TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Samsung Galaxy S21 FE deve ter diferentes chips em diferentes mercados (de novo) | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Notícias | Samsung Galaxy S21 FE deve ter diferentes chips em diferentes mercados (de novo)

Samsung Galaxy S21 FE deve ter diferentes chips em diferentes mercados (de novo)

Compartilhe

Vai acontecer de novo.

A Samsung planeja lançar o já muito esperado Samsung Galaxy S21 FE com diferentes processadores em diferentes mercados. E, dessa vez, o motivo para isso acontecer é a escassez de chips no mercado global.

Se isso acontecer, o Snapdragon 888, processador top de linha da Qualcomm, vai mais uma vez ser reservado para mercados específicos (muito provavelmente Estados Unidos e Coreia do Sul), enquanto que os demais países (incluindo o Brasil, é claro) ficarão com o Exynos 2100.

 

 

 

É menos pior dessa vez

 

 

No ano passado, o Samsung Galaxy S20 FE chegou ao mercado brasileiro com o Exynos 990, um verdadeiro gastão de bateria e recursos. Para quem decidiu esperar alguns meses, se deu bem: os coreanos lançaram por aqui a mesma versão do smartphone com o processador Snapdragon 865 (com desempenho muito melhor) e por um preço realmente muito atraente.

Ainda não dá para saber se a Samsung vai repetir a mesma estratégia com o Galaxy S21 FE, já que é cedo para dizer qual será a estratégia dos coreanos. Por outro lado, se o Brasil se contentar com o Exynos 2100, não será tão ruim quanto parece.

Aqueles usuários que testaram o Samsung Galaxy S21 Ultra (meu caso) podem afirmar sem medo de errar que este é um processador muito eficiente, com ótima performance e com uma boa gestão de bateria. Além disso, os recursos de inteligência artificial que a Samsung integra para trabalhar com esse hardware vai deixando o seu desempenho cada vez melhor com o passar do tempo.

No final das contas, a decisão será sua. Se o modelo com Exynos 2100 chegar por aqui por um preço atraente, quem sabe vale a pena investir neste modelo de forma imediata, sem esperar um eventual lançamento com o Snapdragon 888.

 

 

 

Escassez que afeta todo o setor de tecnologia

Se você pretende comprar um smartphone, tablet, videogame ou computador, faça isso o quanto antes. Com a escassez de chips, os preços tendem a subir cada vez mais rápido, e em um determinado momento será impossível adquirir um equipamento de tecnologia, pois esses processadores vão acabar.

E esse problema não afetou apenas a Samsung. Apple, Motorola e praticamente todos os fabricantes do setor foram afetados por essa crise que é uma consequência direta de todos os acontecimentos ocorridos em 2020 (que vocês sabem muito bem quais são).

Por isso, todo o mercado está lidando com o cenário atual do jeito que pode. E, no caso da Samsung, ela optou em utilizar o seu próprio processador para integrar o Galaxy S21 FE na maioria dos mercados internacionais.

O movimento faz sentido. Afinal de contas, dessa forma, a Samsung não precisa pagar royalties de licença de uso dos processadores da Qualcomm (pelo menos não na maioria dos mercados globais), permitindo que o futuro smartphone chegue ao mercado com uma melhor relação custo-benefício.

Ainda não foram revelados preços ou datas de lançamento para o Samsung Galaxy S21 FE, e não sabemos qual será a decisão dos coreanos para o mercado brasileiro. Tudo indica que receberemos o Exynos 2100. Mas… vamos deixar o tempo passar. Quem sabe no evento de lançamento desse modelo algumas novidades aparecem.

 

 

Via XDA DevelopersGizmochina


Compartilhe