Se você tem em sua casa um ou vários consoles retrô muito bem cuidados, parabéns para você! E com certeza você já se deu conta que é impossível usar as pistolas que acompanhavam os consoles, como a Nintendo Zapper e a pistola do Master System em telas modernas.

Tais acessórios foram feitos para um mundo onde o CRT era o rei, e onde as telas planas em alta definição simplesmente não existiam. Hoje, se você conecta o seu NES em uma TV de LCD ou LED para jogar Duck Hunt, será impossível acertar alguma coisa na hora de disparar apontando para a tela.

Diante dessa frustração, e principalmente porque tanto Nintendo como PlayStation desenvolveram alternativas muito diferentes, a Sinden Technology criou a sua própria ferramenta para emular as pistolas de luz do passado: a Sinden Lightgun, que é compatível com Windows e Linux, e funciona com qualquer TV moderna.

 

 

Uma tecnologia complexa, mas funcional

 

A tecnologia por trás da pistola não é simples: uma câmera no barril da arma reconhece o retângulo da sua TV em alta velocidade, e uma CPU dedicada processa os movimentos da arma e as mudanças na distância com o televisor para acertar os disparos, de modo que não é necessário qualquer tipo de calibração nem barras ou câmeras adicionais como sensor.

O input lag da Sinden Lightgun é bem inferior ao dos ponteiros tradicionais como é o caso do PlayStation Move ou do WiiMote: apenas 5 milissegundos.

Os drivers para os sistemas operacionais mencionados transformam o ponteiro da pistola em um mouse, o que torna possível usar o produto em ports de jogos para PC (como House of the Dead) ou até em emuladores de sistemas arcade, como o MAME.

A pistola está em processo de financiamento coletivo no Kickstarter, e superou com sobras a meta imposta de US$ 32 mil. Se você quer ser um dos primeiros a ter o produto, tem duas opções: ou contribuir com US$ 100 para a Lightgun normal, ou investir US$ 130 para a versão Recoil, que agrega o retrocesso aos disparos.

Caso contrário, procure na casa da sua avó por uma TV de tubo para jogar Virtua Cop.

 

 

Via Kickstarter