Arquivo para a tag: arduino

Arduboy, um videogame retrô do tamanho de um cartão de crédito

by

Arduboy

O Arduboy é mais um projeto que passou pelo Kickstarter com muito sucesso. Agora, ele começa a chegar aos primeiros compradores em sua versão final.

A filosofia por trás do Arduboy é a de criar um gadget diminuto para jogar os games, mas também um dispositivo para criar e compartilhar jogos. O produto se assemelha ao Game Boy, inclusive nos circuitos que integram sua pequena tela de 1.3 polegadas.

Sua construção combina metal e policarbonato, o que dá a aparência de ser bem resistente. Seu tamanho corresponde com o de um cartão de crédito (85,60 x 53,98 mm), e dá margem para uma boa quantidade de personalização.

Arduboy-02

A intenção aqui não é criar um console potente, mas sim emular jogos do passado de forma simples e financeiramente acessível (US$ 39), que chama a atenção pelo seu design. Tenha sempre em mente que estamos diante de um gadget baseado no Arduino, que é completamente programável.

Vale destacar que temos aqui uma tela OLED, espaço para os botões de jogo, alto-falantes e bateria de 180 mAh, que oferecem excelentes 8 horas de jogo. Complementa o hardware 2.5 KB de RAM e 32 KB de armazenamento.

Arduboy-03

Além do Arduboy, existe uma variante chamada Tetris MicroCard, baseado no mesmo sistema de hardware, mas com configuração diferente na coloração de tela e botões. É mais caro (US$ 49) e já vem com o game Tetris carregado, e imaginamos que o produto pode rodar os jogos de nossa preferência, desde que seja programado para isso.

Tetris MicroCard

Mas estes consoles não estão sozinhos nesse universo de micro videogames. Temos ideias parecidas baseadas nas placas Arduino, que apostam na nostalgia dos gamers. Os projetos mais chamativos são o PocketChip e o PIGRRL Zero.

mini-consoles

A seguir, vídeos dos primeiros compradores do Arduboy testando o produto.

 

Via Arduboy

Apple II volta à vida, com a ajuda do Arduino e um emulador

by

apple-II-arduino

Muitos de nós jamais viram um Apple II em funcionamento, mas isso agora é possível… em partes. O projeto de um desenvolvedor que trabalhou com uma placa Arduino Uno, e que dedicou muitas horas para emular todas as suas características para devolver a vida para essa máquina lendária.

É um trabalho impressionante: ele teve que emular o conjunto de instruções de um processador MOS 6502 e até pesquisar como a saída na tela fosse a mesma do Apple II, algo parecido com o trabalho que o engenhoso método idealizado por Steve Wozniak desenvolveu para evitar colisões entre os dados de leitura e gravação.

apple-ii-original

O programador também revelou que utilizou um decodificador para o teclado PS/2 conectado ao Arduino Uno, e até conseguiu emular o funcionamento da interface para a leitura dos cassetes. É todo um exercício de engenharia reversa que permitiu, por exemplo, executar programas em BASIC.

O resultado é uma emulação quase perfeita, que também utilizava microcontroladores como o ATmega328P, que ajudavam nessa tarefa, mesmo contando com apenas 2 KB de RAM, contra 4 KB do Apple II original.

No vídeo publicado na página oficial do projeto, é possível ver como funciona o resultado final, que muito além das limitações daquela máquina do final da década de 1970, é simplesmente uma façanha.

Via Damian Peckett

Com o TinyScreen você pode montar o menor console portátil do mundo

by

650_1000_kmwgyxlpxi83wyqm7dmi

O TinyScreen é, na verdade, uma pequena tela para dispositivos wearables, do tipo OLED (16 bit de cor), um pouco menor que uma polegada, e com resolução de 96 x 64 pixels. O que torna essa tela diferente das demais é pelo fato dela contar com parâmetros que incidem na retro-iluminação da mesma, podendo aplicar o seu uso em muitos dispositivos de tamanho reduzido.

