Arquivo para a tag: 4g

Categorias de 4G ou LTE: o que são e quais velocidades máximas oferece cada uma

by

torre internet 4G LTE

Com o 5G batendo na nossa porta, todo mundo já ouviu falar sobre as redes 4G ou LTE pelo menos uma vez. A quarta geração de redes de telefonia móvel permite a conexão de internet a partir dos nossos smartphones com uma maor velocidade, chegando a substituir as conexões físicas em alguns casos.

Quando um novo smartphone é apresentado, em algum momento o 4G é destacado. Nem todos os dispositivos contam com o mesmo 4G, pois a velocidade máxima que se pode obter depende da categoria do modem que incorpora o dispositivo em questão. Por isso, nesse post, vamos tentar explicar o que são as categorias 4G ou LTE, e quais são as velocidades máximas que cada uma delas pode oferecer.

O 3GPP é o grupo de trabalho que reuniu diferentes organizações especializadas em definir padrões para as especificações do 3G, e que também trabalhou para definir os padrões do 4G ou o seu nome técnico LTE (Long-Term Evolution). A primeira empresa a oferecer o LTE como padrão internacional foi a japonesa NTT-DoCoMo em 2004, e nos anos seguintes aconteceram as primeiras demonstrações, até que a primeira rede internacional foi comercializada na Suécia, em 2009.

Mas para a chegada do 4G LTE, a 3GPP publicou em 2008 a versão 8 de seus padrões, onde pela primeira vez incluía a quarta geração de telefonia móvel, estabelecendo as categorias de 1 a 5 para equipamentos de usuários. Depois disso, o 3GPP foi lançando novas versões para definir um total de 13 categorias LTE, e outras serão lançadas nos próximos anos.

 

As categorias 4G LTE (nesse momento)

lte-cat

 

Temos alguns casos curiosos na tabela acima. Por exemplo, a categoria 0 tem uma velocidade menor que inclusive o 3G, mas o motivo é que esta é uma categoria criada recentemente para conectar dispositivos da Internet das Coisas, que não conta com elevada exigência de velocidade, precisando ser muito eficientes no consumo energético.

A categoria 1 é inclusive mais lenta que o HSPA+, e é muito difícil de ser encontrada nos dias de hoje em qualquer smartphone ou tablet, que recebem nesse momento no mínimo a categoria 4. Os últimos lançamentos contam com modems integrados nos processadores de categoria 6, se bem que o Galaxy Note 7 (entre outros) já contam com categoria 9, já no padrão 4G+, ou LTE-Advanced.

Nesse momento, de pouco vale ter um modem LTE Cat.9 se as operadoras de telefonia móvel não tiram proveito dela. No Brasil, isso ainda é algo um tanto quanto distante.

LG LTE Action Camera chega para competir com a GoPro

by

LG LTE Action Camera-01

A LG decidiu investir no mercado de câmeras de ação, e apresenta a LG LTE Action Camera. O produto é repleto de boas especificações e um design muito atraente.

O grande diferencial do produto é a oferta da conectividade 4G/LTE, o que permite as transmissões ao vivo da ação registrada pelo usuário. A LG LTE Action Camera está preparada para enviar o que grava diretamente para o YouTube, em qualidade de 1080p por algumas horas. Obviamente, existem outros modos de gravação à margem do ‘broadcasting’:

– 4K @ 30 FPS
– 1080p @ até 120 FPS
– 720p @ 60 FPS

Além disso, a nova câmera de ação da LG possui resolução de 12.3 MP e grande angular de 150 graus. Sua bateria de 1.400 mAh é um grande destaque em um equipamento que pesa apenas 95 gramas, e seu hardware é gerenciado por um processador Qualcomm Snapdragon 650 (MSM8956) trabalhando com 2 GB de RAM e 4 GB de armazenamento (expansíveis via microSD de até 2 TB). A câmera possui outras conectividades, como WiFi 802.11 b/g/n, USB Type-C 2.0 e Bluetooth 4.1.

LG LTE Action Camera-02

Como não poderia ser diferente, o corpo da LG LTE Action Camera é resistente à água (IP67), mas sem o uso de carcaças protetoras. O acabamento externo é emborrachado, para aguentar melhor aos golpes e pancadas. Uma série de botões na sua superfície (um deles para o YouTube Live) gerencia seus comandos, mas um aplicativo no smartphone pode tirar vantagens de suas possibilidades.

