da Capcom no produto.

Fonte: PC Koubou New Monster Hunter Notebook : Akihabara News .com

[games] Street Fighter IV chega ao brasil em 03/03

by

Até que, em se tratando de Brasil, três semanas de atraso não é nada mal. A Capcom anunciou a data de lançamento no Brasil do game Street Fighter IV. Será em 03/03, algumas semanas depois do lançamento lá fora (17/02). O sistema de campeonatos online foram alterados, e agora, é possível fazer downloads gratuitos de uniformes alternativos para os lutadores. Fora que o game terá personagens e cenários 3D. Chega em versões para PlayStation 3, Xbox 360 e Microsoft Windows. Muito esperado por todos nós, e vai cair fácil no gosto popular… ou pelo menos, no gosto dos gamers.

Fonte

[GAMES] Alguém me explica porque todos querem voltar aos anos 90?

by

Por que eu faço esta pergunta?

Porque eu acredito de forma convicta que, se é para ser retrô mesmo, você deve usar como referência os anos 60 e 70. Não entendo o que viram nos anos 80, que um monte de gente fala que não aconteceu nada. Pior: os anos 90 agora são motivo de saudosismo para todos os seres humanos… caramba, só passaram 10 anos de lá pra cá, e já chamam o Ricky Martin de retrô!

Mas o pior caso é, disparado, no mundo dos games. Eu, sinceramente, não entendo o porquê de um indivíduo que vive em 2008, com um mundo que possui PlayStation 3, X-Box360 e Nintendo Wii, vai querer voltar ao Mega Drive!

Tudo bem, o console vem remodelado, num novo desenho (parece até uma CPU de PC tunado), você nunca mais vai comprar jogos e, pasmem… tem agora uma parceria com a EA, que disponibilizou títulos como Need For Speed e The Sims para o console de 16 bits.

Mas não justifica você pagar R$ 339,00 neste videogame. Compre um PlayStation 1 usado e seja feliz, amigo!


Outra coisa: porque diabos a Capcom lança uma nova versão do seu consagrado Mega Man (versão 9), com uma interface de 8 Bits? Beleza, o objetivo deles é este mesmo: volta às origens. Mas o kit de venda do game nos Estados Unidos vai vir com um cartucho com a mídia do jogo! Pra que? Quem ainda tem Nintendinho 8 Bits ainda?

Eu não entendo mais nada!