A Samsung liberou para a imprensa especializada o ‘save the date’ para o evento de lançamento da nova família de smartphones Samsung Galaxy S10 para o Brasil. O evento vai acontecer em São Paulo (SP), no dia 12 de março.

Uma vez que todos nós já conhecemos todas as características técnicas do produto, o evento basicamente serve para apresentar os novos Galaxy S10, Galaxy S10+ e Galaxy S10e. Normalmente as fabricantes revelam qual é a estratégia de divulgação do produto no mercado brasileiro, seguindo um ritual protocolar e a informação que mais interessa ao consumidor final: os preços dos dispositivos no Brasil.

Também serão revelados detalhes que ainda estão em aberto para a oferta nacional, como as opções de cores dos produtos que estarão disponíveis e as versões de armazenamento em RAM. Também não está definido se o Brasil vai receber os fones de ouvido Galaxy Buds, o smartwatch Galaxy Watch Active, a pulseira Galaxy Fit ou o smartphone dobrável Galaxy Fold.

Esse último eu acho bem pouco provável de chegar por aqui, e se chegar estará disponível por um preço simplesmente absurdo e surreal. Acredito que nem mesmo aqueles usuários que entram na regra do “se cobram esse preço é porque tem quem compra” vão aparecer para comprar o Galaxy Fold por um preço elevado demais para ser levado a sério.

 

 

O que é certo é que os smartphones principais serão apresentados no Brasil em 12 de março. Galaxy S10, Galaxy S10+ e Galaxy S10e já estão homologados pela Anatel, incluindo o Galaxy S10+ com acabamento em cerâmica. Ou seja, o modelo mais caro dessa nova linha, que é o Galaxy S10+ com 12 GB de RAM e 1 TB de armazenamento deve desembarcar em nosso mercado.

Já o Galaxy S10 5G é outro que deve ficar de fora, uma vez que as operadoras brasileiras não estão com a menor pressa em implantar as redes de quinta geração no Brasil. Apenas a TIM deu os primeiros passos. Os leilões das frequências do 5G só devem acontecer depois de 2020, ano em que essa rede deve começar para valer nos Estados Unidos e Europa.