Por enquanto, não há informações sobre preços ou sua disponibilidade. Fato é que temos um duro competidor para a GoPro e similares. Esperamos em breve obter mais informações sobre o tema, incluindo acessórios e vídeos de demonstração.

Via LG

Em 2021, teremos mais contratos de telefonia do que pessoas no planeta Terra

by

telefonia-em-2021-01

A Ericsson publicou os resultados do seu relatório anual “Mobility Report”, sobre as tendências de uso e conectividade das redes móveis, com dados atualizados de 2015 e previsões do mercado para os próximos seis anos.

Alguns números sobre a adoção das diferentes tecnologias de internet móvel e o crescimento mundial de contatos são revelados. Espera-se que em 2021, mais de 9 milhões de contratos (somados todas as tecnologias) estejam ativos. Ou seja, mais de um contrato móvel para cada habitante da Terra.

Como isso é possível?

telefonia-em-2021-02

São dois os fatores que explicam esse crescimento. O primeiro deles é o incipiente mercado da Internet das Coisas, que progressivamente vai ocupar cota de mercado nos próximos anos, ultrapassando os 1.5 bilhão de objetos conectados, com um forte impulso com a chegada do 5G a partir de 2018-2020.

A Ericsson espera que para 2021 exista mais de 150 milhões de assinaturas 5G na Coreia do Sul, Japão, China e Estados Unidos, que devem liderar esse crescimento. Mas durante os próximos anos, o aumento mais relevante será no número de usuários que virá de tecnologias atuais (principalmente o LTE) nos mercados emergentes da China e da África.

telefonia-em-2021-03

A China vai se transformar no principal mercado de 4G do planeta, com mais de 35% de todas as assinaturas com essa tecnologia, passando dos 350 milhões de usuários atuais para mais de 1.2 bilhão em 2021. A África também vai crescer consideravelmente, alcançando os 1 bilhão de usuários.

telefonia-em-2021-04

O estudo da Ericsson também indica que as novas tecnologias de conectividade serão mais utilizadas para ver vídeos em streaming. O uso dessa forma de ócio digital vai aumentar em seis vezes na América do Norte e na Europa, e entre 10 e 14 vezes em todo o planeta, ultrapassando os 70% de largura total de banda das redes móveis, contra os 50% atuais.

O YouTube será o serviço mais utilizado, com 70% dos usuários, seguido de longe pela Netflix, com 20% do tráfego de vídeo nos países onde o serviço está presente.

Via EricssonMobility Report em PDF

Swipe Ace Strike, um tablet Android 5.1 com conectividade 4G

by

Swipe-Ace-Strike

Mais um tablet com conectividade 4G e Android 5.1. A desconhecida Swipe apresentou o tablet Ace Strike, um modelo do tipo budget com tela de 6.98 polegadas (1024 x 600 pixels) HD IPS multitouch, processador quad-core de 64 bits, 2 GB de RAM e 16 GB de armazenamento (expansíveis via microSD de 32 GB).

O Ace Strike conta ainda com dois slots para SIM cards, câmeras de 5 MP (com flash LED) e 2 MP, rádio FM, bateria de 4.000 mAh. Rodando o Android 5.1 Lollipop, possui conectividade 4G/LTE (com função chamadas telefônicas), WiFi 802.11 b/g/n, Bluetooth 4.0 e GPS.

Via Snapdeal

25% dos usuários preferem 4G ao WiFi em casa. Mesmo?

by

samsung-galaxy

Uma pesquisa realizada pela Global Wireless Solutions (GWS), que tenta analisar as tendências de uso do WiFi e do 4G junto aos consumidores do Reino Unido mostra que pelo menos um quarto dos usuários entrevistados preferem utilizar em casa as redes de dados da operadora móvel do que a rede sem fio de internet residencial.

A GWS entrevistou 2.000 adultos britânicos que se conectam na internet dentro e fora de casa, e especialmente dentro de casa temos esse resultado curioso: 25% desses preferem usar as redes 4G de sua operadora do que o WiFi oferecido pelo seu roteador.

O principal motivo é que, ainda que eles sejam capazes de se conectar na rede WiFi doméstica, elas contam com menor velocidade que as redes 4G da sua operadora. De fato, 13% nunca se conectaram ao WiFi, adotando exclusivamente o 4G.