Com essa tela, os usuários mais habilidosos poderão criar os seus próprios projetos, com possibilidades ilimitadas. Essa tela pode trabalhar em conjunto com a plataforma TinyDuino (uma versão pequena do Arduino), inde é possível desenvolver desde videogames até relógios inteligentes.

O TinyScreen ainda não é um produto final, mas está em financiamento no Kickstarter. Seu preço é de US$ 25, e se tudo der certo, ele chega ao mercado em janeiro de 2015. Mas como apenas com a tela não é possível fazer nada, os criadores do projeto oferecem o kit completo de componentes para o seu funcionamento, por US$ 55. Para montar um smartwatch, o kit custa US$ 90 (a carcaça deve ser impressa), e o set completo de itens custa US$ 460.

Alguns aplicativos são compatíveis com a tela, como jogos, reprodutor multimídia, relógio, notificações, chamadas e mensagens via Bluetooth.

fea1a830dce0d37d87b1be83c912d6bd_large c8689ee0db82b92c803268c4c38a2cdb_large c54f7015072e785f16fbc2fb09a65f0a_large ba84cc72199319b9f766d9a628c5a1e6_large 7d647499c3285a3fc1280112269062bd_large 5c0d9373e2ab9814fa5dd6c650ed7b75_large 1e6cba62bfcb2057be321e6d24e54ea3_large

Via Kickstarter 

Xbox 360 Laptop. Isso mesmo: mais um “laptop” do Xbox 360

by

darkmatter-xbox-360

Talvez esse não seja o melhor momento para anunciar um novo projeto na Kickstarter baseado no “velho” Xbox 360, mas todos nós sabemos que não custa tentar. Principalmente se a ideia é boa, como é o caso do Xbox 360 Laptop, proposto pelo modder Darkmatter, que é bem mais atraente que as outras conversões anteriores.

Esse console semiportátil utiliza a base de um Xbox 360 Slim, que foi instalada em uma nova carcaça impressa em 3D e cortada com laser, para abrigar o console em si e uma tela de 15.6 polegadas (720), além de uma nova interface touchscreen baseada em Arduino. Todas as funcionalidades do console da Microsoft estão presentes, incluindo a conectividade WiFi, os seus 4 GB de armazenamento e o leitor de DVD.

O elemento touch, batizado com o nome Xduino360, serve basicamente para dispensar os botões físicos, tornando possível o acionamento da bandeja da unidade ótica, regular o volume e ligar o console com um simples toque em sua superfície. De fato, a ideia do Darkmatter é oferecer todas as peças do seu projeto em um kit de montar, para que qualquer pessoa possa criar a sua versão em casa.

Para isso, o modder pensa em tornar público todos os desenhos e planos de montagem em CAD, de modo que os usuários mais avançados possam modificar os seus consoles e até mesmo aperfeiçoar o projeto original. Aliás, o projeto é tão bem sacado, que conseguiu chamar a atenção de Ben Heck, uma verdadeira lenda no quesito “vamos modificar qualquer videogame do mundo”, o que é quase um certificado de qualidade para Darkmatter.

O Xbox 360 Laptop poderá ser adquirido caso o projeto consiga a sua arrecadação necessária durante o tempo de campanha na Kickstarter. O kit para montagem (sem o Xbox 360 Slim) custa US$ 499, mas se você nem quer se dar ao trabalho de sair montando tudo, pode comprar o produto já montado (com o Xbox 360, é óbvio) pelo preço de US$ 999.

Antes que você pergunte: o modder já afirmou que já pensa em redesenhar o seu projeto para que ele seja funcional com o Xbox One.

[Vídeo] A lâmpada da Pixar se tornou um objeto real, e com movimento

by

Sabe a lâmpada da Pixar? Aquela que aparece em todos os filmes da empresa? Pois bem, a Universidade de Victoria, em Wellington (Nova Zelândia) conseguiram não só criar a lâmpada com os mesmos traços da original, mas gerar movimento com a mesma, através de uma placa Arduino e um software aberto de processamento de imagens, o OpenCV.

