Arquivo para a tag: aplicativos

Apple revela as 10 razões mais frequentes para um aplicativo ser recusado na App Store

by

apple

A Apple tem a fama de ser rígida na hora de aprovar aplicativos na sua loja, e muitos desenvolvedores ficam se perguntando o motivo para seu aplicativo ser recusado. Pois bem, a mesma Apple decidiu revelar para todo mundo os principais motivos que provocam tal recusa, apresentando na ordem as 10 razões mais frequentes para isso.

A lista representa 58% de todas as recusas na Apple App Store. E a lista é válida tanto para desenvolvedores ficarem cientes sobre o que precisam fazer para ser aprovado, quanto para usuários, que podem ter uma ideia melhor do rigor da Apple nos seus critérios. Lista a seguir:

* 14%: Necessita mais informações sobre o aplicativo.
* 8%: Aplicativos com bugs serão recusados.
* 6%: Não cumpre com os critérios do programa de licenças dos desenvolvedores.
* 6%: Apple e seus clientes dão valor à simplicidade, ao refinamento, à criatividade e ao planejamento nas interfaces de usuário. Os padrões estabelecidos pela Apple nesse aspecto são muito elevados, e se uma interface de usuário é complexa demais ou muito abaixo daquilo que é considerado algo “muito bom”, ela poderá ser recusada.
* 5%: Os aplicativos com nomes, descrições ou capturas de tela que não são relevantes ou funcionais para o aplicativo serão recusados.
* 5%: Os aplicativos que possuem um conteúdo falso, fraudulento ou que usam nomes ou ícones similares a outros aplicativos serão recusados.
* 4%: Nomes de um aplicativo na iTunes Connect e os exibidos no dispositivo devem ser similares, para não confundir os usuários.
* 4%: Os aplicativos com textos falsos ou incompletos serão recusados.
* 3%: Os desenvolvedores são responsáveis por obter pontuações apropriadas para seus aplicativos. Pontuações inapropriadas podem ser modificadas ou apagadas pela Apple.
* 2%: Os aplicativos em modos beta, demo, trial ou rest serão retirados.

Via Apple

Microsoft promove limpeza em sua loja de aplicativos; mais de 1.500 já foram eliminados

by

650_1000_wpstore

A Microsoft está levando à sério os alertas sobre a presença de aplicativos de procedência duvidosa presentes na Windows Phone Store, e está promovendo uma grande revisão nas opções presentes. Até agora, eles afirmam ter removido mais de 1.500 aplicativos que entram nessa regra suspeitos.

Aplicativos que tentam emular outros, ou apps que são apenas um atalho para uma página web entram nessa lista de apps a serem removidos. Antes, esse problema era mais presente na Google Play Store, mas conforme a Google foi contornando a situação, os desenvolvedores foram migrando para a Windows Phone Store. O grande problema aqui é que o usuário busca um aplicativo, e acaba encontrando um outro app que imita o original, tanto no nome como no ícone, mas que nada tem a ver com o item buscado.

A Microsoft informa que eles modificaram suas condições para que um aplicativo possa chegar à loja de apps, com regras mais rígidas. Agora, é necessário que o nome do aplicativo faça alguma referência às suas funções, que esteja em uma categoria de acordo com sua funcionalidade, e não podem utilizar ícones que induzam o usuário ao erro.

Essas condições se aplicam agora a todos os aplicativos na loja, e não apenas aos novos apps ou atualizações. Os desenvolvedores que não cumprirem com as novas normas serão contactados, para que os mesmos se adaptem. Alguns deles não gostaram das novas regras, mas a maioria está respondendo de forma rápida e sem maiores problemas.

A Microsoft pede paciência aos envolvidos, e afirma que vai destinar mais recursos para a revisão de aplicativos já existentes, mas que isso leva tempo. Para agilizar o processo, eles pedem aos usuários que, caso detectem algum aplicativo suspeito, que informe a partir da própria loja, ou que mande um e-mail para [email protected]

Via Windows Blog

Usuários do Android contam com 95 apps instalados em seus smartphones (em média)

by

android-pizarra

Se dois de cada três usuários norte-americanos não baixam aplicativos, saber que os usuários Android contam com 95 apps (em média) nos seus smartphones é algo meio contrastante.

