Arquivo para a tag: 3D Touch

Android N não trará a interface 3D Touch

by

3D-Touch

Uma das grandes novidades introduzidas pela Apple e Huawei nos seus dispositivos foi a interface 3D Touch, característica que já está presente no Android N, como indica a documentação da Preview 2 do software. Porém, uma nova informação indica que o recurso pode não chegar na versão final do software.

A fonte da notícia não deu detalhes concretos nem justificou essa possível ausência, mas diversas possibilidades explicam, que vão desde a necessidade de seguir melhorando o recurso para uma implementação perfeita, e essa é uma razão bem crível. Outra hipótese é a Google reservar o recurso para introduzir a mesma depois, no lançamento do Android N, através de uma atualização corretiva ou complementar.

A 3D Touch é uma característica aplicada à interface touch, que permite a identificação de forma precisa da intensidade das pulsações baseado na pressão, mostrando respostas diferentes de acordo com a mesma. Por exemplo, uma pulsação leve pode abrir um aplicativo, mas uma pressão mais prolongada pode abrir um menu contextual com diferentes opções de uso e itens de configuração.

android-n-3d-touch

Não é algo revolucionário ou inédito. A Microsoft já brincou com o conceito, visando incorporá-lo no Lumia McLaren (ou Lumia 935). Mas levando em conta que o 3D Touch não seja implementado oficialmente no Android N, isso não quer dizer que os fabricantes de dispositivos não possam integrá-lo em algumas de suas interfaces. Algo bem comum, que já aconteceu em outras oportunidades.

Via SlashGear

Apple é processada por conta da tecnologia 3D Touch

by

Touch-3D-Apple

A Apple está acostumada a enfrentar processos de diversas índoles, mas agora os processos estão se acumulando. Além da ação por conta do Erro 53, temos outra vinculada à tecnologia 3D Touch, presente nos recentes iPhone 6s e iPhone 6s Plus.

Quem está movendo a ação é a Immersion, que alega que a Apple viola com esta tecnologia três de suas patentes, mas para fazer mais pressão também levou a reclamação para a International Rrade Commission (ITC, ou Comissão Internacional de Comércio) dos Estados Unidos, que pede a proibição das vendas do iPhone 6s e iPhone 6s Plus naquele país.

Como vemos, um resultado a favor do demandante pode causar danos sérios à Apple, e por isso não é difícil de se imaginar que a gigante de Cupertino vai tentar chegar a um acordo financeiro com a Immersion, já que a empresa pede uma indenização por danos, o que pode sair “mais barato” para a Apple do que se expor ao risco de uma eventual proibição de vendas.

Sobre as patentes que se alegam, duas das três são bem vagas e podem ser questionáveis, mas uma delas se enquadra total e diretamente, já que se refere a um sistema háptico que mostra pré-visualizações com uma pulsação leve e ações com uma pulsação intensa.

Via GSMArena

Como seria o “3D Touch” em desenvolvimento pela Samsung

by

samsung-3dtouch-01

O Digital Trends mostra uma patente registrada pela Samsung em abril de 2014, mas só agora publicada. O documento de título “Touch Imput Apparatus and Electronic Device Havin Thereof” faz referência a um teclado (físico ou virtual), com teclas sensíveis à pressão, que podem iniciar outras ações.

As imagens mostram detalhamentos de diferentes profundidades, conde poderia se exercer diferentes pressões em cada toque. Tratando-se de um teclado, teria a possibilidade que as diferentes intensidades predeterminassem a escrita em maiúscula, minúscula ou de algum outro caractere. Algo similar ao que acontece com o 3D Touch do iOS 9, com a aparição de menus contextuais que permitem diferentes ações, sem tirar o dedo da tela.

samsung-3dtouch-02

O sistema da Samsung se baseia na voltagem, onde o sistema “traduz” a pressão por sua equivalência em gramas, que determina a diferença de profundidade tanto em voltagem como em gramas: 1.5 volts a 80 gramas de pressão, e 3 volts para 35 gramas.

