Arquivo para a tag: AMD

Alienware e AMD lançam Area 51 com três placas Radeon RX480

by

Alienware AMD Area 51

A Alienware (uma marca da Dell) uniu forças com a AMD (que fornece a tecnologia Polaris nas suas placas gráficas RX) para lançar um novo desktop da série Area 51 com três placas Radeon RX480.

O Alienware Aurora R5 está disponível em versões com duas placas RX480 (também está disponível em versão com uma placa), pensando em atender os gamers mais exigentes, além de dar os seus passos para a realidade virtual.

 

 

Para que você tenha uma ideia do quanto pode custar a brincadeira, um Aurora com duas RX480, processador Intel Core i7-7600, 8 GB de RAM e 512 GB de SSD tem preço de aproximadamente 2.200 euros.

Parece muito dinheiro (e é), mas a mesma configuração com uma GTX 1080 custa 100 euros a mais, e se você optar em inserir em SLI com duas placas, o preço alcançá os 3.200 euros.

 

Area 51 com três RX480

 

Alienware AMD Area 51 02

 

Se você quer ir um passo além nas configurações, uma versão do Areia 51 pode acomodar três gráficos RX480.

A AMD propõe aqui um sistema de aproveitamento de várias placas chamado Crossfire, onde as tecnologias Vulkan e DX12 vão tirar proveito dessas configurações. No final das contas, vai depender muito do jogo se ele vai tirar ou não partido do hardware.

O Area 51 é o modelo mais elevado do catálogo da Alienware, além de ser o mais chamativo em design. O modelo com três placas gráficas, processador Core i7-6850K com 16 GB de RAM custa 3.600 euros. Com uma GTX 1080 em SLI, o valor sobre para 3.800 euros.

Por fim, o pequeno Alpha R2 é basicamente um rival dos consoles de mesa, com uma configuração mais simples e uma Radeon R9 M470X, com preço inferior a 700 euros.

 

 

Em resumo: equipamentos gaming para todos os gostos, bem associados à AMD. Mas a Alienware não deixa de lado a NVIDIA, e possui configurações paralelas com essa proposta.

Ainda teremos novidades para o restante de 2016, e o vídeo publicado no canal oficial do YouTube é uma clara evidência disso.

 

 

Via Alienware

Apple estaria trabalhando na sua própria GPU

by

Apple-A9-Chip

A Apple cria os seus próprios processadores, apostando por obter designs capazes de oferecer um alto desempenho, com a ajuda das CPUs ARM personalizadas e GPUs PowerVR de alto desempenho. Porém, uma fonte do Fudzilla garante que a Apple estaria trabalhando em sua própria GPU.

A informação tem sentido, já que viria a ser uma simples extensão do que eles já estavam fazendo com suas CPUs. Não há mais informações sobre o assunto, ou seja, sem detalhes concretos a oferecer. Porém, vale a pena fazer uma observação sobre o tema, já que não podemos descartar que a Apple tenha decidido colaborar com a AMD para o desenvolvimento de uma GPU própria.

Vale lembrar que não faz muito tempo que apareceu o rumor sobre a AMD estar preparando um SoC personalizado para a Apple. Obviamente não temos datas, mas parece ser claro que a Apple não vai tornar esse detalhe público, a não ser que seja algo 100% real, funcional e com um nível de desempenho de acordo com suas expectativas. De modo que é quase certo que não veremos nada a curto ou médio prazo.

Via Fudzilla

Controladores gráficos para o Windows 10: uma atualização obrigatória

by

Windows-10

Intel, AMD e NVIDIA publicaram controladores gráficos atualizados e otimizados para suportar o Windows 10. levando em conta a importância do subsistema gráfico e da conveniência de contar com controladores otimizados, a atualização é obrigatória para todos os usuários que já estão executando o novo sistema operacional da Microsoft.

O novo controlador Intel Graphics driver para Windows 10 é o 10.18.15.4256, e inclui o suporte para DirectX 11.3, DirectX 12, PlayReady 3 para reprodução a 1080p, Miracast, OpenCL, Media SDK, Audio e painel de controle. Suporta gráficos integrados incluídos nos processadores Core de quarta, quinta e sexta geração com Windows 10 e Windows 8.1. Estará disponível no Windows Update, na página do fabricante, e através do painel de controle instalado no Windows.

