Arquivo para a tag: avg

Cuidado com os apps do Android que a AVG indica como “pouco amigáveis”

by

avg-apps-01

Dados atualizados do ranking da AVG sobre os aplicativos Android que mais afetam o desempenho do sistema operacional da Google mostram mudanças interessantes. O estudo coletou dados do segundo trimestre de 2015, e confirma algo que já era sabido: o Facebook é o app que mais recursos, dados e armazenamento consome no seu smartphone.

avg-apps_02

O  próprio processo de atualização do Android é o serviço que mais consome bateria, de acordo com o estudo. A Google Play Services (segundo aplicativo que mais afeta o desempenho), ChatON, Instagram, The Weather Channel ou BBM estão entre os presentes na inicialização do sistema.

avg-apps_03

Já entre os apps que não pertencem ao sistema operacional, e que são incluídos pelo usuário, Snapchat, Tumblr, Spotify, Chrome e Amazon podem ser “perigosos”, afetando várias áreas do sistema. Jogos como Candy Crush (e suas variantes), Hay Day ou Words With Friends também precisam ser observados.

O relatório de 44 páginas podem ser válidos para os usuários saberem os apps mais problemáticos, e pode ser encontrado no site da AVG. Sempre leve em conta que são dados oferecidos pela AVG, e muitos desses apps não devem resultar em grandes dores de cabeça. A má notícia é que muitos deles estão entre os mais baixados e utilizados do mercado.

Via SlashGear

AVG pode vender seu histórico de usuários para terceiros

by

info2-

A empresa de segurança AVG atualizou recentemente sua política de privacidade para introduzir pontos importantes, que indicam que eles podem recompilar e vender o seu histórico para terceiros, com o objetivo de obter dinheiro com essas informações.

Revisando os novos termos, é possível ver claramente que a AVG transforma o usuário em produto, com medidas que afetam a versão gratuita do seu software anti-vírus. A empresa pode recompilar informações não privadas dos usuários da versão gratuita de sua suíte, incluindo o histórico de navegação, metadados, do provedor de serviços de internet ou rede móvel e dados relacionados com outros aplicativos.

Um porta-voz da AVG informa que os dados são recompilados de forma opcional, e que os usuários podem desativar o recurso a qualquer momento, sem perda de funcionalidade do software. Mas bem sabemos que a maioria das pessoas não verificam a política de privacidade, e muitos deles vão ‘contribuir’ com a AVG sem saber.

Alexander Hanff, especialista em segurança e CEO da Think Privacy, deixa claro que, com essa mudança de posicionamento, o anti-vírus gratuito da AVG entra na categoria de ‘spyware’, qualificando a atitude da empresa como ‘falta de ética’ e ‘abusiva’, recomendando aos usuários a troca do software caso eles utilizem a versão gratuita da suíte de segurança.

Via Wired