Os resultados surpreendem, ainda mais quando descobrimos para que eles usam a internet 4G. Em primeiro lugar, as redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter, etc), com 57% dos casos, seguido pelas mensagens instantâneas (WhatsApp, iMessage, BBM, etc) com 52% e pelas compras online, planos de viagens e outros acessos relacionados ao consumo de bens e serviços, com 46%.

Todas são atividades muito populares, mas que não exigem grandes larguras de banda e velocidades vertiginosas. Talvez o caso das redes sociais seja a principal explicação na hora de enviar fotos e vídeos, já que nesse caso os usuários de uma conexão ADSL estão em clara desvantagem em relação ao 4G, que conta com velocidades de upload maiores (lá fora).

Seja como for, é curioso que em um mundo onde as operadoras querem ofertar cada vez mais as suas redes móveis no formato WiFi dos usuários particulares e empresas, e sejam justamente esses usuários que agora preferem deixar de lado o WiFi para adotar o 4G dentro de casa.

Via ISPreview

Como funciona o 4G na Coreia do Sul (spoiler: humilha o 4G brasileiro)

by

4g-na-coreia-do-sul

Não é segredo que países como Japão e Coreia do Sul contam com as redes móveis mais velozes do planeta. Mas não é todo mundo que se dá conta do real potencial dessas redes. Um estudo da Signals Research Group (SRG) utilizou o sistema de medição Accuver XCAL-Solo para examinar como se comporta uma das melhores redes urbanas do país asiático, sem a intervenção de operadoras nos tentes, e em condições reais de funcionamento.

A rede testada foi a LG U + LTE-Advanced de 300 Mbps, que funciona com agregação de três bandas: 2600 MHz (2 x 20 MHz), 2100 MHz (2 x 10 MHz) e 850 MHz (2 x 10 MHz). Foram quatro dias de testes que se alternaram nos modos de usuário caminhando, em um carro ou dentro do metrô de Seul, com dois smartphones LG G Flex 2, com chipset Qualcomm Snapdragon 810.

Os resultados? Para começar, a velocidade média de download é de 158 Mbps, com picos de 296.5 Mbps, ou seja, muito próximo do máximo teórico da rede (300 Mbps). Além disso, durante mais de 30% do tempo, a velocidade deo download ficou acima dos 200 Mbps.

4g-na-coreia-do-sul-02

 

Sobre o upload, a média ficou acima dos 44.4 Mbps, com picos de 48.8 Mbps, próximo da máxima teórica de 50 Mbps.

Os bons resultados acontecem principalmente por conta da alta densidade de estações base de alta capacidade, que permitem ter múltiplos usuários simultaneamente sem uma queda de velocidade. Para mais detalhes dos testes, é possível fazer o download do estudo em PDF, nesse link.

Obviamente, nem todas as redes da Coreia do Sul são tão potentes. Em zonas menos urbanas e fora da capital, as velocidades são inferiores. Porém, os resultados dão uma boa ideia sobre como as redes LTE-A são capazes, e como o nosso 4G está atrasado.

Agora, imaginem quando as redes 5G estiverem implementadas em quatro ou cinco anos…

Via Fiercewireless

Project Loon vai levar internet 4G para todo o planeta… se as operadoras deixarem

by

project-loon

O Project Loon do Google é uma das aventuras tecnológicas que poucos ficam indiferentes, por oferecer uma nova forma de levar a conectividade para todo o planeta. Algo que parecia ser quase impossível ou pouco provável para muitos. Porém, os responsáveis pelo projeto seguem trabalhando e, aos poucos, vão oferecendo detalhes sobre os seus progressos, mostrando como funcionará o sistema de balões na hora de oferecer o serviço de redes 4G.

O vídeo que você verá no final desse post foi publicado nesse final de semana, e nele, alguns detalhes fundamentais do projeto são revelados. Eles contam que conseguiram ter os globos flutuando de forma segura por mais de 100 dias (mas eles esperam que no futuro essa autonomia ultrapasse os oito meses), e que são capazes de construir os balões em poucas horas no lugar de dias. Eles esperam poder lançar dezenas de balões por dia, e não apenas um, como acontecia no começo.

project-loon-02

Todos esses avanços estão alinhados no caminho para o lançamento do Loon em grande escala, mas um grande obstáculo precisa ser superado: a relação com as operadoras móveis.

