A Sony cada vez tem menor relevância dentro do mercado de smartphones, e os motivos para isso são vários, como a teimosia da empresa em mudar o design dos dispositivos, lançar dois modelos top de linha por ano em um intervalo de apenas seis meses, ou por acreditar que pode cobrar por seus dispositivos o mesmo que a Apple faz com o iPhone.

Todos esses fatores formam uma bola de neve com efeitos devastadores. E, para desalento dos fãs da Sony, tais efeitos podem chegar mais cedo que o esperado.

De acordo com Evan Blass, a Sony pode abandonar mercados como Oriente Médio, África e Turquia a partir de outubro de 2018. Se isso acontecer, tais mercados deixam de ter os dispositivos da marca em suas lojas, e os escritórios da empresa serão fechados nesses países.

Vale lembrar que, mesmo sendo o @evleaks, ainda não são informações oficiais. Mas se o rumor se concretizar, pode ser o início do fim da Sony no mercado mobile. A própria empresa já confirmou que se mantém nesse mercado por questões meramente estratégicas, esperando a próxima grande evolução tecnológica.

Mas para isso acontecer, os custos terão que cair, e sair de alguns mercados é uma forma disso acontecer. Vamos aguardar.

E sim… o Brasil pode dançar nessa também.

 

Via @evleaks