A AMD também atualizou o software Catalyst para a versão 15.7.1, incluindo o driver 15.20.1062 para Windows 7 e 8.1, e o driver 15.20.1062.1002 para Windows 10. Este último inclui suporte completo para WDDM 2.0 e DirectX 12 sobre todos os chips gráficos com arquitetura Core Next, desde a Radeon HD 7000 ou superiores, até as APUs a partir da 7400K ou superiores.

Por fim, a NVIDIA atualizou os seus controladores gráficos com um novo driver WHQL para Windows 10. O GeForce driver 353.62 suporta (de um modo geral) a partir das séries 400 até as 900, mas nem todos os modelos terão suporte completo, e utilizarão WDDM 1.3.

De acordo com a NVIDIA, todos os chips gráficos com arquitetura Kepler e Maxwell vão suportar o WDDM 2.0 e DirectX12. O driver está disponível na página do fabricante, no Windows Update e no painel de controle GeForce Experience, instalado no Windows. Como nos demais modelos, esta última opção é a melhor forma para ter atualizado esse importante recurso.

Microsoft pode estar interessada na compra da AMD

by

amd-logo

Apesar de não haver confirmação oficial, parece que a Microsoft teria iniciado as negociações para a aquisição da AMD. A empresa de Sunnyvale não atravessa o seu melhor momento nos aspectos financeiros, e fornece componentes para projetos importantes da Microsoft, como o Xbox One e as futuras Hololens.

Do ponto de vista econômico, a operação não deve gerar grandes esforços financeiros da Microsoft: a empresa conta com mais de US$ 95 bilhões em efetivos, e o valor atual da AMD é apenas de US$ 1.8 bilhão (três vezes menos do que o valor pago pela ATI Technologies em 2006).

Analistas estimam que a Microsoft paga hoje US$ 100 para a AMD para cada Xbox One vendido. Com quase 13 milhões de unidades vendidas do console, a conta é bem simples: a gigante de Redmond já desenbolsou US$ 1.260 bilhão para o seu provedor. Com a compra, eles podem economizar mais de US$ 1 bilhão por ano, além de obter milhares de patentes e tecnologias para a sua próxima geração de dispositivos.

A Microsoft muito provavelmente não precisa da AMD, que ainda se mantém forte nas soluções gráficas nos dispositivos top de linha, e em menor porte, oferece processadores para servidores. Não possui tradição no mundo mobile para ser adotado nos dispositivos Lumia, Surface ou similares. Por outro lado, a geração atual de consoles está no seu auge, e ainda tem alguns anos para ser substituída.

Se confirmada a compra, veríamos movimentos muito interessantes no setor. A Sony certamente não gosta da ideia de dar dinheiro para a Microsoft para cada PS4 vendido, mas também não parece ter uma boa saúde financeira para se dar ao luxo de mudar de plataforma.

Também seria interessante ver o que a Apple faria, uma vez que eles apostam na AMD para muitos dos seus produtos. E o que a Intel, sócia da Microsoft em múltiplos projetos, pode fazer?

Outras variáveis interessantes seriam o da Qualcomm ou da Samsung, que também estão de olho na compra da AMD. Talvez esses sejam apenas rumores (inclusive esse que envolve a Microsoft), mas de qualquer forma, a simples existência desses rumores já arranham de forma sensível a imagem da AMD.

E qualquer mudança desse porte (a compra de uma empresa por outra) pode desestabilizar um grande mercado como é o tecnológico.

Via KitGuru

LG lança seu primeiro monitor 4K com tecnologia AMD FreeSync

by

lg-4k-amd-sync-free-2015-06-09-01

A LG decide apostar na indústria dos games, anunciando o seu primeiro monitor 4K com tecnologia FreeSync da AMD.

O modelo da foto acima responde pelo nome 27MU67, com tela de 27 polegadas. A citada tecnologia é similar à G-Sync da NVIDIA, controlando diretamente a frequência de atualização do monitor para eliminar o tearing, evitando assim os saltos e interrupções nas imagens – sempre e quando você tiver uma placa gráfica da AMD, é claro).

