Compartilhe

Vamos corrigir esse erro.

Eu comprei o Sup Game Box em março de 2020, na última viagem que fiz na vida antes de acontecer tudo o que aconteceu. Eu levei alguns meses para produzir um review do produto para o meu canal no YouTube, e jamais me dediquei para escrever algumas palavras sobre ele aqui no blog.

Mas como eu estou nessa nova fase onde quero produzir conteúdos originais, escrevendo menos posts mas com textos mais longos e com um conteúdo de maior qualidade (bom, pelo menos eu quero acreditar nisso), decidi que vale a pena produzir o review em texto do Sup Game Box.

Por isso, chegou a hora de relatar a minha experiência de uso com o produto. Não vou enfatizar tanto nas características técnicas, já que praticamente metade da internet já fez isso. Quero mesmo é fazer o registro do que eu penso sobre o produto, e indicar se ele vale a pena para o que se propõe a fazer e, principalmente, pelo preço muito competitivo que ele tem.

 

 

 

Como comprei o Sup Game Box

 

Na Santa Ifigênia, em São Paulo (SP), também conhecido como “o melhor lugar do Brasil para comprar gadgets”.

Se bem que, se o seu objetivo era comprar uma TV Box, lá era o lugar. Fiquei uma tarde na Santa Ifigênia, e tudo o que eu ouvi era ofertas da caixinha mágica e “milagrosa” para TV. Não me aventurei a investir o meu dinheiro nisso, pois entendi que não iria valer a pena (e depois de tantos bloqueios de serviços por aí, ficou constatado que não valia a pena mesmo).

Na época, eu paguei em torno de R$ 40 no Sup Game Box, um preço que considerei competitivo em comparação com outras propostas que encontrei na internet. Hoje, esse produto pode ser encontrado no Mercadolivre por menos que isso com facilidade, já que a impressão que dá é que o hype do produto passou.

 

 

 

Antes de continuar, saiba que…

 

Existem inúmeras versões do Sup Game Box disponíveis no mercado, com diferentes formatos (alguns bem interessantes) e com listas de jogos das mais diversas. Vale a pena ficar de olho nesse detalhe para comprar a versão que melhor vai atender ao seu gosto.

Além disso, me ofereceram a versão do produto que vem com o controle e mais cabos para conectar com a TV. Não era tão caro assim esse modelo (R$ 70 em média), mas constatei que não iria valer a pena para o meu uso. Recomendo a economia de dinheiro nesse caso. Vale mais a pena investir o seu dinheiro em uma game box para ligar na TV via HDMI.

 

 

 

Design e estética do produto

 

 

Eu não preciso nem dizer que o Sup Game Box tem design escancaradamente inspirado no tão amado Game Boy, certo?

Tudo me leva a crer que o produto é concebido com a combinação de uma carcaça produzida por uma impressora 3D, que envolve a placa que roda o emulador e os jogos (você achou mesmo que ele contava com cartuchos?). Porém, de forma surpreendente, ele é bem construído, considerando que ele me custou apenas R$ 40.

Um destaque desse produto é que ele conta com a ótima bateria do Nokia 1100 e similares. Digo ótima porque, nos celulares com tela monocromática, ela durava uma semana. Com o Sup Game Box, eu falo sobre a autonomia mais adiante.

 

 

A carcaça em preto me agrada, mesmo com esse Sup em branco. Os botões funcionam bem, mas recomendo fortemente que, se você puder testar o produto antes de comprar, faça isso. Não corra o risco de comprar uma unidade do produto com o direcional engasgando.

O conector microUSB está lá para “alegrar” a minha vida (seria pedir demais um conector USB-C, e o controle de volume é feito por um dial na parte inferior.

E é isso.

 

 

 

Tela

 

 

Esse ponto é importante, principalmente para os usuários mais velhos como eu, que já estão com alguns problemas de visão por conta da idade.

O Sup Game Box tem uma tela de quase 3 polegadas de diagonal que cumpre o seu papel em exibir os elementos da sua interface e os jogos. E até que essa tela consegue fazer isso bem com bom brilho e boa reprodução de cores. Não é uma tela premium, pois você só consegue ver tudo direito quando está bem de frente para ela. Mas não podemos pedir mais do que isso em um produto com essa proposta.

Porém, é uma tela que exibe tudo muito pequeno. Alguns jogos ficam praticamente impossíveis de serem jogados quando os elementos da tela ficam minúsculos, e isso limitou um pouco a minha experiência de uso. Esse pode não ser um problema para os millennials e suas visões perfeitas. Mas para os geeks mais velhos como eu, essa tela complica as coisas.

Recomendo que os mais velhos procurem por um console retrô de bolso com a maior tela possível, para não correr o risco de ficar míope jogando videogames do passado.

 

 

 

A experiência de uso

 

 

O Sup Game Box cumpre o que promete, e entrega bons resultados na emulação dos jogos do NES, que não são tão exigentes para serem executados.

Tá, ele possui 400 jogos armazenados na sua memória, mas está longe de entregar 400 jogos diferentes. Alguns jogos são repetições alteradas de um mesmo título. Em compensação, jogos difíceis de serem encontrados também estão lá.

Por outro lado, é preciso ficar atento, pois como são versões diferentes do mesmo produto, a lista de jogos armazenados na memória não é a mesma para todas as unidades disponíveis para compra. Se puder, teste presencialmente o produto e dê uma olhada na lista de jogos antes de finalizar a compra.

Não percebi nenhum lag, travamento ou lentidão durante a execução dos jogos. Os controles responderam bem aos comandos, e a qualidade de áudio até que é satisfatória para a proposta do produto. É claro que você pode evitar irritar as pessoas ao seu redor reduzindo o volume a zero (a porta que você viu acima não vale para fones de ouvido, mas sim para o cabo que conecta o mini console na TV).

Sua ótima bateria (repito, é a mesma bateria do lendário Nokia 1100) entrega uma autonomia de uso de até seis horas, e como a proposta do produto é de oferecer diversão em qualquer lugar em forma de videogame, não é difícil ficar boas horas jogando os games que tanto fizeram a nossa alegria no passado.

 

 

 

Sup Game Box: vale a pena?

 

Pela relação custo-benefício, o Sup Game Box vale a pena sim. E em função do que o produto entrega, também.

É um dispositivo bem barato, sem pretensão alguma, prático e competente. Roda os jogos do NES sem maiores dificuldades, tem uma boa autonomia de bateria, é bem construído (considerando o seu preço) e tem um resultado final mais do que interessante.

Para quem quer matar as saudades dos jogos de NES, ou para quem quer conhecer os jogos que o seu pai jogou (tornando ele o seu parceiro no vício com os videogames), o Sup Game Box até que vale o investimento.

Recomendo a compra. Não é dinheiro jogado fora.

 


Compartilhe