A pesquisa divulgada pelo Yahoo! é ilustrada em um infográfco, que mostra essa farta quantidade de aplciativos em seus smartphones, além de revelar que 35 desses aplicativos são utilizados todos os dias. Os números foram obtidos pelo Aviate, uma launcher recém adquirida pela Yahoo! em janeiro, que além de organizar os aplicativos nos smartphones e tablets Android, pode coletar dados gerais (de forma anônima, segundo a empresa) sobre as tendências de uso nos dispositivos móveis.

Eles mostram no estudo como alguns aplicativos são utilizados em determinados horários, além de outras informações comportamentais.

650_1000_yahoo-aviate

Via The Next Web

Os downloads gratuitos crescem sem parar, ao contrário dos downloads pagos

by

650_1000_estatista

Em 2012, os usuários de dispositivos móveis de todo o planeta baixavam nada menos que 57.3 bilhões de aplicativos gratuitos, somando todas as principais plataformas. O total dos aplicativos pagos baixados, em compensação, era um número muito mais modesto: 6.65 bilhões de apps. Em 2013, os downloads pagos aumentaram claramente, apesar do crescimento dos downloads gratuitos ser muito maior. E essas tendências devem se manter no futuro.

Os números do relatório divulgado pela Statista (portal de análise e estudo de mercado) mostram que em 2017, serão aproximadamente 250 bilhões de downloads gratuitos, o que nos dá uma ideia do enorme potencial que esse mercado tem para os desenvolvedores e usuários.

Já os apps pagos não deem alcançar os 50 bilhões em 2017. Ou seja, desenvolvedores… fiquem de olho.

Via Statista

Hackers descobrem falha no anonimato do aplicativo Secret

by

867984772516941095

Dois especialistas em segurança encontraram uma falha no aplicativo Secret, que permite identificar o autor de uma determinada mensagem. Na teoria, seria possível que qualquer pessoa mande uma mensagem de forma anônima no aplicativo, lançando a bobagem que quiser, com a garantia que jamais seria descoberto. Mas não é bem assim.

O suposto anonimato foi facilmente superado com um bot criado por Benjamin Caudill e Bryan Seely, que conseguiram identificar os autores de três mensagens aleatórias. Detalhe: uma dessas mensagens vinha do próprio criador do Secret, David Byttow.

Os especialistas informaram os criadores do Secret onde está a falha, e o problema levanta diversas dúvidas sobre a conveniência de utilizar o aplicativo para outra coisa que não seja confessar que você comeu quatro bombons de sobremesa no lugar de um.

Aliás, seria um favor que as pessoas fariam para si mesmas. Não existe coisa mais covarde e babaca do que denegrir outras pessoas de forma anônima, sem oferecer a chance desse alguém se defender.

Quer criticar alguém? Fala na cara, e aceite as consequências.

Via Forbes

O aplicativo de produtividade do Tom Hanks é um grande sucesso na App Store

by

863114344993433383

Não faz muito tempo que falei desse aplicativo aqui no blog. O Hanx Writer, app para iPad que transforma o tablet em uma máquina de escrever, foi idealizado pelo ator Tom Hanks, e criado pelo programador Stuart Westphal. Pois bem, ele é um grande sucesso na Apple App Store dos EUA, sendo o #1 naquele país, e ficando no top 5 ou top 10 de vários países ao redor do planeta.

O aplicativo – que entrou na categoria de produtividade – é gratuito, mas inclui apenas uma máquina. Novos modelos com os seus correspondentes sons custam US$ 2.99 cada.

Segundo Westphal, a ideia de Hanks era criar um aplicativo útil de verdade para os amantes das máquinas de escrever. Por enquanto, o app só está adaptado para o idioma inglês, e os usuários comentam sobre muitas falhas de software. De qualquer forma, talvez nem o próprio Hanks esperava uma receptividade dessa.

Via iTunes

O aspecto quadrado dos aplicativos no BlackBerry Passport

by

650_1000_passport

A conta do Twitter @seb997 compartilhou uma série de imagens de como seriam exibidos os aplicativos no BlackBerry Passport, modelo com formato quadrado e tela de 4.5 polegadas (1440 x 1440 pixels). Recentemente, o BlackBerry 10 recebeu uma atualização via OTA que melhora o funcionamento dos apps Android, e uma dessas melhorias foi pensada nesse modelo em especial.

Podemos ver nas imagens a seguir como fica a aparência de aplicativos conhecidos – Google Maps, Flipboard, Pinterest, Twitter, etc – nas novas proporções. O que praticamente foi feito foi estirar o aplicativo para acomodá-lo ao quadrado, mas não desenvolver um aplicativo específico para o modelo.