Temos aqui um monitor da LG com tela IPS que pode reproduzir imagens entre 40 e 60 frames por segundo, com um lag de entrada de 9.7 milissegundos, cobrindo 99% do espaço de cores Adobe RGB, além de uma profundidade de 10 bits.

LG Electronics USA Monitor 3

O monitor LG 27MU67 conta com duas portas HDMI 2.0 e uma DisplayPort 1.2, entre outros conectores. Chegará ao consumidor devidamente calibrado, e começa a ser vendido ainda nesse mês de julho, ao menos nos EUA. Seu preço sugerido é de US$ 599.

Via LGAMD

 

Novo malware é executado nas placas gráficas

by

nvidia-geforce-gtx

Um grupo de pesquisadores conseguiram criar um novo malware que utiliza a placa gráfica para funcionar no lugar da CPU. A mudança é relevante, e traz consequências muito importantes.

O grupo conseguiu desenvolver duas ameaças desse tipo para o Linux, um rootkit e um keylogger, enquanto que para o Windows foi desenvolvido uma ferramenta de acesso remoto. A consequência mais evidente é que essas ameaças infectem nossa placa gráfica, mas sem ser detectáveis pelas soluções de segurança atuais e com um funcionamento 100% sigiloso.

A descoberta abre uma nova trincheira na guerra da segurança tecnológica, onde cada passo vem acompanhado de novas ameaças que obrigam as gigantes do setor a trabalhar sem descanso. Por enquanto, as ameaças foram criadas para fins educacionais e, de fato, só afetam as placas da NVIDIA e AMD, mas são um ponto de inflexão que abre a porta para novas formas de ataque.

Via Softpedia

AMD patrocina programa e-Games, nova atração da Rede TV!

by

e_games

A AMD é uma das patrocinadoras do novo programa da Rede TV!, o e-Games. A nova atração da emissora é um  programa multi-tela interativo, que vai mostrar tudo sobre o mundo gamer e levar para todas as telas a emoção dos maiores eventos de E-Sports.

A parceria faz parte da estratégia da AMD em investir em diversos eventos do setor demonstrando mais uma vez toda sua expertise na área de games. O e-Games, que tem sua estreia programada para amanhã, 09 de maio, contará com 15 máquinas disponibilizadas pela AMD, equipadas com o que há de mais moderno em tecnologia para games.

Via assessoria de imprensa

Ubuntu vai gerenciar três notebooks da HP para profissionais

by

hp-ubuntu

A Canonical, em parceria com a HP, AMD e a loja eletrônica britânica Ebuyer, vai lançar três notebooks com o sistema operacional Ubuntu, voltados ao setor profissional. São três modelos de baixo custo: HP ProBook 255 (200 libras), HP ProBook 355 (250 libras) e HP ProBook 455 (300 libras).

Todos os modelos contam com tela LED touch de 15.6 polegadas, HD de 1 TB, APU AMD de quatro núcleos e gráficos Radeon, além do sistema Ubuntu 14.04 LTS pré-instalado. O modelo mais caro conta com 8 GB de RAM, enquanto que os demais ficam com 4 GB de RAM.

Os modelos chegam ao mercado no final do mês de maio, no site Ebuyer.com.

hp-ubuntu-laptops

Porém, a notícia que realmente interessa está no fato que esse anúncio acontece uma semana depois que o governo do Reino Unido decidiu não renovar o pagamento do suporte estendido do Windows XP, que conta ainda com uma forte presença nos computadores administrativos daquele país. Em troca, eles seguem adiante com a adoção de formatos oficiais abertos.

Ou seja, temos aqui uma porta aberta para o GNU/Linux no Reino Unido, e que a Canonical quer aproveitar com o Ubuntu.

Via V3.co.uk

Windows 10 será lançado no final de julho, segundo a AMD

by

windows-10-wall

O vazamento de uma conferência com acionistas da AMD pode ter revelado a janela de lançamento do Windows 10, novo sistema operacional da Microsoft.

Quem revelou a informação foi a presidente da AMD, Lisa Su. Durante a conversa, ela afirmou que o lançamento do Windows 10 aconteceria ‘no final do mês de julho’, e ela espera que tal evento atrase a formação do estoque de produtos de volta às aulas (na Europa e Estados Unidos, que começa em agosto).