Com esse software, a lâmpada detecta os rostos das pessoas, através da webcam integrada no objeto. Quando essa câmera encontra um rosto, tenta rapidamente estabelecer contato. O objetivo do projeto é estudar o comportamento da computação robótica, permitindo assim a mudança do comportamento para introduzir diferentes estados de ânimo, fazendo assim com que a lâmpada responda a estes estímulos com movimento.

De novo, melhor do que falar é mostrar, logo… vídeo abaixo.

Intel NUC (o mini computador de 10 x 10 cm) pode custar US$ 400 no seu lançamento

by

Para aqueles que não param de sonhar com o novo mini computador da Intel, boas notícias. É hora de começar a economizar, porque o simpático NUC (Next Unit of Computing) já tem preço definido de US$ 400, e deve chegar ao mercado durante o terceiro trimestre de 2012.

Com esse valor, você pode levar para casa um dispositivo com dimensões de 10 x 10 cm, com um processador Core i3 Sandy Bridge, 4 GB de RAM, 40 GB de armazenamento em SSD, três portas USB 2.0 e duas saídas HDMI. Diante de tais configurações, a unidade pode exercer de forma tranquila o papel de computador multimídia da sua casa, apesar de também ser utilizado como terminal de processamento de dados e unidade para exibições de publicidade.

De qualquer forma, não resta dúvidas que é mais um modelo cheio de possibilidades, mas que dificilmente chegará ao nosso país, o que é uma pena.

Via SlashGear

Internet of Things, a curiosa impressora da Adafruit

by

Uma placa Arduino, um cabo Ethernet e uma boa dose de imaginação. Estes são (de um modo geral) os ingredientes que o pessoal da Adafruit utilizou para concretizar a ideia do Internet of Things (IoT). Esta pequena impressora tem como objetivo imprimir textos reduzidos em uma tira de papel de 6 cm, que podem ser configurados automaticamente, graças a um programa desenvolvido pela própria empresa.

O Internet of Things pode informar em tempo real e em papel os resultados de uma partida de futebol, ou ler os tweets de uma determinada conta ou hashtag, por exemplo. O produto só é vendido em formato de kit de montagem, que custa US$ 89,95. Ou seja, para ter um produto desses na sua casa, é preciso ter alguma noção sobre controles Arduino. Vídeo abaixo.

Via Adafruit

Um hack de Arduino acende as luzes da árvore de Natal a cada e-mail recebido

by

Imagine o que você pode fazer com Arduino e muito espírito natalino. O Natal é um ótimo estímulo para a criatividade de muitos, principalmente na hora de decorar a casa. Nesse caso especial, vamos adicionar um terceiro elemento: os e-mails recebidos. Para cada e-mail recebido, as luzes da árvore se acendem. Não é algo que podemos chamar de muito útil, mas é no mínimo, curioso. Abaixo, o seu criador mostra em vídeo o projeto em funcionamento, assim como todos os detalhes que envolvem o projeto.



Via Engadget

Um NES dentro de um cartucho NES

by

Será que temos uma batalha entre os moddings fãs do Nintendo 8 Bits e aqueles apaixonados modders do Kinect? Seja como for, estamos chegando em um ponto em que conhecemos a versatilidade dos dois produtos pelas invenções que os desenvolvedores estão fazendo do que por aquilo que originalmente eles podem fazer. Tal como esse modding que vemos neste post: um Nintendo 8 Bits integrado em um cartucho de Nintendo 8 Bits.

Dessa vez, a criação deste console de NES portátil foi possível graças a outro clone chinês, que integram uma placa funcional do videogame em tamanho bem reduzido. A única coisa que foi necessária de modo adicional foi um Arduino, para incluir o suporte de controles externos. Abaixo, um vídeo que mostra a performance final do produto.



via Instructables

Push Snowboarding da Nokia e Burton registra suas habilidades no slalom com os dedos

by

A Nokia, em parceria com a Burton, desenvolveram um sistema de monitoração de snowboarders. A ideia é conectar uma série de sensores (ritmo cardíaco, pressão sobre a prancha e orientação) a um controlador Arduino, que se encarrega de enviar através do sinal Bluetooth cada um dos dados adquiridos para um Nokia N8, que registra toda a performance (incluindo o trajeto, com o GPS do próprio telefone). Tudo isso através de um aplicativo gratuito, que pode ser baixado a partir da página web do projeto Push Snowboarding.

