TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Snapdragon 888 vs Snapdragon 8 Gen 1: existe tanta diferença? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Tecnologia | Snapdragon 888 vs Snapdragon 8 Gen 1: existe tanta diferença?

Snapdragon 888 vs Snapdragon 8 Gen 1: existe tanta diferença?

Compartilhe

Se não tivesse tanta diferença assim, a Qualcomm não teria lançado um novo processador. Ou será que não?

A Qualcomm tem como o seu processador mais potente neste momento o Snapdragon 8 Gen 1. E além da nomenclatura, que deixa de seguir números sequenciais, o novo chip apresenta novidades em relação ao seu antecessor, o Snapdragon 888.

Porém, muitos usuários mais céticos estão se perguntando se essas diferenças são tão substanciais a ponto de considerar a troca para um smartphone com esse novo processador.

Neste post, vamos mostrar as principais diferenças entre o Snapdragon 8 Gen 1 para o chip da geração anterior, o Snapdragon 888.

 

 

 

Um desempenho brutal

O novo Snapdragon 8 Gen 1 conta com uma arquitetura ARMv9, o que se traduz em um melhor gerenciamento de energia, economizando até um terço da bateria em comparação com o seu predecessor. Seu desempenho aumentou em até 25% com o novo núcleo Cortex X2, além de alcançar uma velocidade de até 3 GHz com apenas 4 nanômetros.

Seus gráficos aumentaram em 30%, e sua GPU Adreno Gen 4 é mais eficiente nos aspectos energéticos, mas entregando uma frequência de resposta ao toque 35% mais rápida.

Em compensação, na conectividade, a grande diferença perceptível é que a velocidade máxima das redes 5G é de 10 Gbps.

 

 

 

Como tudo isso afeta o hardware?

O impacto do Snapdragon 8 Gen 1 em um smartphone pode ser positivamente significativo em detalhes que são muito relevantes para muitos usuários hoje.

Por exemplo, a câmera do dispositivo tende a registrar fotos de melhor qualidade, com maior poder de pós processamento de imagens. Ou seja, fotos e vídeos melhores pela capacidade de hardware. É claro que o software precisa ajudar, e bem sei que tem muita gente pensando nas maravilhas que o Google Camera ou GCam poderão fazer nos telefones com este chip.

O modo Always On Mobile permite o reconhecimento das emoções e até de alguns problemas de saúde no usuário. Vídeos em 8K HDR serão registrados com uma qualidade final excepcional, e as fotos noturnas podem melhorar em até 500% no resultado final.

A tela não será tão afetada pelo Snapdragon 8 Gen 1, mas existe a possibilidade de um smartphone contar com um painel com resolução 4K a 60 Hz de taxa de atualização. Porém, a tendência e que não veremos dispositivos com essas especificações com tanta facilidade, pois isso faria com que o preço final do dispositivo aumentasse significativamente.

Por fim, também não teremos muitos impactos na bateria dos dispositivos, que devem entregar autonomias similares às obtidas com o Snapdragon 888.

 

 

 

Conclusão

Não resta dúvidas que a evolução que o Snapdragon 8 Gen 1 entrega é algo notável. Principalmente nos aspectos de desempenho do dispositivo. Para quem quer exigir mais do telefone para as tarefas mais pesadas, esse processador é o mais recomendado.

Executar mais aplicativos (e apps com maior demanda) e realizar fotografias com qualidade excepcional serão experiências novas e muita satisfatórias nos telefones com processadores Snapdragon 8 Gen 1. Se os dois aspectos são prioritários para você, comece a economizar dinheiro desde já para trocar o seu smartphone no futuro.


Compartilhe