A Microsoft já havia afirmado que o Windows 10 seria lançado durante o verão norte-americano (inverno no Brasil), em 190 países e 111 idiomas, mas sem estabelecer a data de lançamento. A AMD tem informações privilegiadas sobre os planos da Microsoft, uma vez que precisa formar o seu portfólio de produtos para o lançamento do novo sistema operacional.

Vale lembrar que esta não é uma informação oficial da Microsoft, que vai realizar no final do mês a BUILD Conference, evento onde eles devem anunciar a data de lançamento do Windows 10.

Via SeekingAlpha

Lenovo Z50-75, uma mudança de ares para apostar em um preço competitivo

by

lenovo-z50-75-main

A Lenovo está se destacando em todos os segmentos de tecnologia, apostando em várias categorias de produtos. O seu último lançamento, o notebook Lenovo Z50-75, é uma prova disso: é um portátil que investe muito na relação custo/benefício.

No lugar de oferecer processadores Intel, o Z50-75 opta por uma combinação de CPU e GPU AMD, muito mais econômica no preço final. O resultado é um equipamento que, pelo seu preço, é uma boa opção para quem está buscando rentabilizar o valor pago pelo portátil.

O Lenovo Z50-75 é uma continuação da família Z50, que possui várias ofertas com preços competitivos. É um modelo que já está disponível nos mercados da Europa, onde a principal característica é um processador AMD FX 7500.

lenovo-z50-keyboard

Sobre suas características técnicas, esse processador conta com quatro núcleos a 2.1 ~ 3.3 GHz, com gráficos AMD Radeon R7 M260DX, uma opção acessível e que deve oferecer um desempenho decente para alguns jogos, mesmo sem contar com a máxima resolução possível. Não é um notebook para os gamers, mas deve agradar em cheio aos casuais.

O Lenovo Z50-75 possui uma tela de 15.6 polegadas (1366 x 768 pixels), áudio com certificação Dolby, teclado ACcuType, 8 GB de RAM e disco rígido de 1 TB.

lenovo-z50-back

O Lenovo Z5-75 não é um notebook muito espesso ou excessivamente fino (2.5 cm), e seu peso é de 2.5 kg. Um dos seus pontos mais débeis é a sua autonomia de bateria (de 4 células). Espera-se que a CPU de baixo consumo (TDP de 19 watts) possa ajudar nesse aspecto.

O Lenovo Z5-75 tem preço inicial sugerido de 599 euros, e já está disponível na Europa. Não há informações sobre sua comercialização em outros mercados.

lenovo-z50-big

+info

AMD participa da Brasil Game Show com computadores para gamers e ação interativa com impressão 3D

by

amd-processador

A AMD participa da BGS (Brasil Game Show), maior feira de eletrônicos da América Latina, que acontece no Expo Center Norte, na cidade de São Paulo, entre os dias 8 e 12 de outubro. A empresa preparou uma série de atrações para o evento, entre elas, computadores de alto desempenho para gamers e uma ação, na qual os participantes podem concorrer a miniaturas em 3D.

O espaço MOK by AMD está localizado dentro do estande da PlayTV na rua F estande F01. Nele os visitantes podem experimentar uma máquina equipada com o processador AMD FX 9590 de 5GHz e a placa gráfica AMD R9 295X2, considerados os mais rápidos e potentes do mundo, rodando o jogo Alien: Isolation em três monitores integrados.

O local ainda apresenta três computadores equipados com a recém-lançada APU A10 7800, rodando os jogos Fifa 15, Sniper Elite III e Plants vs Zombies: Garden Warfare. Todas as máquinas contam com gabinetes, teclados, mouses e headsets da Coolermaster.

Outra atração programada pela AMD na BGS é uma ação interativa com os visitantes. Todos os usuários que postarem no Facebook e Instagram fotos com a hashtag #AMDNABGS concorrem a miniaturas próprias em 3D. Ao todo, a empresa vai entregar oito miniaturas de participantes durante o evento – duas por dia – escolhidas a partir das melhores imagens postadas nas redes sociais e transformadas em miniaturas por meio de uma impressora 3D.

Além disso, todos os visitantes da BGS que postarem fotos com a hashtag #AMDNABGS podem imprimir as imagens no stand da AMD.

