Sobre o performance mode no Microsoft Edge

Compartilhe

Uma das principais mudanças que deve desembarcar no Edge em breve é o modo de desempenho ou “performance mode”, que já está em testes no Microsoft Edge Canary 91. Neste post, vamos mostrar o que o “performance mode” pode fazer por você e pela sua experiência de navegação na web.

O Microsoft Edge segue em evolução, e está recebendo um volume cada vez maior de novidades depois que passou a adotar o motor Chromium. Afinal de contas, esse código é praticamente “universal”, se tornando o padrão da internet desde a chegada do Chrome ao mercado.

Hoje, o Edge é um dos melhores navegadores web do mercado, e uma escolha a ser considerada por qualquer usuário de tecnologia. E isso acontece por causa das soluções e novidades implementadas pela turma de Redmond.

 

 

 

Reduzindo o consumo de recursos no Microsoft Edge

 

 

O modo de desempenho faz com que as “abas em espera” (recurso que estreou no Edge para reduzir o consumo de recursos do sistema operacional) sejam ativada sem abas que estão inativas ou em modo de standby por pelo menos cinco minutos.

O novo modo representa uma mudança imediata em relação à configuração padrão do sistema operacional, que só entram em modo de espera depois de duas horas de inatividade. E, convenhamos: essa janela de tempo consideravelmente menor resulta em um impacto muito positivo na sua experiência de navegação e na redução de consumo de recursos.

O resultado da implementação do “performance mode” será uma melhora considerável no desempenho, principalmente para os usuários que deixam muitas abas abertas do navegador em segundo plano (é o meu caso, como produtor de conteúdo).

Além dessa redução de consumo de recursos, a Microsoft também promete uma melhora na velocidade e resposta à abertura de páginas, um melhor gerenciamento do consumo de recursos de CPU e bateria. Ao mesmo tempo, alerta que tais melhorias “podem variar dependendo das especificações técnicas individuais e hábitos de navegação”.

Ou seja, o desempenho do Edge pode melhorar e o consumo de recursos será menor. Mas a Microsoft não vai prometer milagres para quem executa apps online pesados e realiza mineração de criptomoedas.

O modo de desempenho ainda está em fase experimental no Edge, e só está disponível para alguns usuários do Canary. Ele precisa passar por outras otimizações para competir de forma direta com o Opera GX, navegador web voltado para os games que ajusta alguns dos recursos de software para entregar um melhor desempenho na execução de jogos mais pesados.

Para quem usa o Edge Canary é quer ativar o modo de desempenho agora mesmo, vá até os Ajustes do navegador e selecione a opção “5 minutos” no item “Suspender as abas inativas depois do tempo especificado”.

 

 

Via Windows Latest


Compartilhe