Para que eles possam oferecer o serviço de LTE tal como previsto, o Google precisa chegar a um acordo com as operadoras locais em cada região que tem a concessão do espaço radioelétrico correspondente. Os usuários vão se conectar ao globo via 4G de sua operadora de forma convencional, nas frequências normalizadas na sua região, e por sua vez, o globo vai retransmitir o tráfego até a rede global, por meio de um link de alta velocidade.

Ou seja, o sucesso do Loon como rede global de telecomunicações vai depender dos pactos com as operadoras locais, algo que poderia entorpecer o seu processo de lançamento e a sua capacidade de funcionamento.

 

 

Via Project Loon

Novo Motorola Moto E 4G é anunciado oficialmente

by

moto-e-2nd-gen-2-phones-1

A Motorola Mobility anunciou oficialmente o novo Moto E 4G. O modelo foi especulado nos últimos dias por conta de vazamentos de operadoras internacionais, e agora é um produto oficial da fabricante de telefonia – que é uma empresa da Lenovo.

O novo Moto E traz como principal novidade a conectividade 4G, já pensando nas ofertas reduzidas das operadoras para essa modalidade de conectividade. O dispositivo mantém a sua tela de 4.5 polegadas (qHD), e a parte frontal do aparelho também passa a contar com uma câmera frontal, para atender os anseios dos usuários que querem entrar na moda das selfies.

moto-e-2nd-gen-lunch-1

Outra novidade do novo Moto E está no seu software, que passa a receber a mesma experiência oferecida no modelo Moto X. Esse ponto mostra como a Motorola quer oferecer uma experiência premium em um dispositivo considerado de entrada, o que é algo sempre positivo. O recurso destacado pela Motorola herdado do Moto X é o Moto Tela (notificações na tela do aparelho).

O novo Moto E conta com um processador Qualcomm Snapdragon quad-core de 1.2 GHz, bateria de 2.390 mAh, câmera traseira de 5 megapixels (com o recurso de câmera instantânea, com giro do pulso), câmera frontal (sem revelar a sua resolução, mas com o recurso de duplo giro para acionamento), e sistema operacional Android Lollipop.

Como não poderia deixar de ser, o Moto E conta com capas removíveis em várias cores para personalização do produto, além do Motorola Flip Shell, cases com tampas protetoras. O dispositivo está disponível nas versões com 8 ou 16 GB de armazenamento (expansíveis via slot para cartões microSD de até 32 GB), possui recurso Dual Chip Inteligente, Rádio FM, TV Digital, entre outras funcionalidades.

O Motorola Moto E 4G chega nas lojas online e física da Motorola nesse final de semana, e a partir da semana que vem, no varejo físico e online do Brasil, além das operadoras de telefonia móvel. O produto custa na sua versão mais completa R$ 699.

Fotos e vídeos do produto a seguir.

 moto-e-lte-2nd-gen-front-1 moto-e-lte-2nd-gen-front-dynamic-white-1 moto-e-2nd-gen-side-black-1 moto-e-2nd-gen-front-dynamic-black-1 moto-e-2nd-gen-front-white-1 moto-e-2nd-gen-back-dynamic-black-1 moto-e-2nd-gen-back-white-1 moto-e-2nd-gen-back-black-1 moto-e-2nd-gen-side-white-1 moto-e-2nd-gen-2-phone-screens-1 moto-e-2nd-gen-1-phone-1 moto-e-2nd-gen-park-1 moto-e-2nd-gen-city-1

Sony Xperia E4g, agora com conectividade LTE

by

650_1000_sonyxperiae4gblackaam

A Sony anunciou lá fora o smartphone Sony Xperia E4g, uma versão do recém lançado Xperia E4 que, tal como o seu nome indica, se destaca pela presença da conectividade 4G.

O dispositivo provavelmente conta com um hardware da Qualcomm para se tornar compatível com as redes LTE. De fato, não foram reveladas muitas informações sobre o SoC, além de se tratar de um processador quad-core de 1.5 GHz.

650_1000_xperia-e4g1

Fora isso, é basicamente o mesmo smartphone que já conhecemos: tela de 5 polegadas, câmera traseira de 5 megapixels, bateria de 2.300 mAh e variantes com single SIM e dual SIM. O conjunto é gerenciado pelo sistema operacional Android 5.0 Lollipop.

