TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Seu smartwatch pode causar irritações e queimaduras na pele? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Seu smartwatch pode causar irritações e queimaduras na pele?

Seu smartwatch pode causar irritações e queimaduras na pele?

Compartilhe

Os smartwatches e smartbands se tornaram muito populares entre os usuários de tecnologia, já que tem muita gente preocupada em quantificar as calorias gastas durante os exercícios físicos ou simplesmente deseja receber notificações das mensagens do WhatsApp enviadas pelos amigos.

Porém, o uso desse dispositivo pode resultar em efeitos colaterais no corpo, como irritações na pele e até queimaduras. Não são problemas tão frequentes, mas que podem afetar a um bom número de usuários.

Neste post, vamos falar sobre o que pode promover as irritações e queimaduras no uso de smartwatches, e como você pode minimizar ou resolver o problema.

 

 

 

Irritações na pele

Muitos usuários estão sujeitos aos mais diversos tipos de alergias provocadas por diferentes materiais, incluindo o próprio suor. E o uso de um relógio inteligente significa estar em contato com determinados materiais que podem resultar em efeitos colaterais no corpo.

Determinados tipos de plástico e o silicone podem causar reações na pele em alguns casos, principalmente considerando um uso mais prolongado. Porém, na maioria dos casos, o uso do smartwatch acaba causando irritação por estar mal ajustado no pulso do usuário.

Ou seja, não necessariamente o problema está associado ao material da pulseira, mas sim por causa do próprio usuário que não coloca a pulseira direito no braço.

Se você usa o relógio inteligente muito apertado no pulso e começamos a transpirar demais, muito provavelmente a sua pele vai ficar irritada. Neste caso, a solução é retirar o smartwatch do pulso durante as atividades esportivas, o que não é o cenário ideal para quem investiu o dinheiro em um produto justamente para quantificar essas atividades.

É claro que estamos passando uma situação absolutamente genérica, e cada usuário é um universo em particular. Nem todas as situações afetam a todos da mesma forma. Eu mesmo já tive irritações no uso de smartwatches e smartbands, mas foram em momentos pontuais ou sazonais.

De qualquer forma, leve em consideração esses aspectos, e analise se o problema está acontecendo por conta do contato dos materiais do relógio na pele ou se é a pulseira mal colocada no pulso combinada com o suor do seu corpo.

E tome as providências necessárias para sanar o problema.

 

 

 

E as queimaduras?

É importante deixar claro que não é normal que um smartwatch ou smartband provoque queimaduras na pele. Porém, a Fitbit retirou recentemente do mercado o seu modelo Ionic, já que os usuários começaram a relatar problemas de queimaduras no corpo ao usar o dispositivo.

Neste caso, o problema estava na bateria, que se aquecia tanto a ponto de gerar queimaduras. Um caso extremo, mas que infelizmente pode acontecer.

As baterias dos relógios e pulseiras inteligentes estão na parte inferior traseira do dispositivo, que é justamente a área que está mais próxima da pele do usuário. O uso do GPS integrado nesses dispositivos pode aumentar a temperatura, mas o normal é que isso não aconteça a ponto de causar queimaduras nos usuários.

Quando o problema de superaquecimento acontece neste tipo de dispositivo, é porque o relógio inteligente já possui um bom tempo de estrada, com vários ciclos de recarga ou que sofreram alguns golpes, pancadas ou quedas.

Nestes casos, a bateria pode realmente subir a temperatura de forma exacerbada e até inchar de forma repentina. E isso vai mesmo resultar em queimaduras na pele.

Por isso afirmamos que é sim possível que um relógio inteligente resulte em queimaduras de pele, mas é pouco improvável. Os casos são muito pontuais e podem ser perfeitamente explicáveis e considerados isolados. Não é uma regra. É a exceção.


Compartilhe