Imagens a seguir.

img_20140816_214555 img_20140816_211649 img_20140816_211544 img_20140816_211444 img_20140816_211421 img_20140816_211338 img_20140816_211221 img_20140816_211013 img_20140816_210932 img_20140816_210858 img_20140816_193821

Via @seb997

Tom Hanks cria o app definitivo para os hipsters

by

hanx_writer

Tom Hanks pode colocar mais uma atividade no seu currículo: desenvolvedor de aplicativos móveis. Hoje (14) estreou na AppStore o Hanx Writer, um app para iPad que transforma o tablet em uma máquina de escrever.

Não é o primeiro aplicativo que aposta nessa ideia, mas Hanks é provavelmente uma das pessoas mais indicadas para lançar um app desse tipo. Ele é um amante das máquinas de escrever, e ele usa uma diariamente para redigir roteiros e notas. Sua coleção pessoal passa dos 200 modelos.

O aplicativo é gratuito, mas inclui apenas uma máquina. Para adicionar novos modelos (com os seus respectivos sons), você precisa pagar US$ 2.99 por cada máquina. Hanks foi muito claro nas suas especificações, e o app não é apenas um brinquedo, sendo uma ferramenta útil para quem quer produzir textos.

O ator garante que o objetivo do aplicativo é oferecer uma experiência pessoal e diferente ao escrever com o tablet.

Via USA Today

Swarm para Windows Phone é lançado oficialmente

by

swarm-windos-phone

A partir de hoje, os usuários do Windows Phone podem contar com o Swarm, aplicativo de check-ins fruto da mudança de filosofia do Foursware. O aplicativo já está disponível para download, e oferecerá aos usuários da plataforma da Microsoft os recursos já disponíveis para as versões do Android e iOS.

Com a reinvenção da marca, o Forsquare agora é uma rede de recomendações (no estilo do Trip Advisor) e o Swarm a ferramenta móvel para geolocalização. Se você está satisfeito com essa divisão, usa o Windows Phone e quer mostrar para o mundo onde você está, não tem mais desculpa para não fazer isso: clique aqui e faça o download.

Google Now agora mostra as suas alternativas quando o seu voo atrasar

by

google-now-vuelos-retraso

O Google Now para Android foi mais uma vez atualizado, e agora conta com um recurso que mostra o resultado de voos alternativos, no caso do seu voo principal atrasar. Afinal, pra quê ficar perdendo tempo no aeroporto, não é mesmo?

Essa não é a única novidade que a atualização traz. O Google Now também passa a emitir lembretes dos horários de trem e ônibus, baseado nas suas reservas de hotel (pesquisando os e-mails do Gmail), al[em de oferecer algumas correções e melhorias no desempenho.

Se você não quer esperar essa atualização chegar ao seu dispositivo, clique aqui e divirta-se!

Windows Phone Store já conta com mais de 300 mil aplicativos

by

650_1000_wp-300k-apps-screen

A Microsoft atualizou o seu site By The Numbers, onde dados interessantes sobre a loja de aplicativos Windows Phone Store são revelados. Destaque para a marca superior a 300 mil aplicativos disponíveis.

Independente da discussão se a quantidade é sinônimo da qualidade, ou se a comparação com outras plataformas é algo relevante, destacamos aqui o crescimento da loja, que é visto como algo positivo. Comparando com medições oficiais, em dezembro de 2013, eles contavam com 200 mil aplicativos na mesma Windows Phone Store.

650_1000_microsoft-windows-phone-store-numbers-02-4-billion-downloads

Em abril de 2014, esse número era de 250 mil aplicativos. Ou seja, são 10 mil apps novos a cada mês, o que pode indicar números ainda mais expressivos para o final do ano.

Sobre os downloads, A Microsoft revela que foram mais de 4 bilhões de instalações de apps da sua loja.

Via Microsoft

Usuários do iOS são 7 vezes mais ativos que usuários do Android, afirma a Net Applications

by

650_1000_iphone-5

Segundo a Net Applications, os usuários do iOS são muito mais ativos que aqueles que utilizam dispositivos Android. E isso acontece mesmo com os dispositivos Apple ocupando uma fatia de mercado muito menor que o sistema da Google.