O preço sugerido do Sony Xperia E4g é de 129 euros. Estará disponível no mercado em abril, mas sem confirmar as regiões onde estará presente.

Via Sony

Já são mais de 490 milhões de usuários de redes 4G no planeta

by

blog-gsma

O último relatório da GSMA revela que já são mais de 490 milhões de usuários de redes 4G no planeta. As estimativas apontam para um número de 875 milhões antes do final de 2015.

Mais de 350 operadoras oferecem conexões 4G, e a cobertura dessa rede alcança 27% da população, marca que pode ultrapassar os 35% em 2015. Porém, apenas 7% das conexões móveis são realizadas com essa tecnologia, por conta dos custos dos smartphones compatíveis e o enorme uso das redes 2G e 3G nos países em desenvolvimento.

A Ásia segue como líder no consumo do 4G no planeta, com contundentes 477% de todas as conexões globais. A América do Norte fica com 32%, e a Europa, com 14%.

gsma-dados-4g

Destaca-se aqui a expansão do mercado chinês. Apesar de lançar a primeira rede comercial 4G apenas no final de 2013, a China já está próxima de alcançar os 300 milhões de usuários, se transformando assim no primeiro mercado mundial, superando os Estados Unidos. Por tabela, a operadora com maior número de usuários também está nesse país – China Mobile, com 90 milhões de usuários de redes 4G.

Via GSMA

Novo Moto G com 4G é lançado no Brasil

by

moto-g-2014-01

A assessoria de imprensa da Motorola Mobility anuncia o lançamento do Motorola Moto G de segunda geração (2014) com a conectividade 4G no Brasil. O modelo foi antecipado por conta de vazamentos realizados pelo próprio site oficial da Motorola, e agora o produto está disponível para compra, para os consumidores que desejam uma maior velocidade na conexão móvel.

O novo Moto G 4G possui suporte para dois chips, uma das características mais procuradas pelo público-alvo desse smartphone. A Motorola promete uma bateria com autonomia de uso de pelo menos ‘um dia inteiro’ (sem entrar em detalhes) através dos 2.390 mAh, e o modelo já chega ao mercado com o sistema operacional Android 5.0.2 Lollipop.

A versão com 4G do novo Moto G possui 16 GB de armazenamento interno, e mantem todas as características técnicas já conhecidas no smartphone, incluindo os alto-falantes frontais com som estéreo, processador quad-core, as duas capas traseira (Motorola Shells) e sistema dual-chip inteligente.

O Moto G com 4G estará disponível a partir de hoje (29) na loja oficial da Motorola (www.lojaoficialmotorola.com.br) e, em breve, nos quiosques, operadoras e principais varejistas. Preço sugerido de: R$ 899.

Via assessoria de imprensa (Motorola Brasil)

Dell lança no Brasil o Venue 7 4G, primeiro tablet com 4G

by

venue7(2)

A Dell anuncia a chegada no Brasil do Venue 7 4G, o primeiro tablet da companhia com acesso à banda larga móvel de quarta geração. O equipamento de sete polegadas, voltado a usuários finais, agrega mobilidade com a versatilidade do sistema operacional Android 4.4 (KitKat) e alto desempenho, graças ao uso do processador Intel Atom.

O Venue 7 é a segunda linha de tablets da Dell disponível no varejo brasileiro, e visa atender ao consumidor que deseja estar sempre conectado, com uma melhor experiência de navegação. O produto conta com acabamento texturizado,  que confere uma pegada firme ao equipamento e reduz o acúmulo de poeira e marcas de dedos, comuns no uso diário.

O novo tablet da Dell tem peso inicial de 290g e acesso aos recursos multimídia do sistema operacional Android (4.4), além de acesso aos milhares de aplicativos disponíveis na Play Store. O tablet oferece uma câmera traseira de 5 megapixels, câmera frontal de 1 MP, recurso de transmissão de fotos e vídeos sem fio via Miracast, e tela IPS de 7 polegadas.

Venue7(1)

O Venue 7 4G apresenta processador Intel Atom Z3460 da geração mais recente. Com 1GB de memória, o tablet também permite rodar os jogos mais populares da plataforma Android com som e imagem que garantem uma melhor experiência. Para o armazenamento dos dados, o tablet traz capacidade total de 16GB e a possibilidade de expansão por meio de cartões de memória microSD (até 64GB).

