Arquivo para a tag: avast

Falsa comunicação de entrega de SEDEX 10 é usada para enviar vírus de computador

by

sedex-10-logo

A Štíty Tecnologia, distribuidora das soluções antivírus Avast e que possui centro de atendimento ao cliente no Brasil, identificou uma falsa comunicação de tentativa de entrega de SEDEX 10 que está sendo usada para enviar vírus de computador.

Este tipo de mensagem tem sido comum para tentar enganar o usuário de computador. A empresa orienta a não acreditar neste tipo de e-mail porque a empresa de Correios não envia qualquer e-mail informando que ela tentou localizar o destinatário. Quando o destinatário não é encontrado, a empresa de Correios envia um aviso em papel ao endereço do destinatário solicitando que a correspondência ou encomenda seja retirada na agência postal mais próxima.

Na mensagem identificada pela Štíty Tecnologia, os criminosos pedem para que o usuário clique em um link para que o destinatário possa ver o código de rastreamento da correspondência. Na verdade, o link descarrega um arquivo zip com um cavalo de troia criado para monitorar o computador e coletar informações bancárias.

“Na base de tentativa e erro, os criminosos cibernéticos acabam criando uma infinidade de e-mails maliciosos com a finalidade de instalar um código malicioso no equipamento e depois roubar dados pessoais, bancários e de cartões de crédito”, comenta Marco Rodrigues, diretor da Štíty Tecnologia. “Nunca se deve abrir este tipo de mensagem e é altamente recomendável manter seu sistema de antivírus sempre atualizado, com recurso de bloqueio de arquivos desconhecidos vindo de sites de compartilhamento de arquivos e outras fontes”, enfatiza o executivo.

Para se proteger de possíveis arquivos maliciosos no computador, smartphone e tablets, os usuários devem também adquirir ferramentas antivírus. A Stity Tecnologia oferece uma ampla linha de produtos de segurança da Avast que pode ser conhecida em stity.com.br.

Volta do comentário de voz em fotos no Facebook É VIRUS! CUIDADO!

by

size_590_Facebook.jpg

Quem está acostumado ao Facebook sabe que a rede social não possui um serviço de gravação de comentário por voz. No entanto, os criminosos cibernéticos inventaram esta falsa modalidade de serviço para tentar enganar os novos usuários da maior rede social do mundo. Este truque não é novo, mas ele voltou a ser usado maciçamente nas últimas semanas, segundo apurou a Stity Tecnologia, distribuidora das soluções de segurança da Avast no Brasil.

Os criminosos enviam uma mensagem por e-mail com o título “Você recebeu um comentário de voz em sua foto” com um link para “ouvir o comentário” que depois descarrega um código malicioso no computador através do arquivo “voz_facebook.rar”, capaz de roubar dados financeiros da vítima.

A mensagem até parece com os alertas que os usuários recebem quando autorizam o Facebook a “ativar as notificações” sobre os posts preferidos, mas, no entanto, esta mensagem possui aspecto amador e somente um usuário desatento ou inexperiente é capaz de não perceber a diferença.

Não se pode acreditar em qualquer e-mail que a gente recebe com o risco de tornar vítima de criminosos. Ajuda muito ter uma solução AntiSpam juntamente com uma ferramenta antivírus sempre atualizada, assim como todos os programas de computador utilizados, além do sistema operacional.

Para se proteger de possíveis arquivos maliciosos no computador, smartphone e tablets, os usuários devem também adquirir ferramentas antivírus. A Stity Tecnologia oferece uma ampla linha de produtos de segurança da Avast que pode ser conhecida em stity.com.br.

Aplicativo pornô imita Dubsmash e infecta 500 mil usuários

by

dubsmash-banner

A Avast! divulgou em seu blog uma descoberta de aplicativo pornográfico que imita o Dubsmash, um dos aplicativos mais populares do momento e que permite fazer dublagens em vídeo, com mais de 10 milhões de instalações a partir do Google Play.

Os técnicos da Avast descobriram que “Dubsmash 2? (cujo nome do pacote era “com.table.hockes” na Google Play), não se tratava de uma versão melhorada do aplicativo original, mas na verdade um aplicativo com uma lista de sites de pornografia e que foi instalado entre 100.000 e 500.000 vezes na Loja Google Play. Os técnicos contataram a Google quando descobriram que o aplicativo era falso e ele foi removido.

Depois que o aplicativo era instalado, não ficava nenhuma evidência de que um aplicativo chamado “Dubsmash 2? estivesse no aparelho do usuário. No lugar aparecia o ícone de um aplicativo chamado “Setting IS”. Este é um truque comum dos criadores de malware para tornar mais difícil ao usuário descobrir que aplicativo está causando problemas. E isto já devia ser um alerta ao usuário de que algo errado está acontecendo. O ícone “Settings IS” parece-se muito com o das Configurações do Android.

Depois de analisar profundamente a nova ameaça os especialistas da Avast estimam que o malware tenha origem na Turquia. O nome do desenvolvedor mostrado na Google Play e no YouTube parecia mostrar o mesmo.

Os técnicos suspeitam que o desenvolvedor do aplicativo utilizou o método de “clicar na pornografia” para obter vantagens financeiras. Através dos cliques em várias propagandas dos sites pornográficos, o desenvolvedor do aplicativo provavelmente recebeu diariamente uma quantia dos que fizeram as propagandas naqueles sites.

Além de ser indesejado pelo usuário, mas basicamente inofensivo e menos sofisticado que outras famílias de malwares como a Fobus ou o Simplocker, este aplicativo mostra que, apesar das medidas que estão sendo tomadas, aplicativos podem enganar os usuários e infiltrar-se dentro da Loja Google Play.

Se você instalou o Dubsmash 2 (cujo pacote se chamava “com.table.hockes”), você pode desinstalar o aplicativo indo às Configurações > Aplicativos > encontrando “Settings IS” e depois desinstalando o aplicativo.

O Avast Mobile Security detecta esta ameaça como Android:Clicker. SHA-256. Mais informações sobre as soluções Avast no Brasil: http://www.stity.com.br

Via assessoria de imprensa