A tecnologia é pensada tanto para telas touch como para teclados físicos. Além de incorporado ao software do dispositivo, pode ser inserido em cases do tipo o Keyboard Cover do Galaxy Note 5 e do Galaxy S6 Edge+.

samsung-3dtouch-03

A patente aparece no momento em que os rumores que a Samsung teria formalizado um acordo com a Synaptics, onde as duas empresas uniriam esforços para criar uma tecnologia que suprisse essa nova dimensão na interação do usuário. No caso da Samsung, por enquanto, só vemos referências à função do teclado.

Huawei e Apple já incorporaram o recurso de forma mais ampla nos seus respectivos sistemas. E a Xiaomi já prepara os seus smartphones para a nova tecnologia da Synaptics. O recém apresentado Xiaomi Mi4c conta com o SideTouch ao incluir o pack de controladores S3708, que suportará o ClearTouch como especificou a empresa.

Assim, as opções do controle de pressão estão se ampliando. É claro que é preciso ver como será a experiência final do usuário, e do quanto os softwares estarão atualizados. Algo que não depende apenas dos desenvolvedores, mas também do sistema operacional.

De qualquer forma, uma nova frente está aberta para tornar o smartphone mais completo. Quem sabe na MWC 2016 a Samsung apresenta a sua nova tecnologia no lançamento do seu novo dispositivo top de linha.

Via Digital Trends

3D Touch chega ao iPhone 6 graças ao jailbreak

by

3d-touch-iphone-6-jailbreak

A tecnologia 3D Touch não é mais uma exclusividade dos novos iPhone 6s e iPhone 6s Plus. A solução chega (mais uma vez) pelas mãos do jailbreak, através de um aplicativo chamado Forcy, que ativa o menu contextual do 3D Touch, que executa diretamente as ações, sem precisar entrar no aplicativo.

Tal ação é ativada realizando um gesto no ícone, mas a última atualização do aplicativo permite ativá-lo pressionando o ícone por alguns segundos (a ação de apagar o aplicativo aparecerá se arrastarmos o ícone para cima). Além disso, uma vibração é ativada quando acionamos a função, imitando o 3D Touch dos novos iPhones.

É claro que a experiência de uso não será exatamente a mesma, mas isso mostra mais uma vez que com ajustes de código é possível obter muito mais do que imaginamos.

Vídeo demonstrativo a seguir.

 

Via DekazetaYouTube, Forcy

 

Rumor: Galaxy S7 terá Touch 3D

by

galaxy-s7-touch-3d

De acordo com os últimos rumores, o Galaxy S7 terá o Touch 3D, tecnologia que em teoria seria similar ao Force Touch do Huawei Mate S e do iPhone 6s.

Recapitulando: essa tecnologia usa uma tela touch capacitiva que é capaz de reconhecer a pressão em diferentes intensidades, e com a ajuda de um software pode colocar a interface de uso do smartphone em um novo patamar. Menus contextuais com diferentes opções podem ser acionados com uma pressão mais forte nos ícones, por exemplo.

Uma fonte chinesa garante que a Samsung fechou um acordo com a Synaptics para implementar a tecnologia ClearForce em seu próximo smartphone top de linha. A informação tem sentido, já que o Force Touch marcou um avanço considerável, deixando claro o caminho a seguir. E não imagino a Samsung renunciando à essa tendência.

Via GSMArena

Facebook já tem app compatível com o 3D Touch

by

facbeook-3d-touch

O 3D Touch dos novos iPhones funcionam muito bem, mas de nada serve se os desenvolvedores não atualizarem os seus aplicativos. Alguns como o Instagram já se preparam para isso, e hoje o Facebook mostra como está o seu avanço nessa adaptação.

O app do Facebook para iOS vai permitir que o usuário tire uma foto, envie uma foto ou escreva diretamente um post na rede social pressionando sobre o seu ícone de aplicativo, agilizando assim as tarefas mais comuns na hora de publicar na rede social.

Para receber a nova versão, basta atualizar o aplicativo oficial na App Store. Isso é, se o seu smartphone não atualizou automaticamente.