Em conjunto com o Venue 7 4G, a Dell oferece ainda o aplicativo exclusivo PocketCloud 2.0, que permite que o usuário esteja conectado continuamente com os seus dados e arquivos, sejam aqueles disponíveis na web ou até mesmo os armazenados em seu computador.

O tablet Venue 7 4G, com conexão 4G, já está disponível no site da Dell no Brasil (Dell.com.br), com preço inicial de R$ 999. O lançamento da Dell também será vendido no varejo a partir das próximas semanas.

Detalhes técnicos:

Venue 7 4G
–  Tablet com sistema operacional Android 4.4 (KitKat)
–  Processador Intel Atom Z3460 (até 1.6GHZ DUAL-CORE)
– Tela 7” HD (1280×800) IPS (para melhores ângulos de visão) com capacidade Multi-touch
– Opções nas cores Preta
– Memória RAM de 1GB
– Armazenamento de 16GB com expansão disponível via cartão de memória microSD até 64GB adicionais
– Câmeras de 5MP e 1MP para melhor resolução de fotos e videoconferências;
– Conectividade sem fio: 4G, 802.11b/g/n Wi-Fi + Bluetooth 4.0 + GPS integrados + Miracast/Dell Cast
– Conectores: (1) Micro-AB USB2.0 (carregamento) + (1) Fone de ouvido e microfone combinados + (1) 3FF micro-SIM slot (opcional na configuração com 4G)
– Bateria de 17.29Whr (4550 mAh)
– Aplicativo PocketCloud para acessar remotamente dados e arquivos do PC de sua casa;
– Suporte à tecnologia Miracast wireless display para projetar e compartilhar videos e conteúdos com outros dispositivos, como televisores compatíveis.
– Serviço opcional Complete Care contra danos acidentais para garantir que seu tablet permaneça protegido, onde a Dell conserta ou substitui seu aparelho em caso de acidentes, como derramamentos de líquidos, quedas ou sobrecargas elétricas.

Dimensões e Peso
Altura: 193 mm / Largura: 118 mm / Profundidade: 8,95 mm; Peso: a partir de 290g

Via assessoria de imprensa

Vivo internet pré e controle passam a contar com velocidades 4G

by

vivo-4g-vivotudo

A operadora Vivo fez algumas mudanças nas suas ofertas de internet móvel, e a partir de agora, os clientes dos planos pré e controle da operadora passam a contar com acesso à rede de dados 4G.

O plano Vivo Tudo passa a contar com o acesso à redes 4G da operadora, além dos benefícios já vigentes (100 minutos em ligações, SMSs ilimitados para qualquer Vivo do Brasil e 75 MB para navegação na internet, por R$ 6,90 por semana). A velocidade máxima prometida pela Vivo nesse plano é de 5 Mb/s. Os planos pós-pagos conseguem atingir até 10 Mb/s nas redes 4G.

Os planos Controle também foram beneficiados com o 4G, e agora podem enviar mensagens SMS ilimitados para qualquer operadora, tanto nos pacotes de 250 MB como no de 500 MB.

Por enquanto, o pacote diário (15 MB por R$ 0,99 por dia) permanece com a conexão 3G. Os usuários dos planos pré-pago ainda contam com dois novos pacotes de 250 MB (R$ 14,90) e 600 MB (R$ 24,90), ambos com 4G. Os usuários que já assinam um dos planos e que desejam obter a conexão 4G precisam se dirigir até uma loja para trocar o seu chip por um Vivo Chip 4G (desde que esteja em uma área de cobertura da rede).

Para mais informações sobre os novos planos, acesse o site da Vivo.

Misterioso smartphone da Motorola foi homologado pela Anatel (novo Moto G com 4G?)

by

moto-g-2014-01

A Motorola está preparando mais um lançamento para o mercado brasileiro. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) homologou um novo dispositivo (XT1078), que está cercado de mistérios.

A própria Motorola solicitou confidencialidade à Anatel sobre o produto. O pouco que se sabe é que o modelo é compatível com as redes 3G e 4G nacionais, conectividade WiFi de 2.4 GHz e suporte ao single SIM card. Além disso, o dispositivo acompanha o mesmo fone de ouvido encontrado no kit do Moto G, além do carregador de 0.7A (ou 0.85A), o que pode indicar uma bateria com uma capacidade não muito grande.

