Compartilhe

Não temos apenas a Stadia da Google ou o Project xCloud da Microsoft (ou a NVIDIA GeForce Now, em fase beta) como propostas de videogames por streaming. O Shadow oferece algo similar através do Shadow Ghost, com um catálogo que depende diretamente do usuário. A ideia é que o console do futuro não vai estar na sala de casa, e sim na nuvem.

O Shadow Ghost oferece vantagens para os usuários, onde as mais evidentes são a comodidade e a portabilidade, pois basta ter uma conexão à internet e um dispositivo de menor potência que vai receber os dados sem precisar rodar o videogame em si. A desvantagem é que tudo passa por uma assinatura e o seu catálogo é pré-definido.

Na prática, o Shadow é um serviço de videogames por streaming que permite rodar os jogos via smartphones ou computadores através de um app e conexão com a internet. Basicamente você aluga um potente computador na nuvem que atua como console para executar os jogos.

 

 

Diferente de outros serviços que contam com um catálogo de jogos fechado, o Shadow Ghost permite o início da sessão na sua conta do Steam, Origin ou battle.net, entre outros serviços. Assim, você pode acessar os seus jogos pagos nessas plataformas. A assinatura literalmente serve para acessar um computador potente na nuvem. O preço da assinatura do Shadow Ghost custa 29,95 euros/mês para pacote anual, ou 39,95 euros por mês.

O dispositivo não consome os recursos do notebook ou smartphone. Ele se conecta à internet via WiFi ou Ethernet, e então o dispositivo é conectado ao HDMI. Ele emite videogames a 4K UHD com 60 FPS ou Full HD a 144 FPS. Outro requisito necessário é se é possível conectar o teclado ou mouse sem fio, via Bluetooth, além do cabo USB.

 

 

Por enquanto, o Shadow opera em países como França, Bélgica, Luxemburgo, Alemanha, Reino Unido, Estados Unidos e Suíça. Seu preço é de 30 euros mensais. Já o Shadow Ghost pode ser alugado por 120 euros/mês.

É difícil de imaginar que esse produto vai chegar ao Brasil. Mas não podemos negar que a sua concorrência no mercado não será fácil. Veremos se tecnicamente ele consegue superar os adversários, oferecendo uma ótima qualidade de imagem.

 

 

Via Shadow


Compartilhe