Compartilhe

Achou que a TIM se esqueceu de você, usuário do TIM Beta, e não ia aplicar o reajuste de preços anunciado no começo de 2020?

Achou errado, otário!

Não quero ofender você. Apenas usar um bordão do Choque de Cultura, algo que é bem oportuno nesse caso.

Fato é que o aumento do valor de recarga do TIM Beta comunicado para os clientes via SMS em janeiro com previsão de entrar em vigor em fevereiro finalmente foi aplicado nos planos atuais. Ou seja, a partir de agora, você deixa de pagar R$ 55 para recarregar o seu plano Beta, e passa a pagar R$ 60.

E é isso. Vamos aos detalhes.

 

 

 

Demorou, mas aconteceu

 

 

Não vou seguir com a minha teoria da conspiração, onde acredito fielmente que a TIM quer mesmo acabar com os seus planos pré-pago e sonha secretamente em ver o fim do TIM Beta (e que já estaria matando o serviço lentamente com as suas medidas). Ainda tem planos pré da TIM que tendem a valer a pena, desde que o usuário preste muita atenção nas letras miúdas de cada plano.

Porém, no caso do TIM Beta, faz um bom tempo que estou martelando na mesma tecla, e não vejo motivos para mudar de opinião: o plano já foi excelente, mas não é mais. Outras alternativas semelhantes em outras operadoras entregam uma relação custo-benefício melhor. Basta você olhar para os lados e pesquisar sobre as características dos planos da concorrência.

Porém, nesse caso, é preciso observar o timing da TIM em fazer as coisas. Nada nessa vida acontece por acaso, e aqui os movimentos foram relativamente bem pensados para alcançar resultados bem específicos.

Só não sei se é o melhor movimento que a TIM pode fazer. Mas… o que eu sei? Não sou um executivo de operadora de telefonia móvel. Sou apenas o pobre e velho blogueiro dando os meus palpites sobre as decisões dessas operadoras.

 

 

 

Movimentos friamente calculados

 

A TIM anunciou o aumento do TIM Beta e sentiu a resposta dos seus usuários, que não foi das mais positivas. Mesmo assim, já sabia o que tinha que fazer para não deixar esses mesmos usuários um tanto quanto irritados quando esse aumento se tornasse efetivo no futuro.

Primeiro, deu uma leve reformulada no TIM Beta, adicionando novas dinâmicas para obter pontos no programa de fidelidade e agregando alguns itens adicionais, como serviços de consumo de conteúdo. Ao mesmo tempo, liberou o WhatsApp de graça nesse plano, e removeu em praticamente todos os demais planos disponíveis em seu portfólio, com a desculpa curiosa do “vamos deixar o usuário decidir como ele quer consumir a sua internet”.

Depois, foi “gentil”ao flexibilizar a forma em obter convites para o TIM Beta, estabelecendo que os usuários que manterem recargas regulares de R$ 30 ou mais por mês durante quatro meses receberiam um convite automático para o plano tão desejado pelos usuários que adoram passar horas navegando pela internet. Essa medida fatalmente fará com que o número de assinantes dessa modalidade aumente exponencialmente.

Nas últimas semanas, os clientes TIM Beta também ganharam benefícios caso decidam abrir uma conta gratuita no C6 Bank, em uma parceria que também deve render aumento de usuários para as duas partes da parceria.

Agora, a cereja do bolo é voltar ao assunto do aumento da recarga do TIM Beta, que passa a ser de R$ 60. E, dessa vez, os usuários nem podem alegar que estão pagando muito por muito pouco, pois a operadora entregou uma série de “placebos” em forma de mimos para “justificar” o aumento. E a TIM nem entra em maiores detalhes sobre os motivos para tomar a decisão do reajuste só agora.

 

 

 

R$ 60 já estão valendo para o TIM Beta

 

 

O novo valor de R$ 60 mensais para o TIM Beta já consta no site da TIM a partir de hoje (4). Ou seja, é o preço oficial para recarga do novo plano. Atendentes da operadora também confirmam a mudança de preço, e que a mesma já está em vigor. E a operadora alegou na época do anúncio do novo valor que o plano sempre custou R$ 60, e que cobrava R$ 55 como um “valor promocional” ou “oferta”.

E agora, usuário do TIM Beta. O que você faz?

Sentar e chorar não é a solução.

Você pode aceitar o novo preço e se conformar com o fato que você vai ter que pagar uma mensalidade a mais por ano para manter o serviço com a operadora. Talvez para você realmente ainda esteja valendo a pena os 10 GB (ou 20 GB, se você for um Beta Lab) de dados e os 600 minutos (ou 2.000 minutos, se você for um Beta Lab) de chamadas de voz que o plano oferece.

Mas… um conselho de amigo?

SEMPRE vale a pena olhar para as alternativas ao seu redor.

Quem sabe você pode ser feliz com 16 GB mensais e minutos ilimitados por R$ 50? Será que o compromisso em pagar fatura todo mês é algo que incomoda tanto? E o roaming nacional que você recebe: pode ajudar ainda mais na sua vida?

Insisto que o TIM Beta já foi melhor. Hoje ele virou mais um. O que é uma pena. Ele era sensacional.


Compartilhe