Arquivo para a tag: blackberry 10

O adeus ao BlackBerry 10 se aproxima, já que o futuro é mesmo do Android

by

adeus-blackberry-10

Não faz muito tempo que vimos um confiante John Chen falando do BlackBerry Priv em entrevisa ao Fox Business, onde ele revelou que este não seria o único dispositivo Android da empresa canadense. Mas optar por esse sistema operacional não seria apenas um teste ou uma opção, mas sim do futuro da totalidade dos seus dispositivos.

Tanto o CEO como Nader Henein, conselheiro regional de segurança avançada da BlackBerry, tinham discursos semelhantes. Henein afirmava que “há uma grande variedade de produtos (Android) além desse”, falando das vantagens que a parceria entre os canadenses e o sistema de Mountain View, mas falando de uma estratégia complementar, e não substitutiva.

Nessa semana, Damian Tay, diretor de gestão de produto da BlackBerry na Ásia e Pacífico, afirma que não se trata de uma conversão. Aproveitando o lançamento do Priv na Índia, o diretor explica que terá uma virada sobre o sistema operacional dos dispositivos da BlackBerry, afirmando que:

“O futuro é realmente Android. Recorremos a esse sistema essencialmente por seu ecossistema de aplicativos. Além disso, faz algum tempo que nossas soluções foram focadas na combinação entre as plataformas. Assim que se trata a evolução natural do Android”.

Uma ponte até o ponto de inflexão

blackberry-keyboard

Deste modo, a BlackBerry vai seguir vendendo os dispositivos que funcionam com o BB10, como o BlackBerry Passport. Mantém o seu sistema como a alternativa mais segura e, de fato, Tay afirma que os departamentos do governo de muitos países seguem optando pelo software de sua empresa para os seus smartphones, de modo que essa conversão não seria uma interrupção em sua produção.

“Se deixamos de vender, os governos que até agora confiaram neles (nos smartphones BB10) se veriam em apuros”.

Ou seja, os clientes que confiam no software da BlackBerry iniciariam uma conversão aos smartphones Android, a medida que eles vão chegando ao mercado. Não é de se estranhar que o primeiro lançamento dos canadenses foi o BlackBerry Priv, onde eles enfatizaram a segurança como prioridade, mesmo que se trate de outro software.

 

Verde Android é também o verde esperança

Faz tempo que a BlackBerry sofre com números ruins, tanto nos resultados financeiros como na leva de demissões que eles tiveram que realizar. Porém, o último balanço da empresa mostram perdas menores que o esperado, o que é um dado positivo e que dá esperança para a empresa, ainda mais levando em conta que isso aconteceu depois de sua aposta com o sistema da Google.

Também vimos que a BlackBerry seguiu adquirindo outras empresas, com o objetivo de complementar e melhorar o seu software de produção própria, de modo que a proposta da empresa não seria apenas uma mudança, mas sim uma conversão que segue priorizando a segurança, e que o Android presente nos dispositivos BlackBerry mantenham é uma premissa. O próprio Tay indica isso quando afirma que o Priv é o smartphone de passagem da empresa para o Android:

“O Priv é basicamente nossa transição ao ecossistema Android. À medida que vamos consolidando o Android, deixaremos de ter duas plataformas, ficando apenas com o Android (para smartphones)”.

Por enquanto, John Chen não falou nada a respeito, nem uma data concreta do fim da inclusão do BB10 nos dispositivos BlackBerry, mas não seria de se estranhar que essa conversão aconteça por completo durante esse ano. O que fica claro é que não teremos mais lançamentos com o BB10 por parte dos canadenses.

Via Economic Times

Nada de novos smartphones com BlackBerry 10 em 2016

by

Z10_black_ENG_Gen_FrontAngle

Em entrevista durante a CES 2016, o CEO da BlackBerry, John Chen, confirmou que a empresa vai lançar dois novos smartphones em 2016, mas ambos executando Android. Ou seja, nada de novos smartphones BlackBerry 10 nesse ano, pelo menos por enquanto.

Chen afirmou que espera que o BlackBerry Priv ajude a melhora a viabilidade da empresa, na recuperação da marca, e que torne possível a produção de outro smartphone com BlackBerry 10, mas alerta que ainda é muito cedo para falar desses planos. Por outro lado, ele não fecha aso portas para novos investimentos com o software da empresa. Eles querem aproveitar o ano de 2016 para estudar se vale a pena seguir mantendo o seu departamento de hardware, ou se volta os seus esforços para o desenvolvimento de software.

