Recentemente, a internet ficou incendiária com o vazamento do teste de performance do Samsung Galaxy S10 na sua versão Exynos. Os vazamentos são normais e, de forma até curiosa, em muitos casos são testes reais.

O Galaxy S10 já é um dos smartphones mais esperados do momento, especialmente agora com o sucesso estrondoso dos modelos P20 Pro e Mate 20 Pro da Huawei. Mas olhando para os resultados, uma pergunta foi rapidamente levantada: como o novo top de linha da Samsung vai bater o iPhone XS Max?

Pelo menos nos primeiros resultados de benchmark do AnTuTu feitos com o Galaxy S10+, a Samsung vai dominar a bagaça… no Android. O smartphone ultrapassou com facilidade a marca dos 300 mil pontos, dominando completamente a lista dos smartphones Android. Porém, ficou bem abaixo do novo top de linha da Apple.

Porém, é importante dizer que o Galaxy S10 vai chegar ao mercado com dois modelos de processadores: o Exynos 9820 e o Snapdragon 8150. E isso pode deixar as coisas um pouco confusas para a maioria.

 

 

A performance dos dois chips nunca será a mesma. Apenas similar. Dessa forma, a Samsung pode perder um pouco do foco na evolução e desenvolvimento dos seus chips Exynos.

Um exemplo de foco é a Huawei, que entregou um poderoso processador Kirin 980 de 7 nanômetros. Se aproveitou da falta de inovação da Qualcomm, que está sempre pegando o design de referência para melhorar a GPU Adreno para obter a melhor performance.

Mas a Samsung também falha nas melhorias do seu processador. O Exynos 9810 ficou aquém do Snapdragon 845, que equipou várias versões do Galaxy S9 e do Note 9 (e esses modelos desembarcaram no Brasil).

Agora com o Exynos 9820, a Samsung tem mais uma chance para demonstrar que aprendeu a lição, apresentando melhorias significativas de performance do seu novo processador top de linha. Porém, nada indica que isso vai acontecer.

 

 

Por isso, o iPhone XS Max com SoC Apple A12 Bionic alcançou 350 mil pontos no AnTuTu. Um vazamento do Snapdragon 8150 indica que o chip alcançou 362.292 pontos. Ou seja, o futuro Exynos fica na terceira posição nesse momento.

Porém, os processadores ainda não foram lançados. Logo, precisamos esperar um pouco para assumir os vazamentos como verdades absolutas.

Resumindo: o Exynos 9820 da Samsung melhorou de forma sensível, mas não bate o A12 da Apple e o Snapdragon 8150 da Qualcomm. A Samsung precisa trabalhar mais para justificar o dinheiro investido pelos usuários. Caso contrário, nem poderá fazer marketing de “performance similar” no futuro.

 

Via Wccftech