TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Seu iPhone 13 é metade de um iPad | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Notícias | Seu iPhone 13 é metade de um iPad

Seu iPhone 13 é metade de um iPad

Compartilhe

A crise dos chips e processadores ainda não acabou, e toda a indústria está sentindo os efeitos disso. A Apple não escapou desta crise, e tomou uma decisão drástica: reduziu a produção das novas versões do iPad pela metade pois, dessa forma, garante a produção do iPhone 13.

A decisão é plausível nos aspectos financeiros, pois o iPhone 13 vende muito mais que qualquer iPad. Porém, ela só é possível por causa dos aspectos tecnológicos, uma vez que os dois produtos são muito similares neste sentido.

Vamos entender melhor o que está acontecendo neste post.

 

 

 

iPad fica em segundo plano

A Apple não está sozinha neste tipo de movimento. Recentemente, a Sony fez o mesmo para garantir um estoque mínimo do PlayStation 5 para as vendas natalinas, e deixou de lado a produção de outros produtos menos lucrativos.

No caso da Apple, tanto o iPad Mini 2021 (que é muito interessante para muita gente por conta de todas as mudanças que ele oferece) como toda a linha atual do iPad terá a sua produção reduzida pela metade, apesar dos produtos serem potenciais ferramentas de trabalho para muitas pessoas.

Na prática, esses são produtos menos relevantes para os usuários e para a própria Apple, que obtém lucros maiores pelo volume elevado de vendas do iPhone 13, que está vendendo muito bem em todo o planeta.

Com a redução da produção do iPad, todos os componentes deste produto que podem ser utilizados no iPhone 13 serão aproveitados para garantir a produção e o estoque do smartphone. Isso mostra como os produtos são tecnicamente similares, dando a entender que a tela (e o seu tamanho) é um dos poucos diferenciais entre os dispositivos.

Esta não foi a única mudança promovida pela Apple para garantir o estoque do iPhone 13 para o Natal. Outras versões do iPhone de gerações anteriores também perderam algumas peças e componentes de sua cadeia de montagem, e esses itens serão utilizados para a produção dos telefones da atual geração.

 

 

 

Como tudo isso afeta o iPhone 13 na prática?

Para quem tem um iPhone 13 ou pensa em comprar um nos próximos meses, o impacto é zero. O produto final não muda. É como se o telefone jamais recebesse componentes que originalmente foram concebidos para um iPad.

É sempre importante lembrar que um smartphone não se limita à sua aparência ou ao seu exterior, e os elementos que não são visíveis aos nossos olhos podem muito bem serem os mesmos que podem montar outro dispositivo com características similares.

Elementos como placa-mãe, memórias e a estrutura interna onde todos os componentes são encaixados fazem parte da produção de um smartphone. E todas essas peças passaram do iPad para o iPhone 13 porque a Apple projetou esses elementos de forma que eles sejam integrados de um dispositivo para outro quando necessário.

Já outros componentes como lentes fotográficas e baterias são desenvolvidas de forma específica para determinados modelos de dispositivos. Por esse motivo (óbvio até), esses componentes não podem ser reutilizados.

Ou seja, as características técnicas mais elementares do iPhone 13 seguem intactas, o que faz com que o dispositivo seja o mesmo que você já conhece em sua essência. E isso ajuda a explicar por que o preço do produto permanece o mesmo, pelo menos por enquanto.


Compartilhe