Press "Enter" to skip to content
Você está em | Home | Smartphones | Sony Xperia 1 VI: estamos perdendo alguma coisa?

Sony Xperia 1 VI: estamos perdendo alguma coisa?

Compartilhe

Eu sei que o Sony Xperia 1 VI nunca vai dar as caras no Brasil, pois a Sony deu aquela bela arregada para o nosso mercado. Mas também sei que muitos fãs de tecnologia brasileiros gostariam de ter o dispositivo para chamar de seu.

O novo flagship da Sony chegou com várias mudanças de design, tela que abandona o 4K em nome de uma maior autonomia de bateira e toda a qualidade que os japoneses sempre colocaram no produto.

Então, me resta a cruel missão de comentar tudo o que vamos perder com a ausência do Sony Xperia 1 VI em nosso mercado. Ou quem sabe a Multi (que é a parceira da marca no Brasil) não se empolga e traz o dispositivo para cá.

Algo que, sinceramente, eu duvido que vai acontecer um dia.

 

As mudanças em um smartphone que segue potente

O Xperia 1 VI abandona o formato estreito característico da linha Xperia para alcançar uma melhor ergonomia e conforto. Para isso, encontramos mudanças importantes na sua tela.

O display do Sony Xperia 1 VI é um OLED de 6,5 polegadas com resolução FullHD+ (2340 x 1080 pixels), com tecnologia LPTO e taxa de atualização adaptativa de 1 a 120 Hz.

Abandonar o 4K é um sinal de que a Sony busca a maior autonomia de bateria. Tanto, que a tecnologia BRAVIA está presente para equilibrar as coisas no quesito brilho.

As telas OLED emanam menos brilho que as demais, e a presença da BRAVIA promete um brilho 50% maior na tela que a geração anterior do smartphone.

Seu corpo recebe a resistente à água e poeira (IP65/IP68), com um leitor de digitais na lateral.

Como não poderia deixar de ser, o Sony Xperia 1 VI recebe o processador Snapdragon 8 Gen 3 da Qualcomm, o mais potente de 2024, acompanhado de 12 GB de RAM e 256 GB de armazenamento (expansíveis via microSD).

Para garantir que o dispositivo será potente na maior parte do tempo, uma câmera de vapor vai ajudar a dissipar o calor dos componentes internos. É o primeiro smartphone da Sony a contar com esse recurso.

E como disse que a Sony focou as mudanças para a maior autonomia, é importante destacar que o Sony Xperia 1 VI recebe uma bateria de 5.000 Mah com a promessa de funcionamento por até dois dias longe da tomada.

É claro que algumas variáveis precisam ser analisadas, como o tipo de uso, o brilho de tela e quanto tempo você vai ficar jogando no smartphone, mas para um uso casual até que pode ser considerada uma estimativa realista.

 

E nas câmeras?

A Sony possui alguns dos melhores sensores fotográficos do mercado, e sempre chamou a atenção neste aspecto nos seus smartphones.

Dito isso, o Sony Xperia 1 VI possui uma câmera principal de 48 MP, que é o mesmo sensor do ano passado. A principal diferença no modelo de 2024 está na nova lente teleobjetiva, que oferece zoom óptico de 3,5x a 7,1x e distância focal de 85mm a 170mm.

Essa teleobjetiva também possui recursos macro para fotos em close-up com alta qualidade.

Outra novidade é que a Sony unificou os aplicativos de câmera em um único app, facilitando o acesso às diferentes funções.

E por falar em software, o smartphone sai de fábrica com o Android 14 e tem atualizações garantidas por até três anos. Mais do que a Motorola oferece nos seus telefones, o que é uma vergonha.

 

Preço e disponibilidade

O Sony Xperia 1 VI estará disponível a partir de junho de 2024 por um preço de 1.399 euros, em versão única com 12 GB de RAM e 256 GB de armazenamento.

De novo: esse smartphone não vem para o Brasil porque a Sony “deu de ombro” para os brasileiros.

A não ser que a Multi tenha a coragem de trazer ele para cá, vamos passar o resto da vida olhando de longe para ele.

O que não me parece ser algo tão ruim assim, pois entendo que o preço dele está bem salgado para tudo o que oferece.

 

Especificações Técnicas do Sony Xperia 1 VI:

Tela:

  • Tamanho: 6.5 polegadas
  • Tipo: OLED LTPO
  • Resolução: Full HD+ (2340 x 1080 pixels)
  • Taxa de atualização: 1 a 120 Hz
  • Tecnologia: BRAVIA da Sony
  • Brilho: 50% maior que a geração anterior
  • Corning Gorilla Glass Victus

Processador e Memória:

  • Processador: Qualcomm Snapdragon 8 Gen 3
  • Memória RAM: 12 GB
  • Armazenamento interno: 256 GB (expansível via MicroSD)

Câmera:

  • Traseira:
    • Principal: 48 MP
    • Teleobjetiva: 12 MP (zoom óptico de 3.5x a 7.1x, 85mm a 170mm)
    • Ultra grande angular: 12 MP
  • Frontal: –
  • Recursos:
    • Zoom 2x na câmera principal (recorte do sensor)
    • Melhorias de software na câmera principal
    • Aplicativo de câmera unificado (foto, vídeo, Pro, etc.)

Bateria e Software:

  • Bateria: 5.000 mAh (até 2 dias de uso)
  • Software: Android 14 (atualizações por 3 anos)

Outros:

  • Leitor de digitais na lateral
  • Botão dedicado para a câmera
  • Proteção IP65/IP68
  • Jack de 3.5mm para fone de ouvido
  • Alto-falantes estéreo
  • Conectividade: WiFi 802.11 a/b/g/n/ac/6e, 5G SA/NSA, Bluetooth 5.4
  • Dimensões: 162 x 74 x 8.2mm
  • Peso: 192 gramas
  • Cor: Preto
  • Preço: 1.399 euros (versão 12GB + 256GB)

Compartilhe