Via iMoreiTunes

 

O alumínio NÃO é culpado pelo aumento de peso do iPhone 6s

by

iphone-6s-plus-6-plus-diferenças

Quando foram reveladas as especificações técnicas dos novos iPhone 6s e 6s Plus, verificamos que haviam mudanças nas suas dimensões e peso. Este último detalhe chamou a atenção por não ter ocorrido o mesmo em outras versões (não nesse nível, pelo menos), e muitos indicavam a inclusão do 3D Touch e o uso de um alumínio mais resistente (série 7000) os motivos para isso acontecer. Pois bem, esse post revela o verdadeiro responsável pelo aumento de peso dos novos iPhones.

A nova estrutura de zinco pesa (segundo a Apple) apenas 2 gramas a mais que a do alumínio de série 6000 (com silício e magnésio) usado nos modelos iPhone 6 e 6 Plus. Logo, não é o único fator responsável pelas 14 gramas a mais no iPhone 6s, ou 20 gramas no iPhone 6s Plus.

iphone-6s-structure

Com isso, o culpado agora é quase exclusivamente o 3D Touch e sua composição. A nova tela pesa aproximadamente o dobro que a dos modelos anteriores (29 gramas no iPhone 6s, contra 12 gramas do iPhone 6). Isso se deve ao fato da tela 3D Touch contar com uma nova capa e a presença do novo sensor capacitivo para a pressão, o que aumenta a espessura e o peso da tela naturalmente.

iphone-6s-materials

Muitos usuários provavelmente não vão perceber esse aumento de peso, e de fato isso nem chega a incomodar. Mas para os mais detalhistas, o aumento chama a atenção, pois é bem maior do que as demais evoluções da linha ‘s’ (3 gramas do iPhone 4 para o 4s, e sem mudanças do iPhone 5 para o 5s). Logo, se confirma em partes o que era especulado antes do lançamento dos novos smartphones, que por sinal foram os que mais ‘spoilers’ receberam até agora. A má notícia é que os 11% a mais de peso não representam uma bateria maior. Pelo contrário: já vimos que a bateria dos novos iPhones está menor. Infelizmente.

Via The Verge

iPhone 6s e iPhone 6s Plus são anunciados

by

iphone-6s-iphone-6s-plus

Em evento realizado hoje (09) nos EUA, a Apple apresentou oficialmente os seus novos smartphones, nos modelos iPhone 6s e iPhone 6s Plus. Os modelos fundamentalmente conservam a proposta apresentada nos modelos lançados no ano passado, repetindo as telas com 4.7 e 5.5 polegadas, e algumas evoluções de hardware, além do novo iOS 9.

Com as mesmas medidas de tela, a Apple adiciona como novidade a inclusão de um novo cristal protetor e novas tecnologias para o seu controle, no lugar de adicionar uma maior resolução, brilho e precisão, como fizeram os concorrentes diretos. A Huawei apresentou o seu Force Touch no Huawei Mate S, e a Apple a rebatizou com o nome 3D Touch.

iphone-6s-ouro-rosa

Seu funcionamento já é conhecido: temos uma tela que não só reconhece gestos, mas também a força exercida pelo dedo do usuário sobre sua superfície. A Apple afirma que o novo cristal que reveste a tela é mais resistente que a do modelo anterior. O 3D Touch é compatível com o iOS 9, e está integrado com vários apps próprios da gigante de Cupertino.

Por trás da pressão na tela, temos a resposta do Tactic Engine, outra novidade do iPhone 6s, que exibe diferentes opções e menus que permitem realizar ações com menos movimentos ou toques sobre a interface. Essas opções estarão disponíveis tanto nos próprios aplicativos como no desktop, onde por exemplo, pressionando sobre a câmera, teremos diferentes opções como atalhos diretos.

iphone-6s-side-colors

Nas especificações técnicas, a principal novidade dos novos iPhone 6s e iPhone 6s Plus é a chegada do novo processador Apple A9 de 64 bits de terceira geração, que fica um passo atrás do A9X presente no novo iPad Pro, além do novo co-processador M9. Esse novo processador é 70% mais potente que o A8, com gráficos 90% mais eficientes. O novo co-processador M9 agora vem integrado no chip do processador, e o Touch ID também recebe uma ‘segunda geração’, que é duas vezes mais rápida que a anterior.

