Compartilhe

Se você está em uma fase da sua vida onde optou por ser mais seletivo no consumo de conteúdo musical, ou simplesmente sonha de forma quase desesperada em eliminar da sua vida artistas como Pabllo Vittar e Nego do Borel por ser muito fã da Anitta, a sorte está a seu favor.

O Spotify finalmente vai liberar o recurso que permite o bloqueio integral de artistas que você não gosta para a reprodução de playlists, um dos recursos mais solicitados entre os seletivos e haters de plantão.

Depois de rejeitar tal funcionalidade em 2017, alguns acontecimentos recentes fizeram o Spotify rever a decisão. A funcionalidade já estaria em fases finais de testes, e poderá ser implementada muito em breve.

O principal motivo para o Spotify dar uma de Bolso… desculpa, gente… vou começar de novo…

 

 

O principal motivo para o Spotify “dar para trás” foi o recente movimento iniciado lá fora contra o cantor R. Kelly, o #MuteRKelly, após o lançamento do documentário que revelou vários relatos de abuso sexual cometidos pelo artista em questão nos últimos 25 anos.

Este acontecimento fez com que o Spotify finalmente desse o sinal verde para o desenvolvimento da implementação do recurso que permite aos usuários o bloqueio de um artista na plataforma. Ainda que o próprio serviço de streaming tenha realizado algumas ações para retirar a notoriedade de R. Kelly no serviço, as medidas não foram suficientes, e não alcançaram o impacto desejado.

 

 

De acordo com o The Verge (que teve acesso ao recurso na versão do aplicativo para iOS), a nova funcionalidade vai permitir o bloqueio total de artistas por parte do usuário. Ou seja, quando você bloquear um artista, não será executada nenhuma música dele em qualquer playlist ou estação de rádio da plataforma.

Porém, pelo menos durante esta fase de testes finais, o bloqueio não é aplicado quando o artista em questão é um convidado de outro artista. Muito provavelmente o Spotify ainda vai melhorar essa funcionalidade para que o bloqueio aconteça inclusive nestas situações.

Ainda não há previsão de lançamento desse novo recurso para os usuários finais do Spotify, mas como eu destaquei antes, esta é uma funcionalidade que está em fase final de testes.

 

Via The Verge


Compartilhe