AGENDA
Data: 08/10 – apenas para Imprensa e Business e 9 -12/10 para o público geral
Hora: 13h às 21h
Local: Expo Center Norte – Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme, São Paulo – SP, 02055-000
Estande: Rua F estande F01

Via assessoria de imprensa (AMD Brasil)

Poderá o HP Stream 14 bater de frente com os Chromebooks?

by

HP_Stream_14

A HP tornou oficial o seu notebook de baixo custo HP Stream 14, modelo que chega para competir com os Chromebooks que já estão no mercado. Apesar do seu preço final não ser tão agressivo assim (US$ 300) para fazer frente aos portáteis com o sistema da Google.

Mesmoa ssim, o HP Stream 14 tem especificações de hardwar einteressantes, e conta com o Windows 8.1, diferencial importante para quem busca produtividade e mobilidade (ou para quem não quer depender tanto da internet em um portátil). O modelo possui tela de 14 polegadas (1366 x 768 pixels), 2 GB de RAM, 32 GB de armazenameento (+ 100 GB no Google Drive por dois anos), processador AMD A4, duas portas USB (3.0 e 2.0) e slot para microSD.

Sua autonomia de bateria não foi revelada, mas o processador AMD A4 tem a promessa de um baixo consumo de energia. Outro detalhe é que a HP vai oferecer o produto em várias opções de cores, visando chamar a atenção de um público mais juvenil.

O HP Stream 14 chega ao mercado no dia 24 de setembro. Por US$ 300, ele oferece as mesmas vantagens que qualquer Chomebook do mercado, e com um hardware similar. Pode sim ser uma boa aposta da HP e Microsoft para esse segmento.

Mas poderia custar mais barato sim…

Via Gizmologia

AMD expande portfólio com nova linha de SSDs Radeon R7

by

amd_radeon_ssd

A AMD anuncia a parceria tecnológica com a OCZ Storage Solutions – Toshiba Group Company, para o lançamento da série AMD Radeon™ de Solid State Drives (SSDs). Por meio desse acordo, as empresas colocam no mercado os SSDs AMD Radeon R7 de 120GB, 240GB ou 480GB.

A série é mais uma alternativa para jogadores que querem melhorar a capacidade de resposta do seu sistema com uma solução econômica que reúne performance, desempenho, velocidade e confiabilidade. Os SSDs permitem uma leitura mais rápida de arquivos, evitando os travamentos, principalmente quando utilizados em conjunto com outras soluções AMD (APUs e GPUs).

A chegada dessa nova série de produtos representa o próximo estágio da estratégia da AMD para ser “one-stop shop” para os consumidores, com um portfólio completo de soluções de alto desempenho, que agora inclui placas gráficas AMD Radeon ™, processadores AMD FX, APUs, memória AMD Radeon ™, processador chipsets, SSDs e muito mais. A adição de uma unidade de estado sólido (SSD) faz com que seja mais fácil para um cliente equipar o seu sistema com componentes de uma só marca de confiança.

Preços:

– Radeon R7 de 120 GB: US$ 99;
– Radeon R7 de 240 GB: US$ 164;
– Radeon R7 de 480 GB: US$ 299.

Seguem as especificações para todos os modelos de SSDs AMD Radeon R7:

AMD Radeon™ R7 Solid State Drives
120GB240GB480GB
Seq. Read1550 MB/s550 MB/s550 MB/s
Seq. Write1470 MB/s530 MB/s530 MB/s
Max Random Read IOPS2 (4K QD32)85,00095,000100,000
Max Random Write IOPS2 (4K QD32)90,00090,00090,000
Steady-State Random3Write IOPS (4K QD32)12,00020,00023,000
Via assessoria de imprensa (AMD Brasil)

AMD mostra seus destaques no segmento de informática, e promove concurso cultural

by

Falemos um pouco da AMD. Mesmo porque o mundo da informática não é feito apenas de uma única alternativa em seu segmento de processadores. Apesar de diferentes opiniões sobre o assunto, não podemos negar que temos no mercado brasileiro um novo segmento de consumidores de informática, que estão conhecendo o mundo dos computadores só agora, e querem um equipamento bom e barato, para realizar o básico. Ou até mesmo estão procurando um novo equipamento para realizar mais e melhor as suas atividades.

