Compartilhe

Se alguém ainda tinha alguma dúvida sobre a relevância de Stranger Things como série original da Netflix, os primeiros números revelados sobre a terceira temporada confirmam que a série é simplesmente um fenômeno.

De acordo com a Netflix, Stranger Things 4 foi assistida por 40.7 milhões de contas desde a sua estreia em 4 de julho. A plataforma não oferecem detalhes sobre perfis individuais, regiões, quantos capítulos foram assistidas por essas contas, e outras particularidades. Mas confirma que 18.2 milhões de contas viram a temporada completa, ou seja, os oito episódios em apenas quatro dias.

 

 

A série ou filme mais visualizado na Netflix nos seus primeiros quatro dias

 

 

 

Apenas para colocar um pouco de contexto nesses números, a Netflix celebrou a estreia do seu caríssimo filme Bright com o anúncio que 11 milhões de contas assistiram o filme durante os primeiros três dias. Esse recorde ficou para trás com a recente estreia de Murder Mystery, que alcançou 30.9 milhões de reproduções em três dias.

Outro bom exemplo para ilustrar o feito de Stranger Things 3 é Umbrella Academy, que levou um mês para alcançar 45 milhões de reproduções. Algo similar aconteceu com Sex Education e You, que também superaram a marca de 40 milhões de visualizações globais nos seus primeiros meses.

Já Stranger Things 3 alcançou mais de 40 milhões de visualizações em quatro dias e, ao que tudo indica, vai continuar a bater recordes na Netflix.

 

 

É sempre importante lembrar que, quando Stranger Things estreou a sua segunda temporada, a Nielsen afirmou que aproximadamente 8.8 milhões de espectadores (apenas nos Estados Unidos) assistiram a temporada completa dentro dos três primeiros dias posteriores à estreia. Diante desses números, a Netflix mencionou que a Nielsen não contempla as visualizações em dispositivos móveis ou portáteis, e que os números não eram corretos. Porém, não revelou os seus números na época.

De qualquer forma, senhoras e senhores, estamos diante de um novo recorde. E está bem claro que estamos diante de um baita fenômeno televisivo.


Compartilhe