De acordo com as estatísticas baseadas na monitorização de 40 mil sites da internet, controlando o acesso a partir de diferentes plataformas e o tempo de atividade, vemos que mesmo com uma cota de mercado muito inferior ao sistema da Google (12% para o iOS, 85% para o Android), os usuários da plataforma da Apple conseguem obter praticamente o mesmo volume de atividade na rede que os usuários do Android.

Nos números que controlam o tempo de acesso, é a primeira vez que o Android supera o iOS. As demais plataformas contam hoje com números realmente baixos.

650_1000_usageshare_q2-2014_netanalytics

Um dos motivos pelo “baixo” uso do Android é que grande parte dos smartphones seguem sendo utilizados basicamente para receber chamadas, onde os usuários escolhem modelos muito simples e baratos, sem utilizar com frequência a internet.

O relatório também é válido para anunciantes, que valorizam o tempo de atividade em uma plataforma, e a rentabilidade que podem obter com a mesma. Os desenvolvedores também ficam de olho, e pelo visto, seguirão dando prioridade ao iOS, mesmo sendo um sistema que vende menos.

E o relatório também satisfaz pessoas curiosas, como é o nosso caso.

Via Net Applications

Para a Ford, veículos elétricos e empresas de energia poderão se comunicar pela nuvem

by

ford-logo

A Ford está desenvolvendo em conjunto com sete das maiores montadoras do mundo e 15 empresas de eletricidade dos Estados Unidos uma tecnologia que permitirá aos veículos elétricos se comunicar com a rede de energia por meio da nuvem, tornando o seu uso mais eficiente e econômico.

O objetivo do estudo, feito em colaboração com o Instituto de Pesquisa de Energia Elétrica dos EUA, é criar uma plataforma de comunicação padronizada. Com ela, as fornecedoras de energia poderão enviar um pedido para que os donos parem temporariamente a recarga do veículo, ajudando a evitar os períodos de sobrecarga da rede. Em contrapartida, quem aderir ao programa pagará tarifas de energia mais baixas.

O sistema usa padrões e tecnologias de comunicação já existentes, como o MyFord Mobile App, evoluindo para a comunicação bidirecional entre a rede elétrica e os veículos.

As empresas de eletricidade participantes vão oferecer descontos aos proprietários que recarregarem seus carros de acordo com a disponibilidade de energia da rede, como é dado para os clientes que permitem o uso intermitente do ar-condicionado em casa nos períodos de alta demanda. Além de poder escolher o local de recarga, os optantes terão a opção de ignorar o pedido para parar o processo.

A parceria do projeto começou no segundo semestre de 2012, mas o conceito de integração dos veículos com a rede elétrica já é pesquisado por vários grupos há mais de 10 anos.

image003

Via assessoria de imprensa (Ford Brasil)

O Flappy Birds voltou! Mas é exclusivo da Amazon Fire TV

by

flappy-birds-new

Uma boa e uma má notícia para os fãs de Flappy Birds. A boa notícia é que o jogo está de volta. A má notícia, é que ele é um jogo exclusivo do set-top-box Amazon Fire TV, que ainda não é vendido no Brasil.

O jogo agora se chama Flappy Birds Family, e pode ser jogado por duas pessoas, pelo controle Fire TV. Além dos canos, os jogadores precisam desviar de fantasmas, o que deve tornar o título mais divertido e difícil. O jogo continua gratuito, mas não é compatível com os outros dispositivos da Amazon (tablets Kindle, por exemplo).

Não há informações para a volta de Flappy Birds para as plataformas móveis. Se isso acontecer, contaremos para vocês. E convidaremos vocês para a jogatina.

flappy-birds-02

Via Gamespot, Tecnoblog

Amazon oferece (de novo) mais de R$ 230 em aplicativos grátis, por 48 horas

by

amazon-android-gratis

A Amazon volta a ser camarada com os usuários de sua Appstore, e oferece um novo pacote de aplicativos para download gratuito, por 48 horas. Entre os dias 31 de julho e 01 de agosto, você pode baixar na Amazon Appstore brasileira 27 aplicativos que, somados, custam R$ 230.

Entre os apps disponíveis na promoção, temos o Kayak pro, a versão completa do Documents To Go, Instapaper, e vários outros em diferentes categorias (dicionários, produtividade, jogos, etc). Os aplicativos são compatíveis com todos os dispositivos Android, assim como (obviamente) os tablets da linha Kindle. Uma vez adquiridos esses apps, eles permanecem em sua conta para sempre.

Aproveite! Você tem (menos de) 48 horas! Clique aqui e boas “compras”!