E os computadores com processadores AMD podem ser uma boa pedida.

Um dos trunfos que a AMD oferece em equipamentos que recebem os seus processadores é combinar toda uma tecnologia pensando nas especificações da máquina e nos elementos principais do seu hardware, para oferecer a melhor performance possível durante a execução do sistema operacional, aplicativos e jogos, com um desempenho pleno em diferentes situações. Para isso, a empresa oferece os competentes processadores da linha Vision, que trabalhando em conjunto com as placas gráficas da linha Radeon Mobility HD da empresa, que contam com uma memória dedicada para otimização da performance gráfica, resultam em uma experiência satisfatória para a maioria das utilizações cotidianas.

Para você que pretende usar o computador para navegar na internet, elaborar trabalhos escolares ou de escritório (com os aplicativos da suíte Microsoft Office), assistir vídeos online e armazenados no equipamento, rodar a maioria dos jogos disponíveis no mercado, entre outras finalidades que englobam o comportamento de uso da maioria dos internautas, os equipamentos com processadores AMD aparecem como excelentes opções para essas finalidades.

Para complementar essa experiência de uso, a AMD conta com parcerias envolvendo fabricantes que oferecem dekstops e notebooks com qualidade comprovada no mercado. Entre as marcas que trabalham com produtos da empresa, citamos: Megaware, Acer, Asus, Philco e SpaceBR. Todas elas buscam oferecer produtos com especificações de hardware ajustadas para diferentes necessidades, além de utilizar componentes e periféricos de outras marcas consagradas (como Bang & Olufsen, por exemplo), para otimizar a sua experiência de uso.

Outro destaque a ser observado é a variedade de produtos com diferentes faixas de preços. Entre os modelos mais populares, e com um hardware considerado de entrada (processador dual-core), é possível encontrar notebooks com preços que variam entre R$ 899,00 e R$ 1.199,00. Se você precisa de uma opção mais potente no segmento de notebooks (quad-core), existem modelos com preço inicial sugerido de R$ 1.799,00. E para aqueles que não dispensam a performance de um desktop, pode encontrar modelos com valores entre R$ 999,00 e R$ 1.349,00 (processadores hexa-core, com 8 GB de RAM e Turbo Boost, para os modelos mais avançados).

Como podem ver, a AMD oferece um espectro de opções interessante para quem busca uma alternativa de tecnologia no mundo dos computadores.

Concurso Cultural: “Sem AMD, não dá”

Muitos usuários vão ver boas vantagens na aquisição de um equipamento com um processador AMD. Agora, vamos apresentar mais um bom argumento. Os consumidores que adquirirem um computador com qualquer processador AMD das séries A (A4, A6, A8 e A10), série FX ou com processadores e aceleradores Vision AMD, estão aptos a concorrer a uma viagem para os Estados Unidos. O destino? Quem escolhe é você!

São três opções de destinos que o vencedor poderá escolher:

  • Los Angeles, Califórnia, com direito a uma visita aos estúdios da Electronic Arts, uma das maiores desenvolvedoras de games do mundo;
  • Orlando, Flórida, com direito a uma visita aos estúdios da Universal, uma das gigantes no segmento de produção cinematográfica e produções para a TV;
  • Cidade de Nova York, Nova York, com direito a assistir um show na Broadway, a meca dos teatros e grandes espetáculos nos Estados Unidos.

Cada nota fiscal de compra de desktops ou notebooks da AMD (independente do número de produtos adquiridos) vale como um cupom para a promoção. Para participar, o usuário deve preencher um formulário com os seus dados e as informações de compra no endereço www.semamdtofora.com.br, escolher o roteiro turístico de sua preferência, e responder a pergunta: “Como seria a viagem dos seus sonhos em alta definição?”. A resposta mais criativa leva a viagem. As respostas no site são válidas até o dia 31 de dezembro de 2012.

Resumindo: você pode ser mais produtivo, navegar melhor na internet, se divertir mais com os seus jogos preferidos e, de quebra, ter uma viagem inesquecível? É… recomendamos que você considere a possibilidade da compra de um computador novo, ou da troca de um usado… e quem sabe, já ir preparando as malas.