Seu iPhone 11 pode ter a tela trocada pela Apple de graça?

Compartilhe

Não é só o iPhone 12 que está dando problemas com tela verde, bateria que se esgota e carregadores que não são entregues no kit de venda. O iPhone 11, que está perdendo os holofotes gradativamente com a chegada da nova família de smartphones da Apple, também está apresentando dificuldades pontuais, mesmo um ano depois de seu lançamento.

Em teoria, não era para a Apple oferecer suporte para problemas que estão ocorrendo depois de 12 meses do lançamento de um dispositivo. Porém, neste caso em particular, existem alguns detalhes que obrigam a gigante de Cupertino a oferecer um suporte mais amplo aos usuários.

Recapitulando: na época do lançamento do iPhone 11, vários usuários relataram alguns problemas na tela do dispositivo, algo que foi atribuído como uma falha entre o display e a sua integração com o sistema operacional iOS. Em teoria, esse problema poderia ser resolvido com uma simples atualização de software. Mas o tempo passou, e não foi isso o que aconteceu.

A questão era mais complicada do que poderia parecer. A ponto de, após alguns processos movidos por usuários na justiça, a Apple se sentiu obrigada a ativar um programa de reparação para os usuários do iPhone 11 que tiveram os seus dispositivos afetados por esse problema na tela.

Porém, sempre tem um asterisco ou linha miúda por trás desses programas de reparação. E, nesse caso, a linha miúda diz que…

 

 

 

Nem todo mundo tem direito a reparar o iPhone 11 de graça

 

É claro que isso ia acontecer. Afinal de contas, estamos falando da dona Apple, meu povo! Não existe almoço grátis nesse mundo, e na gigante de Cupertino você tem que pagar a sua refeição em dobro (e sem reclamar, de preferência).

O site oficial do suporte técnico da Apple revelou os detalhes deste tal programa de apoio e reparação de dispositivos, onde os usuários afetados poderão solicitar a reparação da tela defeituosa do seu iPhone 11 sem qualquer custo adicional (repito: mais de um ano depois do problema aparecer pela primeira vez).

A instauração da iniciativa confirma os rumores iniciais que afirmavam que o problema não seria exclusivamente relativo ao software do dispositivo, o que indica que ou um lote do produto já saiu de fábrica com a falha, ou que o dispositivo como um todo possui uma séria falha de projeto, o que resultou no problema da tela.

Porém, não são todos os modelos do iPhone 11 que contam com o direito de reparação. A Apple impôs algumas condições que precisam ser cumpridas para que o dispositivo seja elegível para o conserto gratuito.

Em teoria, qualquer iPhone que foi fabricado entre novembro de 2019 e maio de 2020 pode participar do programa de reparação de tela. Você pode conferir qual é a data de fabricação do seu modelo (caso você seja um proprietário de um iPhone 11) acessando o site oficial do programa de assistência técnica da Apple e digitar o número de série do dispositivo.

O programa será lançado inicialmente nos Estados Unidos, e não tem previsão para lançamento no Brasil. A tradição da Apple diz que uma hora ele deve chegar por aqui. Mas como as coisas acontecem de forma um pouco diferente em terras tupiniquins, não será surpresa se a empresa seguir cobrando em nosso país pelo reparo de um problema que ela mesma provocou.


Compartilhe