2016 será o ano em que o BlackBerry 10 vai centrar seus esforços para obter a certificação de segurança nacional, com o objetivo de poder ser utilizado em projetos públicos e privados. A maior parte dos lucros da empresa vem do mundo corporativo, e eles precisam oferecer uma ampla gama de dispositivos para esse mercado. Por isso, tudo indica que eles estão buscando oferecer um sistema estável para as empresas.

A BlackBerry centrou-se na venda de serviços e software, aumentando os seus lucros nesse setor, ao ponto de duplicar os seus números de 2014, com a ajuda principalmente dos aplicativos para empresas, como o BES12 (BlackBerry Enterprise Server). Por outro lado, as vendas dos seus dispositivos caíram em mais de 800 mil unidades no segundo trimestre de 2015, ficando em apenas 700 mil dispositivos vendidos.

O lançamento por parte da BlackBerry de um smartphone com Android foi fundamentalmente um passo adiante. A pior opção que eles tomaram foi fechar o departamento de telefonia móvel com grandes perdas. Temos que esperar os resultados de vendas do BlackBerry Priv e se esse departamento se recupera, para só então saber se veremos no futuro novos smartphones da empresa.

BlackBerry Venice (com Android) aparece em vídeo

by

BlackBerry-Venice-Slider-Keyboard

Durante a MWC 2015, a BlackBerry surpreendeu a todos com o preview de um smartphone do tipo deslizável e tela curva. Até então, tudo o que se sabia do misterioso Venice estava muito mais relacionado com a sua ausência de informações. Porém, os últimos vazamentos indicam que o modelo não deve demorar muito a chegar ao mercado.

O BlackBerry Venice foi flagrado em vídeo, onde é possível ver de perto o seu teclado ou aproveitar de uma dissecação de sua câmera traseira, sem falar que é possível ver dois smartphones. Isso mesmo. Dois.

A BlackBerry não mencionou sobre a existência de duas versões do Venice, porém, as imagens dão a entender que poderiam existir diferentes modelos do mesmo smartphone (talvez com Android e BlackBerry 10). Até que os canadenses falem sobre o assunto, vivemos das especulações.

Se os rumores se confirmarem, teremos um dispositivo com tela de 5.4 polegadas, processador de seis núcleos a 1.8 GHz e câmera de 18 megapixels. Seu principal atrativo estaria na possibilidade de aproveitar do Android com o acesso completo à Play Store, algo que poderia finalmente acabar convencendo uma boa parte de usuários que abandonaram o ecossistema BlackBerry pelos mais diversos motivos…

…inclusive pelo fato dos smartphones não contarem com o sistema Android.

 

Via CrackberryTwitter (@evleaks)

 

CEO da BlackBerry quer obrigar desenvolvedores a criar apps para todos os sistemas

by

650_1000_blackberry10

Em carta enviada ao Congresso dos Estados Unidos sobre a neutralidade da internet, o CEO da BlackBerry, John Chen, afirmou que ‘todos os clientes de conectividade móvel deveriam ter acesso a qualquer aplicativo e conteúdo legal que deseja, e os provedores de aplicativos e conteúdo deveriam ter proibida a discriminação, baseando-se no sistema operacional do consumidor’.

Na missiva, Chen destaca que a BlackBerry oferece o BBM para todas as plataformas, mas outras empresas não seguem o mesmo exemplo. Cita a Apple (com o iMessage) e a Netflix, que não possui um aplicativo para o sistema dos canadenses. ‘Muitos outros desenvolvedores de aplicativos oferecem seus serviços apenas para usuários do iPhone e Android’, declara Chen.

De acordo com suas palavras, isso criou um ecossistema móvel de ‘dois níveis’: de um lado, iPhone e Android, e do outro lado, os demais. Chen alega que tal prática é discriminatória, algo que os defensores da neutralidade criticam, e por isso pede aos legisladores obriguem também a neutralidade de aplicativos e conteúdo.

O BlackBerry OS, tal como acontece com outros sistemas minoritários, está tendo problemas para expandir o seu catálogo de aplicativos. Quando o BlackBerry 10 foi lançado, a empresa incentivou a criação de aplicativos com dinheiro, mas o resultado não foi tão bom quanto o imaginado: poucos apps foram portados. Hoje, é possível instalar apps Android, e a empresa possui um acordo fechado com a Amazon Appstore.

Via BlackBerry