Era para o Snapchat estar milionário nesse momento. Todo mundo copiou na cara dura o seu recurso Stories. Todo mundo mesmo: Instagram, Facebook, WhatsApp, Skype, LinkedIn, etc. E o Spotify é o próximo a subir nesse trem da cópia.

Storyline é a nova aposta do Spotify para integrar histórias ao seu serviço. O objetivo aqui é que os artistas possam compartilhar mais conteúdos sobre suas canções, futuros shows ou o processo criativo dos seus álbuns na plataforma.

 

 

Disponível para um reduzido grupo de artistas

 

 

Diferente do Behind the Lyrics, que pega dados do Genius para mostrar letras e curiosidades das músicas, o Storyline é alimentado pelos próprios artistas, que enviam os conteúdos para o seu perfil. O recurso já está disponível para alguns artistas através do seu aplicativo para Android e iOS.

O Spotify não confirma se teremos um lançamento global do recurso (na verdade, se recusou a falar sobre isso), mas garante que está testando o tempo todo novas formas de criar melhores experiências para mais usuários.

Para conferir como o Storyline funciona, é preciso ter a versão mais recente do Spotify em seu smartphone (no momento em que esse post é produzido, estamos na versão 8.5.5.853). Alguns usuários afirmam que não são capazes de ver os stories mesmo com o aplicativo atualizado.

 

 

Vale lembrar que, nesse momento, apenas um reduzido grupo de artistas conta com essa funcionalidade ativa em suas contas do Spotify e, mesmo assim, para ver o recurso em ação, é preciso ter o app atualizado. Um exemplo que mostra como o stories funciona está na reprodução de Sucker, uma das novas músicas do grupo norte-americano Jonas Brothers.

A seção do Storyline aparece logo abaixo do item Genius. Depois de apostar nos podcasts, parece que o Spotify está testando novas formas de ampliar o leque de conteúdo oferecido pelo seu serviço.

 

Via Android Police, TechCrunch