Na site do projeto, você tem todas as informações, além do código fonte para ser instalado no telefone. Além disso, você pode fazer o download dos registros de snowboarders profissionais para visualizar no telefone. Abaixo, alguns vídeos que mostram o funcionamento e utilidade do aplicativo.

via Technabob

IDEO recupera a nossa vitrola com o sistema de realidade aumentada

by

Um mundo novo de possibilidades se abre com a moda da realidade aumentada. É isso o que pensa a IDEO, que imaginou que um simples toca-discos que combina, em um mesmo corpo, o encanto dos reprodutores de som do passado e os avanços da mais moderna tecnologia atual.

Para isso, eles montaram uma plataforma que faz uso das placas Arduino Pro Mini, que permite ler as informações armazenadas nos cartões RFID que se depositam na sua superfície. Nos cartões, temos diferentes canções (uma em cada face), graças as combinações de duas etiquetas RFID. Quando a música acaba, basta você virar o cartão para a outra face, para reproduzir o outro lado, ou até adicionar novos cartões para produzir os seus remixes. No mínimo, é uma proposta muito divertida. Veja o vídeo abaixo para entender melhor o conceito.

c60 Redux from IDEO on Vimeo.


Fonte

[modding] Controle de Nintendo 8 Bits controlando um celular Android (com vídeo)

by

O grande problema dos smartphones com touchscreen é o controle dos jogos. Os celulares com teclado se posicionam melhor neste sentido, porque você pode configurar as teclas para controlar certos jogos. Neste sentido, mesmo mal que temos gente de mente criativa para desenvolver estas soluções, digamos, bem humoradas. Alguém bem habilidoso desenvolveu um controle de NES (ou Nintendo 8 bits) para controlar um celular Android, ou melhor dizendo, um HTC Evo 4G, para poder jogar confortavelmente no seu emulador NES. Ele usou para isso um pouco de Arduino, um módulo Bluetooth BlueSMiRF e o já citado controle. O resultado disso? Um grande emaranhado de cabos, que você vê no vídeo abaixo.

Fonte

[pra descontrair] Moda Geek: camiseta com notificador de e-mails integrado

by

Algumas pessoas vivem reféns da correria do dia-a-dia, e precisam saber exatamente quando os seus e-mails chegam, na hora. Se você é um daqueles que usam um celular que só serve pra fazer chamadas e ver as horas, vai precisar desta invenção do nosso amigo Chris Ball, que junto com sua esposa Madeline, criaram esta camiseta que tem como objetivo avisar quando você receber um e-mail.

Ela é equipada com um micro controlador Arduino Lilypad, alguns LEDs e um adaptador Bluetooth para se comunicar com um telefone Android. A camiseta se ilumina a cada vez que o aparelho receber uma mensagem, mostrando o número de e-mails que estão estacionados na sua caixa de entrada. Não recomendado para aquelas pessoas que querem manter sua discrição na rua.


Fonte

[gadgets] Arduino e um acelerômetro: os ingredientes para fabricar seu próprio controle musical

by

Se criatividade não é um dos seus fortes, pegue sua caixa de ferramentes e se prepare para fazer mais um produto da série de gadgets artesanais feitos em casa.

O artista da vez é Ryan Raffa, que nos mostra como fabricar teu próprio controlador de áudio com um acelerômetro ADXL 335 e um chip Arduino. O dispositivo conta com cinco pulsadores (um por trilha) e um sexto botão para comando. Exatamente do jeito que você vê, do modo que você move as mãos, a música acelera, retarda, ou efeitos são aplicados. Caso queira montar um desses, o guia para montagem do Max MSP está disponível clicando aqui.

Fonte