Faz alguns meses que a Sony decidiu não participar da E3 2019, um dos eventos mais importantes da indústria dos videogames. A decisão pegou muita gente de surpresa, especialmente porque coincidiu com a confirmação da volta da Nintendo e da Microsoft no evento. E na época, a decisão da Sony não foi explicada.

Shawn Layden, diretor da SIE Worldwide Studios, comentou em entrevista os motivos que motivaram tal decisão, que se resumem basicamente em “a Sony perdeu o interesse no evento”. Na entrevista, o executivo falou da importância do componente de mercado que o evento dava nas suas primeiras edições, onde a imprensa especializada motivava a discussão do que deveria ganhar destaque, além da preparação de campanhas comerciais.

Layden acredita que tudo isso se perdeu, e com a evolução da internet a manutenção de um evento como a E3 tem cada vez menos importância inclusive para os jornalistas, já que há notícias e informação sobre o mundo dos videogames de forma constante.

Também há referências ao evento Destination PlayStation, onde é possível manter relações com todos os parceiros, oferecendo uma visão completa dos planos da Sony ao longo de todo o ano.

Em resumo: a Sony não vai para a E3 2019 e provavelmente não estará presente nas próximas edições, porque a feira perdeu força e a empresa perdeu o seu interesse. Com a Destination PlayStation, a Sony tem o evento que precisa para seguir adiante com toda a sua estratégia em nível comercial.

A decisão pode não agradar, e entendemos os descontentes. A E3 é um dos eventos mais amados do setor dos videogames, mas é certo que a atitude da Sony se encaixa perfeitamente com o movimento de outros gigantes do setor, como EA e Activision.

Por outro lado, é curioso ver o contraste que existe entre a Sony e a Microsoft. A empresa de Satya Nadella parece estar ansiosa para cobrir o vazio que muitos gigantes estão deixando na E3.

Será o início do fim da E3 como conhecemos? Não podemos descartar isso, pois várias outras feiras de tecnologia já desapareceram. E essa é uma possibilidade que sempre está presente.

 

Via Gamespot