É possível fazer alguns chutes. Alguns acreditam que esse é o novo Moto G 4G de segunda geração, por conta dos padrões de numeração (Moto G de segunda geração é o XT1068). Com a homologação da Anatel, ele pode ser lançado muito em breve, ou a tempo de ser ofertado nas vendas de Natal.

moto-g-4g

Via Tecnoblog

LG F60, um smartphone de linha média com 4G

by

650_1000_lg-f60

A LG apresentou lá fora o F60, um smartphone muito parecido com o também recém lançado LG L Fino, com algumas diferenças nas características técnicas e estéticas. Entre as mais destacadas, temos uma câmera frontal melhor, uma bateria com maior autonomia e, principalmente, a conectividade 4G.

O LG F60 possui um processador quad-core de 1.2 GHz, 1 GB de RAM, versões com 4 ou 8 GB de armazenamento interno (expansíveis via microSD), tela de 4.5 polegadas (800 x 480 pixels, 207 ppp), câmera traseira de 5 megapixels, câmera frontal de 1.3 MP, bateria de 2.100 mAh e a já citada conectividade 4G. O sistema operacional que gerencia o dispositivo é o Android 4.4.2 KitKat, com a interface Optimus UI 3.0, com os recursos inteligentes presentes no LG G3.

A LG não informa quando o F60 estará disponível nos diferentes mercados internacionais onde a empresa está presente. Só confirma que o novo smartphone estará disponível nas cores preto e branco, além de uma variação em dual-SIM.

EUA lidera adoção do 4G no planeta, com 85 milhões de usuários

by

650_1000_lte

A GSMA revelou a lista do ranking mundial de usuários de telefonia móvel 4G em 2013, assim como a porcentagem de sua cobertura. Os Estados Unidos lideram esse ranking, com 85 milhões de usuários.

A liderança norte-americana é evidente, já que o Japão, vice-líder da lista, fica com quase a metade dos usuários dos EUA (43.9 milhões). Destaque para o fato que entre os 10 países da lista, apenas quatro são europeus e, mesmo assim, com números discretos.

Os EUA contam com um total de 341 milhões de linhas móveis em funcionamento, com o 4G alcançando 1/4 desses usuários. Um detalhe importante é que a cobertura do 4G por lá é de 97% da população, por conta da regulação estabelecida no país desde 2008, que facilita a venda ou troca de licenças de espectro entre operadoras.

Os dados oferecidos pela GSMA mostram que outros países/continentes também precisam criar condições favoráveis para a expansão das grandes operadoras, facilitando compras ou parcerias, e criando um entorno regulatório único para todo o continente. Isso certamente vai beneficiar o desenvolvimento de novas tecnologias, assim como a expansão do 4G. Por outro lado, é preciso tomar cuidado com a drástica redução de competidores, algo que pode elevar o preço dos produtos e serviços.

650_1000_ranking-usuarios4g

Via GSMA

Oi passa a oferecer internet 4G em todos os planos

by

Oi-Logo

A operadora Oi atualizou os seus pacotes de acesso à internet para smartphones, tablets e via modem. Os planos pós-pagos passam a oferecer acesso à rede 4G desde os mais básicos.

Para o acesso via smartphone, o pacote mais acessível (300 MB) passa a custar R$ 19,90/mês, podendo alcançar os 5 GB de dados por R$ 59,90/mês. Para o uso em modems e tablets, o plano de 500 MB custa 29/mês, e pode alcançar o valor de R$ 119/mês, para quem aderir ao pacote de 10 GB. Para quem já é assinante de um plano de celular pós-pago, banda larga, fixo ou Oi Conta Total, pode contar com ofertas de planos mais vantajosos.

A tabela abaixo ilusta os novos planos.

oi-planos-novos-internetmodem

Todos os planos são válidos mediante fidelização de 12 meses. Os planos sem fidelidade recebem um aumento de preço significativo.

Para promover o lançamento dos novos planos, a Oi oferece a franquia de 5 GB de forma gratuita por três meses para quem optar pelo pacote de 2 GB. Também são oferecidos descontos em modems e tablets, de acordo com o plano escolhido – sendo que no plano mais caro, o modem 4G é gratuito, mediante fidelização de um ano com a operadora.

Os planos já estão disponíveis para assinatura imediata. Os assinantes também contam com acesso ilimitado à rede Oi WiFi durante um ano.

Via Tecnoblog