Seu Chromebook está lento e a bateria não dura nada? Um dos culpados é o Gmail! | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Seu Chromebook está lento e a bateria não dura nada? Um dos culpados é o Gmail! | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Seu Chromebook está lento e a bateria não dura nada? Um dos culpados é o Gmail!

Seu Chromebook está lento e a bateria não dura nada? Um dos culpados é o Gmail!

Compartilhe

Quem me acompanha nas redes sociais sabe o quanto eu amo o Chrome OS. Eu testei pelo menos três notebooks com esse sistema operacional até chegar no meu companheiro de viagens, o Acer Chromebook R11. É o portátil perfeito para viagens, pois é leve, competente, ótimo para digitar meus textos e entrega uma excelente autonomia de bateria.

E quem me acompanha nas redes sociais sabe quantas vezes eu reclamei do novo design do Gmail, que consome um monte de recursos do computador, fica travando o tempo todo (independente do sistema operacional e do navegador escolhido) e suas “funcionalidades inteligentes” como o autocompletar os textos só resulta no meu dia a dia a irritação no lugar da praticidade.

Agora, combine as duas coisas, e temos o motivo pelo qual esse post existe.

 

 

Novo design do Gmail, o grande vilão na autonomia de bateria do Chrome OS

 

 

Eu fiquei dez dias em Araçatuba (SP), visitando os meus pais e passando alguns dias de férias. Aproveitei e fui para São Paulo (SP) para o evento de lançamento do LG G8S ThinQ no Brasil. Para esses dias, eu não levei na viagem o meu notebook principal, o Dell Latitude E52520, porque ele é mais pesado e sua bateria possui autonomia menor.

Então, levei na viagem o Acer Chromebook R11, pelos motivos já mencionados no primeiro parágrafo (eu já falei hoje que eu amo esse notebook?). Porém, eu percebi que, ao longo dos dias, a autonomia do portátil, que alcançava fácil as oito horas de uso longe da tomada, não conseguia alcançar as seis horas. Sem falar na queda de desempenho, ficando cada vez mais lento e com travamentos, principalmente na hora de buscar arquivos armazenados no armazenamento do equipamento.

Nesses casos, você procura qual é a anormalidade ou o diferencial que está provocando esse consumo exagerado de recursos no equipamento. E não foi difícil descobrir o grande vilão.

Como eu precisei utilizar esse notebook para todas as principais atividades dos meus blogs, eu precisava deixar o Gmail aberto para receber e responder aos e-mails.

Ligue os pontos: interface antiga do Gmail + Chromebook com o desempenho prejudicado + eu irritado com tudo isso…

 

 

A dica da vida: use a interface HTML do Gmail

 

 

Eu sei. É a solução jurássica. Mas funciona.

Boa parte dos usuários mais novos nunca viram essa interface HTML do Gmail em funcionamento, mas ela foi a salvação da lavoura nesse caso. Quando eu deixei de lado a insuportável interface nova do serviço de e-mail do Google para adotar a versão antiga e em HTML do mesmo serviço, os meus problemas acabaram: o desempenho do Chrome OS voltou ao normal, e o consumo de bateria voltou a ser aquele que eu estava acostumado.

Então, você tem duas alternativas para trabalhar em paz com um Chromebook:

1) Não abrir o Gmail no Chrome OS, algo bem difícil para os mais produtivos;
2) Usar a versão HTML do Gmail, que funciona muito bem para a comunicação básica.

Como você pode ativar a versão HTML do Gmail?

É bem simples.

 

1) Acesse gmail.com. Como padrão, a versão antiga vai abrir, o que é algo normal e corrente para qualquer plataforma e qualquer navegador.

2) Enquanto o Gmail abre, você verá no canto inferior direito da tela um link para alterar para a versão HTML da plataforma. Clique nela.

3) Vai abrir o Gmail em HTML. Seja feliz.

 

A dica vale para qualquer navegador e qualquer sistema operacional, e é muito útil principalmente em computadores com uma configuração de hardware mais modesta ou restrita, como é o caso de boa parte dos Chromebooks. Também é recomendado para aqueles usuários que já tiveram o desejo de matar a pessoa que decidiu mudar a interface do Gmail, deixando essa porcaria insuportável.

E, se eu quiser receber as notificações de e-mails recebidos, eu simplesmente uso o smartphone para isso. Pois lá o novo Gmail até que funciona bem.

De nada!


Compartilhe