Os novos iPhones contam com suporte LTE Advanced, e segundo a Apple, o WiFi desse modelo ‘está mais rápido do que nunca’.

Outra novidade nos novos smartphones da Apple está nas câmeras, que recebem novas tecnologias para melhoria de imagem final e na resolução dos seus sensores. A nova câmera traseira iSight tem 12 megapixels de resolução, um salto significativo diante dos 8 megapixels do iPhone 6, mas ainda muito atrás em relação aos rivais diretos (na teoria; bem sabemos que capacidade de megapixels não quer dizer nada). E depois de resistir por muito tempo, os novos iPhone 6s e iPhone 6s Plus são capazes de (finalmente) gravar vídeos na resolução 4K (UHD).

iPhone-6s-teaser

O novo sensor de 12 megapixels conta com 50% a mais dos chamados ‘focus pixels’, o que se traduz como um foco mais rápido que o seu antecessor. O flash traseiro segue sendo o True Tone para melhorar as cores.

Também temos melhorias na câmera frontal, que agora possui 5 megapixels de resolução, acompanhado de uma nova tecnologia para usar o brilho da tela como flash, aumentando em até três vezes o brilho habitual. Claramente pensado nas selfies.

Outra novidade é o Live Photo. Com este modo de câmera, os novos iPhones podem registrar várias fotos (antes e depois do disparo), onde tanto na galeria como pressionando forte sobre uma imagem, ela se torna uma foto em movimento por alguns segundos. Vale o registro que essa ideia foi implementada pela HTC a alguns anos.

iphone-6s-oficial-01

Os novos iPhone 6s e iPhone 6s Plus chegarão ao mercado no dia 25 de setembro em 12 mercados selecionados. Até o final de 2015, os novos modelos estarão disponíveis em 130 países, onde o Brasil deve fazer parte dessa lista. Os preços dos novos modelos são exatamente os mesmos que os atuais iPhone 6, repetindo as mesmas capacidades de armazenamento (16 GB, 64 GB e 128 GB).

A Microsoft pode mudar de ideia sobre o cancelado Lumia McLaren?

by

lumia-mclaren

Um vídeo vazado pode indicar que a Microsoft ainda não abandonou por completo o Lumia McLaren, nome de código do dispositivo que poderia trazer consigo a tecnologia 3D Touch.

O McLaren (ou Goldfinger) seria um suposto sucessor para o Nokia 1020, um modelo que foi um sucesso de vendas por conta de sua poderosa câmera. Porém, alguém dentro da Microsoft entendeu que investir em uma nova versão desse modelo poderia ser um investimento de risco, sem falar que iria conta os novos objetivos da empresa – fortalecer a divisão móvel na sua produtividade e plataformas disponíveis, além de potencializar os serviços na nuvem.

Mas o vídeo publicado no Baidu pelo usuário @szleaks mostra como o Lumia McLaren funciona com a tecnologia 3D Touch, que permite os gestos de scroll e outros movimentos de interação no ar, sem tocar a tela, a alguns milímetros do dispositivo.

 

Até agora, a tecnologia não teve a acolhida que a Microsoft esperava junto aos desenvolvedores. Em maio de 2014, foram oferecidas as ferramentas para desenvolvimento e uso do 3D Touch no SDK do Windows Phone 8.1, assim como ideias sobre como é possível aproveitar ao máximo o recurso.

 

A incredulidade persiste

Por enquanto, não há um cancelamento oficial tanto desse suposto ‘Lumia 10X0’, nem da tecnologia 3D que vimos em funcionamento (talvez de forma prematura) no vídeo. Desse dispositivo, que já teve fotos vazadas, sabemos apenas que ele contaria com um sensor traseiro de 20 megapixels.

Também não sabemos qual é a rota de lançamentos da Microsoft para o restante de 2015. Tudo indica para pelo menos dois sucessores do Lumia 930, nos supostos 950 e 950 XL (Talkman e Cityman), que não dão indícios que contarão com o 3D Touch.