No início da semana, vazaram as primeiras imagens do Samsung Galaxy Sport, relógio que chegaria com o Samsung Galaxy S10. Assim, foi possível conhecer algumas características do que supostamente seria a versão esportiva do Galaxy Watch. Agora, temos as características técnicas do mesmo relógio, mas que recebe o nome Samsung Galaxy Watch Active.

 

 

Assim será o Samsung Galaxy Watch Active

O Samsung Galaxy Watch Active teve todos os seus detalhes vazados pelo site XDA Developers. Teremos um relógio com tela de 1.3 polegadas (360 x 360 pixels) com tecnologia OLED. Além disso, terá um processador Exynos 9110 de última geração ainda mais eficiente do que as gerações anteriores.

A má notícia é que ele conta com uma bateria de 230 mAh, menor que os 300 mAh do Gear Sport de 2017. Por outro lado, a boa notícia é que temos uma ampla gama de possibilidades em relação às conexões sem fio no novo relógio.

 

 

O Samsung Galaxy Watch Active vai trabalhar com conexões Bluetooth 4.2, NFC, LTE, compatibilidade com o assistente virtual Bixby, vai integrar monitor de freqüência cardíaca, pedômetro, monitor de sono e estresse, barômetro de giroscópio e sensor de gravidade. Como esperado, virá com a última versão do Tizen no mercado: a Tizen OS 4.0.

Por último, mas não menos importante, o XDA indica que existe a possibilidade de existirem várias versões do relógio, dependendo do tamanho e da conectividade. Essa última faz referência à possibilidade de um modelo compatível com até dois eSIM, deixando o relógio independente na conexão de internet ou em realizar ou receber ligações através do relógio. Também não exclui o armazenamento aprimorado disponível em versões mais caras do relógio.

 

 

Quanto aos preços das versões do Samsung Galaxy Watch Active, nada foi revelado. Alguns rumores sugerem que os valores serão semelhantes ao atual Galaxy Watch. O mais provável é que o valor do novo produto fique na casa entre 400 e 450 euros.

Mas só vamos descobrir isso no dia 20 de fevereiro.

 

Via XDA Developers